Conecte-se conosco

Jaguariúna

Tradição e gastronomia destacadas em um só lugar

Publicados

em

Em 1991 teve início uma história que com o passar dos anos passou por muitas mudanças e aprimoramento, mantendo a tradição da família Messias. Nesta data inaugurava-se o famoso Botequim da Estação, que passa de geração para geração. 

Situado na histórica estação da Maria Fumaça de Jaguariúna, conhecida como Centro Cultural que hoje é um patrimônio tombado, o local além de ponto turístico da cidade se tornou um ponto de lazer gastronômico. Fundado pelo casal Luiz Carlos Messias e Magda Regina Defendi Messias, o Botequim ficou extremamente conhecido em toda região por sua saborosa e suculenta Picanha na Pedra que atrai muitos turistas e moradores.  

A maioria dos pratos e petiscos foram criados e são elaborados até hoje pelos seus fundadores, como o Pintado a Camânducaia que é uma receita original do Sr. Luiz, e o bolinho de bacalhau, uma receita de família de gerações da Srª Magda. Essa é uma tradição, pois eles consideram que esse carinho dá ao restaurante um sabor inigualável, familiar e tradicional. 

Atualmente o restaurante é responsabilidade dos filhos do casal, Thiago, Thomas e Thadeu. Eles valorizam a tradição dos pais, vivem e respiram o Botequim da Estação.  

O mais jovem comenta que é muito satisfatório seguir os passos dos pais, tendo em vista que ele praticamente nasceu dentro do Botequim, brinca Thadeu, que tem 28 anos. Nesta trajetória de uma vida, muitas coisas foram marcantes para ele. “Ver pela primeira vez a Maria Fumaça chegando aqui na frente foi muito marcante. Nosso barzinho que atendia de 50 a 60 pessoas no dia começando a atender 300 foi bem legal”, relembra. 

O sucesso foi, e é, tão grande que hoje o Botequim da Estação faz parte da história de Jaguariúna. Para Thadeu, é mais prazeroso ainda quando ele olha para trás e vê todos os desafios que foram enfrentados. 

Dentre eles, o mais recente, a pandemia da Covid-19. “Uma doença que vem deixando muitas vítimas, pessoas conhecidas, pessoas próximas. Muito triste essa situação”, diz Thadeu. Mas, além de perdas irreparáveis, a doença também deixou muitos desempregados e muitos CNPJ’s foram fechados. “Se manter de portas abertas diante disso tudo é uma grande vitória”, afirma. 

Uma vitória que poderia ser ainda maior se o plano de expansão da empresa não tivesse sido afetado. “O Botequim da Estação inaugurou a unidade Mogi Guaçu em 2020, mas após três meses de inauguração a pandemia chegou e fez com que a unidade fosse fechada”. Mas, Thadeu garante que a família está trabalhando pesado para reabrir e colocar o nome também na história de Mogi Guaçu. 

De todo modo, são 30 anos de Botequim da Estação em Jaguariúna. A família acredita que soube aproveitar o crescimento da cidade em favor de seus negócios. “Pois não adiantaria de nada a cidade crescer e você não saber lidar com o aumento das demandas”, explicam.  

Com o crescimento mútuo entre cidade e a empresa, o Botequim da Estação expandiu tanto que hoje emprega mais de 60 pessoas. “São 60 famílias que o Botequim alimenta diretamente, fora empregos indiretos”, conta Thadeu. “Saber que minha família faz parte da memória desta cidade é uma coisa indescritível. Isso ninguém pode apagar!”, finaliza. 

Jaguariúna

Bolsa Trabalho dá oportunidades aos jaguariunenses

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, realizou nesta quinta-feira, 30, a assinatura dos contratos do programa Bolsa Trabalho, do Governo do Estado de São Paulo, que promove qualificação profissional com pagamento de bolsa-auxílio de R$535 por cinco meses. Ao todo 60 jaguariunenses que estavam desempregados estiveram presentes e devem começar a trabalhar na Prefeitura de Jaguariúna no dia 18 de julho.

O contrato de trabalho é de cinco meses e durante esse período os profissionais devem cumprir quatro horas diárias de serviço, quatro vezes por semana em algum órgão da Prefeitura. Além disso, uma vez por semana também farão um curso de qualificação oferecido gratuitamente. 

Essa é a terceira edição do programa Bolsa Trabalho realizada em Jaguariúna. Na primeira, no início do ano passado, foram oferecidas 20 vagas. Agora são 40 a mais.

Bolsa Trabalho
O Bolsa Trabalho tem como objetivo gerar renda, ocupação, qualificação e empregabilidade para a população mais vulnerável, com apoio das prefeituras.

Continue lendo

Jaguariúna

Balões irão colorir o céu de Jaguariúna na abertura do Festival de Férias

Publicados

em

O céu de Jaguariúna fica mais colorido neste fim de semana. No sábado, 02, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, fará abertura do Festival de Férias de Julho com balões que irão sobrevoar a cidade e DJs que devem colocar todo mundo para dançar.

Os balões ficarão reunidos no gramado do Boulevard, ao lado do Centro Cultural, antes de levantar vôo. No local, o público pode conferir de perto cada balão, como eles funcionam e tirar muitas fotos.

O agito musical começa às 15h com a apresentação da DJ Desirée Lais. No fim da tarde, às 16h30, os balões vão decolar juntos e dar uma volta por cima da cidade.

Em seguida, ás 18h, será a vez da DJ Anna Glam se apresentar e às 19h, os balões serão inflados novamente no gramado do Boulevard.

O evento é totalmente gratuito.

Continue lendo

Jaguariúna

Meio Ambiente realiza plantão gratuito para tirar dúvidas sobre cadastro

Publicados

em

A Secretaria de Meio Ambiente de Jaguariúna, por meio do Departamento de Agropecuária e Meio Ambiente, inicia na próxima terça-feira, 05, um plantão de atendimento ao produtor rural. O objetivo é ajudar e tirar dúvidas sobre a regularização do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

O trabalho será feito gratuitamente graças a uma parceria entre a Prefeitura e o Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Mogi Mirim. Serão passadas informações especificamente aos pequenos produtores rurais do município que tenham propriedades de até 40 hectares.

Durante todo o mês de julho os atendimentos serão realizados às terças-feiras, das 08h30 às 11h30 e das 13h às 16h. É necessário fazer agendamento prévio pelo telefone: (19) 3867-3073.

A secretária de Meio Ambiente, Rita Bergamasco, ressalta a importância desta regularização. “Nesse plantão, toda terça-feira o produtor rural receberá a ajuda necessária para entender o passo a passo do que deve ser feito. Assim, saberá quais providências devem ser tomadas para que a propriedade avance no processo de regularização ambiental”, explicou a secretária. 

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL
O Programa de Regularização Ambiental garante ao produtor os benefícios previstos no Novo Código Florestal, para os casos com passivo ambiental.

Para ter acesso ao Programa, o produtor deve realizar as atualizações necessárias em seu cadastro, via sistema (car.agricultura.sp.gov.br), até o dia 31/12/2022.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias