Conecte-se conosco

Jaguariúna

Carminha Santiago protocola Chapa para concorrer à Presidência da 232ª Subseção de Jaguariúna e Santo Antônio de Posse para o triênio 2022/2024

Publicados

em

Na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) trienalmente inicia-se processo eleitoral para votação e eleição de nova diretoria para Subseção e Secional. Neste ano, as eleições ocorreram no dia 25 de novembro das 9h às 17h e o voto é obrigatório a todos advogados e advogadas.

Confira a entrevista com a atual Presidente da 232ª Subseção de Jaguariúna e Santo Antônio de Posse que protocolou sua chapa pra concorrer à presidência para o próximo triênio.

O que motivou a Senhora concorrer à Presidência no Pleito para a próxima gestão?

A iniciativa de se candidatar é baseada no meu comprometimento com a advocacia. Infelizmente, com a pandemia da Covid-19, não pude entregar o que mais desejo deixar de legado que é a Casa da Advocacia e Cidadania para os advogados, advogadas e cidadãos. Ressalto que a Presidência ou qualquer cargo de Diretoria é uma prestação de serviço absolutamente gratuita, em que se precisa de comprometimento e muito trabalho.

Como foi a gestão durante a pandemia do coronavírus?

Acredito que a palavra é adaptação. Inicialmente, adotamos os protocolos determinados pelo Governo do Estado de São Paulo e já preparamos a Subseção para o atendimento da advocacia e população. Foram adquiridos para uso de álcool em gel, termômetro digital, foi feita instalação de vidros nos balcões de atendimentos da casa e da sala do Fórum e até adquirimos novos ventiladores devido a necessidade de manter as janelas abertas tornando ineficaz o ar-condicionado. Também entregamos a todos funcionários um kit com álcool em spray, máscaras descartáveis e de pano e protetor plástico facial. Todas essas adaptações foram realizadas em conjunto com nosso tesoureiro que não poupou esforços para realizar todas as adaptações e garantir a segurança de todos.

Para o atendimento da assistência judiciária a Comissão responsável pela sua Presidente implementou um atendimento 100% online o que garantiu o atendimento dos cidadãos e as nomeações, pois muitos advogados dependem da renda extra do convênio com Defensoria Pública sendo que diversos locais mantiveram fechados.

Infelizmente, os eventos presenciais e comemorações que sempre realizamos foi preciso postergar para quando todos estiverem devidamente vacinados e com os protocolos sanitários devidos. Acredito que em breve poderemos retomar as atividades coletivas com segurança.

A chapa apresentada com a senhora teve mudanças. Por que isso ocorreu?

No triênio 2019-2021 trabalhei com uma equipe que se manteve diante de tantas adversidades que vivemos. Algumas mudanças na Diretoria ocorreram devido a necessidade de adaptação as novas regras para formação das chapas, sendo que duas diretoras abdicaram de suas funções seja por motivo pessoal, seja para adequação necessária ao pleito.

Também tivemos uma situação de dissidência que acredito que é importante para pluralidade de ideias. Isso é democracia e sempre devemos respeitar.

Quem são os integrantes que irão concorrer com a Senhora?

Para o triênio 2021-2024, pela Chapa 12321 – Experiência e Comprometimento, venho como candidata a Presidente, acompanhada do meu Vice, Caio Vicenzotti, uma jovem liderança de Santo Antônio de Posse; como Secretário Geral, Andre Giacomozzi Batista, grande advogado jaguariunense que já foi gestor de Ordem e tem conhecimento de Diretoria; como Secretária Adjunta, Vânia Dos Santos Silva Oliveira, jovem advogada que somará com suas novas ideias e iniciará sua jornada como Diretora e; como Tesoureira, Cleide Trolezi, experiente advogada de Santo Antônio de Posse, que já foi Diretora de Subseção e já esteve à frente de diversas Comissões.

O que você pretende, se eleita, para a próxima gestão?

Em união com minha Diretoria, pretendo reforçar os acertos, corrigir os erros, ampliar a pluralidade de ideias e sempre deixar aberto a gestão para participação de todos. Apresentaremos propostas focadas na melhoria da advocacia de Jaguariúna e Santo Antônio de Posse: ampliação de convênios e parcerias; promover maior integração entre os advogados, especialmente apoio a jovem advocacia; pretendemos passar a contar com uma sala de atendimento aos advogados na Cidade de Santo Antônio de Posse; Construção e entrega da sede própria; criação do núcleo da Escola Superior da Advocacia; Ampliar as ações em prol dos cidadãos e, especialmente, fortalecimento da Classe.

Jaguariúna

Jaguariúna recebe 1ª Copa de Marcha no mês de junho

Publicados

em

Etapa da raça mangalarga marchador vai acontecer nos dias 10 e 11 no Campus V da UniFAJ

A cidade de Jaguariúna, no interior de São Paulo, vai receber a 1ª Copa de Marcha, evento oficial da raça mangalarga marchador realizado pelo Núcleo Bandeirantes em parceria com a Meio Rural. As provas vão acontecer no Campus V da UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) nos dias 10 e 11 de junho (sexta e sábado), com início às 8h e término somente quando todas as categorias forem julgadas.

A programação do evento reserva um dia dedicado exclusivamente ao andamento da marcha picada e o outro ao andamento dos animais de marcha batida. “Estão aptos a participar da Copa de Marcha de Jaguariúna apenas os animais montados que tenham acima de 36 meses e um dia e estejam devidamente registrados no definitivo junto à ABCCMM (Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador)”, informa Gabriel Köhn Passos, gerente executivo do Núcleo dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador de Jundiaí, Região e Circuito das Águas.

Segundo Gabriel, o evento deve receber, em média, em torno de 150 animais. “Um dos destaques é que a Copa será julgada pelo experiente árbitro José Renato Costa Caiado”, comenta.

CAMPEÃO DOS CAMPEÕES

A competição, conforme explica Gabriel Köhn, começa com os mais novos, indo até os mais velhos. “Ao final, temos os grandes campeonatos onde há a disputa do Campeão dos Campeões de Marcha, que reúne somente aqueles cavalos que foram campeões em suas respectivas categorias”, diz. Aos vencedores é entregue um troféu e uma faixa, pois não há premiação em dinheiro, apenas a valorização dos animais.

A Copa de Marcha de Jaguariúna é uma etapa do Circuito Bandeirantes de Copas de Marcha que conta com um ranking próprio e, ao final, vai premiar os melhores cavalos deste ranking com motos e outros prêmios.

Jaguariúna foi escolhida para sediar a etapa por estar inserida em uma região onde a cultura da criação de equinos, especialmente Mangalarga Marchador, é muito forte. Além disso, a cidade possui infraestrutura e localização estratégica para receber os participantes e público. No local haverá praça de alimentação, estandes de diversos segmentos, selarias e toda a estrutura para receber o público.

SOBRE O NÚCLEO BANDEIRANTES

O Núcleo Bandeirantes foi fundado no ano de 2010 através da união de criadores paulistas do cavalo Mangalarga Marchador com o intuito de fomentar a raça no âmbito regional, trazendo a realização de

exposições especializadas, copas de marcha, cavalgadas, provas esportivas e cursos técnicos de aperfeiçoamento da criação e de mão de obra. O Núcleo é uma entidade devidamente credenciada pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) para a realização de tais eventos.

Além disso, a entidade possui uma estrutura de diretoria ramificada, porém unida no mesmo propósito, comprometida com a ética e seriedade na organização das atividades.

Ao todo, atualmente, são mais de 50 núcleos regionais existentes e atuantes em todo país, e o Núcleo Bandeirantes se mantém como o 2º melhor junto ao Ranking de Núcleos que a ABCCMM mantém a fim de promover uma “competição” sadia pelo fomento em prol da raça.

SOBRE A MEIO RURAL

Meio Rural é um portal feito com exclusividade para quem ama a vida sertaneja, e que traz várias seções para quem é apaixonado pela vida no campo!

Sua equipe está constantemente conectada com as últimas tendências e novidades dentro do Meio Rural. No portal, o público vai encontrar uma variedade de notícias, artigos e informes dos principais eventos do cavalo Mangalarga Marchador. Contando com grandes e inspiradores parceiros, está continuamente comprometido em trazer inovação, informação e facilidades ao leitor.

SERVIÇO

1ª Copa de Marcha de Jaguariúna 2022

Data: Dias 10 e 11 de junho de 2022

Local: Campus V da UniFAJ

Endereço: Haras Jaguary, s/n, Jaguariúna (SP)

Entrada franca.

Continue lendo

Jaguariúna

Domingo tem espetáculo infantil no Teatro de Jaguariúna

Publicados

em

O espetáculo “A noite mágica de Bob” encherá a tarde da criançada de encanto neste domingo, dia 29. A apresentação que aconteceria no último fim de semana foi remarcada e acontece no Teatro Dona Zenaide, em Jaguariúna.

A Secretaria Municipal de Turismo e Cultura informa que as pessoas que já haviam retirado os ingressos na semana passada poderão usar os mesmos para conferir a peça no domingo.
Quem ainda não garantiu o seu, pode retirar gratuitamente na bilheteria do teatro com uma hora de antecedência. Serão entregues dois ingressos por pessoa.

“A noite mágica de Bob” conta a história de um adulto que ama contos infantis e em uma noite é levado até esse mundo especial. Lá ele conhece personagens encantadores e fica maravilhado com toda a magia que existe no lugar. De uma forma bastante divertida a apresentação deixa no ar a pergunta: “Será que Bob foi até o mundo do conto de fadas ou tudo não passou de um sonho?”.
O teatro de Jaguariúna fica na rua Alfredo Bueno, 1151 – Centro.

Continue lendo

Jaguariúna

Vacinação dos rebanhos contra a febre aftosa termina na próxima semana

Publicados

em

A vacinação dos rebanhos contra a febre aftosa termina na próxima terça-feira, 31. Até lá a Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, irá vacinar todos os bovídeos (bovinos e bubalinos) com até 24 meses de idade

Após o encerramento deste prazo, o produtor rural deverá declarar a vacinação até o dia 7 de junho pelo sistema informatizado Gestão de Defesa Animal e Vegetal (Gedave) ou pelo site: www.defesa.agricultura.sp.gov.br.

Neste caso, após preencher a declaração na internet, o produtor deverá encaminhá-la por e-mail ou entregar pessoalmente na Unidade de Defesa Agropecuária.

De acordo com a secretaria de Meio Ambiente, a multa para o produtor que não vacinar os seus animais varia de 3 a 5 Ufesps (unidades fiscais do Estado de São Paulo) por animal. O valor atual de cada Ufesp é de R$31,97.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias