Conecte-se conosco

Serra Negra

Castramóvel deve iniciar operação em 60 dias em Serra Negra

Publicados

em

O castramóvel, projeto de castração gratuita de pets de Serra Negra, deve estar em operação em cerca de 60 dias com o início de cadastramento dos animais. Na tarde desta quinta-feira, 13, tendas foram levantadas ao lado da unidade castramóvel da Prefeitura no Posto de Manutenção Belmiro Postali (Garagem Municipal), para que representantes do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) vistoriassem o projeto da empresa Petmogi, vencedora da licitação para operação do serviço. Sessenta dias é o prazo limite para emissão de parecer pela entidade sobre o que foi apresentado.

Antes da vistoria, o prefeito Elmir Chedid e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Deborah Chedid, visitaram a instalação montada na Garagem Municipal. “Esse trabalho é muito importante. O trailer castramóvel veio do governo federal por emenda do deputado federal Ricardo Izar, a quem eu agradeço muito. Mas veio sem os equipamentos. A empresa contratada está instalando tudo que é necessário. Com certeza daremos preferência àqueles com menos possibilidade de fazer a castração com os veterinários da cidade”, explica o prefeito que estava acompanhado do chefe de Gabinete, Rodrigo Demattê Angeli e o secretário de Serviços Municipais, Divaldo De Santi.

Elmir afirma que pediu a Ricardo Izar recursos para a construção de um hospital veterinário municipal, bem como dinheiro para a manutenção e custeio. O prefeito disse também que a operação deve iniciar no Loteamento São Luiz, área em que foi constatada a maior demanda para esse serviço. O contrato inicial é para a castração de 610 animais, entre cães e gatos, que após a castração terão um chip para identificação de cadastro e histórico. Antibióticos para o pós-operatório, algo incomum nesse tipo de trabalho pela Prefeitura, também consta das obrigações Petmogi.

“Temos que trabalhar para levar rapidamente os benefícios à população. Agradeço a todos pelo esforço, especialmente aos vereadores que vêm nos ajudando na aprovação de verbas”, finaliza o prefeito.

Serra Negra

Fondue é a novidade de inverno do Restaurante La Terrazza, em Serra Negra

Publicados

em

Localizado na cidade de Serra Negra, o charmoso restaurante italiano La Terrazza é referência gastronômica na região. Para o inverno, a casa preparou uma sequência com dois fondues (R$ 269/ serve 2 pessoas): Queijo, servida com cubos de filé mignon, minibatatas, nhoque frito, legumes e pão italiano; e Chocolate, acompanhado de uvas, morangos, abacaxi, bananas e damascos.

No menu, assinado pelo chef Allan Trigo, outras opções se destacam como a paleta de cordeiro (R$129), acompanhada de polenta e damascos, além do Ossobuco Alla Milanese (R$129), black angus à milanesa servida com risotto de açafrão. Para acompanhar, a casa ainda conta com uma completa carta de vinhos, além de cervejas artesanais e drinques autorais e clássicos.

Sobre o La Terrazza

Reinaugurado há um ano sob nova gestão, o charmoso restaurante La Terrazza, localizado em Serra Negra (150 km de São Paulo) é uma das melhores referências gastronômicas da cidade e arredores. Com arquitetura e paisagismo que rementem à belíssima região mediterrânea da Toscana, a casa fica fora do agito do centro, é bem localizada e de fácil acesso. O restaurante é uma parada obrigatória para os visitantes da cidade que prezam pela excelência e qualidade, ou até mesmo para turistas provenientes de localizações próximas, a exemplo de São Paulo, para um bate e volta ou final de semana.

A experiência é completa com ambiente, serviço e gastronomia em perfeita harmonia. A cozinha, que conta com menu inspirado na gastronomia italiana contemporânea assinado pelo chef Allan Trigo se destaca por seus sabores, frescor, produtos e utilização de fornecedores locais premiados e de qualidade. As massas, destaque no menu, são produzidas de forma artesanal e diariamente na casa, e aparecem em versões como o raviolone de gema, recheado com ricota temperada e gema na manteiga trufada, o fagottini de cordeiro, preparado com manteiga de sálvia e geleia de tomate, o tagliatelle trufado, servido com uma fonduta de parmesão e cubos de mignon e o tortelli de brie com damasco e amêndoas. O menu ainda contempla as opções de risotos, pratos com carnes e peixes como a paleta de cordeiro com polenta e damascos, cotoletta La Terrazza – carré suíno empanado, servido com risoto de limão siciliano e o bacalhau Dal Nonno, acompanhado de batatas ao murro e legumes salteados. Para finalizar a experiência, entre os destaques está o clássico Tiramisù, preparado com café produzido em Serra Negra. O restaurante também conta com uma carta de vinhos completa, com parceiros como Casa Valduga, Cantu, cervejas artesanais, além de drinques clássicos e autorais.

A equipe, sob o comando de Tatiana Mosca, prima pela hospitalidade, preparo e eficiência. O serviço,atento e acolhedor, recebe o cliente no jardim da casa e o guia pelos espaços do restaurante – divididos entre parte interna ou a charmosa varanda (que também é pet friendly), que em época de frio é protegido por aquecedores e mantas. Há ainda o salão feito de pedra, utilizado em eventos e ocasiões especiais. Esta é a terceira casa do Grupo Café Boteco em Serra Negra, do empresário Rafael Accorsi, também proprietário dos restaurantes Café Boteco e Americana, ambos com a mesma identidade autoral e valorização local.

Sobre o chef Allan Trigo

Paulistano, atualmente é chef executivo do Restaurante La Terrazza, em Serra Negra. Com 12 anos de experiência na alta gastronomia paulistana, teve passagens por restaurantes como Cosí, Etto e Nino. É especialista em culinária italiana contemporânea.

Serviço:

La Terrazza

Rua Nelson Bruschini, 60, Serra Negra – SP

@restaurante.laterrazza

Reservas: 19 98896 0866

Continue lendo

Serra Negra

Prefeitura de Serra Negra recebe R$470 mil para obras e serviços

Publicados

em

A prefeitura de Serra Negra recebeu R$470 mil para ampliar os projetos de infraestrutura urbana. O recurso financeiro, resultado de emendas e indicações do deputado Edmir Chedid (União) ao governo estadual, será repassado pelas secretarias de Desenvolvimento Regional – total de R$300 mil – e de Turismo e Viagens – R$170 mil – a partir de convênios firmados com a administração pública municipal.

Parte desse recurso obtido pelo parlamentar será destinada à infraestrutura urbana. “O investimento garantirá a manutenção das principais vias públicas, conforme os projetos do prefeito Elmir Chedid enviados à Secretaria de Desenvolvimento Regional. Desta forma, será possível contemplar o Plano Municipal instituído com o intuito de garantir melhorias à comunidade e para os turistas”, disse Edmir Chedid.

Também foram repassados R$170 mil para a construção de pergolados de madeira na Rua Cel. Pedro Penteado, no centro. Neste caso, o recurso foi liberado por meio da Secretaria de Turismo e Viagens. “A prefeitura de Serra Negra apresentou uma contrapartida de R$40 mil ao projeto que pretende revitalizar esta rua, que é considerada uma das mais importantes ao comércio do município”, acrescentou.

Apesar do benefício, o deputado Edmir Chedid reiterou que continua atuando junto ao governo estadual para a liberação de mais recursos e equipamentos à prefeitura de Serra Negra. “O governador Rodrigo Garcia (PSDB) está trabalhando para atender a demanda de todos os municípios do interior. Na última semana, por exemplo, declarou que mais benefícios serão liberados a Serra Negra”, concluiu.

Continue lendo

Serra Negra

Mogi Guaçu e Serra Negra poderão receber Programa Casa da Mulher

Publicados

em

O governo estadual pode ampliar o Programa Casa da Mulher a partir da implantação de unidades em Mogi Guaçu e Serra Negra. Esta iniciativa contempla as Indicações 2945/2022 e 3113/2022, do deputado Edmir Chedid (União), ao governador Rodrigo Garcia (PSDB) e também à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional – responsável pelo Programa.

O Programa Casa da Mulher oferece apoio ao público feminino, por meio de acolhimento psicológico, jurídico e de cursos de formação profissional. “As unidades do Estado oferecem importantes serviços para acolher e atender gratuitamente as mulheres, com foco na cidadania e saúde. Também possui iniciativas de combate à discriminação e à violência”, comenta.

Nas Indicações, Edmir Chedid também lembrou que o Programa oferece orientações e treinamentos sobre empreendedorismo. “Dessa forma, a mulher tem mais uma forma para atingir a independência financeira. As Indicações estão fundamentadas em requerimentos das vereadoras Judite de Oliveira, de Mogi Guaçu, e de Bárbara Magaldi, de Serra Negra”, disse.

O Programa Casa da Mulher é formado por pessoas acima de 14 anos de idade de todas as raças, etnias, gêneros e deficiências, sem a exclusão de nenhuma categoria. Dessa forma, é capaz de promover em nível estadual a inclusão de políticas públicas voltadas para este grupo. “O intuito é de que este Programa possa estar presente em todo o interior paulista”, concluiu.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias