Conecte-se conosco

Mundo

Libertadores volta a ter decisão 100% brasileira após 15 anos

Publicados

em

Brasil já protagonizou 2 das 3 finais entre times de um mesmo país

Disputada pela primeira vez em 1960, a Libertadores só teve três finais entre times do mesmo país até hoje. A quarta é no próximo dia 30, entre Santos e Palmeiras, às 17h (horário de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O Peixe se classificou nesta quarta-feira, 13, ao atropelar o Boca Juniors (Argentina). O Verdão avançou na terça-feira, 12, ao superar o River Plate (Argentina) no placar agregado. Quinze anos depois, a decisão do maior torneio de clubes da América do Sul será 100% brasileira.

A primeira vez foi em 2005, quando se enfrentaram São Paulo e Athletico-PR. Como a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) avaliou que a Arena da Baixada (antes da reforma para a Copa do Mundo de 2014), em Curitiba, não tinha capacidade mínima para receber o jogo de ida, o Furacão teve de mandar o duelo no Beira-Rio. Após um empate por 1 a 1 em Porto Alegre, o Tricolor goleou no Morumbi, na capital paulista, por 4 a 0, e assegurou o tricampeonato sul-americano.

No ano seguinte, o São Paulo voltou à decisão continental, desta vez contra o Internacional. Diferentemente de 2005, o primeiro jogo foi no Morumbi, com vitória colorada por 2 a 1, em grande atuação do atacante Rafael Sobis. O empate por 2 a 2 no Beira-Rio deu aos gaúchos o primeiro título da Libertadores.

Em 2007, a Conmebol determinou que não poderiam mais ocorrer finais entre clubes do mesmo país. Por isso, nas semifinais daquele mesmo ano, apesar de estarem em lados opostos do chaveamento, Santos e Grêmio tiveram que se enfrentar antes da decisão.

A medida foi mantida até 2017. Um ano depois, o confronto valendo o título voltou a reunir dois times de uma mesma nação. Desta vez, os argentinos Boca e River. O jogo de ida, na Bombonera, terminou empatado em 2 a 2. Após um ataque de torcedores ao ônibus dos Xeneizes no caminho até o estádio Monumental de Nuñez, também em Buenos Aires, a partida de volta foi suspensa e levada para o Santiago Bernabeu, em Madri, na Espanha. Os Millionarios ganharam por 3 a 1 e ficaram com o título pela quarta vez.

A final entre Santos e Palmeiras será a primeira entre dois times de um mesmo estado do Brasil e também a primeira vez que a dupla se enfrenta em uma decisão no Maracanã. O Peixe tem oito títulos no estádio carioca: quatro Campeonatos Brasileiros (1962, 1964, 1965 e 1968), três Torneios Rio-São Paulo (1963, 1964 e 1997) e o Mundial de 1963. O Verdão ergueu duas taças no Maracanã: o Brasileiro de 1967 e a Copa Rio de 1951, competição que o clube pleiteia ser reconhecida como primeiro Mundial.

Publicado em 13/01/2021 – 22:54 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

Entretenimento

Paul Sorvino, ator de ‘Os bons companheiros’, morre aos 83 anos

Publicados

em

Ele interpretou o personagem Paulie Cicero no filme de Martin Scorsese de 1990. Ator também participou de ‘Tudo por dinheiro’, ‘Nixon’, ‘Rocketeer’ e na série ‘Law and order’.

Paul Sorvino – O ator Paul Sorvino, conhecido por interpretar o gângster Paulie Cicero no filme “Os bons companheiros”, morreu aos 83 anos nesta segunda-feira (25).

A esposa do ator, Dee Dee Benkie, anunciou a morte dele nesta segunda-feira por “causas naturais”: “Nossos corações estão partidos, nunca haverá outro Paul Sorvino. Ele foi o amor da minha vida e um dos maiores artistas a agraciarem as telas e os palcos”, ela escreveu em comunicado.

LEIA TAMBÉM:

Pai da atriz Mira Sorvino (de “Poderosa Afrodite), o ator norte-americano também atuou nos longas “Tudo por dinheiro”, “Rocketeer” e como o policial Phil Cerretta na série ‘Law and order’.

Entre outros papeis conhecidos dele estão o do secretário de estado Henry Kissinger em “Nixon”, de 1995, e do pai de Julieta em “Romeu e Julieta” de Baz Luhrmann, de 1996.

Paul Sorvino, ator de 'Os bons companheiros', morre aos 83 anos
Paul Sorvino, ator de ‘Os bons companheiros’, morre aos 83 anos

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Gazeta Regional o seu jornal Online

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular.

Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Mundo

Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras

O brasileiro de 22 anos conquistou a medalha de ouro na decisão em Oregon, nos Estados Unidos.

Publicados

em

Piu disparou na final e superou os principais rivais, o norueguês Karsten Warholm, campeão olímpico e recordista mundial, e o americano Rai Benjamin

Alison dos Santos é o novo campeão mundial dos 400m com barreiras. Com 46s29, o terceiro melhor tempo da história da prova, o brasileiro de 22 anos conquistou a medalha de ouro na decisão em Oregon, nos Estados Unidos. Os americanos Rai Benjamin e Trevor Bassitt completaram o pódio. Campeão olímpico e recordista mundial da prova, Karsten Warholm terminou na 7ª colocação.

Alison dos Santos quebra o recorde da competição (46.29), e é Campeão Mundial dos 400m com barreiras

“Sabe quando você sonha com alguma coisa? Quando acorda todo dia na sua vida pensando nisso? Eu estava assim nessa temporada. Sonhando com esse resultado, essa vitória” – disse o novo campeão mundial.

“É um momento indescritível, é uma sensação maravilhosa de alcançar o topo do mundo”, completou.

Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras  — Foto: Steph Chambers/Getty Images
Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images

O brasileiro estabeleceu o recorde da prova no Campeonato Mundial de atletismo. É, também, a melhor marca da temporada, seis décimos à frente do segundo colocado. Benjamin, prata, fechou a prova com 46s89, com Bassit um pouco atrás (47s39).

Piu, como é conhecido o novo campeão mundial, já fazia uma excelente temporada antes da noite desta terça. Em 2022, ganhou todas as quatro etapas da Diamond League que disputou e chegou em Eugene como líder do ranking mundial na prova, em que o Brasil nunca teve tradição.

A World Athletics, organização que gere o atletismo, usou as redes sociais para brincar com o resultado de Piu na decisão, colocando o rosto dele no lugar do Cristo Redentor.

Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images
Alison dos Santos é campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images

“Brasil neste momento”, tweetou.

Em 2021, Alison já fez história ao conquistar o bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio com o tempo de 46s72, apenas 0s02 acima do recorde mundial até aquele dia. O azar do brasileiro é que tanto Warholm quanto Benjamin correram tempos abaixo da melhor marca da história, estabelecida um mês antes pelo próprio norueguês.

Foi a primeira vez que um brasileiro conquistou medalha em uma grande competição internacional na prova dos 400m com barreiras. Aos 22 anos, Alison dos Santos já foi campeão pan-americano em 2019, em Lima, no Peru. Além do bronze olímpico, conquistou também o terceiro lugar no mundial sub20, em 2018.

Alison dos Santos campeão mundial dos 400m com barreiras

Alison dos Santos campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images
Alison dos Santos campeão mundial dos 400m com barreiras — Foto: Steph Chambers/Getty Images

Alison passou por um longo período de treinos nos Estados Unidos neste ano, em Chula Vista, na Califórnia, com o objetivo de aprimorar os primeiros 200m da prova, o que era a principal deficiência do brasileiro.

Recorde sul-americano no feminino

Vitoria Rosa corre em 22s47 e estabelece novo recorde sul-americano nos 200m feminino
Vitoria Rosa corre em 22s47 e estabelece novo recorde sul-americano nos 200m feminino

LEIA TAMBÉM:

Vitoria Rosa corre em 22s47 e estabelece novo recorde sul-americano nos 200m feminino

Quem também fez bonito foi a brasileira Vitória Rosa na semifinal dos 200m livre. Correndo contra estrelas como Elaine Thompson-Herah, Tamara Clark e Dina Asher-Smith, a brasileira anotou o tempo de 22.47, novo recorde sul-americano da prova.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Incêndio de grandes proporções atinge prédios na região da 25 de Março, na capital paulista
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular.

Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Mundo

Cometa K2 chega hoje ao ponto mais próximo da Terra

Publicados

em

Com luneta, é possível visualizá-lo na constelação de Ophiuchus

Um dos cometas ativos mais distantes chegará a seu ponto máximo de aproximação com a Terra nesta quinta-feira, 14. Localizado na constelação de Ophiuchus, o cometa K2 estará a uma distância de cerca de 270 milhões de quilômetros do nosso planeta.

Já a máxima aproximação do cometa com o Sol, posicionamento ao qual se dá o nome de periélio, será em dezembro de 2022.

De acordo com o Observatório Nacional, o K2 não será visível a olho nu, mas, ainda assim, será possível observá-lo. “Ele poderá ser observado com o uso de pequenos telescópios ou até mesmo com lunetas, desde que o observador esteja em locais com pouca poluição luminosa, ou seja, locais mais escuros”, explica o pesquisador do observatório Marçal Evangelista Santana.

Segundo o físico, que é doutorando em astronomia, os observadores que estiverem no hemisfério sul serão privilegiados para observar o cometa em quase toda a noite do dia 14. Para tanto, basta olhar para a constelação de Ophiuchus, tendo como referência a constelação de Escorpião, como mostra a imagem abaixo.

Para facilitar a localização, ele sugere o uso do aplicativo Stellarium, disponível para download de forma gratuita.

Cometas
Os cometas são objetos feitos principalmente de gases congelados, rocha e poeira, que ficam mais ativos na medida em que se aproximam do Sol. Isso ocorre porque o calor do astro aquece o cometa, fazendo com que seu gelo se transforme em gás. Neste processo de sublimação, forma-se uma nuvem ao redor do cometa, também conhecida como cauda.

Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2022-07/cometa-k2-chega-hoje-ao-ponto-mais-proximo-da-terra

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Anestesista preso por estupro
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias