Conecte-se conosco

Holambra

Holambra e região cancelam festa oficial de Carnaval em 2022

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Holambra, que conta com um dos carnavais de rua mais tradicionais da região, não irá realizar festividades oficiais com uso de dinheiro público em 2022. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira, 29, pelo prefeito da cidade, Fernando Capato, em suas redes sociais. Segundo ele, a decisão foi tomada conjuntamente por gestores das 20 cidades que fazem parte da Região Metropolitana de Campinas (RMC) durante encontro mensal, realizado em Cosmópolis.

“A pandemia não acabou e a recomendação das autoridades da área da saúde é de que grandes aglomerações ainda devem ser evitadas”, explica Capato. “Todos nós, gestores, entendemos que, mesmo com o avanço da vacinação e a diminuição do número de infectados e de mortes, o momento ainda é de cautela e respeito às pessoas que perderam familiares e amigos em função da doença”, declara

Continue lendo

Holambra

Acompanhado de subsecretário estadual, Fernando Capato visita terreno que abrigará Casa da Juventude

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O prefeito de Holambra, Fernando Capato e o vice-prefeito, Miguel Esperança,  estiveram nesta sexta-feira, 21, acompanhados do Subsecretário Estadual da Juventude, Luiz Chrysostomo de Oliveira, no terreno que abrigará a Casa da Juventude. O espaço fica em área institucional próxima ao Residencial Flor D’Aldeia e receberá ainda o primeiro Centro Dia do Idoso de Holambra.

O projeto é uma iniciativa do Governo do Estado que irá oferecer espaços multiuso de apoio ao público jovem no início da vida profissional. O local contará com ações de incentivo à qualificação, empreendedorismo, busca de oportunidades de emprego e renda além de área colaborativa de trabalho, estimulando a criação de novos projetos e negócios entre o público juvenil.

O Estado irá financiar a construção, em estrutura metálica e alvenaria. “Um investimento de R$800 mil, demonstrando a importância que a juventude tem para o Governo do Estado”, disse o subsecretário. “Acredito que dentro de dois meses a gente consiga iniciar as obras aqui em Holambra”, falou.

Além do terreno, a Prefeitura ficará responsável pela aquisição de móveis e equipamentos. “Estou certo de que a Casa da Juventude será a extensão da escola, da casa de nossos jovens”, disse Capato. “Agradeço ao Governo do Estado e aos vereadores por essa conquista de extrema importância”.

Em maio de 2021 os vereadores Bigode, Sitta da Fanfarra e Chiba solicitaram a inclusão de Holambra ao programa. No mês de dezembro, Fernando Capato e o vice-prefeito Miguel Esperança estiveram em São Paulo para formalizar a participação do município na iniciativa.

Continue lendo

Holambra

Holambra confirma 294 casos de Covid-19 em 7 dias

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Balanço do Departamento Municipal de Saúde divulgado nesta quinta-feira, 20, revelou a confirmação de 294 novos casos de Covid-19 ao longo dos últimos sete dias. A cidade contabiliza, desde março de 2020, 2.948 casos e 17 óbitos. O bairro Imigrantes soma 846 confirmações, seguido do Groot com 268 e do Centro com 267.

O diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias, explica que quem apresentar sintomas gripais leves deve ir até a unidade de saúde mais próxima de casa. Já pessoas que apresentarem sintomas como febre alta persistente e dificuldade para respirar devem procurar o atendimento de urgência e emergência na Policlínica Municipal. “O número de casos ainda é muito alto e a conscientização, neste momento, é fundamental. É necessário que todos cumpram o isolamento de forma correta para que não contaminem outras pessoas”, fala.

“O uso correto da máscara, o distanciamento e a higienização frequente das mãos, além do recebimento da 3ª dose da vacina são fundamentais”.

Estão aptos para a 3ª dose moradores acima de 18 anos que tomaram o complemento há, pelo menos, 4 meses. No caso dos imunossuprimidos o prazo é menor: 28 dias. A aplicação ocorre às quartas e sextas-feiras no Salão da Terceira Idade, das 8h às 12h e entre 13h e 15h, sem necessidade de agendamento.
Até o momento, 92,1% dos holambrenses já receberam a 1ª dose da vacina. 87,80% tomaram as duas doses ou o antígeno de dose única e 32,1% receberam o reforço do imunizante.

Continue lendo

Holambra

Holambra amplia público e retoma vacinação infantil na próxima segunda

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O Departamento Municipal de Saúde de Holambra irá retomar a vacinação infantil contra a Covid-19 na próxima segunda-feira, 24, no Salão da Terceira Idade. A aplicação é por ordem de chegada entre 8h e 12h e das 13 às 15h. Neste momento podem receber o antígeno crianças entre 5 e 11 anos com comorbidades ou deficiência e meninos e meninas de 10 e 11 anos sem problemas de saúde.

Para receber a dose é preciso apresentar documento oficial com foto e termo disponível em www.holambra.sp.gov.br, na aba Serviços, Vacina: Termo de autorização. É necessária a presença do pai, mãe ou responsável legal. Em caso de comorbidades ou deficiência a condição deve ser comprovada por meio de exames, receitas, relatório ou prescrição médica, com CRM e assinatura do profissional.

“É importante que procurem o Salão da Terceira Idade, neste momento, apenas estes grupos de crianças”, explica o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias. “Conforme formos recebendo mais doses, ampliaremos o processo e todos os holambrenses entre 5 e 11 anos irão receber as doses”.

Holambra deu início ao processo de imunização contra a doença de crianças entre 5 e 11 anos de idade com comorbidades ou deficiência nesta terça-feira, dia 18 de janeiro. Os irmãos Artur, de 10 anos, e Lucca, de 7, garantiram as primeiras doses da vacina infantil. O começo da imunização foi acompanhado de perto pelo prefeito Fernando Capato, o vice Miguel Esperança e pelo diretor municipal de Saúde.

Vacinação para maiores de 12 anos
A vacinação de maiores de 12 anos contra a Covid-19 segue sem alterações. A imunização ocorre sempre às quartas e sextas-feiras no Salão da Terceira Idade entre 8h e 12h e das 13 às 15h. O atendimento é por ordem de chegada.

Podem ser imunizados moradores que ainda não foram vacinados; holambrenses que receberam a 1ª dose da vacina Butantan/CoronaVac há, pelo menos, 21 dias; cidadãos que tomaram a 1ª dose do imunizante Fiocruz/AstraZeneca há pelo menos 8 semanas; pessoas a partir de 18 anos que receberam a 1ª dose da vacina fabricada pela Pfizer há 21 dias ou mais; adolescentes entre 12 e 17 anos que tomaram a 1ª dose do antígeno da Pfizer há mais de 8 semanas; e holambrenses que foram imunizados com o antígeno da Janssen há, pelo menos, 61 dias. Também é distribuída a dose de reforço para moradores acima de 18 anos que receberam a 2ª dose há, pelo menos, 4 meses.

Até o momento, 92,1% dos holambrenses já receberam a 1ª dose da vacina. 87,80% tomaram as duas doses ou o antígeno de dose única e 32,1% receberam o reforço do imunizante.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias