Conecte-se conosco

São Paulo

Estado de SP deve entrar na fase roxa, ainda mais restritiva, nesta semana

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Nesta terça, 09, 19 hospitais estaduais paulistas atingiram 100% da ocupação de leitos de UTI para Covid-19, e outros seis estão com taxas superiores a 95% de ocupação e estão perto de saturar

Com o agravamento da pandemia da Covid-19, hospitais estão com sua capacidade no limite e o governo de São Paulo estuda ampliar as restrições de circulação e colocar todo o Estado na fase roxa do Plano de retomada da economia nos próximos dias. A expectativa é que as mudanças sejam decretadas na quinta-feira, 11, ou sexta-feira, 12, e a nova fase deve começar a valer já no próximo sábado.

A entrada na fase roxa significa a adoção de mais restrição. O governo passaria a definir horário de funcionamento dos serviços essenciais. Assim, supermercado, padaria e postos de gasolina, por exemplo, teriam horário de funcionamento definidos e não poderiam mais funcionar 24horas. A medida inclui também a suspensão do futebol a partir de sábado, algo que já tinha sido pedido pelo Ministério Público de São Paulo.

O governo do Estado pretende ainda criar hospitais de campanha em escola. O primeiro será na favela de Heliópolis. Nesta semana, 11 pessoas morreram na cidade de Taboão da Serra sem conseguir uma vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O sistema de saúde do Estado está perto do colapso. Segundo a CBN, 120 pacientes buscam por UTI por dia no Estados. Pelo menos 32 municípios têm 100% ocupação em seus hospitais. A média no Estado é de 81%.

Continue lendo

São Paulo

Procon-SP notifica dez bancos e três associações do setor financeiro

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Empresas devem esclarecer sobre dispositivos de segurança e bloqueio disponibilizados aos clientes vítimas de movimentação indevida na conta corrente

O Procon-SP notificou as empresas abaixo relacionadas pedindo explicações sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo. O pedido se deve considerando notícias de que quadrilhas têm roubado celulares com o intuito de acessar aplicativos de bancos instalados no aparelho para fazer transferências indevidas na conta bancária da vítima.

As empresas e associações notificadas foram: Banco BMG S/A, Banco Inter S/A, Banco Pan S/A, Banco C6 S/A, Banco Bradesco S/A, Banco do Brasil S/A, Itaú Unibanco S/A, Caixa Econômica Federal, Neon Pagamentos S.A., NU Pagamentos S/A, Banco Santander Brasil S/A, ABBC – Associação Brasileira de Bancos, ABFintechs – Associação Brasileira de Fintechs e Febraban – Federação Brasileira de Bancos.

Levando em consideração as diversas formas de acesso remoto: aplicativos em smartphones, aparelhos eletrônicos com comunicação via Bluetooth e por aproximação, dentre outros, as empresas deverão apresentar as seguintes informações:

• laudos técnicos, assinados por profissionais habilitados, dos testes de validação e eficiência realizados em seus sistemas de segurança disponibilizados ao consumidor para acesso remoto às contas bancárias e demais serviços financeiros vinculados ao titular/cliente;

• comprovação dos mecanismos de validação para acesso remoto pelo titular da conta bancária, especificando o número de etapas aplicado ao processo em todas as suas modalidades: senhas, códigos de segurança, reconhecimento de voz e facial, dentre outros;

• quanto a proposta de uso oficial dos dispositivos de segurança, especificar diferenças eventualmente aplicadas em razão do sistema operacional IOS ou ANDROID e do “pacote de serviços” a que esteja vinculado, para desbloqueio e acesso às contas bancárias com objetivo de simples consulta e/ou realização de transações financeiras, comprovando em cada caso o respectivo grau de confiabilidade/vulnerabilidade;

• providências tomadas quando o cliente identifica/comunica possíveis problemas de quebra de segurança de acesso e de violabilidade de dados por fraudes nos sistemas de segurança;

• recepção, tratamento e armazenamento aplicados aos dados fornecidos pelos usuários, no momento da habilitação para acesso remoto à conta bancária e serviços financeiros vinculados;

• período (lapso temporal) previsto para o armazenamento dos dados dos usuários – incluindo as imagens e gravações de voz, comprovando a possibilidade de sua atualização e exclusão de forma remota, se necessárias;

PIX
Especificamente sobre as transações via PIX (Pagamento Instantâneo), as instituições deverão apresentar a política de segurança aplicada para efetivação de tal meio de pagamento, informando o processo complementar – se aplicado, de verificação e validação de titularidade da chave de acesso, bem como a forma de estorno/devolução de valores em razão de comprovação de fraudes por violação de seu sistema de segurança.

Também deverão esclarecer os custos de cobrança, tendo em vista o pacote de serviços contratado pelo cliente, para utilização dos dispositivos de segurança especificando – se aplicável, a distinção em razão do sistema operacional IOS ou ANDROID;

As empresas têm até o dia 30 para responderem aos questionamentos do Procon-SP.

Continue lendo

São Paulo

Prefeitura de Nova Odessa distribui nesta quinta e sexta-feira 1,2 mil ‘Kits Natureza’ para crianças das creches municipais

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Material traz propostas de brincadeiras e interações com a família dos alunos da Rede Municipal

Como forma de superar os desafios que as aulas remotas trouxeram para pais, alunos e educadores, a equipe da Secretaria Municipal de Educação elaborou uma proposta inovadora para contribuir com a qualidade do desenvolvimento das crianças e auxiliar a participação das famílias no processo de aprendizagem. Trata-se do “Kit Natureza”, uma caixa contendo elementos naturais, como pedras, barro, terra, sementes, entre outros itens, que será enviado para a casa das crianças para que elas possam brincar e explorar o mundo.

A entrega acontece nesta quinta-feira, 17, nos berçários, e no dia 18 nos maternais, abrangendo 1.202 crianças de 0 a 3 anos matriculadas na Rede Municipal. O uso dos materiais será dirigido pelas educadoras da Educação Infantil através de mensagens em grupos no WhatsApp para a apresentarão de propostas de brincadeiras e interações com a família. Ao longo dos próximos meses, novos kits serão planejados com diferentes materiais e propostas de aprendizagem.

Os “kits” foram viabilizados por uma parceria entre a Secretaria de Educação e a Secretaria do Meio Ambiente, o que possibilitou a utilização de itens de poda de árvores para serem transformados em materiais de desenvolvimento.

“É muito importante que as crianças, desde cedo, aprendam com seus pais e seus educadores a respeitar e a valorizar a natureza e o meio ambiente. O amor pela natureza as levará a amar e apreciar o mundo natural e a atuar em relação a esses sentimentos, contribuindo para o seu cuidado e preservação”, observou a diretora da Educação Infantil do município Luciana Negrison.

De acordo com a coordenadora pedagógica da Educação Infantil de Nova Odessa Maiza Passoni, o “Kit Natureza” tem como premissa um dos direitos constitucionais da criança, que é o direito ao brincar, e foi elaborado a partir dos pressupostos teóricos do “brincar heurístico”, um conceito cunhado por Elinor Goldschmied (2006).

“O ‘brincar heurístico’ propõe brincadeiras com objetos não estruturados e que não são brinquedos comercializados, possibilitando a investigação, a manipulação, a exploração e as descobertas pela criança”, explicou a educadora responsável pela pesquisa das referências teóricas que basearam a iniciativa.

A diretora Luciana também relacionou outros benefícios que as brincadeiras com elementos da natureza propiciam “Num momento em que as tecnologias se fazem tão presente, propomos uma conexão com o simples e o natural. O ‘Kit Natureza’ convida as crianças a brincar, desenvolvendo suas habilidades, seus sentidos e toda potência de vida. Desta forma, a conexão da criança com sua essência, a construção da noção de pertencimento, além da criatividade e autonomia se tornam ações possíveis desde a primeiríssima infância”, avalia.

A educadora também aponta a oportunidade que o kit proporciona para a criança e a família brincarem juntas. “Esperamos que este seja um momento de envolvimento e aproximação. Basta deixar a criança guiar a brincadeira. Elas estão prontas para nos ensinar a percorrer os caminhos imaginativos da infância e de encantamento com a vida”, conclui.

A proposta do “brincar heurístico” começou a ser trabalhadas nas creches desde o início do ano letivo e já contou com a distribuição de outros kits nos 14 Centros Municipais e Educação Infantil (CMEIs) da cidade.

Continue lendo

São Paulo

4ª etapa da Copa F-Racers de Kart em Paulínia é noturna

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A prova será realizada nesta sexta-feira, 18, no Kartódromo Internacional San Marino, com ação de arrecadação de alimentos destinados à alguma comunidade carente da região

A quarta etapa da Copa F-Racers de Kart 2021 reunirá os cerca de 70 pilotos participantes no período noturno, nesta sexta-feira, 18, no Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia. As provas começam a partir das 17h, com a categoria Cadete, e serão transmitidas ao vivo pelo canal do campeonato no YouTube (Youtube F-Racers). Na sequência, acontecem as disputadas das categorias F4 Jr, 125cc e F400. Quem gosta de automobilismo pode assistir a corrida, pois a entrada é gratuita. Basta seguir os protocolos de segurança, com o uso de máscara e a manutenção do distanciamento social.

A organização do evento também encabeçou uma campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis junto aos pilotos, desde o início do mês, e as doações serão recebidas no decorrer da quarta etapa. Todo o montante arrecadado será destinado a alguma comunidade carente da região, a ser definida após o evento.

Os horários das provas foram definidos de modo a se evitar aglomerações nas dependências do kartódromo, sobretudo nos boxes, como já vem ocorrendo desde o início da pandemia de Covid-19. Os pilotos menores de idade poderão estar acompanhados por apenas um responsável, e todos devem usar máscaras.

Mais sobre o campeonato e como participar
A Copa F-Racers se destaca no Estado por oferecer baixo custo com padrão de competição oficial. Os valores variam de R$ 267,00 a R$ 560,00 mensais, conforme a categoria, e incluem locação de motor e combustível monitorado. As provas são distribuídas em 10 etapas, entre os meses de fevereiro e novembro.

As vistorias dos karts e do combustível são realizadas por comissários técnicos especializados e, além da transmissão ao vivo, cada etapa conta com divulgação à imprensa, cobertura com fotógrafos profissionais e premiação aos cinco primeiros colocados. Ao final da competição, haverá sorteio de brindes aos participantes, incluindo um motor F400 e um outro de 5,5cv.

Os interessados em participar podem se comunicar diretamente com o diretor da F4 Racers Motorsports, Arthur Guimarães, organizadora do campeonato, pelo (19) 99925-2409. A competição conta com o apoio da Track&Field, HB Óculos, F4Racers Motorsports, DMD Solutions, Jundiá Sorvetes, Massas Chef e Figueiredo e Ferreira Advogados.

Continue lendo

Últimas Notícias