Conecte-se conosco

Jaguariúna

Taxa de letalidade por Covid-19 em Jaguariúna é quase metade da registrada no Estado

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A taxa de letalidade por Covid-19 em Jaguariúna é quase a metade da registrada em todo o Estado de São Paulo. Também é menor que a taxa do Brasil e uma das oito menores da Região Metropolitana de Campinas (RMC), formada por 20 municípios. Segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira, 26, pela Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de letalidade pelo coronavírus em Jaguariúna é de 1,7%, enquanto a taxa do País é de 2,45% e, a do Estado, de 3%.

O coeficiente de letalidade – expresso em percentagem – é a proporção entre o número de mortes por uma doença e o número total de doentes que sofrem dessa enfermidade. No caso do Covid-19, Jaguariúna registrava ao final da tarde desta terça um total de 2.363 registros confirmados da doença, com 41 mortes (1,7%). O percentual vem caindo nas últimas semanas. No início deste mês, a taxa de letalidade na cidade era de 1,96%.

O boletim também registra um total de 1.754 pessoas curadas da doença, outros 5.296 casos descartados e 244 casos suspeitos, à espera dos resultados dos exames. O boletim epidemiológico de Jaguariúna é atualizado e divulgado diariamente nas redes sociais e website da Prefeitura.

Segundo a secretária de Saúde de Jaguariúina, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, o baixo índice de letalidade do município é fruto das ações de enfrentamento ao coronavírus adotadas pela Administração desde o início da pandemia, em março do ano passado. “As ações do nosso plano de enfrentamento à Covid, como a garantia de leitos, diagnóstico precoce, a Unidade de Campanha, que centraliza os casos, a assistência ao paciente crítico, com leitos de UTI, enfim, o conjunto de todas essas ações possibilitou termos uma das menores taxas de letalidade da região e do País”, diz a secretária.

Apesar de a taxa de letalidade ser proporcionalmente menor em Jaguariúna, em relação a outras cidades, a Secretaria de Saúde alerta para a necessidade de a população manter as medidas de distanciamento social e higiene, com a utilização de máscaras e álcool em gel, entre outras.

AÇÕES DE JAGUARIÚNA CONTRA O COVID

– Criação do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19 

– Contratação de novos funcionários para a Saúde (médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e motoristas)

– Higienização da cidade com amônia quaternária

– Criação de canal exclusivo para tirar dúvidas sobre o coronavírus via WhatsApp (19) 99714-7119

– Criação de hotsite exclusivo com informações sobre a Covid-19: https://jaguariuna.sp.gov.br/coronavirus/

– Criação do “Vacinômetro”

– Aumento do número de leitos hospitalares

– Criação da Unidade de Campanha exclusiva para pacientes Covid-19 e com síndromes gripais

– Criação de 8 leitos de UTI no Hospital Municipal

– Realização de barreiras sanitárias com aferição de temperatura

– Vacinação em sistema drive-thru

– Aumento de 10 para 30 respiradores.

Foto: Ivair Oliveira

Continue lendo

Jaguariúna

Saúde de Jaguariúna aplica segunda dose da vacina contra Covid-19 em casa

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Campanha de vacinação contra o coronavírus tem ido além da vacinação no Parque Santa Maria. Quando a pessoa não retorna na data agendada para tomar a segunda dose, a Prefeitura inicia uma busca ativa e chega até a ir vacinar a pessoa em casa para completar a imunização conforme indicação do Ministério da Saúde.

De acordo com dados do relatório VaciVida (sistema on-line do Governo do Estado de São Paulo que registra os nomes das pessoas vacinadas) levantados pela Secretaria Municipal de Saúde, até a quinta-feira, 22, 224 jaguariunenses não compareceram para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 na cidade. Esse número corresponde a 0,7% do volume total de vacinas aplicadas na cidade.

Para que os faltosos sejam totalmente imunizados contra a Covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde identifica quem são e tenta entrar em contato com eles por telefone. No primeiro momento, é solicitado para que todos vão até o Parque Santa Maria para receber a segunda dose da vacina. Quando essa estratégia não funciona, a equipe da Secretaria de Saúde faz uma visita domiciliar para completar a imunização da pessoa.

A secretária municipal de Saúde, Maria do Carmo Pelisão, explica que é importante que todos mantenham os dados atualizados para que a equipe possa encontrá-los caso seja necessário e a população deve ficar atenta pois quem teve covid-19 devem aguardar quatro semanas para tomar a vacina.

“Até agora Jaguariúna já vacinou mais de 43 mil pessoas com a primeira dose. Ou seja, 76% da população. Quando elas recebem a primeira dose, a aplicação da segunda já é agendada pela equipe da secretaria de saúde. Com isso, a gente também consegue diminuir o número de jaguariunenses que deixam de tomar a segunda dose da vacina”, explica a secretária.

Continue lendo

Jaguariúna

Campanha de doação de leite da igreja Presbiteriana arrecada quase dois mil litros

Paula Partyka

Publicados

em

Doações foram entregues para a Secretaria de Assistência Social de Jaguariúna

Com o apoio dos fiéis, o Espaço de Vida Presbiteriana em Jaguariúna arrecadou quase dois mil litros de leite em três meses com a campanha “Doe leite, doe vida!”. As doações foram entregues para a Secretaria de Assistência Social do município que consegue direcioná-las exatamente para quem precisa.

A campanha teve início ainda quando não estavam sendo realizados os cultos presenciais, por conta da pandemia. Mas, ainda assim, o resultado da arrecadação foi satisfatório. Os fiéis se organizaram e conseguiram fazer suas doações no primeiro sábado de cada mês.

No primeiro mês, a primeira arrecadação foi de 300 litros, a segunda de 1 mil litros e a terceira de 500 litros. Segundo o Pastor Carlos Roberto Miranda, a ideia é continuar arrecadando enquanto a pandemia perdurar e futuramente transformar a campanha em projeto que continue ajudando a comunidade.

Com o retorno dos cultos, Carlos acredita que as doações devem aumentar. “O convívio comunitário é o diferencial. Fico feliz em estarmos participando, de uma maneira pequena, mas participando. Essa é nossa missão de fato. Não estamos fazendo nada além do que deveríamos”, diz.

A igreja Presbiteriana está há oito anos na cidade e sempre que podem fazem projetos sociais respeitando seu tamanho. “Para mim, é a razão de ser. A igreja não deveria existir só para dentro, muitas vezes existe, mas por algum erro. A missão da igreja, propriamente dita, com base na Bíblia, é para fora. É alimentar. Seja com a palavra, mas também alimentar a partir do arroz, feijão, leite”, finaliza o Pastor.

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna volta a vacinar normalmente contra a Covid-19

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A população que tem 30 anos ou mais pode ir até o Parque Santa Maria nesta quinta-feira, 22, para ser imunizada contra a Covid-19. A Prefeitura de Jaguariúna recebeu novas doses do imunizante e a vacinação que estava parcialmente suspensa foi retomada às 15h.

Segundo a Secretária Municipal de Saúde, Maria do Carmo Pelisão, a cidade depende do envio dos imunizantes o que é feito por parte do Governo do Estado de São Paulo. “A situação foi normalizada rapidamente, por isso agora já voltaremos a vacinar quem tem 30 anos ou mais. É muito importante que a população seja imunizada para conseguirmos conter o coronavírus”, destaca a secretária.

A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, das 15h às 19h no Parque Santa Maria. Os demais grupos prioritários também seguem recebendo as doses no mesmo local.

Para ser imunizado é preciso apresentar documento com foto, comprovante de residência e o Cartão Cidadão. Além disso, a pessoa também deve fazer o pré-cadastro no site da Prefeitura (jaguariuna.sp.gov.br) no link “Cidadão”.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias