Conecte-se conosco

Jaguariúna

CPFL Santa Cruz aponta que 1.484 clientes da região de Jaguariúna poderiam ter desconto na conta de energia se solicitassem cadastro na Tarifa Social

Publicados

em

Em todas as cidades atendidas pela CPFL Santa Cruz, o número de clientes com direito e sem cadastro na Tarifa Social chega a 17.2 mil

Em um levantamento realizado pela CPFL Santa Cruz, a companhia mapeou 1.484 clientes na região de Mococa que ainda não são cadastrados como Baixa Renda na Tarifa Social, podendo ter o benefício do desconto nas contas de energia. Após um intenso trabalho junto à população, a empresa registrou o crescimento de 194 novos clientes cadastrados no benefício da Tarifa Social, no primeiro semestre de 2021, somando 2.280 clientes cadastrados na região. Essa forma de apoio oferecida pela distribuidora já ajuda mais de 40 mil famílias a economizar, em toda a área de concessão da CPFL Santa Cruz.

Com esse aumento de 9.3% na base de cadastros, esses novos beneficiados também garantiram a isenção no corte de energia por inadimplência, determinada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), vigente até 30 de setembro.

“Um dos principais pilares da companhia diz respeito a ações junto à população de baixa renda e neste momento crítico de pandemia, temos ampliado nossos esforços para contribuir com as famílias, estimulando o cadastramento na Tarifa Social de quem tem direito, além de oferecer melhores condições de pagamento para todos os clientes”, diz o diretor Comercial da empresa, Rafael Lazzaretti.

Entre as cidades da região com maior número de clientes cadastrados para baixa renda, Jaguariúna lidera o ranking com 1.137 clientes. Em segunda posição, Pereira tem 1.143 consumidores beneficiados, enquanto Holambra está sem consumidores recebendo desconto. Confira na tabela o restante dos municípios.

Tarifa social. Os descontos na conta de luz para os beneficiados pela Tarifa Social são aplicados de forma cumulativa para faixas de consumo que vão de 0 kWh a 220 kWh. A tarifa terá um desconto de 65% para os primeiros 30 kWh consumidos no mês. Para o consumo de 31 a 100 kWh/mês, o desconto será de 40%. Finalmente, a parcela de consumo entre 101 e 220 kWh no mês terá 10% de desconto. Isso significa que, se o beneficiário da Tarifa Social tem um consumo mensal de 50 kWh, ele receberá um desconto de 65% sobre os primeiros 30 kWh e de 40% sobre os outros 20 kWh.

Para ser enquadrado na categoria como consumidor de baixa renda, o cliente precisa ter ganhos mensais per capita de, no máximo, meio salário-mínimo e atender a pelo menos uma das condições listadas abaixo:

• NIS (cadastrado no Programa Bolsa Família) ou NB (cadastrado no BPC);

• Programa Bolsa Família (neste caso, informar o NIS – Número de Identificação Social);

• BPC (Benefício de Prestação Continuada) – neste caso, informar o NB (Número do Benefício);

• Família inscrita no “Cadastro Único” para Programas Sociais do Governo Federal, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo nacional ou;

• Quem receba o Benefício da Prestação Continuada da Assistência Social – BPC, nos termos dos Art. 20 e 21 da Lei nº. 8742, de 7 de dezembro de 1993;

• Família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até três salários-mínimos, que tenha portador de doença ou patologia cujo tratamento ou procedimento médico requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, demandem consumo de energia elétrica;

• Família de Índios ou Quilombolas inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Caso se enquadre nos requisitos, deverá também se cadastrar junto à distribuidora, por meio dos canais digitais, pelo site ou pelo aplicativo “CPFL Energia”. Basta informar os documentos e comprovantes solicitados.

Caso a pessoa com o benefício da Tarifa Social não seja o titular da instalação, é importante que ela faça o pedido sempre identificando o código do cliente (presente na conta de energia) do local onde mora, para que a CPFL possa conceder o benefício de forma adequada.

Fique em casa. Os clientes da CPFL Santa Cruz não precisam sair de casa para resolver qualquer pendência com a companhia. Nos canais digitais da empresa é possível encontrar mais de 30 opções disponíveis, como: solicitar segunda via de conta, trocar titularidade, pedir religação do serviço e até enviar documentos e fotos. Para ter acesso aos serviços, o cliente deve acessar http://www.cpfl.com.br/ ou baixar o aplicativo ‘CPFL Energia’ no smartphone ou tablet. A segunda via das faturas também pode ser solicitada por SMS. Basta o cliente enviar um SMS com a palavra CONTA com o número do “seu código” (número presente na conta de energia) para 26805 Os demais serviços também podem ser realizados pelo Call Center de cada distribuidora do grupo CPFL.

Adicionalmente, a empresa reforça que todos os clientes que possuam e-mail devem cadastrar seus endereços eletrônicos no cadastro e solicitar a modalidade de conta por e-mail, reduzindo a necessidade de entrega presencial das contas impressas.

Jaguariúna

Rede Big Boca em expansão: A arte de transformar pizzas em sorrisos de prazer e satisfação

Publicados

em

Rede de pizzarias cresce com foco na experiência e satisfação máxima do cliente

Que a pizza é uma paixão nacional todo mundo sabe, e a maioria concorda. Existe uma infinidade de sabores para todos os gostos, diferentes massas e modos de preparo, tipos de borda, recheios etc. É, sem dúvida, um mercado amplo onde muitos estão, mas nem todos conseguem se estabelecer ao longo do tempo. Afinal de contas, qual seria o segredo para se alcançar o sucesso em um ramo tão concorrido?

Para quem há mais de 15 anos vem consolidando sua marca no setor a resposta não se limita somente à qualidade do produto vendido, mas tem como principal ingrediente desta receita aquilo que deve ser o foco principal de todo e qualquer empreendedor: proporcionar a melhor experiência possível a quem entra em sua loja depois de um dia cansativo de trabalho, de estudo ou, simplesmente, está afim de um momento para relaxar e curtir uma boa refeição junto com a família e os amigos.

Rodrigo Amorim, CEO da Rede de Pizzarias Big Boca, que já conta com 11 unidades em operação na Região de Campinas e Mogi, recorda que entendeu logo no início, assim que inaugurou a primeira pizzaria em Mogi Mirim ao lado de seu tio Benedito Freitas, conhecido carinhosamente como Dito, no ano de 2006, que seu negócio só teria chances de prosperar se conseguisse conquistar não apenas o paladar, mas também o coração dos clientes.

“Hoje, em média, são vendidas 1,7 milhão de pizzas por dia no Brasil. Não acredito que seja difícil entrar nesse mercado, quebrando barreiras de culturas gastronômicas. A pizza está no gosto do brasileiro. Costumo dizer que nós do Big Boca não somos apenas uma marca que vende pizzas para pessoas, somos, acima de tudo, uma marca de pessoas que vendem pizzas. Em nossas unidades, indústria de alimentos, fábrica de massas e escritórios, toda e qualquer decisão é tomada com foco no cliente, que é sem dúvida o mais importante nesse processo todo. Entregar um produto de qualidade e um serviço de excelência é nossa obrigação”, afirma.

No padrão visual das lojas do grupo, as palavras “sorriso” e “pessoas” têm destaque especial na paisagem. “Estamos verdadeiramente compromissados em oferecer uma experiência que gere sorrisos e crie momentos inesquecíveis na vida dos nossos clientes, colaboradores, parceiros e todos que se relacionam com a nossa marca. Este é o verdadeiro propósito do grupo Big Boca e o que considero ser o nosso diferencial”, detalha.

UNIDADE DE JAGUARIÚNA: ANTIGO SONHO REALIZADO

Jaguariúna, até este momento, é a cidade que recebeu a última das unidades inauguradas pela rede Big Boca. Na terça-feira, 17, a loja comemorou seu primeiro ano e o bom desempenho até aqui, com a expectativa crescente de ampliação do público e dos serviços oferecidos, que também incluem esfihas, bebidas diversas e outras delícias. O espaço, localizado na Rua Amazonas, 970 – Vila Sete de Setembro, foi escolhido cuidadosamente e adaptado para receber os clientes com o padrão de qualidade, a praticidade e o conforto exigidos pela rede.

“Estávamos em busca do espaço ideal e da localização perfeita. O início não foi fácil já que abrimos em um momento ainda complicado da pandemia, mas felizmente as coisas têm dado certo. Jaguariúna é uma cidade muito relevante e é a concretização de um sonho para nós celebrar este primeiro ano de operação na cidade. Para o grupo Big Boca é um marco e a certeza da construção de que uma linda e grandiosa história na cidade está só começando”, afirma Amorim.

O gerente da unidade na cidade, Wellington Henrique de Oliveira Gonçalves, que com mais de 10 anos de trabalho na empresa já passou por todas as funções e hoje coordena uma equipe de 10 funcionários, avalia que abrir a loja em plena pandemia foi uma iniciativa ousada e desafiadora, mas que se mostrou acertada. “Esperamos passar muitos anos em Jaguariúna e expandir cada vez mais nossa marca, chegando a todos os públicos”, afirma.

E a meta é seguir trilhando o caminho da expansão com sustentabilidade, para que se preservem a essência e a qualidade que os trouxeram até aqui, conforme explica Robson Marcos da Silva, consultor de campo do grupo Big Boca.

“Com o crescimento do número de unidades, fomos amadurecendo a ideia de lançar o sistema de franquias, implantando a padronização dos produtos através da nossa cozinha central e da fábrica de massas e alimentos. Passamos, assim, a cuidar de todos os detalhes do processo para garantirmos que cada loja tenha a mesma qualidade nos produtos e serviços. Mas estamos fazendo tudo com muito cuidado, para que o nosso próximo franqueado esteja alinhado com os nossos valores e tenha o mesmo carinho que nós temos”, ressalta.

SABORES E SORRISOS

Sem dúvida, o amante de uma boa pizza ou esfiha em Jaguariúna e municípios do entorno, aquele que aprecia uma refeição saborosa e reconfortante, ganhou a opção de um espaço moderno, agradável, familiar e despojado para degustar ou retirar suas esfihas e pizzas favoritas, podendo se deliciar sempre que tiver vontade com a queridinha do momento do variado cardápio, a pizza de calabresa com cream cheese, ou com o sabor da pizza de strogonoff, além dos sabores tradicionais e as pizzas doces.

Mas uma coisa é certa, seja qual for sua escolha: você vai sair da Big Boca com um big sorriso no rosto!

Fotos: Bruno Felisbino

Continue lendo

Jaguariúna

Saúde de Jaguariúna realiza ação de prevenção ao câncer bucal

Publicados

em

A Secretaria de Saúde de Jaguariúna, por meio da coordenação do Departamento de Odontologia, promove neste mês ações de prevenção ao câncer bucal, em sintonia com a campanha Maio Vermelho, que visa conscientizar a população sobre a importância da prevenção e tratamento da doença.

Nesta terça-feira, 17, a Odontologia municipal realizou uma ação para chamar a atenção dos pacientes para a importância da prevenção. A ação foi realizada o Centro Odontológico e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Outras ações de prevenção também serão realizadas com os pacientes que passarem pelas unidades odontológicas da rede municipal.

Segundo a Saúde, desde junho de 2018, foram realizadas 113 biópsias de lesões bucais na rede pública de Jaguariúna. Desse total, 8 casos tiveram diagnóstico de neoplasia maligna (7% dos casos).

“Muitas das lesões foram visualizadas durante exame clínico nos atendimentos odontológicos ou nas campanhas de prevenção de câncer bucal junto das campanhas de vacinação”, explica a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão. “Isso reforça a importância de ações como o Maio Vermelho, que previnem e contribuem para evitar os diagnósticos de câncer bucal”, completa.

Continue lendo

Jaguariúna

PIZRO em Jaguariúna é cancelado

Publicados

em

Muitos estavam esperando pelo evento PIZRO, com João Gomes, Vitor Fernandes e Tarcísio do Acordeon neste sábado, 21, em Jaguariúna, que ocorreria na Red Eventos. No entanto, na manhã desta sexta-feira, 20, uma nota oficial foi emitida informado que o evento está CANCELADO.

A nota diz que o cancelamento ocorreu por conta de logística e alteração na grade de horários. Os ingressos comprados on-line serão estornados automaticamente e os ingressos físicos serão devolvidos dia 23, 24 e 25 de Maio nos pontos de vendas oficiais!

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias