Conecte-se conosco

São Paulo

Mesmo com melhoria da qualidade da água em alguns trechos, mancha de poluição no rio Tietê quase dobra em dois anos

Publicados

em

Estudo da Fundação SOS Mata Atlântica avaliou 576 quilômetros do rio entre setembro de 2022 e agosto de 2023

A mancha de poluição no rio Tietê segue crescendo. A análise realizada pela Fundação SOS Mata Atlântica com o apoio de voluntários revela que a água de qualidade imprópria para usos múltiplos se estende hoje por 160 quilômetros. Trata-se de um aumento de 31% em relação a 2022, quando a mancha atingiu 122 quilômetros, chegando perto de dobrar na comparação com 2021 (85 km).

Por outro lado, a proporção de água de boa qualidade voltou a subir: de 60 quilômetros no ano passado, chegou a 119 na atual medição, quase se igualando ao mensurado em 2021 (124 km). A maior parte do trecho monitorado se mantém em condição regular (293 km), sinalizando uma situação geral estável.

Os dados são do relatório Observando o Tietê 2023, divulgado pela Fundação SOS Mata Atlântica nesta terça-feira, com patrocínio da Ypê. O lançamento ocorre na semana do Dia do Rio Tietê, celebrado no dia 22. Como o envolvimento de 41 grupos de voluntários em 28 municípios, incluindo 18 pontos na capital paulista, a avaliação abrange 16 indicadores, seguindo o Índice de Qualidade da Água (IQA). O estudo faz parte do projeto Observando os Rios, instrumento de educação ambiental, ciência cidadã, fomento à cidadania e governança em prol de água limpa para todos.

LEIA TAMBÉM:

Gustavo Veronesi, coordenador do Observando os Rios, explica que, embora pequenas melhorias venham sendo notadas na água do Tietê desde 2016, o aumento da mancha de poluição é um sinal de alerta. Além disso, a variação da qualidade ao longo do rio indica que, mesmo com a realização de diversos projetos estruturais de saneamento, a água ainda é afetada por condições locais, como esgoto, gestão de reservatórios ou atividades agropecuárias.

“Isso reforça a necessidade de planos integrados para toda a bacia do rio Tietê, considerando os aspectos climáticos, do saneamento ambiental nas cidades e do uso da terra nas áreas rurais, visando a conservação da quantidade e da qualidade da água e seus múltiplos usos ao longo de toda a sua extensão. É preciso mais empenho e investimentos para que, de fato, a universalização do tratamento de esgoto seja atingida em 2033, como prevê a lei, ou em 2029, como se comprometeu o atual governo do estado de São Paulo”, afirma o coordenador.

Quase 600 quilômetros monitorados
Maior rio paulista, com 1.100 quilômetros da nascente à foz, o Tietê corta o estado de leste a oeste, atravessando outras áreas urbanas e municípios de importante produção agropecuária. É dividido em seis unidades de gerenciamento de recursos hídricos (UGRHs), também chamadas de bacias hidrográficas.

O monitoramento foi realizado ao longo de 576 quilômetros, em 59 pontos de coleta distribuídos por 34 rios das bacias hidrográficas do Alto Tietê (AT), Sorocaba/Médio Tietê (SMT) e Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), que abrangem 102 municípios das regiões metropolitanas de São Paulo, Campinas e Sorocaba. Isso representa 50% da bacia de drenagem do rio Tietê.

No trecho, a água é de boa qualidade em 61 quilômetros, da nascente até Mogi das Cruzes, e em outros 58 quilômetros perto do reservatório de Barra Bonita. Os 293 quilômetros de água regular estão divididos em quatro trechos nas bacias do Alto e Médio Tietê, enquanto os 160 quilômetros com água imprópria devido à poluição (127 km com qualidade ruim e 33 km, péssima) vão da nascente até Barra Bonita, na hidrovia Tietê-Paraná. Não foi observada água de qualidade ótima, algo que se repete desde 2010.

Porção mais abundante no Tietê, a água de qualidade regular, embora permita diversos usos, demanda atenção especial dos gestores públicos e da sociedade, pois é bastante suscetível às condições climáticas e às variações de vazões dos rios. O índice de água boa no rio Tietê é, portanto, fundamental para promover no estado de São Paulo a segurança hídrica e usos múltiplos da água – como abastecimento público, irrigação, produção de alimentos, pesca, atividades de lazer, turismo, navegação e geração de energia, além da manutenção dos ecossistemas e resgate da cultura nos municípios ribeirinhos, que têm sua história e seu desenvolvimento associados ao rio.

Veronesi ressalta que resultados que indicam melhorias, como os obtidos em trechos do Tietê e em outros rios poluídos, comprovam que é possível recuperar a qualidade da água com programas de saneamento ambiental executados por meio de projetos de Estado e com envolvimento da população. “Despoluir rios precisa ser uma prioridade dos atuais e futuros governantes por meio de políticas públicas que perpassem administrações. Assim como bebemos água todos os dias, é necessário buscarmos diariamente a despoluição e recuperação dos rios”, completa.

O relatório completo do Observando o Tietê 2023 pode ser acessado no site da Fundação SOS Mata Atlântica.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

São Paulo

MD Papéis reduz em cerca de 77% o consumo de água na produção de papelcartão, em 13 anos

Publicados

em

A conquista é resultado da utilização de água de reuso na produção da matéria-prima e da contribuição da fabricante para a promoção da economia circular

A quase um mês do Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, a fabricante de papelcartão MD Papéis, com sede em Limeira, registra redução de 76,9% no consumo de água para a produção da matéria-prima, em 13 anos. O resultado foi atingido com a substituição da captação de água proveniente de poços e do Ribeirão Tatu, que fica próximo à empresa, por água de reuso no processo de fabricação. 

Em 2010, a captação total de água proveniente do sistema hídrico da cidade e de poços, no processo de fabricação, era de cerca de 113 mil m³/mês. Mas, em 2023, a empresa conseguiu reduzir o volume captado para 26 mil m³/mês. Além disso, do total de 187,9 mil m³/mês de efluentes  líquidos da produção, tratados pela MD Papéis, a empresa reprocessa e reutiliza quase  162,7 mil m³/mês, cumprindo a legislação sobre a destinação desses rejeitos e deixando de lançá-los no emissário municipal. 

LEIA TAMBÉM:

O diretor de Operações da MD Papéis, Aldinir Nascimento, comemora essa importante conquista. “Deixar de captar um alto volume de água e ainda tratar nossos rejeitos líquidos, promovendo o descarte responsável, são exemplos da economia circular e da sustentabilidade empresarial que cada vez mais buscamos atingir. Continuamos empenhados em desenvolver e aperfeiçoar processos, para que a fabricação do nosso papelcartão seja cada vez mais eficiente e sustentável”, ratifica Nascimento.

De acordo com a norma brasileira da ABNT – NBR 9800/1987, os efluentes industriais são despejos líquidos provenientes das áreas de processamento industrial. Esses materiais apresentam poluição por produtos utilizados ou produzidos na indústria e podem causar danos ambientais se não forem tratados adequadamente. A legislação brasileira também estabelece penalidades para as empresas que não cumprem os processos estabelecidos para os rejeitos industriais.

Sobre a MD Papéis
Empresa 100% brasileira, que atua desde 1945 produzindo papelcartão para os mercados de embalagem, gráfico e editorial, a MD Papéis faz parte do Grupo Formitex, presente nos principais segmentos da economia brasileira. 

Com uma produção de 41 mil toneladas de papelcartão ao ano, a MD utiliza fibras procedentes de áreas reflorestadas, além de aparas pré e pós-consumo.

Localizada na cidade de Limeira, no interior de São Paulo, é reconhecida por sua dedicação em oferecer soluções inovadoras e ecológicas para a indústria de embalagens e focada em contribuir com o desenvolvimento humano e o meio ambiente.

Serviço:
MD Papéis
https://www.mdpapeis.com.br/

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

São Paulo

Transformação da Ambev já é percebida por novos talentos

Publicados

em

A companhia foi destaque na Pesquisa de Carreiras realizada pela Brasil Júnior

A jornada consistente de transformação vivenciada pela Ambev nos últimos anos, tem como protagonista a sua estratégia de plataforma que conecta marcas e tecnologia em busca de impactar todo o ecossistema. Os resultados dessas mudanças já estão sendo percebidos pelos novos talentos, que continuam escolhendo a companhia como a “Empresa mais desejada para se trabalhar”, de acordo com a Pesquisa de Carreiras realizada pela Brasil Júnior – Confederação Brasileira de Empresas Juniores.

O levantamento, divulgado na última semana, revela que a companhia conquistou o primeiro lugar geral na pesquisa pelo oitavo ano consecutivo. A Ambev também esteve em primeiro lugar nas categorias de inovação, cultura organizacional, diversidade, escalabilidade de carreira e ativação de marcas.

LEIA TAMBÉM:

“Esse reconhecimento é resultado da transformação do nosso negócio, que vem buscando inovar em soluções focadas no consumidor e crescendo nosso ecossistema. Para isso, deixamos de ser uma empresa que sabe tudo para uma empresa que aprende tudo. Procuramos talentos que se identifiquem com a nossa cultura e que tenham as capabilidades para alavancar o nosso negócio. Estamos sempre impulsionando uns aos outros para desenvolver nossos times e criar um futuro com mais razões para brindar. E essa jornada, que muito nos orgulha, já tem repercutido com jovens talentos”, afirma Marina Cury, Gerente de Atração de Talentos da Ambev.

A Pesquisa de Carreiras é uma coleta anual realizada pela Brasil Júnior, envolvendo empresários juniores de todas as regiões do Brasil. O estudo tem como objetivo orientar o trabalho com os jovens, propondo diretrizes para as empresas parceiras com base nos dados, e reconhecer as instituições de acordo com a percepção dos universitários sobre o trabalho ao longo do ano.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

São Paulo

Ipem-SP avaliará a qualidade do material e uniforme escolar de São Paulo

Publicados

em

O Ipem-SP ajudará a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo a avaliar as empresas cadastradas para vender material e uniforme escolar para as famílias assistidas pela prefeitura. O objetivo é que estas empresas atendam com qualidade, obedecendo os regulamentos e certificações existentes 

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP ), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, que tem como objetivo promover a confiança nas relações de consumo, realizará a verificação do material e uniforme escolar da prefeitura de São Paulo.

A ação é decorrente do acordo de parceria, conforme assinado em 9 de janeiro desse ano o protocolo de intenções do Ipem-SP com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, para a fiscalização da qualidade de materiais e uniformes escolares disponíveis para aquisição dos alunos da rede municipal em lojas credenciadas pela secretaria.

LEIA TAMBÉM:

“A parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Ipem-SP trará mais confiança para que as famílias assistidas pela prefeitura possam realizar suas compras”, explica o superintendente do Ipem-SP, Marcos Heleno Guerson de Oliveira Junior.

Segundo o diretor de metrologia e qualidade do instituto, Harisson Mattos Ferraz, “a programação de trabalho das equipes do Ipem-SP constarão planos de amostragem e ensaios. Assim que aprovadas pela secretaria daremos início às fiscalizações”

Caso sejam encontradas irregularidades, o Ipem-SP notificará os fornecedores de produtos irregulares e comunicará à Secretaria Municipal de Educação de São Paulo para demais providências.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias