Conecte-se conosco

Jaguariúna

Por que vacinar contra a raiva, mesmo com poucos registros da doença no Brasil?

Publicados

em

Médica-veterinária da UniFAJ fala sobre a importância da vacinação antirrábica, que deve ser realizada anualmente

A raiva é uma doença séria e letal, que atinge tanto animais quanto seres humanos. Apesar de poucos casos registrados no Brasil, a médica-veterinária e docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ), do Grupo UniEduK, alerta sobre a importância de vacinar os pets anualmente, já que a vacina é a única forma de prevenção contra a doença.

Dados do Ministério da Saúde revelam que, entre 2010 e maio de 2023, 47 casos de raiva humana foram registrados no Brasil. Mas, atualmente, há uma grande preocupação das autoridades devido reaparecimento de casos. No ano passado, por exemplo, foram cinco mortes; enquanto que este ano dois óbitos já foram registrados por conta da doença. No mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde, a raiva humana mata 70 mil pessoas todos os anos.

LEIA TAMBÉM:

Apesar de o número parecer pequeno, a grande preocupação é que a raiva humana ainda não tem cura. Historicamente, apenas duas pessoas foram curadas no Brasil. Por isso é tão importante agir de forma preventiva e a única forma é por meio da vacinação, cuja dose está disponível na rede pública e deve ser aplicada nos animais todos os anos, sem exceção.

“A vacinação de cães e gatos é obrigatória em território nacional e isso se justifica porque é a maneira mais eficaz de controle da doença na zona urbana. A doença se desenvolve apenas em mamíferos e, na área urbana, cães e gatos são os responsáveis por sua disseminação entre humanos. Já na zona rural, os morcegos são os principais responsáveis pela disseminação da doença e acabam afetando os bovinos e equinos”, salienta a docente do curso de Medicina Veterinária da UniFAJ, a médica-veterinária Aline Ambrogi.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre os 47 casos registrados entre 2010 e este ano, nove tiveram agressões provocadas por cães, 24 por morcegos, cinco por primatas não humanos, dois por raposas, quatro por felinos, um por bovino e em dois deles não foi possível identificar a espécie de animal agressora.

Aline ressalta que cães e gatos devem ser vacinados contra a doença a partir dos 3 meses de vida e, posteriormente, deve-se fazer o reforço anual. Bovinos e equinos também devem ser imunizados todos os anos. Em humanos a vacina é administrada em casos específicos, como em profissionais que estão em risco permanente, tais como médicos-veterinários, trabalhadores rurais e pessoas que atuam em laboratórios.

Mas como a doença é transmitida?
A raiva humana é transmitida a partir do contato da saliva do animal infectado pelo vírus Lyssavirus, da família Rabhdoviridae, com a mucosa e pele de outros animais ou pessoas sadias, através de mordeduras, arranhaduras e lambeduras.
No organismo, o patógeno começa a se disseminar, podendo ser em ritmo mais lentou ou rápido, causando sintomas como:

  • Mal-estar geral;
  • Aumento da temperatura;
  • Anorexia;
  • Dor de cabeça;
  • Náuseas;
  • Dor de garganta;
  • Entorpecimento;
  • Irritabilidade;
  • Sensação de angústia.

O grande perigo é quando a doença avança e atinge o sistema nervoso, causando febre, delírios, espasmos musculares involuntários e convulsões, podendo levar animais e pessoas a óbito. Segundo a médica-veterinária da UniFAJ, o diagnóstico não é tão simples.
“Embora exista testes para a identificação do vírus, é difícil diagnosticar a doença clinicamente, pois no início ela apresenta sintomatologia inespecífica”, ressalta Aline. “Em seres humanos, para confirmar a suspeita, realiza-se o exame de córnea do paciente. Já nos animais, muitas vezes as amostras e a confirmação vêm após ele ter sido eutanasiado ou ter vindo à óbito”.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Jaguariúna

Em sua 49ª edição, Cavalaria Antoniana reforça combate aos maus-tratos de animais

Publicados

em

A Cavalaria Antoniana de Jaguariúna chega à sua 49ª edição, no próximo dia 23 de junho, com atenção especial ao combate aos maus-tratos aos animais. O tradicional evento religioso – que reúne centenas de cavaleiros e percorre várias ruas da cidade – terá o slogan “Cavalaria consciente” e contará com mensagens de conscientização contra os maus-tratos. A participação é gratuita, não sendo necessário fazer inscrição.

LEIA TAMBÉM:

Segundo a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, o evento deste ano será realizado em duas etapas. Na primeira, no período da manhã, os participantes irão se concentrar a partir das 8h na Fazenda da Barra e a saída da Cavalaria está prevista para as 9h30. O percurso – que será divulgado em breve – irá durar aproximadamente duas horas, com retorno para o mesmo local da saída. Ao final da cavalgada, haverá entrega de medalhas e homenagens.

A segunda etapa do evento acontecerá a partir das 15h, no Parque Santa Maria, onde haverá praça de alimentação, área kids, apresentação da Orquestra Municipal de Violeiros do Jaguary e show sertanejo. A Secretaria de Turismo e Cultura ressalta que não será permitida a entrada de cavalos no parque.   

“O nosso objetivo é promover uma cavalaria consciente e contamos com a colaboração de todos os amantes de cavalo para realizarmos, juntos, uma linda festa para toda família”, informa a Secretaria de Turismo e Cultura de Jaguariúna.

Programação na Fazenda da Barra
8h às 9h – Concentração de cavaleiros; café da manhã e bênção
9h30 – Saída da cavalaria pelo percurso oficial
11h30 – Retorno previsto da cavalaria à Fazenda da Barra

Programação no Parque Santa Maria
15h – Início das atividades festivas da Cavalaria
16h – Apresentação da Orquestra de Violeiros
18h – Show principal
20h – Encerramento

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Jaguariúna

Saúde de Jaguariúna conclui entrega de óculos gratuitos para crianças da rede escolar na próxima terça

Publicados

em

A Secretaria de Saúde de Jaguariúna realizará, na próxima terça-feira, 04, a última etapa do Programa Saúde na Escola, com a entrega de óculos gratuitos a 107 estudantes da rede municipal. O programa, que tem como foco a saúde ocular dos alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, visa melhorar a qualidade de vida e o desempenho escolar das crianças.

A iniciativa, dividida em quatro etapas, começou com a avaliação da acuidade visual de aproximadamente 3 mil alunos em todas as unidades escolares do município. A primeira fase identificou 423 estudantes com alterações visuais, que foram encaminhados para consultas especializadas em oftalmologia. Durante essas consultas, os médicos realizaram vários testes para determinar a necessidade de óculos.

LEIA TAMBÉM:

Na terceira etapa, ocorrida no dia 02 de maio, os estudantes que precisavam de correção visual puderam escolher suas armações preferidas no Boulevard do Centro Cultural. Após a seleção, os óculos foram confeccionados em laboratório com lentes corretivas específicas para cada caso.

“Agora, com a conclusão do projeto, os 107 alunos que participaram de todas as fases receberão seus óculos, prontos para usar, contribuindo para um melhor desempenho acadêmico e uma visão saudável. A Secretaria de Saúde de Jaguariúna reafirma, com essa ação, seu compromisso com o bem-estar e a educação das crianças do município, proporcionando condições essenciais para um aprendizado eficaz e uma vida saudável”, informa a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Jaguariúna

Centro de Especialidades Médicas de Jaguariúna ajusta identificação de linhas telefônicas

Publicados

em

Objetivo é melhor atender a população

A Secretaria de Saúde de Jaguariúna, por meio da Associação Santa Maria de Saúde (Asamas), ajustou a identificação das chamadas telefônicas do Centro de Especialidades Médicas. As chamadas, antes identificadas como provenientes dos prefixos 011, 021 ou até como “spam”, agora aparecem nos identificadores como “Centro de Especialidades Médicas de Jaguariúna”.

LEIA TAMBÉM:

A mudança visa aumentar a segurança e confiança dos pacientes ao atenderem as ligações. As chamadas são realizadas para avisar sobre consultas e exames marcados, alterações de agenda, cancelamentos ou reagendamentos.

Com a nova identificação, a Secretaria de Saúde espera melhorar a comunicação com o usuário e reduzir o número de faltas nas consultas e exames.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias