Conecte-se conosco

Holambra

Produtores de Holambra aderem ao Tratoraço contra aumento de impostos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Produtores rurais do interior paulista organizam um protesto contra o fim da isenção de 4,14% sobre o ICMS dos produtos agrícolas

Os mais de 500 produtores de flores Holambra, convocados pelas cooperativas Veiling Holambra, Cooperflora e Cooperativa de Insumos (que congrega os produtores de flores, frutas, legumes e verduras), irão aderir ao Tratoraço, a mega manifestação que acontece em todo o interior paulista nesta quinta-feira, 07, às 8h, contra o fim da isenção de 4,14% sobre o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) – dos produtos agrícolas no Estado de São Paulo.

Em Holambra, a concentração de tratores e veículos agrícolas está marcado para acontecer em frente ao Moinho Povos Unidos, de onde os produtores sairão em carreata, percorrendo as ruas da cidade, a fim de chamar a atenção dos consumidores de que esse aumento recairá sobre o preço final dos produtos. O objetivo do tratoraço é fazer com que o governador João Dória revogue os Decretos 65.254 e 65.255/2020 que vigoram a partir deste mês e prejudicam toda a cadeia de flores – produtores, atacadistas e varejistas. O Estado de São Paulo representa 70% de toda a cadeia produtiva, gerando cerca de 125 mil empregos (68% das vagas são ocupadas por mulheres).

Cooperativas

O diretor geral da Cooperativa Veiling Holambra, Jorge Possato Teixeira, lembra que o setor já vem amargando, desde março de 2020, as consequências da pandemia do Covid-19. “Depois de perderem praticamente toda a produção em março do ano passado, os produtores de flores e plantas ornamentais têm se reinventado a cada dia para manter os seus negócios e abastecer o mercado. Todos tiveram que enfrentar, em 2020, os aumentos de insumos e mudas decorrentes da variação do dólar e os sequentes aumentos nos preços dos materiais e de embalagens. Para os produtores de flores de corte, principalmente, que já iniciaram 2021 com a queda de 30% no faturamento devido ao cancelamento das festas e eventos, não há como absorver e muito menos repassar novos aumentos. Além disso, com a elevação dos casos de Covid-19 e com a incerteza quanto às campanhas de vacinação, não há perspectivas de mudança desse cenário no curto prazo”, alerta.

A Cooperativa Veiling Holambra tem cerca de 400 produtores associados. A Cooperflora congrega outros 80 produtores de flores e plantas. A Cooperativa de insumos atende os produtores flores, frutas, legumes e verduras.

Decretos

Desde que os decretos foram publicados no final de 2020, o setor de flores e plantas ornamentais tem se mobilizado para a revogação das medidas que afetam toda a agricultura do Estado de São Paulo. Ofício solicitando a revogação dos decretos foi encaminhado ao governador de São Paulo, João Dória, no dia 3 de dezembro, pelo Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), mas ainda não obteve resposta.

Para a instituição, a taxação prejudicará principalmente a atividade das cooperativas, associações e empresas que operam dentro da legalidade e honram com suas responsabilidades e contribuições perante o Estado. “O aumento da tributação apenas incentivará o crescimento da quantidade de devedores contumazes e da adoção de práticas ilegais para burlar o sistema tributário. Esta medida trará graves consequências para todos os elos que compõe o setor de flores nacional. Além do aumento expressivo no custo de produção, transporte e comercialização, haverá um impacto social enorme, com a redução de empregos e, econômico, provocado pelo aumento de inflação e pela diminuição do consumo. As consequências serão irreversíveis”, alerta o documento.

Continue lendo

Holambra

Fundo Social de Holambra promove Campanha de Arrecadação de Brinquedos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O Fundo Social de Solidariedade realiza a partir desta semana, em parceria com a Prefeitura, Campanha de Arrecadação de Brinquedos que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social. As doações devem ser levadas ao Salão da Terceira Idade de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30 e entre 13h30 e 16h30. Outra opção é solicitar a retirada em domicílio. Basta entrar em contato com o Departamento de Promoção Social por meio do telefone (19) 3802-1915 e realizar o agendamento.

Serão aceitos brinquedos novos e usados em bom estado de conservação. “Muita gente tem em casa jogos ou brinquedos guardados e fora de uso. E aquilo que não nos serve mais poderá proporcionar felicidade e levar muito lazer, diversão e aprendizado para crianças de nosso município”, explica a primeira-dama e presidente do Fundo, Yvonne Capato. “O povo holambrense é muito solidário. Tenho certeza de que a campanha será um sucesso”.

Continue lendo

Holambra

Bombeiros Voluntários de Holambra recebem novo caminhão de combate a incêndios

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O prefeito Fernando Capato recebeu nesta terça-feira, 14, um novo caminhão de combate a incêndios. Doado pela Cooperativa de Insumos Holambra, ele deve fortalecer o trabalho já realizado por bombeiros comunitários e pela Associação de Bombeiros Voluntários da cidade.

O veículo, um auto tanque, tem grande capacidade para armazenamento de equipamentos necessários durante os atendimentos. “Este novo caminhão, em conjunto com o veículo enviado pelo Governo do Estado na última semana, irá garantir mais estrutura em situações emergenciais e será fundamental neste momento de maior incidência de queimadas”, explica o prefeito, que é também bombeiros civil voluntário.

Na sexta-feira,09, outro caminhão auto tanque já havia sido entregue à cidade pelo Governo do Estado. O veículo tem capacidade para até 6 mil litros de água e, somado ao equipamento doado pela Cooperativa, irá fortalecer o trabalho realizado pela Associação, que há mais de quatro anos atuam no enfrentamento a queimadas.

Continue lendo

Holambra

Holambra aplica 3ª dose em moradores a partir de 85 anos e 1ª em adolescentes entre 12 e 17 anos nesta quarta-feira

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Prefeitura de Holambra vacina nesta quarta-feira, 15, moradores a partir de 85 anos. O atendimento será realizado por ordem de chegada, no Salão da Terceira Idade, das 8h às 12h e entre 13h e 15h (ou até o término das doses). É necessário apresentar Cartão Cidadão, documento oficial com foto e comprovante de vacinação.

“Serão vacinados apenas os moradores desta faixa etária que tenham recebido a segunda dose há pelo menos 6 meses”, explicou o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias.

Adolescentes entre 12 e 17 anos
A Prefeitura irá vacinar também nesta quarta-feira, 15, no Salão da Terceira Idade, moradores entre 12 e 17 anos contra Covid-19. O atendimento será realizado por ordem de chegada, com distribuição de senhas, das 8h às 12h e entre 13h e 15h – ou até o término das doses. É preciso apresentar documento oficial com foto e também Formulário de Autorização de Vacinação assinado pelos pai, mãe ou responsável legal, disponível em www.holambra.sp.gov.br, na aba Serviços, Vacina: Termo de autorização. A apresentação é obrigatória mesmo que o jovem esteja acompanhado. O município aguarda novos lotes do antígeno para a distribuição de primeira dose em holambrenses a partir de 18 anos.

2ª dose
Moradores que estão com a segunda dose das vacinas FioCruz/Astrazeneca ou Butantan/Coronavac atrasadas ou programadas para 16 ou 17 de setembro devem ir ao Salão da Terceira Idade na quinta ou na sexta-feira, das 8h às 12h e entre 13h e 15h. Não é necessário realizar agendamento. Basta comparecer ao local com o comprovante de vacinação e documento oficial com foto. “O complemento será aplicado somente em quem recebeu a primeira dose no município”, informa Iglecias. “É importante reforçar que não adiantamos a aplicação das doses. É estritamente necessário aguardar a data indicada no comprovante de vacinação”.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias