Conecte-se conosco

Jaguariúna

Férias em família: posso levar meu cachorro à praia?

Publicados

em

Médica-veterinária da UniFAJ fala sobre riscos e cuidados com o animal

As férias estão chegando e viajar para a praia é um dos programas preferidos da maioria das famílias brasileiras. Mas, e quando na casa tem aquele ‘filho’ de quatro patas inseparável, pode ou não levá-lo para curtir esse momento todo especial em família?

A resposta é sim, segundo a médica-veterinária docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ), do Grupo UniEduk, Dra. Aline Ambrogi. Porém, alguns cuidados antes e durante a viagem são indispensáveis para evitar contratempos em dias que prometem muita diversão e descanso.

LEIA TAMBÉM:

O mais importante, antes mesmo de pegar a estrada, é entender se a praia a ser visitada aceita a presença de cães (pet friendly). No Brasil ainda há um debate sobre o tema e, pesquisar no site da cidade onde viajará, pode ser um bom caminho para confirmar se naquele local seu amigo é bem-vindo.

Outro fator primordial é se o seu animal tem idade para frequentar a praia, local onde o risco de doenças é eminente. “Os cães podem passear na praia somente depois que o esquema vacinal estiver completo, ou seja, a partir dos quatro meses de vida. Antes disso, há grande risco de o animal ficar doente, já que não tem imunidade suficiente para combater infecções graves”, saliente a médica-veterinária da UniFAJ.

Os cachorros devem estar sempre vacinados, vermifugados e com medicações repelentes para evitar doenças como cinomose, tosse dos canis, verminoses e até mesmo a dirofilariose, mais conhecida como verme do coração.

Entretanto, segundo Aline, a doença mais preocupante em relação a praia é a hipertermia, que deve ter atenção redobrada principalmente nesse período de extremo calor.

“Os cães controlam sua temperatura corporal pela respiração e caso a temperatura ambiente esteja muito alta e o animal não consiga dissipar esse calor respirando, ele entra em um estado de hipertermia (temperatura corporal alta), correndo sérios riscos de morte. Animais que têm dificuldade para respirar, como os braquicefálicos (Buldogues, Pugs, e Shih Tzus), precisam de uma atenção especial em relação a temperatura corporal”, alerta a docente da UniFAJ.

Veja 8 dicas para o seu cão colocar a pata na areia com segurança e curtir a praia:
1 – Quais vacinas devem estar em dia?
As vacinas que devem estar em dia são as múltiplas (V8 ou V10, por exemplo), bem como a da gripe e a de raiva, que é obrigatória e está disponível em todo o território nacional. Antes de viajar, vale à pena passar por consulta com um médico-veterinário de confiança, para fazer um check-up e receber outras orientações. Animais com comorbidades, como os cardiopatas, por exemplo, devem evitar estresse e locais muito quentes.

2 – O que levar na ‘malinha’ do animal?
Antes de sair de casa, faça aquele checklist para não esquecer nada. Na mala do animal podem ser levados itens como: comedouro e bebedouro; colchonete para coloca na areia; coleira, peitoral e guia; saquinho cata-caca; shampoo para banho.

3 – Devo passar protetor solar?
Principalmente em animais brancos, e deve ser espalhado por todo o corpo. Entre os de outras cores e peludos, o protetor deve ser aplicado em áreas sem pelos, tais como ponta de orelha, focinho e barriga. Até pode ser passado protetores utilizados por humanos, porém, os específicos para cães e gatos são mais seguros. A aplicação deve ser refeita a cada 3 horas de exposição solar e sempre meia hora antes de sair de casa. Evite tosar o pelo do animal antes da viagem, pois eles protegem contra o sol.

4 – Animais devem estar com focinheiras?
É importante lembrar que nem todas as pessoas que estão na praia gostam de animais, por isso é preciso bom senso. Por isso, é importante manter os cães na guia, presos ao guarda-sol. Cachorros maiores, como pit bulls e rottweilers, precisam obrigatoriamente estar também com focinheiras. Colocar uma plaquinha na coleira, com o nome do animal e o telefone tutor, também é recomendado.

5 – Roupinhas especiais protegem contra o sol?
Atualmente o mercado pet até oferece roupinhas que são aliadas contra os raios UVA e UVB. Entretanto, elas não protegem regiões como ponta de orelha, patas, focinho e barriga. O ideal mesmo é usar roupinha e mais o protetor solar.

6 – Cachorro pode entrar no mar?
A primeira questão é se a praia a ser visitada aceita cachorros. Tendo essa confirmação, o animal pode entrar na água, sempre com supervisão do tutor para evitar afogamentos. É bom ficar atento ainda a ingestão de água salgada, que pode levar o cão ter vômitos e até alterações na pressão arterial.

7 – O que comer e beber na praia?
De preferência ofereça ao pet alimentos úmidos, como sachês, ou a própria ração. Os petiscos podem ser frutas suculentas, como melancia e melão. Em hipótese alguma ofereça alimentos vendidos na praia e que podem causar intoxicação. Para espantar o calor, deve-se ofertar água sempre geladinha e limpa. É importante não deixar a praia suja, por isso leve sempre sacolinha para pegar as fezes do animal.

8 – É preciso dar banho todo dia que retornar da praia?
A resposta é sim! Os animais precisam tomar banho quando chegam em casa, para que seja retirado todo o sal e a areia que ficam na pele e que podem causar prurido e dermatites. É importante ainda não esquecer de secá-lo muito bem!

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Jaguariúna

Grupo voluntário SOS RS continua arrecadando doações para o Rio Grande

Publicados

em

Ponto de arrecadação e distribuição de doações ao RS localizado na Rua Maranhão, nº1466

A sociedade civil mobilizou-se em prol de um único objetivo: ajudar as milhares de pessoas do Rio Grande do Sul (RS) que enfrentam os reflexos da maior tragédia climática já acometida ao estado. O ponto principal de arrecadação e distribuição em Jaguariúna está localizado na Av. Maranhão nº1465, onde chegam as doações também de Santo Antônio de Posse e municípios vizinhos.

Este é o “SOS RS Na Lenha”. Grupo formado por voluntários que ajudam na triagem das roupas, produção de kits de higiene e limpeza, carregamento e descarregamento de doações, entre outras.

Alexandre “Gaúcho”, que encabeçou a ação há mais de 15 dias, tem contatos em diferentes cidades do Estado do Rio Grande do Sul e com isso tem direcionado as doações de acordo com as necessidades de cada local. Já saíram cerca de 22 cargas de Jaguariúna com destino a Candelaria, Canoas, Taquari, Porto Alegre, Rocca Sales, Cruzeiro do Sul, Lajeado, Montenegro, Veranópolis, Cachoeirinha, São Sebastião do Caí, São Leopoldo, Guaíba, Bento Gonçalves eParobé.

Como porta-voz e organizador, juntamente com sua esposa Mônica Kologeski e irmãs Loezi e Lucielly Cunha, Alexandre solicita que a doação de água sanitária e demais produtos de limpeza seja intensa. Escovas de dente, fraldas infantis, fraldas geriátricas, absorventes, desodorantes e demais produtos de higiene também estão com a demanda alta e são necessários, assim como alimentos.

LEIA TAMBÉM:

É preciso que as doações não cessem, pois agora, quase 20 dias depois que a mobilização começou, 450 cidades das 497 do Estado têm algum relato de problema relacionado aos temporais, com 2,1 milhões de pessoas atingidas.

 A mobilização não pode parar e é importante que as doações continuem ao longo dos meses, pois é um problema que levará tempo para ser reparado. Se não for possível fazer uma doação em dinheiro ou produto, ajude sendo uma fonte de informação segura e verdadeira; disponibilizando seu local de trabalho como ponto de doação ou sendo um voluntário no posto de arrecadação mais próximo.

Os braços nesse momento são importantes para descarregar cargas e realizar a triagem dos itens. Tudo está sendo encaminhado embalado e etiquetado. Um trabalho manual, que vale tanto quanto qualquer valor. Portanto, lembre-se, toda ajuda importa.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Jaguariúna

Voluntários de Jaguariúna ajudam o RS na linha de frente

Publicados

em

Grupo de quatro pessoas soma esforços no resgate de pessoas e animais e atendimento médico no Rio Grande do Sul

Há quase 10 dias em solo riograndense, um grupo de quatro voluntários de Jaguariúna atua diretamente no atendimento médico e resgate de pessoas e animais. São eles: o pastor Guilherme Moraes, da Comunidade A Palavra; Mariana Alkmin, médica formada pela Unicamp; Carlos Aguinaldo e Kleber Gabriel.

Partindo de Jaguariúna a primeira parada do grupo foi na cidade de Eldorado, que tem cerca de 40 mil habitantes e está entre os mais afetados pelas inundações no Rio Grande do Sul. Segundo o governo, 98% da cidade foi inundada, fazendo com que todos os habitantes precisassem evacuar a região.

Eles presenciam imagens fortes. Pessoas ilhadas, casas totalmente submersas, animais mortos e forte odor.

“Tudo destruído. Nesta cidade fomos voluntários nos resgates e compramos muitos remédios para leptospirose e medicamos as pessoas que estavam ajudando na missão do voluntariado nas águas. Foi um choque no início”, relata o pastor Guilherme.

Conforme a ajuda foi chegando ao município, o grupo seguiu para Canoas. Lá, cerca de 70 mil casas estão submersas após a inundação histórica. Nesta cidade o grupo tem ajudado no resgate de pessoas e animais, e montou um ambulatório, já que as perdas afetaram profundamente a infraestrutura de toda a rede de saúde. Além disso, com o uso de barcos, percorrem o rio levando remédios e atendimento médico para quem precisa, pois tem moradores que se recusam a sair de suas casas.

“Está sendo uma experiência única. Nunca vivi nada igual. Uma tristeza muito grande e ao mesmo tempo uma alegria em poder ajudar”, afirma Guilherme.

Para ajudar o grupo a continuar o voluntariado no Rio Grande do Sul, você pode fazer um pix de qualquer valor para a chave CNPJ 52.009.858/0001-10 em nome de Mariana Alkmin LTDA. Enquanto eles conseguirem se manter, eles continuarão ajudando.

Momento atual
As enchentes, que até o momento deixaram 806 feridos, afetam 458 dos 497 municípios do Rio Grande do Sul. O número de pessoas atingidas também tem aumentado. Ao menos 20,95% da população do estado foi afetada de alguma forma pelas consequências dos temporais. São mais de 2,28 milhões de pessoas dos 10,88 milhões de habitantes do estado.

Até o momento, 76.620 pessoas e 11.932 animais silvestres e domésticos foram resgatados. Na quinta-feira, 16, o número de pessoas ainda fora de casa pelas cheias ultrapassou os 615,3 mil, sendo 77.199 pessoas vivendo em um dos mais de 830 abrigos no estado e mais 538,1 mil desabrigados.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Jaguariúna

Bingo beneficente da Associação Comercial e Industrial de Jaguariúna é um sucesso

Publicados

em

Bingo ocorreu na Casa 3 – Ateliê de arte, cultura e educação

 No sábado, 11, a Associação Comercial e Industrial de Jaguariúna, em parceria com a EWM Assessoria e a Rádio Nova FM 105,9, promoveu um bingo beneficente inesquecível Casa 3 Ateliê. O evento, que contou com o apoio de 20 empresas locais que doaram prêmios incríveis, como uma bolsa 100% de estudos, voucher de procedimentos estéticos e até mesmo um vale check-up cardiovascular, foi um sucesso total.

“Ficamos muito felizes com o resultado do bingo beneficente”, afirma o presidente da ACIJ, Guilherme Pessorrusso. “A participação da comunidade foi incrível e a generosidade das empresas que doaram prêmios nos permitiu arrecadar um valor significativo para a APAE Jaguariúna. Agradecemos a todos que contribuíram para essa ação tão importante”.

LEIA TAMBÉM:

“Agradecemos imensamente à ACIJ, à EWM Assessoria, à Rádio Nova FM 105,9 e a todas as empresas que doaram prêmios pela realização deste bingo beneficente”, diz o vice-presidente da APAE Jaguariúna, Murilo Ramos. ” Ações como esta contribuem muito para nossa Instituição, e nos ajuda a fornecer melhores condições aos nossos assistidos”.

O bingo beneficente da ACIJ é um exemplo de como a comunidade pode se unir para fazer a diferença na vida das pessoas. A instituição agradece a todos que contribuíram para o sucesso do evento.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias