Conecte-se conosco

Campinas

PF apreende carros de luxo, lanchas e cumpre mandados em operação contra crimes financeiros de R$2,5 bilhões

Redação Gazeta Regional

Publicados

em


São cumpridos 15 ordens de prisão e 70 de busca e apreensão em dez cidades de quatro estados do Brasil. Objetivo do grupo era sustentar os integrantes em um padrão de vida ‘cinematográfico’

A Polícia Federal de Campinas deflagrou, na manhã desta terça-feira, 11, uma operação contra crimes financeiros e lavagem de dinheiro por parte de uma organização criminosa suspeita de praticar fraudes no valor total de R$2,5 bilhões. O objetivo, segundo a investigação, era sustentar os integrantes do grupo em “padrão cinematográfico” com a compra de veículos de luxo, imóveis, lancha e até patrocínio de esporte automobilístico.

A ação é conjunta com a Receita Federal e Ministério Público Federal (MPF). Ao todo, foram cumpridos 15 mandados de prisão e 70 de busca e apreensão em dez municípios de quatro estados do Brasil. Além disso, foi determinado o afastamento por 30 dias de um delegado da Polícia Federal do exercício do cargo por conta de uma “troca de informações”. As ordens foram expedidas pela 1ª Vara Federal de Campinas. Veja as cidades:

Fortaleza (CE)
Aquiraz (CE)
Brasília (DF)
Paraty (RJ)
Guarujá (SP)
São Paulo (SP)
Campinas (SP)
Valinhos (SP)
Indaiatuba (SP)
Sumaré (SP)

A operação recebeu o nome de Black Flag. Pelo menos 220 policiais federais e 50 servidores da Receita Federal participam da ação. Entre as medidas cumpridas nesta terça, está o bloqueio de contas e investimentos no valor de R$261 milhões, sequestro de bens imóveis e congelamento de transferências de bens móveis.

Em Campinas, os mandados foram cumpridos em escritórios, residências e até um SPA localizado no Cambuí, um dos bairros nobres da metrópole. Durante as buscas, pelo menos dez carros de marcas de luxo, entre elas Porsche, BMW, Mercedes-Benz, Land Rover e Volvo, foram apreendidos e encaminhados à sede da PF na cidade. Uma Ferrari também foi encontrada em uma das diligências em outras cidades. Em Paraty (RJ), lanchas também foram recolhidas.

Além dos veículos, foram apreendidos R$1 milhão em dinheiro, documentos e uma caixa de RGs falsos que eram usados para abrir as empresas fictícias. Todos os 15 mandados de prisão expedidos foram cumpridos, sendo que dez dos detidos são de Campinas – os outros dois foram encontrados em São Paulo e Brasília. As prisões são temporárias de cinco dias.

O esquema
De acordo com a Polícia Federal, a investigação começou há dois anos e as fraudes foram descobertas a partir de ações da Receita, que verificou “movimentações financeiras suspeitas”. Com a instauração do inquérito, a corporação descobriu “uma complexa rede de pessoas física e jurídicas fictícias” na região de Campinas responsável por movimentar o valor bilionário em operações financeiras.

Entenda como funcionavam os crimes financeiros investigados pela PF de Campinas
Para proteger o patrimônio, foram criadas empresas do ramo metalúrgico para assumir a propriedade de bens e blindar o grupo de eventuais ações fiscais. Os créditos já apurados pela Receita Federal ultrapassam R$150 milhões. A origem dos recursos que iniciaram o sistema de fraude é pública, considerando que a primeira companhia fictícia obteve, em 2011, um contrato com a Desenvolve SP, uma agência de fomento econômico estatal, e outro com a Caixa Econômica Federal, no valor total de R$73 milhões.

“No caso do banco Desenvolve SP, ele foi alvo da operação porque a Receita Federal já tinha solicitado documentos relacionados a esse empréstimo, mas os documentos sumiram, então a investigação vai tentar descobrir como que se deu o desaparecimento desses documentos. Mas, neste momento, o banco é tratado como vítima”, informa o delegado chefe da Polícia Federal em Campinas, Edson Geraldo de Souza.

O Banco Desenvolve SP afirmou que as ações investigadas foram realizadas há dez anos e que a atual diretoria colabora com as investigações. Segundo a Receita Federal, a participação inclui um grande grupo de profissionais, como advogados e contadores, além de responsáveis por falsificação de documentos. Recentemente, o mentor da organização passou a atuar no ramo de energia solar e criou uma Offshore – empresa em país de baixa tributação – para justificar a origem do dinheiro.

Além de uma sequência de CPFs falsos emitidos pelo grupo para receber financiamentos e empréstimos de valores que chegaram a R$5 milhões para apenas uma pessoa, a organização também utilizava laranjas para conseguir fazer movimentações financeiras.

“Era uma ação repetida, eles multiplicavam os rendimentos ao criar empresas com CPFs falsos, todos com nome muito parecido, faziam negócios, conseguiam financiamentos, não pagavam impostos e não produziam nada. Foram criadas quatro empresas do grupo econômico e outras várias de fachada, que eram encerradas rapidamente”, explica o auditor fiscal da Receita Federal, Maurício Gomes Zamboni.

O nome da operação, Black Flag (bandeira preta, em inglês), é uma alusão ao término das atividades ilegais da organização através da ação da polícia, assim como acontece na desclassificação de corredores automobilísticos que descumprem regras do regulamento e recebem a bandeirada preta. A referência é porque parte dos recursos dos desvios financiava o esporte automobilístico dos principais investigados.

Os envolvidos responderão pelos crimes de lavagem de dinheiro, crimes contra o sistema financeiro, crimes contra a ordem tributária, estelionato, falsidade ideológica e material e organização criminosa, de acordo com a PF.

Fonte: PF apreende carros de luxo, lanchas e cumpre mandados em operação contra crimes financeiros de R$ 2,5 bilhões | Campinas e Região | G1 (globo.com)

Continue lendo

Campinas

Parque D. Pedro Shopping recebe Parada Natalina

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Apresentações acontecem até 16 de dezembro, às terças e quintas-feiras, a partir das 18h30

As noites de terças e quintas-feiras estão ainda mais encantadoras no Parque D. Pedro Shopping. Até o dia 16 de dezembro, o empreendimento, administrado pela Aliansce Sonae, recebe a Parada Natalina, apresentações que narram de forma lúdica o encantamento do Natal.

Nos espetáculos, que acontecem sempre a partir das 18h30, personagens ganham vida e celebram a data desfilando pelos corredores do shopping, levando música e alegria para os visitantes, além de muita interatividade com o público. Soldados, renas, e bailarinas rockets estarão acompanhados por uma banda que tocará tradicionais composições natalinas no estilo fanfarra.

“Queremos presentear todos os clientes com algo verdadeiramente encantador, portanto, além da decoração, teremos as paradas voltadas para toda a família que vão, sem dúvida, emocionar o público”, diz Taís Tavares, gerente de Marketing do Parque D. Pedro Shopping.

Este ano, os visitantes estão sendo surpreendidos com o “Natal Mágico Parque D. Pedro”, que conta com a decoração especial “Mickey e Amigos”. O Papai Noel também já está no shopping, de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 12h às 20h, próximo à passarela no Anel das Águas, seguindo todos os protocolos sanitários.

Sobre o Parque D. Pedro Shopping
O Parque D. Pedro Shopping, empreendimento administrado pela Aliansce Sonae, é o mais completo centro de compras, lazer, entretenimento, gastronomia e serviços da região de Campinas. Com 127.300 m² de ABL (área bruta locável), oferece mais de 471 opções aos clientes entre cerca de 385 Lojas, sendo 26 Lojas âncora e 18 Megalojas, 19 Restaurantes e 39 Operações na praça de alimentação. Além de um complexo que inclui 15 salas de cinemas, centro de convenções e 8 mil vagas de estacionamento.
Referência em sustentabilidade no setor, foi o primeiro a receber certificação ambiental, adotando desde sua construção políticas de preservação do meio ambiente, saúde e segurança ocupacional. Atento às principais tendências de comportamento e consumo, investe sistematicamente em inovação por meio de interação digital com seus clientes, fazendo uma extensão da experiência de quem visita o shopping fisicamente com os ambientes digitais.

Continue lendo

Campinas

Shopping de Campinas terá festival de churrasco neste fim de semana

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Festival “Carnivoria” conta com mais de 15 estações com assadores conhecidos, além de atrações musicais ao vivo; veja onde

O Parque Dom Pedro Shopping, em Campinas, recebe neste fim de semana o “Festival Carnivoria” que reúne churrasqueiros do Brasil em mais de 15 estações de carne. O evento acontece nos dias 20 e 21 de novembro, com entrada gratuita, no estacionamento VIP da Entrada das Águas.

O festival terá mais de 15 estações de carne, como galeto no varal, prime rib suíno, costela de chão, cordeiro patagônico e ancho, além de cervejas artesanais e atrações musicais ao vivo.

A programação musical conta com a banda paulista de pop rock indicada ao Grammy Latino, Vespas Mandarinas, e a veterana do punk rock, Plebe Rude. Também haverá atividades de recreações para as crianças.

Os cortes serão preparados por assadores conhecidos como Fernando Possenti, especialista em fogo de chão e parrilla e participante do reality show BBQ Brasil.

Segundo a organização, o evento seguirá todos os protocolos sanitários exigidos, como a obrigatoriedade do uso de máscaras. Além disso, o evento permite a entrada de pets em um espaço dedicado.

Festival Carnivoria no Parque D. Pedro Shopping
Data: 20 e 21 de novembro
Horário: Sábado, das 12h às 22h; domingo das 12h às 20h
Local: Estacionamento VIP da Entrada das Águas
Endereço: Av. Guilherme Campos, 500 – Jardim Santa Genebra – Campinas SP
Entrada: Grátis

Continue lendo

Campinas

Banda Raça Negra e diversas atrações culturais são confirmadas para o “Dia da Consciência Negra” em Campinas

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Evento histórico em Campinas escolhe a arte para dizer NÃO AO RACISMO!

Neste ano, a celebração (com muita reflexão) do “Dia da Consciência Negra” será especial e acontece a partir das 14h, no campo do Corintinha, no Jardim Ouro Verde. Diversas atrações culturais e shows musicais, com presença da banda Raça Negra, estão confirmadas. “Nosso intuito é chamar a atenção para um comportamento que insiste em se manter. Racismo é crime, é inaceitável e precisamos combater esse mal. A melhor forma que encontramos é lutar com sorriso no rosto e amor no coração em um evento que já nasceu para ser um sucesso”, explica Francisco Filho, idealizador.

Com uma estrutura completa, o evento “Dia da Consciência Negra” será uma grande homenagem à cultura ancestral do povo de origem africana, escravizado por séculos no Brasil e em todo o mundo.

A trilha sonora não poderia ser outra, Raça Negra, que desafia o tempo com canções de sucesso e que são conhecidas por todo o público, independente da faixa etária ou classe social. Dizem que “quem não gosta de Raça Negra, bom sujeito não é”. A brincadeira reflete a popularização desde que o Raça surgiu ao mercado. Foi a primeira banda de samba a tocar numa rádio FM, na época, com ‘Caroline’. Na década de 90, entrou para o Guinness Book com a canção ‘É tarde demais’ com a impressionante marca de mais de 600 execuções em rádios num só dia.

Não só as faixas citadas acima, mas ‘Cheia de manias’, ‘Sozinho’, ‘Te quero comigo’, ‘Cigana’, ‘Me leva junto com você’, dentre tantas outras, estarão no repertório. É hit do início ao fim.

As atrações já começam a partir das 14h, horário de abertura dos portões. Uma praça de alimentação completa, com mais de 20 pontos de vendas de comidas e bebidas, promete agradar a todos os paladares e bolsos.

A venda de vestuário de moda afro será a oportunidade do público conhecer os tecidos, estampas e figurinos usados em nosso país irmão. Profissionais experientes estarão a postos para arrumar o cabelo, fazer tranças e mudar o visual com as técnicas e características marcantes desta cultura tão encantadora.

E, para conhecer um pouco mais sobre as personalidades representativas que mudaram o rumo da história no Brasil e no mundo, está confirmada ainda uma exposição de painéis gigantes. São 12 painéis informativos, com 4 metros de altura cada, com foto e uma breve descrição sobre o feito.

Diversos grupos e movimentos culturais afro também marcarão presença ao longo do dia, com apresentações de dança, música e capoeira.

Com caráter inclusivo, o “Dia da Consciência Negra” agregará outras culturas, sons, ritmos e também um parque de brinquedos infláveis. “Não é um evento apenas para o preto. É um evento para a família, incluindo crianças, jovens e adultos, sejam eles pretos ou não. É necessário falarmos para todos que racismo é crime, que o Brasil não aceita mais este tipo de conduta arbitrária, que somos apenas um povo e que as diferenças não podem mais existir”, completa Francisco.

No palco, axé, samba, sertanejo e muito mais! Grupo Serrinha, Minoro Muriart, Patrícia Ferrari & Gu Santana, Grupo Vida Samba, Beya Samba Rock, Mesa de Bar, Luiz Miguel & Daniel, além das baterias das Escolas de Samba, Rosa de Prata e Unidos do Jardim Shangai, artistas para todos os gostos e estilos.

Os ingressos estão à venda pelo endereço www.tycket.com.br ou em um dos pontos de venda.

Faça parte desta festa e diga NÃO AO RACISMO!

Serviço:

Dia da Consciência Negra

Shows: Raça Negra e diversos artistas

Data: 20 de novembro

Abertura dos portões: a partir das 14h

Local: Campo do Corintinha

Endereço: Av. Arymana, 168-354 – Campinas – SP

Valores: à partir de R$ 20

Mais informações em (19) 99203-7407 / https://www.facebook.com/RA%C3%87A-NEGRA-Campinas-100436182467979

Pontos de venda:

Pastelaria Camarote Beer – Arymana168-354, Parque Universitário – Viracopos

O Caneco Empório e Adega – Pedro Degreci Júnior, 158, Vida Nova

Brazilian99Store Shopping Spazio Ouro Verde – Ruy Rodrigues, 3200

Adega Ruy Rodrigues – Ruy Rodrigues, 4940 Parque Universitário

Tonel Bebidas e Conveniência – Tancredo Neves, 1040 – Tancredão

Biroska do Carlão – Marechal Juarez Távora, 17 , Jardim Campos Elísios (Balão do Laranja)

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias