Conecte-se conosco

Jaguariúna

Fase vermelha frustra donos de serviços não essenciais que buscavam por recuperação econômica

Paula Partyka

Publicados

em

Escrito por: Paula Partyka

Com o retorno de todo o Estado de São Paulo para a fase vermelha do Plano de Retomada da Economia, donos dos serviços não essenciais temem o cenário, pois, após um ano de pandemia, a decisão deve afetar bruscamente os empreendimentos. A fase tem início neste sábado, 06, e segue até o dia 19.

A proprietária de um salão de beleza de Jaguariúna, Thais Matos Zapparoli, estava preparada para realizar uma ação em alusão ao Dia da Mulher. Ela teme não conseguir pagar o investimento feito e débitos anteriores.

“Estávamos atendendo cerca de 60% a menos e, por isso, pensamos em fazer essa ação com horário marcado, sem aglomeração”, explica Thais, que tinha todos os horários da agenda preenchidos neste dia. “Sem contar que foi um evento programado há quase um mês. Houve investimento com voucher e mercadoria. Seria um dia para desafogar os débitos e, três dias antes veio a notícia da fase vermelha”, lamenta a consultora financeira Juliana Vilas Boas.

Thais relata que este momento é de desespero. “Além de ter investido, estávamos felizes em ver a agenda praticamente como era antes da pandemia. Até o emocional abala”, lamenta.

Thais sempre respeitou todos os decretos de funcionamento e, posteriormente, quando possibilitada de retornar aos trabalhos, de cuidados sanitários. “Mas demorou que as clientes tivessem coragem de sair de casa. Em meados de agosto e setembro que o movimento aumentou, mas ainda assim não era como antes da pandemia”.

O salão está em funcionamento desde julho de 2019. Foram quase oito meses de pleno funcionamento. “Eu estava trabalhando tão bem que consegui fazer uma reserva de dinheiro. Quando começou a pandemia, consegui manter tudo até outubro. A partir daí, não tinha mais de onde tirar. Tinha que trabalhar hoje para pagar uma conta amanhã”, conta.

Os serviços essenciais param, mas as contas não. Thais, assim como muitos, tem compromisso com aluguel, luz e água.

Thais e Juliana se questionam como pagar estes serviços sem a possibilidade de trabalhar. “É o verdadeiro ‘to vendendo o almoço para pagar a janta’. Não estou vendendo o almoço, como vou pagar a janta?”, diz a consultora. “Eu não sei o que vou fazer”, preocupa-se Thais.

Por fim, Juliana questiona se Thais, que tem um serviço não essencial, irá continuar consumindo os produtos dos serviços essenciais. “Com que dinheiro?”, diz.

Continue lendo

Jaguariúna

Retomada econômica Jaguaríuna de mãos dadas

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Que tal concorrer a um IPHONE 12/ 256GB + R$ 1.000,00 (em vale compras para gastar no comércio participante) totalmente grátis?
Isso mesmo, o sorteio será GRÁTIS.

Prêmios serão:
1• Prêmio: IPHONE 12 (lacrado);
2• Prêmio: R$ 1.000,00 em vale-compras (para gastar no comércio de Jaguariúna que forneceu o número da sorte)
Para participar do sorteio, basta seguir as regras descritas abaixo:

A cada compra em nosso comércio acima determinado por cada lojista
você ganhará um cupom para o sorteio.

Já pensou ganhar um iPhone 12/256GB lacrado
Ou 1.000,00 para gastar aqui.

O comércio de Jaguariúna irá te presentear no dia 12/09/2021 aniversário da cidade e o sorteio será no perfil da @eipcred NA FOTO OFICIAL

Para ganhar você tem que seguir as regras do cupom que será adquirido na hora da compra com seu número da sorte.

📱🛍ME SEGUIR O comercio que você comprou;

📱🛍SEGUIR A @eipcred ;

📱🛍 SEGUIR A @acijaguariuna

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna é a primeira cidade do Estado a ser contemplada com o Programa Nossa Casa

Paula Partyka

Publicados

em

Com o Programa será possível a construção de 312 moradias no modelo preço social no município

Uma nova parceria assinada entre Secretaria da Habitação e a iniciativa privada vai permitir a construção de 1.676 moradias no Estado, pelo Programa Nossa Casa, que serão repassadas com preço social. Jaguariúna é o primeiro município a ser contemplado com o Programa.

O secretário da pasta, Flavio Amary esteve na cidade na tarde desta quinta-feira, 15, no espaço onde serão construídas as casas. O prefeito Gustavo Reis e vereadores acompanharam a visita.

“Esta é uma ação importante do governador João Doria e vice-governador Rodrigo Garcia, que lançaram o programa no fim de 2019 e rapidamente o prefeito Gustavo esteve conosco naquele período onde iniciamos todo o processo. Jaguariúna é o primeiro município do Estado de São Paulo a lançar o programa Nossa Casa na modalidade preço social”, afirma o secretário Flavio.

De acordo com ele, serão 312 unidades residenciais construídas para atender a população local, com intuito de diminuir o déficit habitacional do município. “Estou muito feliz em estar aqui. Esse é o resultado do teu trabalho, do nosso trabalho. Da união e da parceria entre município e estado para que possamos de maneira inovadora construir e atender a população mais carente”, diz o secretário ao prefeito Gustavo.

“Só quem paga aluguel sabe o sofrimento que é tirar quase metade de seu ordenado para pagar aluguel”

Prefeito Gustavo Reis

O prefeito municipal, por sua vez, agradeceu ao secretário por todo comprometimento. “Uma pessoa absurdamente comprometida em entregar. Temos que ter resultado e estamos cansados de ver pessoas que muitas vezes só prometem e hoje estamos realizando um trabalho que começou a mais ou menos um ano e meio atrás […]”, lembra.

Para Gustavo, o lançamento do Programa no município é de extrema felicidade, pois mostra o trabalho eficiente da equipe da Prefeitura. “Estamos saindo na frente. Ficamos felizes em estar na vanguarda. Isso é muito importante e motivo de orgulho”.

“Jaguariúna é demais! Número 1 em tudo”

Prefeito Gustavo Reis

Segundo o secretário, a expectativa é que até o fim do ano uma nova visita seja realizada para acompanhar o início das obras. “Esse é o primeiro passo que a gente dá em parceria com o Governo do Estado”, acrescenta Gustavo.

Sobre o Programa
O Programa conecta municípios e iniciativa privada e as habitações abaixo do valor de mercado serão ofertadas para famílias com renda de até três salários. Para financiar os imóveis junto à Caixa Econômica Federal, as famílias beneficiadas receberão subsídios de até R$40 mil da Agência Casa Paulista, braço operacional da Secretaria de Estado da Habitação.

Será possível ainda utilizar o FGTS e contar com subsídios federais, uma vez que o Programa Nossa Casa trabalha de forma articulada com o Programa Minha Casa Minha Vida. Assim, o valor das prestações fica compatível com a capacidade de pagamento das famílias.

Os interessados podem fazer o registro de interesse para participar do programa no site – Programa Nossa Casa. Sempre que o número de candidatos for superior às unidades sociais disponíveis, a seleção será realizada por meio de sorteios públicos.

Continue lendo

Jaguariúna

Empresas e instituições se mobilizam para ajudar o “Jaguariúna Solidária”

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A rede do bem vem ganhando cada vez mais adeptos em Jaguariúna, pois cada vez mais diversas empresas e instituições realizam doações ao programa “Jaguariúna Solidária”.

A Igreja Messiânica Mundial do Brasil – Johrei Center Jaguariúna entregou roupas e 26 cestas básicas ao Programa. Já o Rotary Club, por meio do presidente Leandro Falciroli, doou mais 20 cestas básicas.

A empresa de alimentos Jack Links, por meio do presidente Flávio Ferreira, fez a doação de 20mil máscaras descartáveis. Destas, 10mil foram destinadas a Secretaria de Saúde e 10mil para a Secretaria de Assistência Social.

A secretária de Assistência Social, Andréa Dias Lizun, agradece as doações e reforçou o pedido para que as pessoas e as empresas continuem participando. “É muito legal quando as pessoas, as empresas e as instituições compram a nossa ideia. Todo mundo acaba ganhado. Acredito que a solidariedade é o caminho para a gente vencer essa guerra contra o vírus e contra a fome”, destaau a secretária.

Todos os alimentos arrecadados serão destinados pela Secretaria para famílias em situação de vulnerabilidade social. Quem quiser participar do “Jaguariúna Solidária” basta entrar em contato com a secretaria de assistência social através do telefone (19) 3867-3373 ou pelo email [email protected]

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Últimas Notícias