Conecte-se conosco

Esportes

Ciclismo

Publicados

em

Por: Walter Tozzi

O ciclismo é uma atividade física que vem crescendo a cada dia, levando qualidade de vida e saúde aos seus praticantes. A bicicleta depois de sua criação a mais de 200 anos atrás, sempre fez parte do imaginário infantil como um sonho a ser conquistado. Com a evolução deste equipamento ao longo do tempo ela foi ganhando novos contornos e tecnologia, passando a fazer parte da sociedade moderna como meio de transporte, como equipamento esportivo ou como somente um desejo infantil, mas com certeza um instrumento que leva o homem de um lugar ao outro pelo próprio esforço.

A “bike” ou “magrela” ou “pedal” como popularmente é chamada, tornou a bicicleta cada vez mais popular e atualmente como uma importante protagonista aliada da atividade física, principalmente em tempos de Pandemia. Aumentou significativamente o número de ciclistas nos últimos anos, associando o prazer e a liberdade que a bicicleta traz, com um excelente exercício físico promotor da saúde.
Pedalar é um exercício físico aeróbico que promove a queima de gorduras, ativa o sistema cárdio-vascular, melhora o sistema respiratório, diminui os índices de colesterol e triglicerídeos, aumenta o colesterol bom, emagrece, melhora o tônus muscular e produz baixo impacto nas articulações. Estas são somente algumas das vantagens de pedalar regularmente, associando o lazer a uma prática saudável, buscando com isso maior qualidade de vida e longevidade.

A prática do ciclismo também revela lugares bonitos, muitas vezes associados a caminhos entre a natureza, que são privilégio de seus praticantes, descobrindo trilhas, estradas rurais, caminhos novos aos olhos e a alma. Os praticantes do ciclismo percorrem longas distancias, carregam consigo seus equipamentos de proteção, hidratação, alimentos e muita história para contar, além de belas fotos dos caminhos percorridos, tornando assim, esta atividade uma excelente aliada do bem estar físico e mental.

Durante a pandemia em decorrência da necessidade de não promover aglomerações, pedalar foi uma ótima alternativa, crescendo significativamente o número de praticantes, principalmente em percursos pelo interior paulista, descobrindo novos caminhos das cidades acolhedoras, favorecendo novas amizades e formando assim um grupo fiel a esta modalidade.

O ciclismo também conta com o lado esportivo de competição, sendo uma modalidade olímpica em diversas formas, indo do “Montain Bike” ao Ciclismo de Rua e de pista, dentre outras. Pedalar também pode dar medalhas e troféus, sendo um esporte em crescimento por todo o nosso País e no Mundo.

Dia mundial sem carro
O dia 22 de setembro em diversas cidades do mundo tem o objetivo de estimular uma reflexão sobre o uso excessivo do automóvel, com isso há um questionamento sobre a vida sedentária, a poluição por combustíveis fósseis, a destruição da camada de ozônio por gazes poluentes, enfim uma reflexão ampla pela vida.

Assim a bicicleta passou a ser uma ótima alternativa de meio de transporte ecologicamente correto e promotor da saúde. O estímulo a isso é uma tendência mundial, tendo alguns países como a Holanda e Dinamarca bons exemplos, tendo em seu território juntos mais de 23 milhões de ciclistas.

Estimular a construção de ciclovias, espaços públicos para o ciclismo, facilitar o uso da bicicleta como meio de transporte, deve ser a meta dos gestores públicos como uma forma consciente de aplicar políticas públicas saudáveis e ecologicamente corretas. Eventos esportivos ou de lazer são uma ótima referência para promover esta conscientização na sociedade, devendo nossos governantes a realização destas atividades de maneira regular e constante.

Outro grande desafio é promover a segurança no trânsito aos ciclistas, sendo cada vez mais noticiadas ocorrências de acidentes, muitos com resultados fatais, mas fruto da imprudência e falta de consciência dos condutores de veículos automotores. Precisamos urgentemente que as auto-escolas promovam uma melhora na educação dos novos motoristas, alertando como lidar com os ciclistas, valendo-se dos meios de segurança para o convívio harmonioso. Campanhas educativas também devem ser promovidas pelo Poder Público, gerando assim maior respeito e boas praticas no trânsito.

Pedalar é descobrir o mundo de opções pelo olhar da bicicleta como uma ferramenta saudável e em harmonia com o meio ambiente!

Esportes

Morre Rincón, ícone do futebol colombiano

Publicados

em

Ex-jogador de Corinthians, Palmeiras, Santos e Cruzeiro não resiste aos ferimentos causados por acidente de automóvel na madrugada da última segunda-feira

Morre Rincón – O ex-jogador colombiano Freddy Rincón morreu no fim da noite desta quarta-feira em Cali (já início da madrugada de quinta pelo horário de Brasília) vítima de um grave acidente na cidade colombiana. A confirmação do falecimento veio através de uma coletiva de imprensa na clínica onde o ex-jogador estava internado.

– A Clínica Imbanaco, com prévia autorização e em companhia dos familiares, se permite informar à opinião pública que, apesar de todos os esforços realizados por nosso corpo médico e assistencial, o paciente Freddy Eusebio Rincón Valencia faleceu no dia de hoje 13 de abril de 2022. Lamentamos profundamente este sensível acontecimento, enquanto estendemos nossas mais profundas condolências à família, amigos, parentes e seguidores. Jamais haverá forma de expressar o que isto significa realmente para nós. Convidamos a todo o país a recordá-lo com alegria por tudo o que nos brindou em vida com suas conquistas desportivas.


Confira o que abre e fecha neste feriado em Jaguariúna

O carro dirigido pelo ex-meia do Corinthians e Palmeiras foi atingido por um ônibus na madrugada da última segunda-feira. Com traumatismo craniano, Rincón chegou a ser operado, mas não resistiu.

Freddy Eusébio Gustavo Rincón Valencia nasceu na cidade de Buenaventura, Colômbia, em 14 de agosto de 1966. Começou a jogar futebol no Atlético Buenaventura, clube pequeno de sua cidade natal. De lá, rumou para o Deportes Tolima e depois ganhou o mundo. Quando ainda atuava no país, marcou gol inesquecível contra a Alemanha na Copa de 1990 e fez dois gols na histórica goleada da Colômbia sobre a Argentina por 5 a 0, no Monumental de Núñez, nas Eliminatórias da Copa de 1994.

Câmera de segurança flagrou momento do acidente em Cali

morre ríncon
Freddy Rincón em foto de arquivo de 2007 — Foto: Fábio Rogério/Jornal Cruzeiro do Sul

Sua primeira experiência fora da Colômbia foi no Palmeiras, ao qual chegou no início de 1994, já como uma estrela da seleção de seu país. Destacou-se no título paulista daquele ano ao lado de nomes como Roberto Carlos, César Sampaio, Zinho, Edílson, Edmundo e Evair. Seis meses depois da chegada, durante a parada para a Copa do Mundo, transferiu-se para o Napoli.

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Um ano depois, chegou ao todo-poderoso Real Madrid, mas não obteve o mesmo sucesso na Espanha e voltou ao Palmeiras no meio de 1996. Ao todo, fez 76 jogos e 22 gols pelo Verdão.

Em 1997, o Corinthians colocou a mão no bolso e investiu na compra do colombiano por cerca de US$ 1,3 milhão. Rincón, que era meia, virou volante e se tornou um dos maiores da história do clube.

Ao lado de Vampeta, formou dupla inesquecível. O quarteto de meio-campo, que contava ainda com Ricardinho e Marcelinho Carioca, se eternizou. Eles foram bicampeões brasileiros (1998/99), venceram o Paulistão de 99 e o Mundial de Clubes de 2000. Ríncon, capitão da equipe, ergueu a taça do mundo.

Alunos do Unasp conhecem a Galáxia de Gutenberg – Leia mais – Clique aqui

Pouco depois, recebeu uma ótima oferta salarial do Santos e trocou o Corinthians pelo Peixe, num período sem títulos. Atuaria ainda pelo Cruzeiro, em 2001, antes de voltar ao Timão em 2004, aos 37, para uma passagem apagada. Fez 158 jogos no Corinthians e 11 gols.

Rincón levanta a taça de campeão do mundo da Fifa em 2000 — Foto: Otávio Magalhães/Estadão Conteúdo
Rincón levanta a taça de campeão do mundo da Fifa em 2000 — Foto: Otávio Magalhães/Estadão Conteúdo

Também trabalhou no Brasil como treinador e chegou a comandar São Bento, São José, Iraty e Flamengo-SP entre 2006 e 2011. Nesse período, também foi técnico das categorias de base do Corinthians e Atlético-MG.

Na seleção colombiana, marcou 17 gols em 84 partidas. Disputou três Copas do Mundo: 90, 94 e 98. Com personalidade forte, Rincón ficou marcado pelo perfil de liderança e foi capitão em diversos times durante a carreira.

Freddy Rincón em ação pela Colômbia em 1998 — Foto: Getty Images
Freddy Rincón em ação pela Colômbia em 1998 — Foto: Getty Images

Ele deixa dois filhos, Sebástian Rincón, de 28 anos, que também é jogador de futebol profissional (atua pelo Barracas, da segundona argentina), e Freddy Stive.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Além disso, a Gazeta tem uma super novidade para você! Que tal receber as receber as principais notícias que são veiculadas no Portal da Gazeta Regional direto no seu WhatsApp, totalmente gratuito?

Gazeta Regional

Gostou da novidade? Então, clique aqui e habilite seu App gratuitamente para receber os principais conteúdos da Gazeta direto em seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Continue lendo

Esportes

É tetra!!! Atletas do programa Viva Melhor da SeJel retomam as competições com todo vapor

Publicados

em

No reencontro das competições esportivas (dois anos sem atividades devido a pandemia), Jaguariúna participou da 12ª Copa Integração Esportiva da Terceira Idade (CIETI) que aconteceu no sábado, 02, em Amparo. Jaguariúna fez bonito e sagrou-se tetra campeã. E não parou por aí: maior delegação da competição do Circuito das Águas Paulista com mais de 80 atletas acima de 60 anos, Jaguariúna bateu o recorde de pontos de todas as edições.

As cidades participantes da CIETI – Jaguariúna, Amparo, Pedreira, Serra Negra, Águas de Lindoia, Lindoia e Monte Alegre do Sul – disputaram nove modalidades esportivas: Bocha e Malha (mista) Dominó (masculino e feminino) Truco, Voleibol (masculino e feminino) Buraco (masculino e feminino) Xadrez (masculino) Damas (masculino e feminino) e Tênis de Mesa (masculino e feminino).

A equipe campeã Jaguariúna conquistou 119 pontos com as primeiras colocações nos jogos de Bocha, Damas (masculino) e Dominó (feminino) Truco, Vôlei adaptado (masculino) e Tênis de mesa (masculino) frente a segunda e terceira colocada, Amparo (87 pontos) e Pedreira (82 pontos) na classificação geral da Copa.

Para o coordenador do programa Viva Melhor da Secretaria de Esporte de Jaguariúna, João Lúcio Alves, o resultado foi expressivo. “Estamos retomando as atividades, ganhar é bom, ainda mais o tetra campeonato”, diz. “Agora estamos focados nos Jogos da Melhor Idade e esse resultado dá a certeza de que estamos no caminho certo para desempenhar bem o nosso objetivo no JOMI”, conclui Alves.

Pela classificação geral da Copa Integração Esportiva da Terceira Idade – a 1ª colocada Jaguariúna (119 pontos) 2ª colocada Amparo (87 pontos) 3ª colocada Pedreira (82 pontos) 4ª colocada Serra Negra (38 pontos) 5ª colocada Águas de Lindoia (37 pontos) 6ª colocada Lindoia (28 pontos) e 7ª colocada Monte Alegre do Sul (7 pontos).

Confira os resultados e classificação dos municípios:

Bocha Mista

1° – Jaguariúna

2° – Amparo

3° – Serra Negra

4° – Pedreira

Malha Mista

1° – Pedreira

2° – Amparo

3° – Monte Alegre

4° – Jaguariúna

Dominó Feminino

1° – Jaguariúna

2° – Amparo

3° – Serra Negra

4° – Águas de Lindoia

5° – Pedreira

6° – Lindoia

Dominó Masculino

1° – Lindoia

2° – Jaguariúna

3° – Amparo

Truco

1° – Jaguariúna

2° – Lindoia

3° – Pedreira

Voleibol Feminino

1° – Amparo

2° – Jaguariúna

Voleibol Masculino

1° – Jaguariúna

2° – Amparo

Buraco Feminino

1° – Serra Negra

2° – Águas de Lindoia

3° – Jaguariúna

4° – Amparo

5° – Pedreira

Buraco Masculino

1° – Amparo

2° – Pedreira

3° – Jaguariúna

4° Serra Negra

Xadrez Masculino

1° – Pedreira

2° – Jaguariúna

3° – Águas de Lindoia

Damas Masculino

1° – Jaguariúna

2° – Serra Negra

3° – Pedreira

4 – Lindoia

Damas Feminino

1° – Amparo

2° – Jaguariúna

3° – Pedreira

Tênis de Mesa Masculino

1° – Jaguariúna

2° – Águas de Lindoia

3° – Pedreira

4° – Amparo

Tênis de Mesa Feminino

1° – Pedreira

2° – Águas de Lindoia

3° – Jaguariúna

4° – Amparo

Continue lendo

Esportes

É possível fazer hipertrofia sem o uso de anabolizantes?

Publicados

em

Na maioria das vezes os frequentadores de academia buscam por definição, pelo aumento da massa muscular, mais conhecido como hipertofia, principalmente a partir da prática da musculação. Muito além da estética, performance e força, existem benefícios em preservar ou aumentar a massa magra, promove controle da obesidade, diabetes, osteoporose e doenças cardiovasculares, previne a sarcopenia, entre outros.

Estímulos eficientes, tanto em qualidade, quanto em quantidade são determinados pelas características individuais grandemente influenciados pelo volume de treino e volume de dieta, coordenados pela estrutura genética.

O processo pelo qual o músculo responde ao estímulo e ocorre o aumento da dimensão do tecido muscular, incremento dos sarcómeros em paralelo, aumento da fibra e da região transversal do músculo é denominado de hipertrofia. Já o estímulo para que isso ocorra é o exercício resistido, que é um tipo de treino de força onde ocorrem movimentos musculares contra uma resistência, que a exemplo seria o treinamento com peso.

As células musculares estriadas esqueléticas (fibras musculares) são altamente especializadas e com grande capacidade de adaptação, realizam a contração e relaxamento (mecanismo contrátil), porém existem diferentes condições para que este resultado seja ideal, e dentre estes fatores devemos considerar: tipo de exercício; intensidade; duração; estado de treinamento; volume de treinamento; frequência de treinamento; dieta; repouso e genética.

Mas basta treinar?  Não, afinal a modificação na composição corporal e peso pelo aumento da massa muscular envolve adaptações fisiológicas e depende do balanço energético, balanço nitrogenado e turnover proteico (síntese e quebra de proteínas musculares), alterações hemodinâmicas que envolvem as adaptações cardiovasculares, endócrinas (hormonais), neurais, hepáticas e outras considerações.

O impacto mais relevante é sem dúvida os promovidos pelos mecanismos que regulam a síntese proteica e as muitas vias de sinalização envolvidas, tais como: via das células satélites, calcineurina, miostatina e a mais destacada a via Akt/mTOR e AMPK, todas envolvem hormônios e nutrição celular.

A primeira ideia para provocar maior eficiência no treinamento é oferecer uma dieta equilibrada em macronutrientes (carboidratos, lipídios e proteínas), vitaminas e minerais e compostos bioativos (fitoquímicos) a partir da alimentação, e não é nada fácil na prática do consultório vencer as crenças existentes e oferecer uma estratégia ideal para hipertrofia.

A primeira e mais comum é o consumo exagerado de proteínas, sim, são muito necessárias, as principais sociedades e diretrizes internacionais propõem um consumo de 1,6 até 1,8 g/Kg/Dia, inclusive a Sociedade Australiana de Esportes em conjunto com o American College (EUA), que são líderes em pesquisa e desenvolvem práticas de alto nível em centros de treinamento especializados com atletas olímpicos inclusive.

Alguns estudos propõem uma quantidade um pouco maior, chegando a 2,2g/Kg/dia, mas de igual modo estas quantidades são facilmente consumidas. A questão é que quando aumentam exageradamente a proteína, tendem a esquecer os outros macronutrientes, como o consumo de carboidratos que acaba sendo menor do que o necessário.

Em particular alguns aminoácidos (partes das proteínas), são essenciais para ativar a maquinaria de construção de proteínas no músculo, especialmente a leucina. Mas em um segundo momento todos os aminoácidos são utilizados dentro de um cenário ideal, apesar que a fim de otimizar o processo, focamos em determinados aminoácidos primeiro.

Exagerar na proteína não aumenta mais a dimensão muscular, e estudos científicos comprovam isso, não há diferença no ganho muscular já com 2,5g/Kg/dia.

A redistribuição de alimentos e suplementos proteicos, no tempo certo é a maior chave para a eficiência das estratégias nutricionais. Chamamos isso de “tempo de nutrição”, um modelo mais atual que a periodização nutricional, um “time” perfeito que vem de um maior fracionamento das refeições. Chego a ter estratégias de 6 até 8 refeições dia, mas cada caso deve ser individualizado. Outra dica é consumir a última refeição do dia com cerca de 0,5g/Kg em proteínas, e depois dormir.

Não precisamos de quantidades exageradas e podemos considerar 20g um bom alvo para cada refeição, e facilmente encontramos esta quantidade em 90g (1 lata) de atum, 3 ovos, 1 porção de cottage, 100g de frango ou bife ou ainda em 480mL de leite.

Em termos de calorias é recomendado cerca de 30 a 50 kcal/Kg/dia dependendo do objetivo para otimizar um incremento energético e otimizar ganho hipertrófico. Inclusive uso um acréscimo de calorias proposto por alguns pesquisadores, mas depende do treino e da experiência de cada um. Aqueles mais experientes precisam menor aporte energético, gosto de usar o protocolo de 3 a 8g/Kg/dia.

A condição ideal de energia e o aporte de carboidratos criam a condição anabólica ideal para a insulina e para as vias de sinalização fisiológicas envolvidas. Também a quantidade certa de gordura de cerca de 1,0g/Kg/dia deve ser considerada.

E por fim, devemos ainda prescrever os micronutrientes e fitoquímicos antiinflamatórios, antioxidantes e que promovam melhor eficiência do sistema imunológico, reparo e manutenção tecidual, disposição e vitalidade.

Sim, é possível aumentar a massa muscular, talvez 8 ou 15 quilos com estratégias nutricionais considerando treino e dieta, a fim de provocar os efeitos fisiológicos adequados e ainda promover longevidade e saúde, sem apelar para substâncias com efeitos colaterais graves.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias