Conecte-se conosco

Brasil

“Não entre em pânico, entre na solução”

Publicados

em

Neurocientista fala da importância da formação socioemocional e empatia para recuperar prejuízos educacionais impostos pela pandemia

Mais de 1,5 bilhão de estudantes em todo o mundo já foram afetados ou estão sofrendo com os impactos provocados pela pandemia da Covid-19, segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A educação enfrenta um dos maiores desafios da história e nesse novo cenário, que exigiu a adaptação de todos os envolvidos, os professores também passaram a enfrentar inúmeras adversidades para recuperar os prejuízos educacionais.

“Não entre em pânico, entre na solução”, esse foi um dos conselhos deixados pela dra. Ângela Mathylde em sua participação na edição on-line do 24º Congresso Internacional de Educação da Legião da Boa Vontade (LBV), evento anual que contribui para a formação continuada de profissionais de áreas ligadas à Educação. O tema da palestra abordado pela cientista da educação foi “Os impactos da emoção na cognição, nas aprendizagens e nas relações sociais e afetivas”.

Entre tantos conteúdos, Ângela apresentou um assunto de imensa relevância: a criação de valor entre professor e aluno. “Não precisa ser perfeito, só precisa ser amor e ter respeito […], a metodologia é que leva a esse ‘salvamento’, se tenho uma metodologia que respeita e dá valor à emoção haverá aprendizagem.”

Formação socioemocional

Um ponto significativo tratado foi a questão socioemocional dos alunos. A doutora destacou que é necessário ensinar o estudante a viver, a pensar, reconhecer suas habilidades e competências, além de vivenciar emoções para que ele consiga sair da posição de vítima do processo educacional. Aliás, ela enfatizou que educadores devem evitar estímulos negativos com a aprendizagem: “se o aluno está com baixa autoestima e você está confirmando, tem que parar e incentivar ele a aprender, por isso que muitos alunos vão na escola só para comer”.

É preciso estudar o processo de aprendizagem por três perspectivas: comportamento, emocional e suas dificuldades. Ângela reforça que professores sejam a solução de seus alunos, englobando e integrando vários campos do conhecimento, pois “só quem já passou [por problemas] sabe como dói, se você não passou, não queira passar, porque dói muito e leva a condutas ruins, uma delas é não querer aprender, então, cuidado com isso!”.

A importância da empatia

Conhecer a família, sua história bem como o contexto social do aluno e não subjugar é imprescindível. Além do mais, identificar suas emoções também são pontos fundamentais: “se seu aluno está triste, agitado ou não está rendendo na medida necessária, você tem que ir perguntar a ele, tem que buscar a família. Ciência não se faz com achismo, se faz com evidência e, para isso, preciso ter conhecimento”.

De acordo com a neurocientista, a identificação precoce é necessária para evitar mais prejuízos: “antes que ele seja um péssimo marido, que esteja preso ou alcoolizado. […] a escola é o segundo espaço que a criança e o adolescente ficam mais do que dentro de casa e não podemos negligenciar a questão precoce”.

Metodologia inovadora

Por acreditar no poder transformador da Educação, a LBV possui um conceito educacional inovador na Entidade, que traz um olhar individualizado para o desenvolvimento das habilidades socioemocionais dos estudantes. A escuta qualificada que acolhe, valoriza sentimentos e identifica dificuldades, potencializa as habilidades do aprendiz que se encontra em situação de vulnerabilidade e/ou risco social. A qualidade pedagógica aliada à Espiritualidade Ecumênica é a bandeira de vanguarda da Instituição, proposta pelo educador Paiva Netto.

A Legião da Boa Vontade acredita que a educação constrói oportunidades, as quais transformam vidas. No Brasil, a Entidade possui 82 unidades socioeducacionais entre escolas de educação básica e de capacitação profissional, Centros Comunitários de Assistência Social e abrigos para idosos, que resgatam em cada atendido a sua autoestima e transformam para melhor a sua realidade. Aliás, com a atuação de profissionais e voluntários capacitados, a LBV garante que o local seja seguro e o trabalho de qualidade.

Serviço:

Centro Comunitário de Assistência Social Victorino Baccari Sobrinho: Rua Professora Maria Cecília Tozzi, 391 – Vila Rica – (19) 3227-3888 Centro Comunitário de Assistência Social da LBV: Rua Nelson Barbosa da Silva, 289 – Jd. Profilurb. Telefone: (19) 3224-3033. Informações sobre o trabalho da LBV você confere no site www.lbv.org.

______________________________

* Ângela Mathylde Soares, professora; pedagoga; psicopedagoga; psicanalista; neurocientista; mestre e doutora em Estudos Psicanalíticos pela Escola de Psicanálise Clínica do Rio de Janeiro, filiada à UK Psychoanalytical Society de Londres; doutora em Teoria e Prática Clínica Psicanalítica e Psicopatologia pela Erich Fromm World University de Miami, Flórida, Estados Unidos; presidente do Congresso Internacional Brain Connection Brasil.

Brasil

Arranha-céu ‘do Neymar’ balança com ciclone

Publicados

em

Ciclone extratropical passa por Santa Catarina com ventos que passam dos 140 km/h

Arranha-céu do Neymar – Um vídeo que mostra o “prédio do Neymar”, como é conhecido o Yacht House, em Balneário Camboriú, se movimentando com as rajadas de vento do ciclone extratropical.

As imagens publicadas pela construtora Pasqualotto&GT foram divulgadas nesta quarta-feira (10).

LEIA TAMBÉM:

As rajadas chegaram a 140 km/h e balançaram o arranha-céu de 281 andares.

Porém, essa movimentação já estava prevista pelo projeto de engenharia.

Arranha-céu do Neymar

“É válido reforçar que é o primeiro residencial do Brasil a contar com o sistema de contraventamento Outrigger, que oferece amortecimento superior aos demais. As pessoas que trabalham neste momento na obra nem sentem os fortes ventos que atingem a região”, publicou a construtora.

“Sistema incrível que nos possibilita perceber o quão seguro é esta obra, mesmo estando a estrutura exposta a condições extremas de ventos, nenhuma sensação de movimentação é sentida nos pavimentos mais altos, desta obra de mais de 281 metros de altura”, completou.

Arranha-céu do Neymar
Segura! “Torres gêmeas do Neymar” em SC balançam com a força do vento – Foto: Pasqualotto&GT e Reprodução/ND

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Luta contra as Hepatites
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Brasil

Ministra Rosa Weber é eleita nova presidente do STF

Publicados

em

Nascida em Porto Alegre (RS), Rosa Weber substituirá Luiz Fux e está no STF desde 2011, quando foi indicada pela então presidente Dilma Rousseff. Luís Roberto Barroso foi eleito vice-presidente.

Ministra Rosa Weber – A ministra Rosa Weber foi eleita nesta quarta-feira (10) a nova presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). A posse está marcada para o dia 12 de setembro.

Também durante a sessão desta quarta, o ministro Luís Roberto Barroso foi eleito novo vice-presidente do STF.

Ambos foram eleitos por 10 votos a um. A eleição é feita entre os próprios ministros do tribunal e são protocolares. O STF adota para a sucessão de seus presidentes um sistema de rodízio, baseado no critério de antiguidade.

Portanto, é eleito o ministro mais antigo e que ainda não tenha presidido o STF.

Rosa Weber substituirá o ministro Luiz Fux à frente da Corte, mas, diferentemente dos presidentes anteriores, ela não cumprirá dois anos de mandato porque se aposentará antes, em outubro de 2023, quando completa 75 anos.

LEIA TAMBÉM

Ministra Rosa Weber é eleita nova presidente do STF

“Essa tradição não ofusca, não inibe, não prejudica o fato de eu estar sensibilizada pelo voto de confiança de vossas excelências. Exercer a chefia do Poder Judiciário, para uma juíza de carreira como eu, que está há 46 anos, é uma honra inexcedível”, afirmou.

“Em especial nesses tempos tumultuados que nós estamos vivendo, o exercício deste cargo trata-se de um imenso desafio”, declarou Weber.

“Vou procurar desempenhá-lo com toda serenidade e com a certeza do apoio de vossas excelências, que para mim será fundamental. E sempre na defesa da integridade e na soberania da Constituição e do regime democrático.”

Perfil

Gaúcha de Porto Alegre, Rosa Maria Pires Weber nasceu em 2 de outubro de 1948. Ela ingressou na magistratura trabalhista em 1976, como juíza substituta no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (Rio Grande do Sul).

Em 1981, foi promovida ao cargo de juíza-presidente, que exerceu sucessivamente nas Juntas de Conciliação e Julgamento de Ijuí, Santa Maria, Vacaria, Lajeado, Canoas e Porto Alegre.

Ela chegou ao cargo de juíza do TRT em 1991, tribunal que presidiu entre 2001 e 2003, após ter sido corregedora regional.

Rosa Weber também foi professora da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), entre 1989 e 1990, nas disciplinas de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho.

A nova presidente do STF foi convidada para atuar no TST em maio de 2004, tendo sido efetivada como ministra da Corte trabalhista dois anos depois.

Em dezembro de 2011, Rosa Weber tomou posse como ministra do STF após ter sido indicada para a Suprema Corte pela então presidente Dilma Rousseff.

Em 2018, assumiu a presidência do TSE e comandou as eleições daquele ano.

Ministra Rosa Weber é eleita nova presidente do STF
Ministra Rosa Weber é eleita nova presidente do STF

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Luta contra as Hepatites
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Brasil

Ciclone causa deslizamentos e queda de estruturas em SC

Publicados

em

Cerca de 79 mil unidades consumidoras em Santa Catarina estavam sem fornecimento de energia até as 7h15 desta quarta.

Ciclone causa deslizamentos – A chuva registrada entre a noite de terça-feira (9) e manhã desta quarta-feira (10) provoca prejuízos em diversas cidades de Santa Catarina. Parte de uma casa em construção desabou em Timbó.

Na cidade de Criciúma, 30 moradores precisaram deixar as casas durante a madrugada. As ocorrências são provocadas por conta da passagem de um ciclone extratropical no Estado.

Cerca de 79 mil unidades consumidoras em Santa Catarina estavam sem fornecimento de energia até as 7h15 desta quarta. Não há informações sobre feridos.

Nesta manhã, a Defesa Civil informou que há risco ‘muito alto’ para deslizamentos, enxurradas e inundações em diversas cidades do Estado.

Sul

Em Criciúma, até a manhã desta terça 30 famílias foram retiradas de casa com auxílio da Defesa Civil por conta de alagamentos ou risco nas estruturas. Em torno de 15 pessoas foram para a casa de amigos e familiares. Outra parte foi levada para abrigos organizados pelo município.

Ciclone causa deslizamentos e queda de estruturas em SC
Placas foram arrancadas por conta do vento — Foto: Defesa Civil de Porto Belo/Divulgação

Com o extravasamento da calha do rio que passa pela cidade, há registro de alagamentos nos bairros Sangão, Imperatriz, Vila Macarini, Vila Francesa, Vila Isabel e Cristo Redentor.

O principal ponto para abrigar as famílias é o Ginásio Municipal Irmão Walmir Orsi, no bairro São Luiz. A população também pode se abrigar no Salão Paroquial do Sangão.

Situação em Criciúma, uma das maiores cidades do estado — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Situação em Criciúma, uma das maiores cidades do estado — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Ciclone causa deslizamentos e queda de estruturas em SC

Bairro Francesa, em Criciúma, no Sul, por volta das 6h desta quarta-feira — Foto: Deivid Morona/NSC TV
Bairro Francesa, em Criciúma, no Sul, por volta das 6h desta quarta-feira — Foto: Deivid Morona/NSC TV

Na cidade de Jaguaruna, também no Sul catarinense, a prefeitura suspendeu as aulas nesta quarta-feira por conta da previsão do tempo. Também não haverá serviço de transporte escolar.

Grande Florianópolis

Em Florianópolis, a chuva deixa o trânsito lento nesta manhã de quarta-feira. Na entrada da Ponte Pedro Ivo, que dá acesso ao centro da Capital, uma placa caiu sobre a fiação, o que deixou parte do bairro Coqueiros sem iluminação.

No bairro da Lagoa da Conceição, um automóvel rodou na pista no morro que dá acesso ao bairro nesta quarta. Há relatos de galhos na pista, que dificultam o trânsito na região.

Trânsito em Florianópolis nesta manhã de quarta-feira (10)

Guarda Municipal atende ocorrências em Florianópolis nesta manhã — Foto: Guarda Municipal/Divulgação
Guarda Municipal atende ocorrências em Florianópolis nesta manhã — Foto: Guarda Municipal/Divulgação
Veículo que rodou no Morro da Lagoa, em Florianópolis — Foto: Guarda Municipal/Divulgação
Veículo que rodou no Morro da Lagoa, em Florianópolis — Foto: Guarda Municipal/Divulgação

Litoral Norte

Em Itajaí, a prefeitura atendeu ocorrências de alagamentos de ruas e duas quedas de árvore. Já em Balneário Camboriú, houve registro de quedas de árvores em alguns bairros da cidade, aumento do volume de águas no Rio das Ostras, alagamentos pontuais e queda de telhado.

Queda de árvore em Balneário Camboriú, no Litoral Norte — Foto: Defesa Civil de Balneário Camboriú/Divulgação
Queda de árvore em Balneário Camboriú, no Litoral Norte — Foto: Defesa Civil de Balneário Camboriú/Divulgação

Em Balneário Piçarras, na mesma região, o portal da cidade caiu nesta manhã por conta da ventania.

Balneário Piçarras, no Litoral de SC, nesta manhã  — Foto: Reprodução/NSC TV
Balneário Piçarras, no Litoral de SC, nesta manhã — Foto: Reprodução/NSC TV

Segundo a Marinha, o canal de acesso aos portos de Itajaí e Navegantes foi fechado nesta manhã de quarta.

Já na cidade de Porto Belo, placas também foram arrancadas por conta do vento. Na cidade também houve deslizamento de encostas.

Vale do Itajaí

Na cidade de Timbó, o Corpo de Bombeiros atendeu a uma ocorrência de desabamento de parte de uma casa em construção e de um muro no bairro Araponguinhas na noite de terça. Durante o atendimento, os socorristas orientaram para que os moradores de uma residência deixassem o local, pois havia risco iminente da casa vizinha, em construção, cair.

Casa em construção cai sobre residência em Timbó, no Vale do Itajaí — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Casa em construção cai sobre residência em Timbó, no Vale do Itajaí — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Após os moradores deixarem a casa, parte da residência em construção desabou. Os moradores foram encaminhados a um abrigo fornecido pela Defesa Civil e Assistência Social do município. A ocorrência foi atendida por volta das 22h.

Serra

Muro em Lages, na Serra, caiu por conta da chuva — Foto: Defesa Civil de Lages/Divulgação
Muro em Lages, na Serra, caiu por conta da chuva — Foto: Defesa Civil de Lages/Divulgação

Em Lages, na noite de terça a Defesa Civil do município atendeu a uma ocorrência de queda de muro no bairro Sagrado coração de Jesus. Ninguém se feriu (imagem acima).

LEIA TAMBÉM:

Norte

Parte do teto do Samu desabou em Joinville, no Norte catarinense — Foto: Reprodução/NSC TV
Parte do teto do Samu desabou em Joinville, no Norte catarinense — Foto: Reprodução/NSC TV

Em Joinville, parte do teto de gesso e do reboco do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) cedeu durante a chuva na noite de terça. O incidente ocorreu devido a uma infiltração na junção com outro prédio. A Defesa Civil deve fazer uma vistoria nesta quarta.

Moradores de uma casa no bairro Vila Cubatão, acionaram a Defesa Civil após a água invadir o imóvel. No bairro Boa Vista, houve um deslizamento de terra em um terreno. Na região central, algumas ruas ficaram alagadas.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Taça Guaiquíca fase semifinal
Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias