Conecte-se conosco

Mundo

Nasa divulga novas imagens obtidas pelo telescópio James Webb

Publicados

em

Agência promete “visões sem precedentes” e ricas em detalhes


A Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) apresenta nesta terça-feira, 12, novas imagens obtidas pelo Telescópio Espacial James Webb. De acordo com o órgão, tais imagens revelarão “visões sem precedentes”, ricas em detalhes do Universo.

Ontem, 11, a primeira imagem, do aglomerado de galáxias conhecido como SMACS 0723, localizado há 4,6 bilhões de anos luz, foi divulgada em evento na Casa Branca que contou com a participação do presidente norte-americano Joe Biden.

A divulgação das imagens hoje será transmitida ao vivo, a partir das 11h30 (horário de Brasília), pela Nasa, bem como pelas redes sociais da agência. As imagens também serão disponibilizadas no site da agência.

Localizado a 1,5 milhão de quilômetros da Terra, no chamado ponto L2,, o James Webb Space Telescope (JWST) é fruto de uma parceria entre as agências espaciais norte-americana (Nasa) e europeia (ESA). Ele tem como principal característica a captação de radiação infravermelha.

Se tudo der certo, o equipamento permitirá aos pesquisadores observar a formação das primeiras galáxias e estrelas. Além de estudar a evolução das galáxias, eles poderão ainda observar a produção de elementos pelas estrelas e os processos de formação de estrelas e planetas.

Mistérios
A expectativa é que, além de resolver mistérios do nosso sistema solar, o telescópio olhe para mundos distantes em torno de outras estrelas e investigue misteriosas estruturas e origens do Universo, contribuindo para que o ser humano entenda melhor também o seu próprio planeta.

De acordo com a Nasa, a primeira leva de imagens, selecionadas por um comitê internacional, abrange duas nebulosas (Carina e a do Anel Sul), um planeta (Wasp-96 b) e dois aglomerados de galáxias (o Quinteto de Stephan e os aglomerados Smacs 0723).

Conheça os primeiros corpos celestes observados pelo James Webb, descritos pela própria Nasa:

  • Nebulosa Carina: uma das maiores e mais brilhantes nebulosas do céu, localizada a aproximadamente 7,6 mil anos-luz de distância na constelação sul de Carina. As nebulosas são berçários estelares onde as estrelas se formam. A Nebulosa Carina é o lar de muitas estrelas massivas, várias vezes maiores que o Sol.
  • WASP-96 b: planeta gigante fora do nosso sistema solar, composto principalmente de gás. Localizado a cerca de 1.150 anos-luz da Terra, orbita sua estrela a cada 3,4 dias. Tem cerca de metade da massa de Júpiter e sua descoberta foi anunciada em 2014.
  • Nebulosa do Anel Sul: também conhecida como nebulosa “Eight-Burst”, é uma nebulosa planetária – uma nuvem de gás em expansão, envolvendo uma estrela moribunda. Tem quase meio ano-luz de diâmetro e está localizada a aproximadamente 2 mil anos-luz de distância da Terra.
  • Quinteto de Stephan: localizado a cerca de 290 milhões de anos-luz de distância da Terra, na constelação de Pégaso. Foi o primeiro grupo compacto de galáxias descoberto, em 1877. Quatro das cinco galáxias dentro do quinteto estão presas em uma dança cósmica de repetidos encontros imediatos.
  • SMACS 0723: aglomerados maciços de galáxias, em primeiro plano, que ampliam e distorcem a luz dos objetos atrás deles, permitindo uma visão de campo profundo em populações de galáxias extremamente distantes e intrinsecamente fracas.

James Webb
A Nasa explica que, para realizar os estudos pretendidos, com “sensibilidade sem precedentes”, o observatório deverá ser mantido frio, livre das grandes fontes de interferência de infravermelho causadas por corpos celestes como o Sol, a Terra e a Lua.

Para bloquear as fontes de irradiação de infravermelho, o James Webb terá, consigo, um “grande escudo solar dobrável metalizado”, a ser aberto no espaço. Seu espelho tem cerca de 6,5 metros de diâmetro.

Para fazer a observação das áreas mais distantes, o telescópio terá ainda, em seus módulos, equipamentos sensíveis à radiação infravermelha: câmera, espectrógrafo e outros instrumentos para analisar o infravermelho emitido pelas fontes miradas por ele. Terá também um módulo responsável pelo transporte de dados coletados, além do telescópio ótico.

Homenagem
O nome escolhido para o novo telescópio espacial é uma homenagem a um antigo administrador da Nasa, James Edwin Webb. Ele liderou o programa Apollo, além de uma série de outras importantes missões espaciais.

Fonte: Agência Brasil

Entretenimento

Paul Sorvino, ator de ‘Os bons companheiros’, morre aos 83 anos

Publicados

em

Ele interpretou o personagem Paulie Cicero no filme de Martin Scorsese de 1990. Ator também participou de ‘Tudo por dinheiro’, ‘Nixon’, ‘Rocketeer’ e na série ‘Law and order’.

Paul Sorvino – O ator Paul Sorvino, conhecido por interpretar o gângster Paulie Cicero no filme “Os bons companheiros”, morreu aos 83 anos nesta segunda-feira (25).

A esposa do ator, Dee Dee Benkie, anunciou a morte dele nesta segunda-feira por “causas naturais”: “Nossos corações estão partidos, nunca haverá outro Paul Sorvino. Ele foi o amor da minha vida e um dos maiores artistas a agraciarem as telas e os palcos”, ela escreveu em comunicado.

LEIA TAMBÉM:

Pai da atriz Mira Sorvino (de “Poderosa Afrodite), o ator norte-americano também atuou nos longas “Tudo por dinheiro”, “Rocketeer” e como o policial Phil Cerretta na série ‘Law and order’.

Entre outros papeis conhecidos dele estão o do secretário de estado Henry Kissinger em “Nixon”, de 1995, e do pai de Julieta em “Romeu e Julieta” de Baz Luhrmann, de 1996.

Paul Sorvino, ator de 'Os bons companheiros', morre aos 83 anos
Paul Sorvino, ator de ‘Os bons companheiros’, morre aos 83 anos

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Gazeta Regional o seu jornal Online

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular.

Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Mundo

Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras

O brasileiro de 22 anos conquistou a medalha de ouro na decisão em Oregon, nos Estados Unidos.

Publicados

em

Piu disparou na final e superou os principais rivais, o norueguês Karsten Warholm, campeão olímpico e recordista mundial, e o americano Rai Benjamin

Alison dos Santos é o novo campeão mundial dos 400m com barreiras. Com 46s29, o terceiro melhor tempo da história da prova, o brasileiro de 22 anos conquistou a medalha de ouro na decisão em Oregon, nos Estados Unidos. Os americanos Rai Benjamin e Trevor Bassitt completaram o pódio. Campeão olímpico e recordista mundial da prova, Karsten Warholm terminou na 7ª colocação.

Alison dos Santos quebra o recorde da competição (46.29), e é Campeão Mundial dos 400m com barreiras

“Sabe quando você sonha com alguma coisa? Quando acorda todo dia na sua vida pensando nisso? Eu estava assim nessa temporada. Sonhando com esse resultado, essa vitória” – disse o novo campeão mundial.

“É um momento indescritível, é uma sensação maravilhosa de alcançar o topo do mundo”, completou.

Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras  — Foto: Steph Chambers/Getty Images
Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images

O brasileiro estabeleceu o recorde da prova no Campeonato Mundial de atletismo. É, também, a melhor marca da temporada, seis décimos à frente do segundo colocado. Benjamin, prata, fechou a prova com 46s89, com Bassit um pouco atrás (47s39).

Piu, como é conhecido o novo campeão mundial, já fazia uma excelente temporada antes da noite desta terça. Em 2022, ganhou todas as quatro etapas da Diamond League que disputou e chegou em Eugene como líder do ranking mundial na prova, em que o Brasil nunca teve tradição.

A World Athletics, organização que gere o atletismo, usou as redes sociais para brincar com o resultado de Piu na decisão, colocando o rosto dele no lugar do Cristo Redentor.

Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images
Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images

“Brasil neste momento”, tweetou.

Em 2021, Alison já fez história ao conquistar o bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio com o tempo de 46s72, apenas 0s02 acima do recorde mundial até aquele dia. O azar do brasileiro é que tanto Warholm quanto Benjamin correram tempos abaixo da melhor marca da história, estabelecida um mês antes pelo próprio norueguês.

Foi a primeira vez que um brasileiro conquistou medalha em uma grande competição internacional na prova dos 400m com barreiras. Aos 22 anos, Alison dos Santos já foi campeão pan-americano em 2019, em Lima, no Peru. Além do bronze olímpico, conquistou também o terceiro lugar no mundial sub20, em 2018.

Alison dos Santos campeão mundial dos 400m com barreiras

Alison dos Santos campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images
Alison dos Santos campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images

Alison passou por um longo período de treinos nos Estados Unidos neste ano, em Chula Vista, na Califórnia, com o objetivo de aprimorar os primeiros 200m da prova, o que era a principal deficiência do brasileiro.

Recorde sul-americano no feminino

Vitoria Rosa corre em 22s47 e estabelece novo recorde sul-americano nos 200m feminino
Vitoria Rosa corre em 22s47 e estabelece novo recorde sul-americano nos 200m feminino

LEIA TAMBÉM:

Vitoria Rosa corre em 22s47 e estabelece novo recorde sul-americano nos 200m feminino

Quem também fez bonito foi a brasileira Vitória Rosa na semifinal dos 200m livre. Correndo contra estrelas como Elaine Thompson-Herah, Tamara Clark e Dina Asher-Smith, a brasileira anotou o tempo de 22.47, novo recorde sul-americano da prova.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Incêndio de grandes proporções atinge prédios na região da 25 de Março, na capital paulista
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular.

Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Mundo

Cometa K2 chega hoje ao ponto mais próximo da Terra

Publicados

em

Com luneta, é possível visualizá-lo na constelação de Ophiuchus

Um dos cometas ativos mais distantes chegará a seu ponto máximo de aproximação com a Terra nesta quinta-feira, 14. Localizado na constelação de Ophiuchus, o cometa K2 estará a uma distância de cerca de 270 milhões de quilômetros do nosso planeta.

Já a máxima aproximação do cometa com o Sol, posicionamento ao qual se dá o nome de periélio, será em dezembro de 2022.

De acordo com o Observatório Nacional, o K2 não será visível a olho nu, mas, ainda assim, será possível observá-lo. “Ele poderá ser observado com o uso de pequenos telescópios ou até mesmo com lunetas, desde que o observador esteja em locais com pouca poluição luminosa, ou seja, locais mais escuros”, explica o pesquisador do observatório Marçal Evangelista Santana.

Segundo o físico, que é doutorando em astronomia, os observadores que estiverem no hemisfério sul serão privilegiados para observar o cometa em quase toda a noite do dia 14. Para tanto, basta olhar para a constelação de Ophiuchus, tendo como referência a constelação de Escorpião, como mostra a imagem abaixo.

Para facilitar a localização, ele sugere o uso do aplicativo Stellarium, disponível para download de forma gratuita.

Cometas
Os cometas são objetos feitos principalmente de gases congelados, rocha e poeira, que ficam mais ativos na medida em que se aproximam do Sol. Isso ocorre porque o calor do astro aquece o cometa, fazendo com que seu gelo se transforme em gás. Neste processo de sublimação, forma-se uma nuvem ao redor do cometa, também conhecida como cauda.

Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2022-07/cometa-k2-chega-hoje-ao-ponto-mais-proximo-da-terra

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Anestesista preso por estupro
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias