Conecte-se conosco

Jaguariúna

Taxa de letalidade por Covid-19 em Jaguariúna é quase metade da registrada no Estado

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A taxa de letalidade por Covid-19 em Jaguariúna é quase a metade da registrada em todo o Estado de São Paulo. Também é menor que a taxa do Brasil e uma das oito menores da Região Metropolitana de Campinas (RMC), formada por 20 municípios. Segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira, 26, pela Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de letalidade pelo coronavírus em Jaguariúna é de 1,7%, enquanto a taxa do País é de 2,45% e, a do Estado, de 3%.

O coeficiente de letalidade – expresso em percentagem – é a proporção entre o número de mortes por uma doença e o número total de doentes que sofrem dessa enfermidade. No caso do Covid-19, Jaguariúna registrava ao final da tarde desta terça um total de 2.363 registros confirmados da doença, com 41 mortes (1,7%). O percentual vem caindo nas últimas semanas. No início deste mês, a taxa de letalidade na cidade era de 1,96%.

O boletim também registra um total de 1.754 pessoas curadas da doença, outros 5.296 casos descartados e 244 casos suspeitos, à espera dos resultados dos exames. O boletim epidemiológico de Jaguariúna é atualizado e divulgado diariamente nas redes sociais e website da Prefeitura.

Segundo a secretária de Saúde de Jaguariúina, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, o baixo índice de letalidade do município é fruto das ações de enfrentamento ao coronavírus adotadas pela Administração desde o início da pandemia, em março do ano passado. “As ações do nosso plano de enfrentamento à Covid, como a garantia de leitos, diagnóstico precoce, a Unidade de Campanha, que centraliza os casos, a assistência ao paciente crítico, com leitos de UTI, enfim, o conjunto de todas essas ações possibilitou termos uma das menores taxas de letalidade da região e do País”, diz a secretária.

Apesar de a taxa de letalidade ser proporcionalmente menor em Jaguariúna, em relação a outras cidades, a Secretaria de Saúde alerta para a necessidade de a população manter as medidas de distanciamento social e higiene, com a utilização de máscaras e álcool em gel, entre outras.

AÇÕES DE JAGUARIÚNA CONTRA O COVID

– Criação do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19 

– Contratação de novos funcionários para a Saúde (médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e motoristas)

– Higienização da cidade com amônia quaternária

– Criação de canal exclusivo para tirar dúvidas sobre o coronavírus via WhatsApp (19) 99714-7119

– Criação de hotsite exclusivo com informações sobre a Covid-19: https://jaguariuna.sp.gov.br/coronavirus/

– Criação do “Vacinômetro”

– Aumento do número de leitos hospitalares

– Criação da Unidade de Campanha exclusiva para pacientes Covid-19 e com síndromes gripais

– Criação de 8 leitos de UTI no Hospital Municipal

– Realização de barreiras sanitárias com aferição de temperatura

– Vacinação em sistema drive-thru

– Aumento de 10 para 30 respiradores.

Foto: Ivair Oliveira

Continue lendo

Jaguariúna

Espetáculo “A Bruxinha que era boa” é a diversão do feriado para a criançada de Jaguariúna

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O feriado da criançada de Jaguariúna será de pura diversão com o espetáculo que a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura traz no Teatro Municipal. A peça “A bruxinha que era boa” será apresentada gratuitamente no sábado, 30, às 15h.

A peça infantil também promete agradar os adultos com a história de uma bruxinha que fala sobre a luta entre o bem e o mal mas também sobre inclusão e exclusão social. Bastante dinâmico o espetáculo é uma mistura de teatro com dança e muita coreografia.

Para conferir essa apresentação é preciso retirar o ingresso com uma hora de antecedência na bilheteria do teatro. O teatro municipal de Jaguariúna fica na rua Alfredo Bueno, 1.151, Centro.

A Bruxinha que era boa
Na escolinha de bruxas da floresta, todas as bruxas têm uma só maneira de ser, de vestir e viver. Agem, se manifestam, pensam e respondem de forma igual.

Mas, entre tantas, há uma bruxa diferente: a Bruxinha Ângela. Seu amor à liberdade, o sonho de voar de vassoura a jato por sobre as árvores maiores, faz com que ela não seja atingida pela “iniciação” a que todas bruxinhas são submetidas.

Ângela é uma bruxa que dá respostas diferentes as do seu grupo. E assim, como castigo deve ser excluída da turma.

Continue lendo

Jaguariúna

Vereadores contemplam 16 mulheres com a “Medalha Vereadora Adna Hossri Faria”

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Câmara Municipal de Jaguariúna realizou nesta quarta-feira, 27, sessão solene de entrega da “Medalha Vereadora Adna Hossri Faria” a 16 mulheres, indicadas pelos vereadores, com atuação de destaque e relevantes serviços prestados ao município. As homenageadas foram: Irma Abrucezi Santiago, Doralice Carvalho Mineiro, Lurdes Inês Carvalho Mineiro, Vera Lúcia Carvalho Mineiro (in memorian), Neuza Campos Santos (in memorian), Maria de Fátima Rodrigues Bezerra, Ivani Aparecida Conti Moreira, Alzira Eleani de Campos Souza Venturini, Sônia Maria dos Santos, Marcia Josele Hossri Faria Coelho, Alessandra Braga de Morais, Veridiana Mellilo, Ana Salete de Oliveira Cavalcanti, Laura Umbelina Santi, Maria de Fátima de Oliveira e Laura Batista.

O Projeto de Resolução 07/2019, da Mesa Diretora, que institui a Medalha “Vereadora Adna Hossri Faria”, foi aprovado em abril de 2019. A homenagem é realizada anualmente, em solenidade especial, com entrega de medalha acompanhada de diploma, assinada pela Mesa Diretora e pelo vereador autor do Decreto Legislativo, certificando sua concessão, e contendo o nome da homenageada.

Continue lendo

Jaguariúna

Alta demanda faz crescer o número de empresas ofertando crédito em Jaguariúna

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Em um cenário de crise econômica e desemprego, cada vez mais brasileiros tem buscado crédito para pagar dívidas, financiar o carro ou investir em um pequeno negócio

De acordo com Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC), que mede mensalmente o número de solicitações no varejo, bancos e serviços, subiu 11% no oitavo mês de 2021 tanto na comparação com julho deste ano como com agosto de 2020 e segue em crescimento. O Omni, instituição conhecida por possuir um dos melhores serviços de crédito do Brasil, alinhado à necessidade do mercado, vem expandindo sua operação para atender consumidores que buscam a realização de seus planos pessoais e profissionais. E a partir de maio passou a atender na cidade de Jaguariúna, em São Paulo, onde pretende impactar cerca de 58 mil pessoas.

“Nossa chegada em Jaguariúna acontece em um momento de incerteza econômica e aumento da busca por crédito, devido aos efeitos da pandemia no bolso dos brasileiros. Nosso propósito como companhia é impactar positivamente a vida dessas pessoas e auxiliá-las a realizar seus objetivos. Queremos mostrar que é possível ter um atendimento humanizado em uma financeira, e estamos felizes por poder alcançar mais pessoas com nossos produtos”, explica o Co-CEO do Omni, Tadeu Silva.

Com o lançamento do Agente Omni (Correspondente Bancário exclusivo) em Jaguariúna, os moradores da cidade agora poderão financiar seus veículos por meio do CDC Veículos da Omni, fazer refinanciamento de motos, veículos leves e pesados, que permite que o cliente refinancie até 70% do valor do veículo, com parcelas acessíveis e taxas atrativas, sem ter que abrir mão do seu bem, além soluções financeiras para lojistas de varejo da região.

Financiamento de veículos
O financiamento de veículos Omni possui crédito rápido, propostas analisadas independentemente do perfil do cliente, crédito para autônomos. O Omni tem grande expertise em financiamento, que vai desde financiar veículos usados – de todos os anos de fabricação e motos de alta cilindrada. A empresa oferece ainda a possibilidade de contratação de serviços adicionais como assistências 24h e seguro de proteção financeira.

Refinanciamento de carros e motos
A concessão de crédito para refinanciamento de veículos pode ser solicitada por maiores de 18 anos, que sejam donos de um veículo automotivo. O público-alvo são pessoas físicas ou microempresários que precisam de fôlego para se recuperar na retomada do ‘novo normal’.

Refinanciamento de caminhões
Essa categoria abrange os caminhões e utilitários de carga, e tem como pré-requisitos que o cliente seja proprietário do veículo e gere renda por meio dele. O ticket médio é entre 30 e 50 mil reais, podendo atingir o valor máximo de R$ 150 mil por operação. “A maioria do público do Omni para refinanciamento de veículos pesados são profissionais autônomos que são agregados em transportadoras ou mesmo atuam de forma independente”, complementa Tadeu.

Análise de crédito
Um dos grandes diferenciais do Omni é a análise personalizada dos pedidos de crédito, na qual nossa equipe busca avaliar caso a caso. “A nossa assertividade está na análise personalizada, ou seja, todas as solicitações são avaliadas individualmente por uma pessoa, assim, a Omni consegue ter o entendimento claro da realidade do seu cliente. A visão que temos para o futuro nos faz desenvolver de forma especializada novos produtos e operações que atendem às expectativas do nosso cliente e do mercado”, finaliza Tadeu Silva, Co-CEO do Omni.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias