Conecte-se conosco

Brasil

Brasil adere a projeto que liga América do Sul e Ásia por fibra óptica

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Cabo de 14 mil km interligará o Chile à Austrália e à Nova Zelândia

O governo brasileiro aderiu nesta quinta-feira, 13, ao projeto chileno de instalar um cabo subaquático transoceânico que permita interligar o continente sul-americano à Ásia e à Oceania por meio de fibras ópticas. Apelidado de Projeto Humboldt, a iniciativa está a cargo de uma empresa estatal chilena, Desarrollo País (ex-Fondo de Infraestructura), que encabeçará uma aliança entre países e empresas privadas de tecnologia e telecomunicações interessadas.

Segundo a estatal chilena, o cabo com sistema de fibras ópticas e 14.810 quilômetros de extensão interligará, fisicamente, Valparaíso à cidade de Sydney, na Austrália, passando por Auckland, na Nova Zelândia.

Segundo o embaixador chileno, Fernando Schmidt, a proposta é aproveitar a conexão com outros cabos de fibra óptica que já cruzam o território chileno para tornar seu país um hub digital para toda a América Latina, ou seja, uma porta de entrada para conectar toda a região à Ásia e à Oceania.

“[Com isso] O Chile se converte em um país-plataforma, vocação natural dada nossa ligação com o Oceano Pacífico. E que se conjuga com nosso espírito de integração regional”, disse Schmidt ao participar, esta manhã, de um seminário virtual que reuniu autoridades brasileiras e chilenas para discutir a iniciativa.

De acordo com a estatal Desarrollo País, o Humboldt gerará benefícios sociais e econômicos para toda a região, melhorando e acelerando a transmissão de dados entre a América Latina e a Ásia, continente de grande importância econômica.

Ainda conforme a empresa, a rota por onde passará o cabo subaquático foi definida com base em estudos de rentabilidade que levaram em conta as estimativas de aumento de tráfego de dados para os próximos 20 anos, sobretudo com a tecnologia 5G.

Para o embaixador brasileiro no Chile, Paulo Roberto Soares Pacheco, a primeira rota digital subaquática transoceânica de fibras ópticas a ligar os continentes reduzirá o tempo de propagação de informações, tornando as comunicações digitais mais seguras.

Além do Brasil, Argentina, Austrália e Nova Zelândia já manifestaram interesse em participar do projeto. Atualmente, Argentina, Brasil e Chile respondem por 80% do tráfego de internet na América do Sul.

Em nota, o Itamaraty (foto) acrescentou que, ao aderir à iniciativa, o Brasil completará a conexão por fibra ótica com os países vizinhos, “consolidando a infraestrutura digital regional”. “Nos próximos meses, equipes técnicas dos países envolvidos aprofundarão as discussões sobre as modalidades financeiras e técnicas da participação do Brasil neste projeto de longo prazo. O volume total de investimentos do projeto foi orçado em cerca de US$ 400 milhões, e o prazo da concessão público-privada que deverá operá-lo foi estimado em 25 anos”, informou o Itamaraty.

Fonte: Brasil adere a projeto que liga América do Sul e Ásia por fibra óptica | Agência Brasil (ebc.com.br)

Continue lendo

Brasil

Dicas para aumentar as vendas na retomada econômica

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Especialista em atendimento personalizado, Sheyla Costa fala sobre as cinco principais dicas para fazer sucesso no seu negócio em qualquer segmento, na retomada da economia. 

Todo empreendedor ou empresário de sucesso é um vendedor por excelência, porque já cria um negócio ou empresa visibilizando o resultado final das vendas”, afirma a especialista Sheyla Costa. Ter sucesso como empresário ou empreendedor, além de criar o negócio é necessário ter espírito de vendedor, porque a primeira venda é para si mesmo. A verdade é que o bom vendedor é aquele que se coloca no lugar de quem está comprando. Quando você cria um produto ou marca, você  pensa em primeiro lugar em quem vai consumir, ou seja no comprador. 

Nesse tempo de pandemia, muitas coisas mudaram, principalmente o consumidor, que está cada vez mais exigente principalmente no atendimento, que é a porta de entrada para fidelizar um cliente.  Sheyla Costa que trabalha há mais de 15 anos com consultoria, gestão e treinamento de vendas, para equipes de grandes, médias e pequenas empresas, destaca as cinco principais técnicas para o sucesso de vendas em qualquer negócio seja presencial ou online: 

1. Crie um vínculo:  
Para vender mais e melhor, é preciso gostar de lidar com pessoas e entender as necessidades delas. “A venda deve ser uma parceria com o cliente”. Entenda o cliente e como ele se comunica para criar esse vínculo. Isso cria identificação e credibilidade.  A ideia não é copiar a forma como o cliente fala, mas acompanhar seu ritmo e criar uma conexão. Se a pessoa chega falando baixo, por exemplo, o vendedor muito expansivo pode fazê-la se sentir desconfortável.

2. Não minta, fale sempre a verdade
Este também já é um mandamento das vendas. Mentir para o cliente pode ser fatal não só para aquela venda, mas para o negócio. O vendedor ideal não é aquele que “falsamente elogia o cliente na porta do provador de roupas, dizendo que a peça ficou excelente quando ela mal serviu”. Isso é um erro. Fale sempre a verdade, seja sincero e conquistará o cliente para avida.

3. Personalize o atendimento
Quem trabalha com um fluxo grande de clientes, tem mais dificuldade em personalizar o atendimento. o mínimo é tentar lembrar o nome e sempre tratar como única pessoa. “É importante porque mostra a atenção que é dada ao cliente”. As pessoas são diferentes, não podem ser atendidas iguais. Tem as pessoas sérias de poucas palavras, as risonhas, as deprimidas, as dramáticas, por telefone ou pessoalmente, em pouco tempo você consegue descobrir a personalidade pelo tom de voz e ritmo das palavras. 

4. O cliente tem razão
Um dos pilares do atendimento eficiente é acompanhar o ritmo do cliente e evitar discordar dele. “É possível não concordar sem bater de frente”.  Quando o cliente fala que não gosta do produto, serviço ou marca, por exemplo, não precisa concordar. “Basta dizer que nem sempre existe unanimidade em tudo, mas que se pode fazer o máximo para atender bem”. Isso já conquista a confiança.

5. Fidelize o consumidor
ender melhor inclui fidelizar o consumidor e conquistar para voltar. “O cliente volta quando encontra o que procurava”. O próximo passo para conquistar o seu público é investir em um atendimento impecável. Tão importante quanto a própria venda é o acompanhamento no pós-venda. “Telefone ou mande um e-mail para saber se o produto atendeu as expectativas. Atendimento por excelência, trata cada um como único e acompanha as datas importantes, principalmente de aniversário”.

Lembrando que essas dicas valem para qualquer tipo de negócio, seja físico ou online. Outra coisa muito importante: “Se você já tem um negócio, seja qual for o segmento e não está indo bem, repense como está seu atendimento, como os seus funcionários ou representantes estão atendendo os seus consumidores, isso diz muito sobre o sucesso do seu negócio. Para quem deseja ingressar no mercado, já inclua no perfil a meta do atendimento por excelência. As empresas, produtos, marcas e serviços, que melhor atendem seus consumidores, são naturalmente as que estão no topo”, complementa Sheyla Costa.  

Quem é Sheyla Costa
Sheyla Costa tem três graduações e especializações em Gestão e Mercado de Luxo pela MCF Consultoria, Estratégia de Atualização no Mercado de Luxo pela TDL Agency, Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Análise Comportamental, Inteligência Emocional e Coaching. É especialista em atendimento personalizado, estudou com os melhores profissionais do mundo no Instituto Disney em Orlando, FL, com Tonny Robbins e Tim Gallwey, na Califórnia.  Inovou o mercado com o método AT (Atitude transformadoras), um dos mais modernos métodos de atendimento. Foi vice-presidente do Comitê de Atendimento da AMCHAM Goiânia, é colunista na BandNews. Atua há mais de 15 anos em gestão de pessoas, consultoria e treinamento para equipes em grandes empresas nacionais e do mercado de luxo.

Expertise:
●     Gestão e Desenvolvimento de Pessoas;
●     Mestrado em Educação;
●     Master Coach;
●     Especialista em Storytelling e Inteligência Emocional;
●     Profissional de Eneagrama;
●     Especialização na Estratégia de Atendimento Disney, pelo Instituto Disney;
●     MBA em Mercado de Luxo.

Continue lendo

Brasil

Correios fazem leilão de 61 mil objetos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Leilão será realizado no próximo dia 27

Os Correios vão realizar, no dia 27, um leilão de objetos classificados como refugos, aqueles que não foram entregues ao destinatário ou foram devolvidos ao remetente, após todas as tentativas de entrega e terminado o prazo de direito à reclamação. Esse prazo pode variar entre sete e 30 dias, a depender do objeto.

A empresa informou que serão leiloados de 61 mil itens, entre peças de vestuário, microinformática, equipamentos eletrônicos, acessórios para veículos, bijuterias e livros, entre outros. Os valores iniciais dos lotes variam entre R$1.303 até R$85.050.

Para participar do certame, os interessados devem se cadastrar na plataforma Licitações-e do Banco do Brasil. Após a conclusão dessa etapa, pessoas físicas e jurídicas conseguem enviar propostas de forma eletrônica para participar da disputa online.

“O edital com todas as informações está disponível na plataforma Licitações-e, pelo nº 893602, e também na página de licitações dos Correios. Basta fazer a busca por modalidade ‘Licitações Correios Aberta” e escolher “São Paulo Metropolitana” na coluna dependência”, informou os Correios.

A empresa disse ainda que os lotes estão armazenados no bloco 1 do edifício dos Correios em São Paulo, localizado na Rua Mergenthaler, 592. Visitas aos bens devem ser agendadas pelo telefone (11) 4313-8150.

Continue lendo

Brasil

10 Lições que a pandemia deixou para a educação

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Alunos, professores e famílias passaram a ter uma nova visão sobre o futuro do ensino no Brasil

Em março de 2020 o Brasil se viu diante de um novo e assustador momento: a quarentena e o isolamento devido à pandemia da Covid-19. E os estudantes foram severamente afetados com o fechamento das escolas e a adaptação das aulas online.

A coordenadora do Ensino Fundamental do Colégio Divino Salvador ,Cintia Pedrisa, listou dez lições que este novo momento deixou para a educação dos alunos e o que podemos levar de aprendizado de tudo isso.

  • Os estudantes passaram a ter mais autonomia e responsabilidades nos estudos e, como isso, serem protagonistas da sua rotina escolar;
  • A valorização da presença tanto dos professores quanto dos próprios alunos dentro da escola;
  • Professores e alunos viraram grandes parceiros das tecnologias em benefício dos estudos, aprimorando técnicas de ensino e aprendizado com os recursos disponíveis;
  • Os pais e responsáveis tiveram papel fundamental no processo de aprendizagem dos filhos;
  • A inovação contínua e o uso das tecnologias a favor da educação, com novos métodos e possibilidades de ensino;
  • A valor da coletividade e a colaboração se mostraram ainda mais necessárias, a importância de estar com o outro, interagir com os colegas;
  • Na escola, o potencial de autonomia das crianças é trabalhado com muito mais propriedade;
  • A parceria entre pais e escolas nunca foi tão reforçada como agora, e a ideia é que se permaneça assim devida fundamental importância;
  • A aproximação da relação entre o ensino e a aprendizagem à distância entre equipe escolar e responsável pelo aluno, com comunicação diária e orientações pontuais e coletivas, refletindo o engajamento pedagógico;
  • O estímulo às novas linguagens, com currículo focado no letramento digital e conhecimentos advindos de experiências virtuais.

A verdade é que a pandemia ficará marcada na memória e deixará grandes ensinamentos para pais, alunos e educadores. “A adaptação aos novos modelos de ensino veio de uma maneira repentina e impositiva, mas com certeza deixará bons frutos para a educação das novas gerações”, conclui Cintia.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias