Conecte-se conosco

Campinas

Em noite especial, PUC-Campinas inaugura Centro de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros Dra. Nicéa Quintino Amauro

Publicados

em

Centro foi festejado pela Universidade, Movimento Negro, autoridades e convidados no Campus I

Em clima de união e celebração, a PUC-Campinas inaugurou, na quarta-feira, 23, o Centro de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros Dra. Nicéa Quintino Amauro, com o apoio e participação do Movimento Negro. Trata-se de um movimento da Universidade que reforça a luta contra o racismo e o resgate da identidade da população negra.

O evento contou com a presença do Arcebispo Metropolitano de Campinas e Grão-Chanceler da PUC-Campinas, Dom João Inácio Müller; do Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior; do Vice-Reitor, Prof. Dr. Pe. José Benedito de Almeida David; do Prefeito de Campinas, Dário Saadi; da Presidente da Associação dos Religiosos de Matriz Africana de Campinas e Região, Comendadora Edna Almeida Lourenço; da Representante das Religiões de Matriz Africana e Responsável pela Lavagem das Escadarias da Catedral de Campinas, Mameto Dangoromenha; da Responsável pelo Programa Permanente de Igualdade Racial, Profa. Dra. Waleska Miguel Batista, entre outras autoridades, Pró-Reitores, decanos, diretores, docentes e alunos da Universidade.

LEIA TAMBÉM:

O Centro terá como objetivos realizar atividades de “Diálogos sobre Racismo” e desenvolver a formação continuada da comunidade acadêmica interna – conectando docentes, discentes e funcionários. Além disso, estará de portas abertas para receber grupos de pesquisadores e membros da comunidade de interesse das relações étnico-raciais.

A primeira parte do evento ocorreu em frente ao Centro, que foi descerrado após a bênção ecumênica realizada pelo Arcebispo Metropolitano e pela representante das Religiões de Origem Africana. A oração também teve música e muitos aplausos da comunidade presente durante a cerimônia.

O espaço ganhou um visual temático com concepção conceitual de Andrea Mendes, curadora, educadora, artista e militante do movimento negro; e projeto gráfico da artista juntamente com Ike Banto, que ficou responsável pelas ilustrações.

“O fundamento é um espaço de conhecimento. Quando eu visitei o local inicialmente, me deparei com o tom de azul e eu acho que esse tom me provocou e me levou a pensar sobre o trânsito atlântico. A partir desse trânsito, que foi responsável por trazer mais de quatro milhões de pessoas do Continente Africano para o nosso, entendi que esse deveria ser o caminho. Então, o mar de trânsito está na parte de fora. E dentro fizemos um dégradé, que dá a sensação de que estamos chegando à fronteira. Temos o mar profundo do lado de fora e dentro a chegada ao continente, um lugar de encontro. Decidi conectar o passado com o futuro: temos as mulheres ancestrais, que simbolizam um passado de sofrimento e aprendizado, e fontes do saber, que são compartilhados; temos símbolos que representam a ponte entre passado e futuro. O objetivo é dialogar com o passado e a gente poder construir o futuro sob o olhar dos que vieram antes e foram tão negligenciados pela história”, explica Andrea Mendes, idealizadora do projeto artístico do Centro.

Na sequência, no Auditório do Campus I, as autoridades elevaram a iniciativa e comemoraram o passo importante da PUC-Campinas na luta contra o racismo e no avanço da preservação e recuperação da identidade negra.

“Em solo brasileiro, quantas barbaridades temos assistido todos os dias contra as culturas africanas e afro-brasileiras. É preconceito, intolerância e ignorância. Com calma e vagar precisamos resgatar e respeitar nossos irmãos de cultura afro. Todas as pessoas precisam silenciar mais, ouvir mais, meditar e contemplar mais. Isto nos torna humanos, isso nos ajuda a nos manter humanos” afirmou o Arcebispo. “Que a dinâmica do Centro de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros Dra. Nicéa Quintino Amauro seja instrumento de resgate da cultura africana e afro-brasileira. Oxalá! Que Deus, então, ao olhar para esse Centro, diga: ‘É muito bom!’”, completou Dom João Inácio Müller.

LEIA TAMBÉM:

“É uma iniciativa que surgiu de um extenso trabalho de diálogo ao longo de quatro anos, especialmente na implementação do projeto Diálogos sobre o Racismo, perfazendo 23 encontros, que buscaram resgatar a história e promover debates que apoiassem e valorizassem as comunidades negras. O projeto propiciou o diálogo interdisciplinar e a abordagem reflexiva. Dessa caminhada nasce o conceito desse Centro, que hoje se torna realidade. Ele será um ponto de referência para o desenvolvimento de ações que celebram todas as culturas, especialmente as de matriz africana. Será também espaço para explorar conexões entre passado, presente e futuro, fortalecendo as identidades afrodescendentes. Queremos enfatizar o compromisso na nossa Instituição com o pacto educativo global proposto pelo Papa Francisco. Em um mundo contemporâneo, marcado por crises, reconhecemos que somente por meio de uma jornada educacional inclusiva é que poderemos minimizar tais desafios. Essa jornada envolve uma rede de relações que compartilham compromissos e aliança, gerando paz, justiça e aceitação entre os povos”, disse o Reitor Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior.

“A criação do Centro é um marco na história das universidades do Brasil. Ele mostra que é reconhecido o racismo e que nós precisamos combater. E esse espaço é qualificado para tratar dessa pauta, através de pesquisa, debates e formação. Então, é um grande avanço. Eu estou vivendo uma felicidade muito grande, também porque o nome que o Centro de Estudos leva é de uma mulher negra que foi grande referência para nós”, comentou a Comendadora Edna Almeida Lourenço.

“Vocês que são estudantes, vocês mulheres e homens negros, se vocês soubessem o presente que estou ganhando hoje, de estar aqui, não só como responsável pela lavagem de escadaria, mas pela luta que temos. Só precisamos de alguém que nos escute. Por isso, obrigado ao Reitor por nos ouvir. Ainda vou ver uma biblioteca cheia de livros e de heróis de matriz africana. Somos muitos filhos, e filhos de um só pai. Só somos diferentes na questão de prática”, comentou Mameto Dangoromenha (mãe Dangô).

O evento seguiu com uma apresentação artística do Coletivo Nação Nagô de Campinas, comandada por TC Silva. Ao final, a mãe da Dra. Nicéa, Maria Aparecida Quintino, recebeu flores da Universidade, entregues pela Diretora da Faculdade de Educação da PUC-Campinas, Profa. Dra. Eliete Aparecida de Godoy, como homenagem ao legado da filha.

Com a ativação do Centro, serão fomentados estudos sobre o tema e será estruturado o observatório das Relações Étnico-raciais, bem como o Repositório Digital – Teses, dissertações, TCC’s e práticas sociais e educativas.

“Eu tenho certeza que esse Centro vai discutir, fazer pesquisas e propor políticas públicas que possam enfrentar a desigualdade racial. Trago aqui meus parabéns. Reconheço a Universidade onde tive a honra de estudar e reconheço o papel da PUC-Campinas como fundamental na parceria com a cidade. A PUC-Campinas inova com esse Centro, não só do ponto de vista de estudo, mas de ser um instrumento que a Universidade disponibiliza de enfrentamento ao racismo e à intolerância religiosa”, reforçou o prefeito de Campinas, Dário Saadi.

“O Centro é resultado de uma luta política e coletiva. Depois de muitos anos, ter um Centro que vai tratar sobre a importância de combater o racismo estrutural e institucional com ações efetivas e afirmativas para combater toda a prática de intolerância e discriminação. Será um complemento na formação do estudante. Ter isso na nossa instituição vai proporcionar a possibilidade de uma formação ainda mais integrada e diversa”, comenta Waleska Miguel Batista, responsável pelo Programa Permanente de Igualdade Racial da Universidade.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Campinas

Brasileiras e italianos levam principais títulos na etapa de Campinas do Circuito Beach Tennis

Publicados

em

Quarta etapa ocorre em Paulínia, na arena do ex-craque de futebol Amoroso, entre os dias 22 e 24

Foram definidos, neste domingo, os campeões da terceira etapa do Circuito Beach Tennis que foi realizada na Arena Aveiro, em Campinas. O evento contou com mais de 900 atletas do Brasil, Itália e da Rússia e teve transmissão do canal PlayBT no Youtube.

No feminino o título ficou com a dupla da paulista Lorena Melo, 18ª do ranking mundial, e da mineira Graziele Silva. Elas bateram na decisão a dupla de Julianna Martins e Lilian Shibata por 6/1 6/2: “Agradecer a Lorena, nossa parceria invicta . Foi muito bom, conseguimos impor nosso jogo do início ao fim , essa final as meninas entraram com uma estratégia diferente no segundo set , trocando mais bolas, nos empurrando mais pra trás para tirar nossa agressividade. Mas conseguimos ter calma, força mental que influenciou no resultado da partida”, vibrou Graziela que leva o segundo troféu seguido. Ela foi campeã na etapa de Jundiaí ao lado de Isabela Sella.

LEIA TAMBÉM:

No masculino o título ficou com a dupla dos italianos Tristano Frattolillo e Edoardo Ponti que derrotaram na final o russo Ivan Syrov e o brasileiro Giovane Bueres por 6/2 3/6 10/3.

“Muito feliz, final muito dura, primeira vez que jogo com um canhoto e deu bom, fomos melhorando partida a partida”, vibrou Frattolillo.

“Foi muito legal, mais de 1.100 inscrições, jogos dentro do horário, final bem legal na masculina com brasileiro e russo contra italianos e no feminino a dupla da Graziela e da top 20 Lorena confirmou o favoritismo. Já estamos nos preparativos para a próxima etapa em Paulínia já com mais de 500 inscrições”, disse Eduardo Souza, organizador do Circuito Beach Tennis.

A quarta etapa acontecerá na cidade de Paulínia (SP) na Arena Esportes Paulínia, comandada pelo ex-craque de futebol Márcio Amoroso dos Santos, o Amoroso, entre os dias 22 e 24 de março. As inscrições podem ser feitas no profissional e no amador pelo link https://letzplay.me/circuitobeachtennis .

Calendário até junho:
22 até 24/03 – Paulínia (SP) – Arena Esportes Paulínia
19 até 21/04 – Mogi das Cruzes (SP) – Studio Eco Mogi
3 até 5/05 – Sorocaba (SP) – Beach House Sorocaba
17 até 19/05 – Campinas (SP) – CT Lucas Sousa – Clube Cultura
30/05 até 02/06 – Riviera de São Lourenço (SP) – Beach Tennis Clube Riviera
14 até 16/06 – Ribeirão Preto (SP)
28 até 30/06 – Itu (SP) – Apollo Beach House

O Circuito Beach Tennis conta com os patrocínios de O Boticário, Herbalife, Mormaii e da ZAND. Conta também com os apoios da Fisioterapia Recovery Health, Casa das Frutas Campinas e Agência de Viagem Twisy Travel.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Campinas

Zé Neto & Cristiano gravam novo DVD ‘Intenso’ em Valinhos

Publicados

em

Gravação acontece no dia 09 de março no Brahma Valley, às margens da rodovia Dom Pedro I

A gravação do DVD “Intenso”, novo projeto da dupla sertaneja Zé Neto & Cristiano, é neste sábado, 09. O show será realizado no Brahma Valley, em Valinhos.

LEIA TAMBÉM:

Em comunicado, a dupla explicou que “Intenso”, nome forte do novo DVD, transmite o momento de transformação vivido pela dupla, que recentemente assumiu a gestão da própria carreira. A promessa é de “mais um capítulo da coleção de sucessos da dupla”.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Campinas

CIESP-Campinas comemora o Dia Internacional da Mulher

Publicados

em

A Regional Campinas do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), por meio do seu departamento de Gente & Gestão, comemora o Dia Internacional da Mulher, com café da manhã e palestra de Tania Telles, com o tema Mulheres na Liderança Integrativa – Vida Plena. O evento acontece no dia 8 de março (sexta), a partir das 9h, no Fildi Hotel & Eventos (Rua Franm, 58, Nova Veneza, em Sumaré).

LEIA TAMBÉM:

A palestra tem como objetivo abordar os segredos do equilíbrio entre liderança e maternidade, absorvendo estratégias poderosas para atingir o sucesso. Busca ainda inspirar a líder que existe em cada mulher, transformando cada trajetória em uma marca positiva.

Tania Telles é palestrante internacional, treinadora de mentores, com 32 anos de atuação no universo corporativo, em empresas de diversos segmentos. Colunista do programa Elas na TV, Tania é criadora do método Vitta, mentora de líderes e especialista em Gestão Estratégica de Talentos.

Apoios: Fildi Hotel & Eventos e Silos Eventos.

Inscrição pelo link: https://www.ciespcampinas.org.br/site/confirmacao_presenca/?id=2881

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias