Conecte-se conosco

Campinas

Aguardada cerveja de inverno será relançada com almoço e música ao vivo

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A tradicional cervejaria Toca da Mangava de Campinas relança, neste sábado, 05, a aguardada cerveja de inverno, a Fly me to the Moon. O evento será na Tap House da Toca, localizada no Platz Mall em Sousas, Avenida Dr. Antônio Carlos Couto de Barros, 475 – Campinas. O espaço é arejado, segue todas as normas sanitárias para a segurança dos visitantes e conta com segurança e amplo estacionamento.

A programação conta com almoço que será harmonizado com a cerveja e servido das 12h às 15h. O cardápio preparado pelo chef Caco Picolli e pela Mama Ana tem como possibilidades de entrada Terrine de Campagne e Bruschettas. O prato principal é um Nhoque recheado de muçarela com Ragu de calabresa e pernil. Das 17h às 20h, tem música com Geraldo BarbaBlues. E tem mais: para acompanhar os sete estilos de chope e o cardápio da Toca, serão servidos quatro diferentes sanduíches Boca de Anjo e porção mista de pastéis.

A Fly me to the Moon 202 é uma cerveja do estilo Barley Wine, com 9% ABV e amargor de 50 IBU. “Nesse ano atualizamos o bourbon Bullet no descanso da madeira. “Há 4 anos temos feito uma parte do lote para refermentação em garrafa e guardamos 2 caixas para consumo tardio”, explica o cervejeiro Alfeu Júlio. Outra novidade é que a Toca produziu nesse ano uma taça especial para consumo que será colocada à venda em breve, própria para o consumo dessa bela cerveja.

VISITAÇÃO E DEGUSTAÇÃO
“No dia 12 de junho (Dia dos Namorados), às 11h, teremos uma visitação guiada à fábrica, para pequenos grupos, com o cervejeiro da Toca, Alfeu Júlio. É um passeio pelos processos de fabricação e pelos diversos estilos da Toca da Mangava, com a degustação de um estilo direto do tanque. O Bar da Fábrica estará aberto das 11h às 16h, com seis torneiras de chope e petiscos. O valor da visita é R$24,90 (individual) e R$39,00 (o casal)”, informa o sócio-proprietário da Toca, José Carlos Pacheco Coimbra.

Como é uma visitação especial preparada para o Dia dos Namorados, o objetivo é que um dos ‘pombinhos’ presenteie o parceiro com a visitação. Além disso, a loja da fábrica estará aberta para a aquisição de kits e caixas com preços especiais. “Além disso, todas as sextas-feiras entregamos kits, barris de chope e caixas com 12 garrafas de 600 ml em Campinas. A entrega é gratuita e o pedido mínimo é de R$100,00”, acrescenta Coimbra.

A fábrica da Toca da Mangava fica à Rua Coronel Alfredo Augusto do Nascimento 2000 – Gleba A1 – Sousas, Campinas–SP.

ESTILOS VARIADOS E MUITO SABOR
Toca da Mangava produz ao longo do ano a Summertime (american pale ale, aromática, com adição de lúpulos americanos em dry-hopping), a Body and Soul (belgian blonde ale, a mais alcoólica, com 7% ABV e aromas frutados e de especiarias, decorrentes da fermentação) e a Black Bird, uma smoked porter com 6,2% ABV. Tem também a “1961”, American IPA e o chope Lager Misty.

No campo das sazonais são produzidas a MOVE! (com adição de acerola para o verão), a Mr. Rabbit (porter com cacau), na Páscoa; Fly me to the Moon (barley wine), no inverno; Litlle Darling (witbier), na primavera; a Haloween, cerveja com abóbora, cravo, canela e noz-moscada, produzida em outubro; a Great Celebration (final de ano).

SERVIÇO

Relançamento da cerveja de inverno Fly me to the Moon
Dia 5 de junho (sábado)
Das 12h às 15h – Almoço
Das 17h às 20h – Música ao vivo
Local: Tap House da Toca da Mangava – Avenida. Dr. Antônio Carlos Couto de Barros, 475 – Souzas, Campinas– SP.

Visitação guiada à fábrica
Dia 12 de junho (sábado), às 11h
Valor da visita: R$ 24,90 (individual) e R$ 39,00 (o casal)
O Bar da Fábrica estará aberto das 11h às 16h, com seis torneiras de chope e petiscos.
Local: Fábrica da Toca da Mangava – Rua Coronel Alfredo Augusto do Nascimento 2000 – Gleba A1 – Sousas, Campinas–SP.
Telefones para informações: (19) 99499-3526 e (19) 3258-7688

Continue lendo

Campinas

Crea-SP faz força-tarefa em seis municípios da região de Campinas

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Foco da ação é fiscalizar exercício da atividade profissional

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) mobiliza agentes fiscais para força-tarefa nos municípios de Campinas, Indaiatuba, Jaguariúna, Paulínia, Valinhos e Vinhedo. Com foco na fiscalização do exercício das atividades profissionais, a operação começou em no dia 09 de junho e teve fim nesta sexta-feira, 18. Ao todo, foram realizadas 201 ações de fiscalização.

As principais infrações encontradas correspondem à ausência de profissional habilitado em obras, empresas sem responsável técnico e sem registro no Crea-SP.

Na atual etapa, os agentes fiscais realizam diligências “in loco” para apurar informações e caracterização da infração. Em seguida, o fiscal responsável pelo município encaminhará os autos de infração às empresas sem registro e notificações às empresas sem responsável técnico.

O presidente do Conselho, Eng. Vinicius Marchese, destaca os esforços para superar as metas de fiscalização. “Nossa expectativa é alcançar 200 mil ações de fiscalização em 2021. Somente no primeiro trimestre deste ano, chegamos a quase 55 mil”.

O gerente regional Eng. Valdir Zarpelon explica que os procedimentos e métodos utilizados em forças-tarefas regionais permitem a melhor utilização do trabalho dos agentes fiscais e dos recursos do Crea-SP. “Além disso, executar pontualmente todas as atividades em uma mesma localidade, ao mesmo tempo, impacta e gera visibilidade no município sobre a fiscalização, evidenciando a segurança proporcionada à sociedade local”, avalia.

Sobre o Crea-SP
Instalada há 87 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 75 mil empresas registradas.

Continue lendo

Campinas

Campinas anuncia toque de recolher das 19h às 5h a partir de segunda-feira

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas está proibido a partir deste sábado, 19

Em live realizada nesta sexta-feira, 18, a prefeitura anunciou o fechamento de serviços, comércios e atividades das 19h às 5h, a partir da próxima segunda-feira, 21, e com validade até 30 de junho. A fiscalização será intensificada para evitar aglomerações e festas clandestinas.

A prefeitura proibiu também o consumo de bebidas alcoólicas em vias e espaços públicos, e também em dependências de postos de combustíveis, entre 19h e 5h, com multa de R$1.515,44 (400 UFICs) para quem for flagrado em desacordo com as regras. A regra começa a valer a partir deste sábado, 19.

No caso dos postos de combustíveis, o estabelecimento flagrado com pessoas consumindo bebidas em suas dependências no período do toque de recolher será multado em R$3.030,88 (800 UFICs). Em caso de reincidência, a multa dobra para R$6.061,76 (1,6 mil UFICs) e o local será lacrado por 30 dias.

Fecham às 19h a partir de segunda, 21:
Atividades comerciais (comércio de rua, shoppings, galerias);
Mercados, supermercados, padarias;
Atividades religiosas (atividades presenciais individuais e coletivas);
Restaurantes (bares permanecem proibidos);
Salões de beleza, barbearias, clínicas de estética;
Clubes, academias, áreas comuns de condomínios e hotéis;
Eventos culturais, museus, cinemas;
Parques e bosques públicos (funcionam até 18h);
Toque de recolher de 19h às 5h.
Não há alterações nas regras de funcionamento no período diurno, como capacidade de atendimento de 40% e regras sanitárias.

Continue lendo

Campinas

Atendimentos do SOS Rua em Campinas aumentam 50% no inverno

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Os atendimentos mensais das equipes do SOS RUA aumentaram em 50%, de 600 para 900, desde o início da Operação Inverno, iniciada em 1º de maio. A ação segue até o fim de setembro. Neste período de frio, o horário noturno de abordagem das pessoas em situação de rua foi ampliado em duas horas, passou a ser das 18h à meia-noite.

“A meta da Prefeitura de Campinas é acolher todos os que precisem e queiram ajuda. Nossas equipes estão se desdobrando para oferecer o acolhimento necessário à população em situação de rua”, afirma Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

O objetivo da Operação Inverno é acolher essas pessoas e, se elas aceitarem, encaminhar aos serviços da rede de proteção, de assistência social (albergue) e de saúde do município. As equipes entregam cobertores aos que recusam acolhimento no albergue. Desde o início da Operação Inverno até o momento foram distribuídos 3.764 cobertores.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Últimas Notícias