Conecte-se conosco

Jaguariúna

Projeto de compostagem produz toneladas de adubo orgânico em Jaguariúna

Publicados

em

Diferente do que se imagina, o local de produção não tem nenhum cheiro, nenhum odor

A Prefeitura de Jaguariúna cedeu para a Oscip Trilhos do Jequitibá um terreno para produção de adubo orgânico. A Oscip trabalha neste projeto em conjunto com a Associação Carisma de Educação, Cultura, Recuperação e Integração Social de Jaguariúna e visa gerar benefícios para todos os envolvidos.

A partir deste projeto de compostagem orgânica a Oscip ainda desenvolve hortas urbanas e projeto ECO KIDS que consiste no feitio de hortas em creches e escolas. São nestes projetos que a doação recente da CPFL, por meio da ação “Desconto Eficiente”, é investido.

O presidente do Carisma e vice-presidente da Oscip, Edemir Vasconcelos Bonfim, é responsável pelo projeto e explica que o primeiro lote piloto de adubo já está pronto e há dois meses foi iniciado novo lote que está previsto gerar 100 toneladas de adubo. Para a produção do adubo é usado esterco de cavalo e galhos moídos. Os materiais são colocados em processo de fermentação, que leva cerca de três meses e depois são peneirados resultado no adubo limpo.

De acordo com Edemir, esse projeto tem três objetivos, “Primeiro, trazer uma novidade para Jaguariúna cuidando do meio ambiente; segundo, a reeducação ambiental, tanto para os internos do Carisma quanto para os alunos das escolas e creches; e também gerar renda, pois o adubo será comercializado e assim faremos com que as entidades lucrem”, explica.

Para avançar com o projeto Edemir diz que há necessidade do apoio da máquina pública e empresas privadas. “Assim vamos crescer e ajudar o município, pois logo os lixões terão que deixar de existir, mas as podas de árvores não podem parar e restos de alimentos sempre tem”, diz.

E realmente, as capitais e regiões metropolitanas têm até 2 de agosto de 2021 para acabar com os lixões, enquanto cidades com mais de 100 mil habitantes têm até agosto de 2022 como prazo final. Por isso o projeto torna-se tão importante e pioneiro.

“Estamos oferecendo uma solução para a destinação correta destes materiais. Só falta as pessoas entenderem que isso é importante”, afirma Edemir.

Carisma
A entidade civil sem fins lucrativos atua com a finalidade de reabilitar adultos dependentes de álcool e outras drogas, reintegrando-os à sociedade. A maior dificuldade que Edemir encontra é em recolocá-los no mercado de trabalho, portanto a participação deles no projeto, eles tornam-se funcionários. “Vamos oferecer emprego. Todos se beneficiam com o ciclo de compostagem”, diz.

Atualmente o Carisma tem 36 residentes em reabilitação, sendo 24 de Jaguariúna. O tratamento na restauração da dependência química tem a duração de aproximado de seis meses com o acompanhamento de equipe terapêutica multidisciplinar.

Na medida em que o projeto de compostagem se desenvolve, é possível manter a entidade. “O custo de tratamento é caro. Tudo tem custo. Então estamos buscando essas alternativas para sobreviver e manter as portas abertas”, afirma.

Outras ações
De acordo com o presidente da Oscip, Hilário Argemiro, o local onde é realizado o projeto de compostagem atualmente deve servir de horta comunitária no futuro. A ideia é realizar uma troca com o munícipe – ele entrega um guarda-roupa usado, restos de alimentos, grama cortada, ou outro, para o projeto e em troca ele leva algum produto da horta para casa ou até mesmo recebe um espaço para produzir.

Jaguariúna

Maria Gadú se apresenta em Jaguariúna

Publicados

em

Celebrando 20 anos de carreira e em turnê com seu quarto álbum de estúdio, “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor”, Maria Gadú desembarca em Jaguariúna para uma única apresentação no Red Eventos, dia 03 de agosto.

Durante alguns anos, a cantora ficou longe dos palcos para se dedicar aos estudos da história do Brasil e acompanhar a luta indígena de perto, com o intuito de aprender e colaborar. Ao longo desse tempo ela pôde rever sua relação com a música, e esse show representa a sua própria passagem pelo tempo.

LEIA TAMBÉM:

Acompanhada da sua banda, a cantora e compositora apresenta seus grandes sucessos, com uma nova roupagem, como Shimbalaiê, Dona Cila e Bela Flor, algumas regravações de grandes nomes da MPB, como a faixa que dá nome ao seu último disco, composta por Milton Nascimento, e Lanterna dos Afogados, além canções de outros álbuns que ela não vinha cantando.

“Esse show passeia por toda a minha discografia, como uma linha do tempo também. Tem canções de todos os discos e coisas que gravei, mas não costumava cantar em show. É um concerto nostálgico, daquelas coisas para matar saudades mesmo, tanto minha, quanto do público”, diz a cantora.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna inicia aplicação da 2ª dose da vacina contra a Dengue em crianças e adolescentes

Publicados

em

A Secretaria de Saúde de Jaguariúna inicia nesta segunda-feira, 22, a aplicação da segunda dose da vacina contra a dengue para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. Esta etapa é destinada exclusivamente àqueles que já receberam a primeira dose no município. Para a realização da segunda dose, foram entregues 707 doses do imunizante.

Desde o início da campanha de vacinação, Jaguariúna já administrou 955 doses da vacina contra a dengue. O esquema vacinal determina um intervalo de três meses entre as duas aplicações.

LEIA TAMBÉM:

É importante destacar que as doses recebidas recentemente do Ministério da Saúde são específicas para a segunda dose (D2). Aqueles que ainda não receberam a primeira dose (D1) precisarão aguardar novas remessas e as recomendações do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A vacinação acontecerá nas seguintes Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município, no período das 8h às 15h30, com pausa para o almoço:

UBS Florianópolis
UBS Nova Jaguariúna
UBS Roseira de Cima
UBS Roseira de Baixo
UBS XII de Setembro
UBS Miguel Martini

Além disso, haverá horário estendido em algumas unidades para facilitar o acesso da população:
Sala de vacina da UBS Florianópolis: terças, quartas e sextas-feiras até às 19h30.
UBS Nova Jaguariúna: segundas e quartas-feiras até às 18h30.
UBS XII de Setembro: terças e quintas-feiras até às 19h.

A Secretaria de Saúde reforça a importância de completar o esquema vacinal para garantir a proteção contra a dengue e solicita que os pais e responsáveis fiquem atentos às datas e horários de vacinação.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo

Jaguariúna

APAE Jaguariúna recebe R$265 mil da CPFL Santa Cruz para ações de eficiência energética

Publicados

em

Recursos foram aplicados na modernização da iluminação e implantação de uma usina fotovoltaica, gerando economia para a instituição

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Jaguariúna foi beneficiada pela CPFL Santa Cruz com um investimento de R$265 mil aplicado em ações de eficiência energética. O recurso foi utilizado para a substituição da iluminação interna das unidades de saúde e a instalação de um sistema fotovoltaico com potência de 42,30 kWp em uma das unidades da instituição.

As ações de eficiência energética realizadas pela CPFL Santa Cruz na APAE têm o objetivo de ajudar a entidade a reduzir seus gastos com energia elétrica. A modernização do sistema de iluminação, com lâmpadas de tecnologia LED, combinada à instalação da usina solar, possibilita uma economia no consumo de energia de aproximadamente 67 MWh por ano, o necessário para abastecer mensalmente cerca de 30 residências de Jaguariúna.

LEIA TAMBÉM:

“As lâmpadas LED utilizadas no projeto são mais modernas e até 80% mais econômicas, além de possuírem uma vida útil três vezes maior se comparadas com as incandescentes e fluorescentes. Já a usina gera energia limpa e renovável. Juntas, essas ações irão diminuir significativamente as despesas mensais da instituição com energia elétrica, possibilitando que outras necessidades sejam priorizadas”, destaca o gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia, Walter Barbosa Júnior.

Com economia no custo mensal da conta de energia elétrica, a unidade investirá na infraestrutura, gerando melhoria na qualidade dos serviços oferecidos aos assistidos – Foto: Divulgação CPFL

Outro benefício do projeto é produzir impactos positivos no meio ambiente, evitando a emissão de 2,57 toneladas de CO2 na atmosfera em um ano, quantidade equivalente ao plantio de 15 árvores.

“O projeto da CPFL Santa Cruz é extremamente importante para nós. Com a redução dos custos mensais da conta de energia elétrica, poderemos direcionar os recursos economizados para outras áreas de necessidade dentro da APAE, como a infraestrutura, impactando diretamente a qualidade dos serviços oferecidos aos nossos assistidos. A iniciativa não só ajudará a aliviar nosso fluxo de caixa, mas também contribuirá para um futuro mais sustentável e eficiente”, celebra João Carlos Felício Domingues, presidente da APAE de Jaguariúna.

O projeto foi aprovado na Chamada de Projeto Prioritário de Eficiência Energética 2023 da Aneel e faz parte do Programa de Eficiência Energética da CPFL Santa Cruz, em conformidade com o plano ESG 2030 do Grupo CPFL Energia, que se propõe a realizar operações cada vez mais sustentáveis, visando deixar a menor pegada ambiental possível e ser parte da solução dos problemas das comunidades.

APAE Jaguariúna: Fundada em 16 de maio de 1989, a APAE de Jaguariúna é mantenedora de uma Escola de Educação Especial que atualmente assiste 104 crianças, adolescentes, adultos e idosos com necessidades especiais e distúrbios severos do desenvolvimento. A entidade oferece atendimentos de fisioterapia, fisioterapia aquática, fonoaudiologia, psicologia, nutrição, enfermagem, terapia ocupacional e assistência social, além de estimulação precoce, protocolo Pediasuit e Snoezelen. Na área pedagógica, oferece Educação Infantil e Ensino Fundamental. A instituição também desenvolve projetos esportivos, culturais, socioeducacionais e de lazer para a comunidade atendida.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer ficar bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Deputa Federal Renata Abreu Visita Engenheiro Coelho
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado. Quer saber mais sobre Notícias de Campinas e Região? Clique aqui

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias