Conecte-se conosco

Jaguariúna

Mesmo apresentando melhora nos indicadores, região de Campinas segue na fase laranja do Plano SP

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A região de Campinas apresentou em sete dias uma melhora expressiva em seus indicadores, segundo avaliação do Governo do Estado dentro do Plano São Paulo de reabertura econômica. Porém, o bom desempenho não é suficiente para uma progressão e a área deve permanecer na fase laranja na próxima semana.

A maior preocupação se dava em relação às taxas de ocupação de leitos de UTI, indicador responsável pela regressão da região para a fase vermelha no início de julho. Com o novo fechamento das atividades não essenciais, a situação melhorou e permitiu o avanço para a fase laranja atual. Nesta fase, o comércio não essencial reabriu com restrições. A taxa de ocupação da UTI na região permanece estável, na faixa dos 75%.

“Campinas tem tido uma melhora expressiva. A ocupação de leitos reduziu e hoje está em 75% e houve uma queda de internações de 3%. Ela continua com classificação na fase laranja, como foi anunciado no refaseamento da semana passada, mas com uma estabilidade importante nesta nova fase, dado que anteriormente estava na fase vermelha”, afirma a secretária de desenvolvimento econômico de São Paulo, Patrícia Ellen.

A taxa de ocupação de leitos de UTI foi o indicador que mais trouxe problemas para a região de Campinas dentro do Plano São Paulo, como explica o secretário de desenvolvimento regional, Marco Vinholi. “A região de Campinas veio de um período longo na fase vermelha. A taxa de ocupação caiu, muitos novos respiradores foram colocados e a gente pôde trazer a região para a fase laranja. Os outros índices não eram de fase vermelha, eram de fase laranja. O que estava colocando a região na fase vermelha era a taxa de ocupação de UTI. Nós aumentamos a capacidade e a região pôde vir para a fase laranja ao longo desse período”.

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna volta a vacinar contra Covid quem tem entre 43 e 49 anos nesta sexta

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A vacinação das pessoas que tem entre 43 e 49 anos contra o coronavírus será retomada nesta sexta-feira, 25, em Jaguariúna. A Secretaria Municipal de Saúde de Jaguariúna deve receber 810 doses da vacina enviadas pelo Governo do Estado de São Paulo e todas elas serão aplicadas exclusivamente na população desse grupo.

Além disso, a equipe da saúde ainda tem outras doses que, nesta sexta-feira, serão usadas para vacinar os seguintes grupos:

Gestantes e puérperas com ou sem comorbidades. (Apresentar o cartão pré-natal ou certidão de nascimento do filho);
Pessoas com comorbidades de 18 a 49 anos (Apresentar comprovante médico);
Deficientes permanentes de 18 a 59 anos. (Necessário apresentar comprovação médica. Não precisa ter BPC, por ser condição permanente não há prazo de validade para o relatório médico);
Pessoas com Síndrome de Down de 18 a 59 anos;
Transplantados de 18 a 59 anos;
Motoristas ou cobradores de ônibus com “QR Code” validado para Jaguariúna;
2ª dose de acordo com o grupo prioritário.

A Campanha de Vacinação contra a Covid-19 em Jaguariúna acontece nesta sexta no Parque Santa Maria das 15h às 19h. Vale destacar que nesta data não serão vacinadas as pessoas que têm mais de 50 anos, profissionais da educação e da saúde.

Para se vacinar
É preciso apresentar documento com foto, comprovante de residência e o Cartão Cidadão. Também é necessário fazer o pré-cadastro no site da Prefeitura no link “Cidadão”.

Continue lendo

Jaguariúna

Fachada do Hospital Walter Ferrari ganha obra de revitalização

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Doação foi realizada pela empresa Flextronics

A fachada do Hospital Municipal Walter Ferrari começou nesta semana a passar por uma revitalização geral. A obra – que inclui limpeza e pintura – foi doada à Prefeitura de Jaguariúna pela empresa Flextronics, que tem sede na cidade.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, Lúcio Tomasiello, que intermediou a doação do serviço, a obra deve durar aproximadamente 15 dias.

Em março deste ano, a Prefeitura lançou uma campanha de arrecadação de recursos para o Hospital Municipal. Desde então, a campanha “Empresa Amiga do Hospital Municipal” já recebeu o apoio de vários empresários locais e conseguiu arrecadar produtos como álcool em gel.

A ação é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social. Para participar, o interessado precisa entrar em contato através do telefone (19) 3837-4480 ou pelo e-mail [email protected] Pessoas físicas também podem participar da campanha.

Continue lendo

Jaguariúna

Prefeitura de Jaguariúna adota programa para regularização fiscal

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna irá adotar o Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis) para estimular o pagamento de débitos tributários e não tributários no município e a regularização da situação fiscal de contribuintes inadimplentes. O programa prevê descontos em juros e multas nos débitos que variam de 20% a 80%. A lei complementar nº 360, aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal, foi sancionada nesta segunda-feira, 21, pelo prefeito Gustavo Reis.

Além dos descontos, a lei prevê que os débitos podem ser pagos em até 120 parcelas e inclui as entidades assistenciais da cidade nos benefícios. A adesão de pessoas físicas e jurídicas ao programa poderá ser feita a partir da publicação da lei complementar até o dia 20 de dezembro de 2024.
“Essa é mais uma medida da Administração que visa ajudar os contribuintes num momento de pandemia, em que muitas pessoas e empresas passam por dificuldades financeiras devido às restrições impostas pelas regras da quarentena do coronavírus”, explica o prefeito Gustavo Reis.

Para a aprovação da lei, foram realizadas diversas reuniões entre parlamentares e representantes da Secretaria de Finanças, num esforço conjunto entre Executivo e Legislativo.

Segundo a proposta, as dívidas com o Município poderão ser pagas à vista com 65% de desconto nas multas e juros ou em parcelas, cujo abatimento nos juros e multas varia de 20% a 30%. Já os contribuintes proprietários de um único imóvel (destinado à sua moradia) poderão pagar débitos à vista com desconto de 80% de multas e juros ou em parcelas com desconto de 50% nas multas e juros.
Neste caso, para poder se beneficiar, o contribuinte deverá atender a um dos seguintes requisitos: a) possuir terreno com área igual e inferior a 250 m² e construção de até 100 m²; ou b) com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos; ou c) aposentado; ou d) portador de doença crônica prevista no artigo 151, da Lei Federal 8.213, de 24 de julho de 1991.

Foto: Ivair Oliveira

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Últimas Notícias