Conecte-se conosco

Uncategorized

Templo da Boa Vontade — uma energia extraordinária que ultrapassa fronteiras

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O que há de especial no Templo da Boa Vontade (TBV)? Por que o local atrai gente de tantas partes do Brasil e do mundo? Situado no coração do Brasil, o Templo da Paz, como também é conhecido, é um ícone místico e espaço dedicado à Espiritualidade Ecumênica. Suas portas permanecem abertas dia e noite para atender peregrinos e visitantes em busca de um local para orar ou meditar livremente, conforme a crença de cada um. Segundo dados oficiais daSecretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), anualmente, mais de um milhão de pessoas visitam o monumento.

Conectando com boas energias

No TBV, o sentimento de paz é todo o tempo lembrado pelas pessoas que frequentam o local. É comum os peregrinos surpreenderem-se a cada ambiente visitado. Em 2013, por exemplo, a guitarrista Bibi McGill, da equipe da cantora norte-americana Beyoncé, aproveitando a agenda de shows da artista no Brasil, esteve na Pirâmide da Paz: “É exatamente o que precisava para trazer paz para minha vida, para trazer purificação e um pouco de cura e tranquilidade. Ao caminhar na parte escura [da espiral, na Nave do TBV], fiquei pensando no meu crescimento, do que quero me libertar, em que quero mudar. Ao chegar no centro, conectei-me com a energia do Céu, com a energia da Terra, e trouxe isso para o meu coração. Depois, caminhei na parte clara, saindo da espiral mais leve e muito conectada” declara a guitarrista, que postou várias fotos da visita em sua conta nas redes sociais.

Outros integrantes da equipe de Beyoncé acompanharam Bibi na visita ao monumento. O cinegrafista Douglas Porter, a trompetista Crystal Ravél Torres e o fotógrafo Robin Harper percorreram os ambientes e registraram imagens. Todos se mostraram fascinados com a referência à Espiritualidade Ecumênica em um local onde pessoas de todas as classes sociais, etnias, religiões e filosofias de vida são recebidas de braços abertos. Na opinião de Crystal Torres, que, por conta da profissão, já viajou por muitos países, é possível sentir no Templo da Boa Vontade uma energia extraordinária. Segundo ela, a experiência deixou uma forte impressão. “O Templo [da Boa Vontade] é muito mágico, muito espiritual. É um lugar lindo para visitar, alcançar o equilíbrio e reorientar-se espiritualmente. Gostei muito do encontro de ideologias e de culturas religiosas, porque, no final das contas, Deus é Amor. A maior lição que eu aprendi é que não importa onde você está, Deus é Amor, pois Deus se expressa das mais diferentes formas. É muito bonito ver tudo isso presente em um único lugar.”A visita ao TBV foi tão marcante, que Crystal resolveu buscar inspiração na ambiência do lugar para montar um espaço semelhante na casa dela.

“O Mistério de Deus Revelado”

A Pirâmide das Almas Benditas também recebeu a visita do músico, cantor e compositor Robert Plant, que foi vocalista da banda britânica Led Zeppelin. Considerado um dos grandes astros do rock, Plant foi ao Templo da Boa Vontade para meditar antes de uma apresentação na capital federal. Ele estava acompanhado por produtores e integrantes de seu atual grupo, The Sensational Space Shifters. Na ocasião, afirmou que muito ouviu falar da Pirâmide da Paz, por isso fez questão de conhecer o monumento na primeira visita dele à capital do Brasil. No TBV, o cantor percorreu todos os ambientes e, diante da Mandala, repetiu o ritual dos peregrinos, estendendo as mãos à frente da obra, para refletir e orar. Utilizando a câmera do celular, o roqueiro fotografou a inscrição situada no Salão Nobre que traz este pensamento do fundador do TBV, José de Paiva Netto: “Se há noite escura, também existe manhã radiante”.

Depois de caminhar pela espiral e observar o Cristal Sagrado, o cantor destacou a qualidade da música ambiente da Nave do TBV, que favorece a meditação. Naquele instante, os peregrinos ouviam as composições do Oratório O Mistério de Deus Revelado, de autoria do compositor Paiva Netto. Sabendo disso, Plant perguntou, então, como conseguiria aquele CD. Em seguida, com o disco em mãos, simpaticamente brincou: Posso tocá-las no meu show?”.

Sonho que se tornou realidade

O fundador da Legião da Boa Vontade (LBV), Alziro Zarur (1914-1979), sonhou um dia erguer um templo do ecumenismo, aberto a todas as pessoas que buscassem paz e um encontro consigo mesmas e com a espiritualidade. Em vida, o saudoso jornalista, radialista e poeta carioca anunciou o elevado propósito de construir o Templo da Boa Vontade na capital do Brasil. Seu fiel sucessor, o jornalista, radialista e escritor José de Paiva Netto, não economizou esforços para concretizar esse ideal. Em 1985, durante memorável congresso legionário dedicado às mulheres, em Belo Horizonte/MG, convocou o povo, que prontamente atendeu ao chamado. “Promessa que o nosso amigo (Zarur) fez é uma promessa nossa. Ele disse que a LBV daria ao Brasil um templo onde as pessoas realmente confraternizariam. Para construí-lo, nossa principal ferramenta será a Fé Realizante, e essa Fé os legionários, principalmente as mulheres, têm sobejamente…”, afirmou Paiva Netto.

Há 30 anos, o Templo da Boa Vontade cumpre o papel de acolher todos que, nos desafios da vida, precisam de um momento de reflexão. “Se há necessidade de um teto para as pessoas se protegerem das intempéries atmosféricas, urgente se faz um local que as abrigue das tormentas do sentimento, esquecidas as suas diferenças religiosas, ideológicas, políticas, econômicas, de modo a se refazerem espiritualmente, descansando das procelas íntimas. Todo mundo tem uma dor que não conta a ninguém, desde o mais poderoso ao mais simples dos homens, até mesmo os Irmãos ateus”, destaca o fundador do Templo do Ecumenismo Divino.

Participe das comemorações dos 30 anos do Templo da Boa Vontade!

Quadra 915 Sul — Brasília/DF — Confira a programação acessando: www.amigosdotbv.org.

Continue lendo

Uncategorized

Com novas regras de agendamento e acesso, Holambra recebe 49 excursões durante feriado

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Holambra recebeu entre os dias 04 e 07 de setembro 49 ônibus de fretamento turístico – todos eles devidamente identificados e com agendamento prévio confirmado através de plataforma eletrônica implementada pelo Departamento Municipal de Turismo e Cultura. O sistema põe em prática as novas regras de acesso e permanência de excursões na cidade, estabelecidas por meio de Decreto no dia 26 de agosto.

O documento, que revoga a proibição instituída em junho de 2021 em função da pandemia, determina que esses veículos passem a ser cadastrados pelo Portal do Governo, em www.holambra.sp.gov.br, na aba de Serviços, Cadastro para Excursões.

Apenas os 20 primeiros ônibus inscritos têm, desde então, o ingresso liberado mediante autorização prévia, que deve ser impressa e afixada nos veículos em local visível para possibilitar o serviço de fiscalização. Ainda de acordo com a nova normativa, cadastros adicionais serão aceitos em caráter excepcional com apresentação de reservas de hotéis ou pousadas em Holambra ou em um raio de 70 km.

No sábado, 04, 12 excursões passaram pela Capital Nacional das Flores, com crescimento gradual no domingo, 17, e na terça-feira, 20.

De acordo com a diretora da pasta, Alessandra Caratti, a avaliação dos primeiros dias com nova normativa é positiva. “Acompanhamos de perto a chegada das excursões agendadas e o cumprimento das novas regras de circulação desses veículos. Foi um trabalho de muito êxito, sem qualquer ocorrência durante todo o feriado”, diz.

Segundo ela, a liberação restrita a ônibus previamente inscritos e autorizados tem por objetivo organizar o crescente fluxo de visitantes, assegurando experiências turísticas que sejam boas e adequadas à estrutura da cidade. “Queremos receber bem as pessoas que escolhem Holambra como destino. Pra isso, é preciso conduzir com muita organização o esquema de excursões de acesso coletivo”, explica.

Continue lendo

Uncategorized

Pré-candidata a deputada estadual, Taís Souza, se reúne com vice-prefeito de Pedreira, Fábio Polidoro

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A pré-candidata a deputada estadual Taís Souza e o presidente nacional do Partido da Mobilização Nacional (PMN), João Garcia, visitaram na semana passada o vice-prefeito de Pedreira, Fábio Polidoro. Na reunião, realizada nas dependências do Paço Municipal, Polidoro, Taís e João Garcia, conversaram sobre projetos futuros e estreitaram laços.

“Eu sempre fui muito bem recebida pelo Polidoro e acho que essa proximidade entre quem está no governo e a sociedade civil é sempre importante. Agradeço muito pela conversa”, diz na ocasião Taís Souza.

Continue lendo

Uncategorized

Rede municipal de ensino de Holambra amplia retorno presencial a partir desta segunda, 02

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

As escolas estão preparadas para receber os alunos com segurança, respeitando todos os cuidados sanitários preventivos

A partir desta segunda-feira, 02, a rede municipal de ensino de Holambra amplia o retorno presencial dos alunos nas escolas, acompanhando diretrizes do Decreto Estadual nº 65.849, publicado no início desse mês. Desde a retomada das aulas presenciais, em 28 de junho, a capacidade das salas estava limitada a 35% do número de alunos.

A normativa, reforçada pela Resolução nº 65/2021 da Secretaria de Educação do Governo Paulista, autoriza até 100% da capacidade de ocupação nas salas de aula, desde que respeitado o distanciamento mínimo de um metro entre os alunos. O percentual de ocupação é definido de acordo com o espaço físico de cada escola. Apesar da ampliação, o retorno permanece opcional e o conteúdo continua disponível de modo híbrido – em sala de aula e por meio da plataforma online.

Com o retorno ampliado, o horário das creches municipais entre 02 e 06 de agosto é das 6h45 às 11h30. A partir do dia 09 o horário de saída é às 17h. Os turnos escolares para os demais alunos continuam os mesmos: das 7h às 12h no período da manhã, das 12h40 às 17h40 no período da tarde e das 19h às 23h para o Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

A diretora interina do Departamento Municipal de Educação, Claudicir Pícolo, detalha como será determinada a quantidade de alunos por sala de aula: “Em escolas onde as classes têm menor número de alunos podemos convocar até 100% deles, respeitando o distanciamento de 1 metro. Em outras, onde não é possível atender esse distanciamento, trabalharemos com dois grupos de alunos, intercalando os dias de presença”, explica.

A diretora observa ainda que o retorno presencial não é obrigatório, mas o cumprimento de todas as atividades pedagógicas, sim. “Mesmo de maneira remota, as tarefas fazem parte da rotina da criança, são obrigatórias e devem ser monitoradas pelos pais ou responsáveis”, conclui.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias