Conecte-se conosco

Jaguariúna

Centro de Equoterapia de Jaguariúna, o maior da América Latina, comemora 20 anos

Publicados

em

Foto – Andressa Cruz

O CEJ atende casos de autismo, doenças neurológicas, neuromotoras e piscológicas

O Centro de Equoterapia de Jaguariúna (CEJ) comemorou no dia 27 de julho, mais um aniversário. São 20 anos de trabalho com crianças, jovens e adultos com necessidades especiais, ou alguma limitação física, psicológica ou comportamental.

O CEJ é referência em habilitação e reabilitação no Brasil e atua diretamente na vida das pessoas.  Possui registro no Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCAJ) e Conselho Municipal da Pessoa com deficiência (COMPED).

O fundador, Wilson Mellilo comemora a trajetória. “Uma linda missão de vida. Agradeço a todos que direta ou indiretamente contribuíram para esse sonhos se realizar”, diz.

A gestora do CEJ e filha de Mellilo, Veridiana Mellilo, também celebra o aniversário tendo a clara percepção de que durante esses 20 anos não somente foram transformadas as vidas dos praticantes, como a vida de cada colaborador que faz parte da equipe. “É uma honra e uma felicidade comemorar a data ao lado de cada um que está aqui, especialmente ao do meu pai. Que venham mais 20 e mais 20 e mais 20 anos pela frente”, deseja.

Atualmente, o CEJ possui 90 mil metros quadrados, um picadeiro coberto com 2.4000 m2, bebedouros com acessibilidade e água filtrada, duas rampas em alvenaria com barras de proteção, cantina, banheiros adaptados e um parquinho adaptado.

CEJ e CAJ
Em 2019, após perceberem a demanda por um atendimento especializado para casos dentro do espectro autista, Wilson e Veridiana decidiram expandir a estrutura para a criação do Centro de Referência de Autismo de Jaguariúna (CAJ). Portanto, no CEJ recebem o tratamento portadores de doenças neurológicas, neuromotoras e psicológicas, enquanto o CAJ se dedica exclusivamente ao atendimento clínico de pessoas dentro do espectro autista. O tratamento é estendido também às mães e familiares dos praticantes e pacientes, que encontram nos centros uma rede de apoio não só para seus filhos, como também para si.

Em agosto de 2020, a sede do centro foi inaugurada com 10 salas de atendimento e 550 metros quadrados de área. Atualmente, o CAJ atende +130 crianças. A preocupação do centro de oferecer um tratamento mais completo possível para os seus pacientes pode ser observada na variedade de profissionais que compõem a equipe multidisciplinar de terapeutas e médico psiquiatra.

Foto: Andressa Cruz

De pai para filha
Apesar de sua resistência inicial de misturar famílias e negócios, Veridiana assumiu o controle dos centros. No início, ela observava a rotina dos profissionais. Porém, com o tempo ela se tornou peça fundamental do trabalho.

Em junho de 2019, Wilson trouxe a ideia da construção do CAJ e hoje os dois centros seguem em paralelo. No final do mesmo ano, em meio a uma reunião geral, o pai de Veridiana anunciou que estaria se aposentando no próximo ano, e passaria a administração dos centros para a filha.

Passada a euforia da surpresa, Veri assumiu o desafio como fez com outras coisas na sua vida, se entregando de corpo, alma e coração aos projetos. Ela havia acabado de completar 30 anos, e já estava à frente de dois centros referências.

Mídias Sociais do CEJ
Instagram: https://www.instagram.com/cej_jaguariuna/

Facebook: https://www.facebook.com/cej.centrodeequoterapiadejaguariuna/

Linkedin: https://www.linkedin.com/company/centro-de-equoterapia-de-jaguariuna/

Site: https://www.centrodeequoterapia.org/

Mídias Sociais do CAJ
Instagram: https://www.instagram.com/caj_jaguariuna/

Facebook: https://www.facebook.com/caj.jaguariuna/

Site: https://www.centrodeautismo.com.br/

Jaguariúna

Programa “Pet Amigo” facilita doações de produtos para animais em Jaguariúna

Publicados

em

O prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, sancionou a Lei Municipal nº 2.805, que institui o programa Pet Amigo, que tem por objetivo facilitar a captação de doações de ração, utensílios, móveis, roupas, medicamentos, coleiras, casinhas, entre outros produtos e insumos para animais. 

De acordo com a lei, os itens recebidos pelo programa poderão ser doados por estabelecimentos comerciais e industriais, órgãos públicos, pessoas físicas ou jurídicas. A distribuição das doações será realizada pela Administração Municipal ou por meio de parcerias firmadas com organizações da sociedade civil.

Jaguariúna é um dos poucos municípios brasileiros reconhecidos como Cidade Amiga dos Animais, pela World Animal Protection, pelas ações de proteção aos pets.

Leliane Magalhães Guerra Gandolphi, voluntária na ONG Xodó de Bicho, de Jaguariúna, aprovou a iniciativa. “Essa lei institucionaliza o que hoje é feito de forma informal. Agora, vamos conseguir atingir mais empresas, de portes maiores, para que façam suas doações. Dá mais transparência ao processo de doação e facilita tanto para os protetores, ONGs e também para os doadores”, avalia.  

Foto: Divulgação

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna realiza 2º mutirão da Saúde para exames ginecológicos neste sábado

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza neste sábado, 28, o segundo Mutirão da Saúde com o objetivo de atender mais pacientes e reduzir a fila de espera. Os atendimentos serão na área de ginecologia, desta vez nas unidades básicas de saúde (UBSs) Cruzeiro do Sul e Florianópolis, das 7h às 19h.

Na UBS Cruzeiro do Sul, o atendimento também vai abranger os moradores dos bairros Roseira de Baixo e Roseira de Cima, que já podem fazer o agendamento nas unidades de saúde desses bairros. Na UBS Florianópolis, os atendimentos também se estenderão aos moradores do Nova Jaguariúna, que podem realizar o agendamento nesta unidade.

Quem preferir, pode fazer o agendamento da consulta para o Mutirão da Saúde pelo aplicativo “CCC Jaguariúna”, que pode ser baixado gratuitamente nas versões para Android ou IOS.
No último sábado, a Secretaria de Saúde realizou o primeiro Mutirão da Saúde, também com serviço ginecológico, quando 150 mulheres foram atendidas na UBS Miguel Martini. Além de passar pelo médico, as mulheres também realizam exames preventivos. Novos mutirões ainda deverão ser feitos ao longo dos próximos meses, conforme a necessidade.

De acordo com a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, o objetivo dos mutirões é amenizar os impactos caudados pela pandemia. “Os mutirões são uma forma de atender a população e dar conta do crescimento da demanda”, disse.

CÂNCER BUCAL
A segunda edição do Mutirão da Saúde também vai contar com o serviço odontológico de prevenção ao câncer bucal, na campanha Maio Vermelho. Equipes de saúde bucal estarão nas UBSs Cruzeiro do Sul e Florianópolis realizando avaliação nos pacientes com o objetivo de prevenir o câncer bucal.

Continue lendo

Jaguariúna

Prefeitura de Jaguariúna realiza 1ª oficina de saúde mental

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna realizou nesta quarta-feira, 25, a 1ª Oficina de Saúde Mental de Jaguariúna. O encontro foi realizado no Teatro Municipal Dona Zenaide e contou com a presença de representantes da Rede de Atenção Psicossocial do Município e de Bruno Mariani, médico do Serviço Cândido Ferreira, ator, diretor e produtor de teatro, que abordou o tema “Tratar não é trancar”.

Segundo a Secretaria de Saúde de Jaguariúna, o evento faz parte do plano de ação que visa reestruturar a Rede de Atenção Psicossocial do Município, mas também abordar e discutir temas da 5ª Conferência Nacional de Saúde, como “Fortalecer e garantir Políticas Públicas: o SUS, o cuidado de saúde mental em liberdade e o respeito aos Direitos Humanos”.

“O objetivo foi iniciar uma discussão para dentro dos serviços, atenção primária juntamente com a Rede de Atenção Psicossocial, organizarmos os processos de trabalho e os pontos de atenção. Essa primeira oficina foi voltada para os funcionários da rede de saúde que estão à frente dos serviços”, explica a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.

“Estamos sempre buscando o aperfeiçoamento e qualificação dos serviços, com mais conhecimento e informações para levar o que é melhor para a população do município, principalmente no que se refere a saúde mental, que é um problema que está bastante recorrente e um desafio após esses dois anos de pandemia”, completa a secretária.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias