Conecte-se conosco

Jaguariúna

“Papo de Mulher” reúne empreendedoras de Jaguariúna em encontros mensais

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Por Viviane Westin

Trabalho, carreira, inserção da mulher no mercado de trabalho e empreendedorismo são algumas das temáticas que norteiam as atividades do grupo Papo de Mulher de Jaguariúna, com encontros mensais que reúnem empreendedoras do município para a troca de ideias e conhecimentos, numa reflexão sobre suas vidas profissionais e aspectos correlacionados.


Idealizadoras da proposta: Maria Silvia Azevedo, do CNA e da Associação Comercial e Industrial (ACI), de Jaguariúna; Catarina Palermo Trombeta, da CTW; Carolina Marmo Pepe, da Okahoma

O segundo evento ocorreu na noite do dia 14 de maio, na sede da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Jaguariúna, com uma dinâmica que estimula debates para reflexão e atividades de interação. O principal objetivo para colocar a ideia em prática foi o intuito de promover um evento de negócios para o público feminino.

“Ser empreendedor é ter a ousadia de colocar suas ideias em prática”, define o artigo publicado no site do Sebrae, e isso se aplica às idealizadoras do Papo de Mulher. São elas: Maria Silvia Azevedo, do CNA e da Associação Comercial e Industrial (ACI), de Jaguariúna; Catarina Palermo Trombeta, da CTW; Carolina Marmo Pepe, da Okahoma. A concepção da proposta surgiu dentro da Fomentadora de Negócios – Escola de Negócios do Centro Universitário de Jaguariúna (Unifaj), da qual as três participam.

“A inspiração veio das nossas vivências como empresárias, das lutas diárias, das alegrias e tristezas… Do não conformismo com o fracasso e com a força em dar a volta por cima e ser feliz. E é isso que queremos transmitir às pessoas. Que elas têm capacidade e força para melhorar suas vidas e as vidas de quem as rodeiam”, contam as idealizadoras.

O primeiro encontro do Papo de Mulher aconteceu no mês de abril, tendo como referência o Dia Internacional da Mulher. Em princípio, seria um único evento, mas as respostas positivas e motivação das mulheres envolvidas fizeram com que os encontros se tornassem mensais.

“As participantes gostaram e vamos dar sequência”, contou Silvia. “Queremos trazer uma reflexão sobre a vida profissional do grupo e todos aspectos envolvidos, pois acreditamos que se cada um entende sua realidade e age positivamente, as oportunidades e o sucesso aparecem pra si e para todos a sua volta”, complementou.

Silvia, que também é a vice-presidente da ACI, conta que o trabalho ativo que vem sendo desenvolvido pela associação visa oferecer possibilidade de desenvolvimento para os associados e para o município. Ou seja, os objetivos estão atrelados e a associação apoia o Papo de Mulher.

As amigas Juliane Ancona, analista de sistemas, e Renata Gongora, administradora, ficaram sabendo dos encontros através de amigas e participaram desse segundo evento. Networking, aprendizagem e troca de ideias são algumas das expectativas que as incentivaram. Já a publicitária Rosana Gonçalves participou pela segunda vez e contou de suas motivações: “No primeiro encontro eu não sabia ao certo o que seria. Houve interação, afinidade e senso comum para construir algo para nós e para a sociedade como um todo”.

“O Papo de Mulher quer contribuir para que as pessoas se desenvolvam e criem oportunidades. Nosso foco é o empreendedorismo e suas técnicas, métodos, ações etc. E os temas trabalhados giram em torno desse universo. Sempre estimulando a reflexão. Não tratamos de auto ajuda, mas sim do pensar para produzir”, detalha Silvia.

As idealizadoras contam que o espaço é pensado para provocar o pensamento criativo: “Que pensem ‘fora da caixa’ como se diz, e que isso faça com que procurem oportunidade de trabalho e desenvolvimento profissional e pessoal. É comum a muitas pessoas verem as dificuldades como bloqueios em suas vidas. Queremos mostrar o contrário. Que com perseverança e criatividade o jogo muda. Sem, contudo, sermos assistencialistas”.

Os encontros mensais do Papo de Mulher ocorrem na ACI, às 18h30, os dias são avisados com antecedência, através de link criado para cada evento e divulgação pelas redes sociais, o grupo tem uma página no Facebook (Papo de Mulher Jaguariúna). A inscrição é livre e gratuita.

Reportagem e fotos: Viviane Westin

Continue lendo

Jaguariúna

Prefeitura e Construtora Tenda anunciam ‘fábrica de casas’ que deve gerar 220 empregos em Jaguariúna

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Nova unidade dispõe de mais de 18 mil metros quadrados e deve produzir até 10 mil casas/ano no modelo construtivo off-site

A Prefeitura de Jaguariúna e a Tenda, uma das maiores construtoras e incorporadoras do Brasil voltada para habitação popular, anunciaram nesta terça-feira, 11, o início da instalação da linha de montagem para a fabricação de casas no modelo off-site. Localizada no centro de galpões logísticos Gran Floridian, na Rodovia Governador Adhemar de Barros (SP-340), a nova unidade dispõe de mais de 18 mil m² com alta capacidade produtiva de 10 mil unidades/ano e maquinário importado da empresa sueca Randek, referência global na tecnologia.

Por meio desta abordagem, a companhia passa a produzir parte dos imóveis na fábrica para, em seguida, transportá-los para os canteiros de obra apenas durante o processo de montagem e acabamento. O projeto com proposta de larga escala é pioneiro no País e prevê a geração de pelo menos 220 novos empregos diretos na região. A expectativa da empresa é a de que a unidade esteja em pleno funcionamento operacional no segundo semestre deste ano.

A “fábrica de casas” deve produzir paredes e outras partes da casa baseados na técnica construtiva wood frame, que tem na madeira de reflorestamento o seu principal elemento. O método, cujo uso é muito comum em países da Europa, além de Canadá e Estados Unidos, ainda é pouco utilizado no Brasil. Por meio desta iniciativa, a construtora espera abrir uma nova frente de negócios voltada para cidades do interior paulista.

“É motivo de muita satisfação para nós podermos anunciar mais esse grande empreendimento em nossa cidade. São mais 220 empregos diretos que serão criados, fora os indiretos. Com isso, damos mais um passo no caminho do desenvolvimento de Jaguariúna, gerando emprego e renda para nossa população”, comemora o prefeito Gustavo Reis.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Social de Jaguariúna, Lúcio Tomasiello, a Prefeitura já iniciou o recrutamento de pessoas para as novas vagas que serão criadas com a “fábrica de casas” da Tenda.

“A vinda da Tenda para nossa cidade é de grande importância, pois mais uma vez conseguimos atrair empresas de vanguarda para nosso município. Ela irá inaugurar uma nova era na construção civil em nosso país, trazendo uma tecnologia nova, dando muito mais qualidade, agilidade e padronização à construção civil”, avalia o secretário.

“Além disso, vai gerar 220 empregos diretos, fora os indiretos, ajudando nossa economia local a suavizar os efeitos deixados pela pandemia. E é assim que vamos mitigar os estragos, com a busca de mais empregos e geração de renda”, afirma Tomasiello.

Fotos: Ivair Oliveira

Continue lendo

Jaguariúna

Por orientação da Anvisa, vacinação de grávidas contra Covid-19 está suspensa

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A vacinação das gestantes, que teria início nesta terça-feira, 11, em Jaguariúna, pelo grupo com comorbidades, está suspensa. A decisão foi tomada pela Prefeitura seguindo orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que suspendeu a utilização da vacina AstraZeneca/Oxford para gestantes.

Os demais públicos-alvo da vacinação contra a Covid-19 continuam a ser vacinados na cidade. Já a imunização das puérperas com comorbidades, que também tem previsão de início hoje, está em análise pelo Governo do Estado. A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, das 15h às 19h, no Parque Santa Maria.

A orientação da Anvisa é para que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). A orientação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas Covid em uso no País.

“O uso ‘off label’ de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina sem orientação médica”, diz a Anvisa em nota.

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna inicia vacinação contra Covid-19 de pessoas com Síndrome de Down e transplantados

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, dá sequência nesta segunda-feira, 10, à vacinação contra a Covid-19, no Parque Santa Maria. O cronograma de hoje inclui o início da imunização de pessoas com Síndrome de Down e transplantados de 18 a 59 anos de idade, que devem levar declaração médica que comprove a situação clínica.

O calendário desta segunda-feira também inclui a aplicação da segunda dose para professores e profissionais da educação e a continuação da primeira dose para pessoas a partir de 60 anos.
Neste sábado, a Prefeitura de Jaguariúna recebeu mais um lote de vacinas contra a Covid-19. No total, foram recebidas desta vez 1.125 doses.

A campanha de imunização contra a Covid continua ao longo da semana, sempre de segunda a sexta, das 15h às 19h, no Parque Santa Maria. Para a receber a vacina é necessário apresentar comprovante de residência, um documento com foto e o Cartão Cidadão.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Últimas Notícias