Conecte-se conosco

São Paulo

Caixas com mosquitos que ajudam a controlar população de Aedes aegypti já estão à venda em São Paulo

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Lançamento inédito no mundo usa mosquitos machos autolimitantes que não picam e não transmitem doenças. As Caixas do Bem™ funcionam apenas adicionando água, e estarão disponíveis para todos os setores da sociedade – de consumidores finais a empresas.

Pela primeira vez em todo o mundo, a população pode ter acesso a uma forma segura e sem químicos de controle do Aedes aegypti, mosquito causador de doenças como a dengue, a zika e a febre amarela. As Caixas do Bem™ já estão à disposição para compra no estado de São Paulo. O produto, que funciona apenas adicionando água, usa uma tecnologia biológica segura e eficaz com mosquitos machos autolimitantes – que conseguem limitar o crescimento da própria espécie, não picam e não transmitem doenças.

A novidade é fruto de um trabalho desenvolvido nos últimos 10 anos pela Oxitec, empresa britânica líder em soluções biológicas para o controle de insetos-praga. No Brasil, os problemas causados pelo Aedes aegypti são questão de saúde pública pelo menos desde os anos de 1960, quando o relaxamento de medidas de combate ao mosquito provocou um aumento da população. De acordo com o Ministério da Saúde, entre janeiro e setembro de 2021 o país registrou mais de 645 mil casos de dengue, uma das principais enfermidades transmitidas pelo mosquito. Embora o número seja alto, o próprio Ministério sugere em seu boletim epidemiológico de arboviroses que ele esteja subnotificado devido às forças tarefa no enfrentamento à COVID-19.

Esta é a primeira vez que os benefícios do uso de uma tecnologia de controle de mosquitos desenvolvida biologicamente estão disponíveis para o consumidor final. O Aedes do Bem™ obteve aprovação da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) em 2020, após 3 anos de projeto-piloto no município de Indaiatuba – SP. Inicialmente, o produto está disponível para compra on-line e entrega no estado de São Paulo, mas o objetivo, após essa primeira etapa, é distribuí-lo por todo o território nacional.

Para a diretora geral da Oxitec do Brasil, Natalia Ferreira, o lançamento é um grande marco para a Oxitec, que sempre teve o Brasil como um de seus focos. “Nossa equipe serviu várias comunidades em todo o Brasil na última década, e temos demonstrado consistentemente que a Tecnologia do Bem™ é altamente segura e eficaz, além de popular”, afirma. De acordo com a executiva, o Aedes do Bem™ chega com a missão de proteger mais vidas e mitigar os impactos causados pelo mosquito, ano após ano.

Modo de usar

O produto é composto por caixas reutilizável e refis contendo ovos do Aedes do Bem™ que devem ser trocados a cada 28 dias, durante toda a temporada de mosquitos. Ao receber a caixa, o consumidor deve colocá-la em uma área externa, como uma varanda ou um jardim, e apenas acrescentar água. Após alguns dias, mosquitos machos começarão a sair da caixa e circular pela região, acasalando com fêmeas invasoras do Aedes aegypti. Os Aedes do Bem™ da Oxitec impedem que as descendentes fêmeas deste cruzamento sobrevivam, o que significa que as gerações subsequentes terão cada vez menos fêmeas – que picam e transmitem doenças – controlando assim a população de mosquitos.

De acordo com o CEO da Oxitec, Grey Frandsen, o produto representa uma revolução na maneira como combatemos o mosquito. “Acreditamos que a luta será vencida não mais com pesticidas químicos, mas ao tornar uma nova geração de produtos seguros e ecológicos acessíveis a todos, quando e onde forem necessários. É hora de dar poder às pessoas para agirem contra essa crescente ameaça à saúde pública com a ajuda de produtos seguros e eficazes”.

Ambientalmente seguro

Diferentemente do que acontece com a maior parte dos métodos de controle do mosquito da dengue atualmente, o Aedes do Bem™ é seguro para outras espécies, como abelhas e borboletas. Isso porque o método é espécie específico, além de não interferir no ambiente em que essas espécies vivem. Assim que o ciclo de vida dos mosquitos liberados termina, eles desaparecem do ambiente naturalmente.

O lançamento comercial no Brasil se dá ao mesmo tempo em que acontece o primeiro projeto piloto do Aedes do Bem™ nos Estados Unidos, realizado pela Oxitec em Florida Keys desde abril deste ano. Além destas iniciativas, a Oxitec anunciou recentemente uma nova parceria com a Fundação Wellcome Trust, do Reino Unido, para expandir o uso do Aedes do Bem™ na cidade de Indaiatuba (SP), e a aprovação completa de biossegurança, em março deste ano, da Spodoptera do Bem™, primeira solução autolimitante da Oxitec voltada para agricultura.


Sobre a Oxitec

A Oxitec é líder no desenvolvimento de soluções biológicas para controlar insetos que transmitem doenças, destroem plantações e prejudicam a pecuária. Fundada em 2002 na Universidade de Oxford, a Oxitec é liderada por uma equipe apaixonada composta por 15 nacionalidades e tem o apoio de parceiros de primeira classe em todo o mundo. Saiba mais em oxitec.com/br

São Paulo

Piloto de Paulínia disputa o título de campeão na final da Copa F-Racers de Kart neste sábado

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Em segundo lugar na competição, João Alécio busca título em seu primeiro ano na categoria F4 Júnior   

O piloto de Paulínia João Alécio, de 12 anos, disputa a rodada dupla final da Copa F-Racers de Kart 2021 neste sábado, 27, com chances de conquistar o título de campeão da categoria F4 Júnior. As etapas 9 e 10 serão realizadas a partir das 9h, no Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia, com entrada gratuita e transmissão ao vivo pelo canal do evento no YouTube. A categoria F4 Júnior abre as disputas.

Depois de liderar a competição desde a primeira etapa e somar 174 pontos totais, João Alécio agora ocupa a segunda colocação pelo critério de descartes obrigatórios, com 138 pontos válidos, 12,8 pontos atrás do primeiro colocado. Ele conquistou duas vitórias e subiu ao pódio em todas as oito etapas.

A rodada dupla final terá pontuação diferenciada – a etapa 9 valerá 50% mais e a etapa 10 colocará em jogo o dobro dos pontos –, o que deverá acirrar ainda mais as disputas dentro da pista do Kartódromo San Marino.

“Agora é foco total nestas duas últimas etapas. Preciso correr bem e procurar não cometer erros para poder fazer os pontos necessários pra ganhar o campeonato. Vou procurar fazer o meu melhor, junto com minha equipe”, diz o piloto.

Campeão da categoria Cadete em 2019 na mesma competição, João Alécio estreou neste ano na F4 Júnior. Ele integra a equipe Ken Racing/F4 Racers Motorsport, campeã brasileira de kart em 2018.

Apoio

O piloto João Alécio conta com o apoio de Kartódromo Internacional San Marino, Kart Machine Racing Equipment, Práxis Mídia, F4Racers Motorsport e Osvaldo Furiatto Fotografia e Design.

Mais informações, parcerias e patrocínios

Acompanhe o piloto João Alécio #95 nas redes sociais: @joaoalecio95 (Facebook e Instagram).

Vakinha para disputar o Campeonato Brasileiro de Kart 2022 – acesse o link: vaka.me/2495124.

Para parcerias e patrocínios, entre em contato: (19) 99602-3773 e (19) 99662-7548.

Continue lendo

São Paulo

Estado de SP anuncia retirada de exigência do uso de máscara ao ar livre a partir de 11 de dezembro

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Gestão Doria havia estipulado númeos de óbitos, casos, internações e vacinação contra a Covid como condição para liberação do uso do item de proteção, mas nenhum deles foi atingido

O governo de São Paulo anunciou que vai liberar a obrigatoriedade do uso da máscara em ambientes externos a partir do dia 11 dezembro, apesar de ainda não ter atingido a meta estipulada pela própria gestão estadual de redução de indicadores da pandemia (leia mais abaixo).

O uso continua obrigatório em áreas internas e no transporte público, inclusive dentro das estações e terminas de ônibus. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa no início da tarde desta quarta-feira, 24.

A proposta foi aprovada pelo Comitê Científico, grupo de especialistas que orientam a gestão de João Doria (PSDB), e ocorre em meio a um crescimento no número de casos no estado.

A média móvel diária de mortes registrada no estado foi de 61 nesta quarta-feira, 24. O valor é 34% maior do que o registrado há 14 dias, o que para especialistas indica tendência de alta na pandemia. Já a média diária de casos é de 1.289, valor 10% maior do que o de 14 dias, o que aponta tendência de estabilidade.

Continue lendo

São Paulo

Socorro inaugura museu dedicado à história dos 120 anos das motos e bicicletas no país

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Inaugurado no dia 11 de novembro, o ‘Centro Cultural Movimento’ possui um dos maiores acervos do país dedicado ao segmento de duas rodas, que inclui documentos históricos, troféus importantes e inúmeras modelos de motos e bicicletas

A cidade de Socorro, localizada na região do Circuito das Águas Paulista, acaba de inaugurar o primeiro museu do Estado de São Paulo dedicado a contar os 120 anos de história das motos e bicicletas no país. Batizado de ‘Centro Cultural Movimento’, o local foi oficialmente inaugurado no dia 11 de novembro e após a realização da cerimônia de abertura que reuniu autoridades locais dos poderes Executivo e Legislativo, diversos pilotos que fizeram história no país e no mundo, representantes de entidades do setor, além de membros de algumas das famílias que iniciaram o motociclismo no Brasil.

“Tudo que vocês vão ver aqui dentro do museu trata da história de nós mesmos. Tudo que está aqui é porque vocês [pilotos e famílias] nos cederam. A lista de quem emprestou motos é enorme”, destacou Carlãozinho Coachman, curador do ‘Centro Cultural Movimento’, em discurso emocionado durante a solenidade de abertura.

Por sinal, este foi o sentimento que guiou todo o andamento da cerimônia de inauguração do museu. Nomes que fizeram história no ciclismo e no motociclismo nacional deram seu testemunho durante o evento. Um dos momentos mais comoventes foi a participação de Dedé Ceccarelli, que, aos 102 anos foi chamada para representar a família Ceccarelli.

“São tantos nomes importantes presentes aqui, mas escolhi Dedé Ceccarelli para representar a todos vocês. Essa senhora representa uma das mais antigas famílias do motociclismo brasileiro. O pai dela foi campeão de ciclismo nos anos 1910, ganhando 12 de 11 corridas. Foi o primeiro campeão Paulista de ciclismo do interior. Ela é filha de Constante Ceccarelli e irmã de Constante Ceccarelli Jr. As histórias deles estão aqui dentro”, disse Carlãozinho Coachman.

Outras histórias, também contadas no museu, foram rememoradas durante a solenidade de abertura do ‘Centro Cultural Movimento’. Dentre elas, as biografias dos irmãos Paolo e Gualtiero Tognocchi, pilotos que marcaram época nas décadas de 1960 e 1970 em provas de Lambrettas e com a importante vitória na 1ª edição das ‘500 Milhas de Interlagos’, além da incrível biografia de Antônio Jorge Neto, o Netinho, piloto brasileiro que venceu as ‘100 milhas de Daytona’ em 1983 – história que este virando documentário e será exibida no museu e lançada no Cine Orlandi, na cidade de Socorro, em 12 de março de 2022.

“A história do motociclismo brasileiro tem alguns heróis e feitos impressionantes. A gente tem as vitórias do Alexandre Barros e os 21 anos dele em Mundiais (MotoGP e SBK). Foram oito vitórias e mais de 40 pódios. Tivemos Marco Antônio Greco, que disputou MotoGP, Formula Indy e as ‘500 Milhas de Indianápolis’, o título do Eric Granado no Europeu de Moto2, a vitória do Adu Celso no Mundial de 1973 e Antônio Jorge Neto, que venceu Daytona em 1983”, completou Carlãozinho Coachman.

Iniciado há cerca de duas décadas, a proposta de desenvolver o mototurismo na cidade de Socorro ganhou força nos últimos anos com o lançamento do projeto ‘Socorro Destino Duas Rodas’, que culminou na exposição ‘Duas Rodas e Uma Nação’ e, mais recentemente, na parceria público-privada (PPP) que oficializou a abertura do museu ‘Centro Cultural Movimento’. O coordenador do projeto ‘Socorro Destino Duas Rodas’, Luciano Peixoto, relembrou toda essa trajetória que culminou na transformação do antigo sonho de construir um polo de mototurismo no interior de São Paulo em realidade.

“Percebi que Socorro tinha todo sentido para realizar este projeto. Aqui era o lugar. Aqui seria a segunda Campos do Jordão. Já se passaram 20 anos, e, em 2019, tivemos a oportunidade para trazer um grande evento da BMW para Socorro. Para resumir, queríamos tornar a cidade na capital brasileira das duas rodas e iniciamos o projeto ‘Socorro Destino Duas Rodas’. Trouxemos a iniciativa privada. Aí veio a pandemia e as coisas atrasaram um pouco. Mas hoje estamos selando o que começamos em 2019. Socorro merece. É uma economia forte. Sabemos que esse segmento pode nos trazer um enorme benefício, com um público com grandes receitas. A primeira ação é o ‘Centro Cultural Movimento’, uma realidade hoje. Mas isso é só um pontapé inicial que queremos para nossa cidade”, disse Peixoto.

Logo após o encerramento da cerimônia de inauguração, o museu teve sua primeira atividade oficial com o lançamento do livro ‘Montar e Partir’, do piloto e autor gaúcho Ricardo Lugris. Aberto ao público a partir desta sexta-feira (12), o ‘Centro Cultural Movimento’ possui um dos mais vastos acervos do país dedicado ao segmento de duas rodas, que inclui fotografias, documentos históricos, troféus das principais conquistas nacionais e internacionais, além de inúmeros modelos de motos e bicicletas lançadas nos últimos 120 anos. Entre algumas das raridades expostas estão o título do ‘Trofeo Real Consul D’Itália’, de 1937, conquistado pelo piloto Luiz Bezzi de Santos, e a réplica da Mobilette de Alex Barros, em sua estreia na velocidade aos sete anos, e da PUCH campeã paulista de ciclomotores de 1978 com José Escalona.

Depoimentos:

“Anos atrás, quando Carlãozinho me procurou, imediatamente disponibilizei tudo o que eu tinha, sem exceção. Para nosso esporte e nossa nação é algo inédito. Resgata o passado, não apenas como um museu de motos, e sim como o museu da nossa história. Não me lembro de ter visto algo assim em outro lugar do mundo. E acho que isso não para por aqui. É uma coisa para o futuro” – Santo Feltrin

“O museu, além de mostrar a história da bicicleta e da motocicleta, mostra a história do motociclismo no Brasil, e a cidade de Santos (SP) teve uma importância imensa através do ícone Luiz Bezzi, santista que foi campeão Paulista e Brasileiro, e de seu filho, Franco Bezzi Neto. Mostra também um dos primeiros Moto Clube do Brasil, o Santos Moto Clube, que foi modelo para todos os Moto Clubes brasileiros. Está exposto o troféu Real Cônsul da Itália, que Luiz Bezzi ganhou após conquistar o campeonato por um número de vezes seguidos, que está em poder do seu neto, Coronel José Bezzi, o qual emprestou ao museu para exposição. Vale a pena aos amantes do motociclismo e da história conferirem” – Orlando Bezzi

“Carlãozinho Coachman Parabéns!! O Centro Cultural Movimento de Socorro – SP, ficou do jeitinho que você desejou. Sei o quanto esse dia foi importante é sonhado. Que Deus te abençoe e que você voe cada vez mais alto.”Sucesso amigo! – Marcia Pontes 

“Carlãozinho, obrigado pelo convite. Sempre defendendo a história das duas rodas. Sucesso” – Renato Gaeta

“Um passo importante para colocar o Brasil na civilidade. Enquanto Ciência e Cultura sofrem ataques, a cidade de Socorro abre suas portas para o futuro contando a história de nosso amor pelas motos e bicicletas” – Celso Miranda, jornalista da BandSports

“Baita evento de inauguração do Centro Cultural Movimento, com o destaque da exposição Duas Rodas e Uma Nação! O mais importante foi o Carlãozinho ter juntado os maiores campeões do motociclismo brasileiro, empresários do setor, fotógrafos, diretores de arte, doadores de motos e vasto material que compõe hoje o acervo do MotoStory. Um evento de primeira” – Edson Lobo

“A história de uma das famílias mais antigas do motociclismo brasileiro foi eternizada ontem pelo Centro Cultural Movimento – MotoStory Brasil” – Gustavo Ceccarelli

“Os erros não devem ser esquecidos e servem de lição. Os acertos, os ídolos, os heróis e as conquistas jamais serão esquecidos e servem de inspiração. Somos parte de uma corrente que liga o passado, o presente e ajuda a moldar o futuro. Se mantivermos acesa a chama, o fio da história não se perde.”  – Carlãozinho Coachman – Curador do Centro Cultural Movimento

Fique de olho na agenda que já tem muita coisa sendo prepara pelo CCM:

– Hard in Help: 3, 4 e 5 de dezembro de 2021;

– Lançamento do Livro Duas Rodas e Uma Nação – 2021;

– Documentário ‘Aconteceu em Daytona’: 12 de março de 2022 (Cine Cavaliere Orlandi);

– Enduro da Independência (40 anos): Setembro de 2022;

– Socorro Moto Classic – 2022;

– Lançamento do livro ‘João Bike Mendes’: 2022.

Informações importantes: 

O QUE: Centro Cultural Movimento

ONDE: Antiga Estação Ferroviária;

ENDEREÇO: Praça Rachid José Maluf, 83, Socorro (SP)

INGRESSO: R$ 20,00 inteira | MEIA ENTRADA:  Para os estudantes e 60+ 

SOCORRENSES:  Não pagam nos dias úteis, apresentando o Cartão Cidadão e documento oficial com foto (RG, Passaporte ou CNH)

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: quartas e quintas-feiras, das 10h às 18h, sextas e sábados, das 10h às 20h e domingos, das 9h às 17h

SITE:   www.centroculturalmovimento.com.br 

Fique de olho na agenda que já tem muita coisa sendo prepara pelo CCM:

– Hard in Help: 3, 4 e 5 de dezembro de 2021;

– Lançamento do Livro Duas Rodas e Uma Nação – 2021/22;

– Documentário ‘Aconteceu em Daytona’: 12 de março de 2022 (Cine Cavaliere Orlandi);

– Enduro da Independência (40 anos): Setembro de 2022;

– Socorro Moto Classic – 2022;

– Lançamento do livro ‘João Bike Mendes’: 2022.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias