Conecte-se conosco

Brasil

Com Selic em 9,25% ao ano, poupança deve voltar a render pela regra antiga

Publicados

em

Para superintendente executiva de Investimentos do Santander, mudança pode atrair mais aportes para caderneta, mas outras opções na renda fixa ainda são mais rentáveis

A maior parte dos analistas de mercado espera mais uma alta de 1,5 ponto na Selic na reunião desta semana do Comitê de Política Monetária (Copom), o que elevaria a taxa básica de juros dos atuais 7,75% a 9,25% ao ano em dezembro. A última decisão de 2021 do colegiado do Banco Central será amanhã.

Nesse cenário, já é quase certo que um referencial importante para os investidores pessoa física vai mudar. Quando a Selic fica acima de 8,5% ao ano – nível que não era superado desde julho de 2017 –, a caderneta de poupança volta a render de acordo com a regra antiga, com remuneração de 0,5% ao mês, mais a taxa referencial (TR), hoje zerada. Quando os juros estão abaixo de 8,5% a.a., os recursos depositados na poupança rendem 70% da Selic, acrescidos da TR.

Essa mudança, no entanto, só vale para depósitos feitos na poupança depois de 2012, quando a regra de rendimento da caderneta foi alterada para o modelo atual, destaca Luciane Effting, superintendente executiva de Investimentos do Santander. “Para quem efetuou depósitos antes da mudança, a rentabilidade será sempre de 0,50% ao mês + TR”, explica.

Nos cálculos de Luciane, com a Selic igual ou acima de 8,5% ao ano, o rendimento anual da caderneta de poupança equivale a 6,17% anuais, acrescido da TR. Ainda que o percentual continue perdendo para a inflação, a superintendente avalia que a rentabilidade um pouco maior pode atrair mais aportes para a poupança.

“Muitos poupadores enxergam na poupança um porto seguro, pelas suas características ou mesmo por um tema cultural, e levando em consideração um cenário de bastante volatilidade que pode se estender nos próximos meses, este pode ser mais um motivo da busca por essa segurança”, comentou.

Por outro lado, a superintendente destaca que a alta da Selic não impacta somente a rentabilidade da poupança, mas também a de outros ativos pós-fixados atrelados ao CDI . “E quando comparamos essa rentabilidade que a poupança irá alcançar com a rentabilidade de um CDB, por exemplo a 100% do CDI, a poupança pode perder atratividade.”

Há diferentes opções de investimento no mercado de renda fixa, diz Luciane. Mas a decisão de qual produto escolher deve estar associada aos objetivos, ao prazo e ao apetite a risco do investidor.

Veja alguns exemplos apontados pela superintendente executiva de Investimentos do Santander:

 CDB DI e Fundos DI: para quem busca segurança e liquidez. Ambos acompanham o CDI, que acompanha de perto a taxa Selic, e no caso do CDB é preciso avaliar a taxa atrelada ao CDI;

 LCIs e LCAs: para quem tem disponibilidade para o médio prazo, pois letras possuem carência e/ou opções que não permitem resgates antes do vencimento. O diferencial é que elas são isentas de IR para pessoa física, o que torna a rentabilidade potencialmente mais interessante;

 Crédito Privado (CRI/CRA/ Debêntures Incentivadas): são títulos de renda fixa emitidos por empresas não financeiras. Aqui o investidor pode encontrar opções de empresas com boas avaliações de crédito e taxas interessantes. E esses títulos também são isentos de IR para pessoa física.

Brasil

Rafael Cervone: “Juros mostram que milagre brasileiro é a resiliência de quem trabalha”

Publicados

em

“Selic usurária compromete o crédito para empresas e os consumidores, ameaçando a economia”, alerta o líder classista, ao comentar a reunião do Copom encerrada nesta quarta

O presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Rafael Cervone, salienta que, com a Selic batendo em quase 14% ao ano, alguns indicadores demonstram que o verdadeiro milagre brasileiro está na resiliência dos empresários e trabalhadores: na última edição do Boletim Focus do Banco Central, as previsões do mercado para o PIB nacional eram de crescimento de 1,93% este ano, ante 2021; no segundo trimestre, em relação aos três meses anteriores, conforme o Levantamento de Conjuntura Fiesp/Ciesp, houve aumento de 3,9% das horas trabalhadas nas fábricas paulistas, 1,8% das vendas reais e 0,2% dos salários reais médios.

“Para efeito de comparação, a alta dos juros nos Estados Unidos, hoje fixados pelo Federal Reserve no teto de apenas 2,5% ao ano, foi apontada pelos analistas como uma das principais causas de o país ter entrado em recessão técnica no final de junho, com o recuo do PIB por dois trimestres consecutivos”, observa Cervone. “Aqui no Brasil, o dinheiro tornou-se o insumo mais oneroso para as empresas, que precisam ponderar muito antes de buscar empréstimo para investimento ou capital de giro. Ademais, os juros reais são um imenso empecilho para o crédito ao consumidor. Mesmo assim, estamos conquistando alguns resultados econômicos positivos”, frisa o empresário.

Reiterando que a inflação global deve-se principalmente à redução da oferta de numerosos produtos, devido à pandemia e à guerra entre Rússia e Ucrânia, o presidente do Ciesp afirma que “a escalada absurda dos juros no Brasil é altamente nociva, colocando em risco a saúde das empresas e milhares de empregos”. Ele ressalta ainda que todos no País têm trabalhado no limite das possibilidades. “O crédito é a essência da economia capitalista. Se a Selic usurária o inviabilizar, investimentos, produção e consumo vão se corroendo”, pondera Cervone, alertando para os riscos gerados pelo atual patamar da taxa.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Luta contra as Hepatites
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Continue lendo

Brasil

Comgás comemora 150 anos com promoção inédita de contas grátis por até um ano para seus clientes

Publicados

em

Serão milhares de contas de gás pagas para clientes residenciais e comerciais no estado de São Paulo.

A Comgás, maior distribuidora de gás natural encanado do Brasil, completa 150 anos neste mês com o lançamento de uma promoção inédita para os seus clientes residenciais e comerciais. Entre os dias 1º e 31 de agosto, os clientes poderão concorrer a milhares de contas de gás grátis por até um ano.

“É a primeira vez que fazemos uma promoção como essa, e certamente vamos gerar impactos positivos no dia a dia dos ganhadores. Pensando nos desafios do atual cenário econômico e como forma de valorizar os nossos clientes residenciais e comerciais, pensamos nesse formato onde os consumidores têm a oportunidade de ganhar até 12 meses de conta paga”, diz Cristiano Donisete, Diretor de Tecnologia e Clientes da Comgás.

A promoção possui duas modalidades, com prêmios instantâneos de 1 mês e sorteio de 1 ano de conta paga, com o limite de R$ 200,00 na conta de consumo do gás natural. A participação dos clientes interessados deve ser feita no site Comgás Virtual (www.virtual.comgas.com.br/promo150anos). Para concorrer aos prêmios, o cliente só precisa atualizar o cadastro e ainda pode aumentar suas chances de ganhar ativando a fatura por e-mail ou débito automático.

Como funciona

Para concorrer aos prêmios instantâneos de um mês de conta grátis, o cliente precisa acessar o site Comgás Virtual (www.virtual.comgas.com.br/promo150anos) e atualizar os dados cadastrais. Ao fazer isso, o participante terá uma chance para girar roleta virtual de prêmios. Caso opte por fatura por e-mail, são três chances, e se aderir ao débito automático, serão cinco chances. Será possível girar a roleta, no máximo, nove vezes.

Para concorrer aos prêmios de um ano de conta grátis, o participante também receberá números da sorte, sendo que a atualização ou confirmação de cadastro dão direito a um número, a ativação de fatura por e-mail a três números e quem optar pelo débito automático ganhará mais cinco números da sorte.

Caso o participante já utilize os serviços de fatura por e-mail ou o débito automático, seus números da sorte extras serão contabilizados automaticamente após a efetivação do cadastro e aceite ao regulamento da promoção. Os vencedores do sorteio serão divulgados no dia 06 de setembro, às 16h, com base no resultado do sorteio da Caixa Econômica Federal de 03 de setembro.

Regulamento

Os detalhes e condições da promoção podem ser consultados no regulamento, disponível no site virtual.comgas.com.br/promo150anos ou pelo chat online da Comgás. Dúvidas adicionais podem ser esclarecidas no FAQ do site ou encaminhadas para o e-mail [email protected].

A promoção é autorizada pelo SEAE/ME (Secretaria de Acompanhamento Econômico, Advocacia da Concorrência e Competitividade do Ministério da Economia), através dos certificados de número 04.021001/2022 e 05.021169/2022.

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Luta contra as Hepatites
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Continue lendo

Brasil

Auxílio Gás será de R$ 110 em agosto, informa Caixa

Publicados

em

Benefício será pago entre os dias 9 e 22

Cerca de 5,6 milhões de famílias receberão R$110 de Auxílio Gás em agosto, anunciou hoje, 02, a Caixa Econômica Federal. Até dezembro, o benefício terá o valor dobrado por causa da emenda constitucional que elevou benefícios sociais.

O pagamento ocorrerá de 9 a 22 de agosto, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). As datas são as mesmas datas das parcelas do Auxílio Brasil, que teve o calendário de pagamento deste mês antecipado.

Tradicionalmente, os dois benefícios são pagos nos últimos dez dias úteis do mês, sendo que o Auxílio Gás é bimestral, pago a cada dois meses. Originalmente, a parcela de agosto seria paga entre os dias 18 e 31, mas foi antecipada.

Com a emenda constitucional que elevou benefícios sociais, o Auxílio Gás teve o valor dobrado, equivalendo a 100% do valor médio do botijão de 13 quilos nas parcelas de agosto, outubro e dezembro. Em 2023, o benefício voltará a valer metade do preço médio do botijão.

Cálculo
Para calcular o benefício, a Caixa Econômica Federal baseia-se nas pesquisas da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que até o décimo dia útil de cada mês divulga o preço médio dos seis meses anteriores do botijão de 13 quilos de gás liquefeito de petróleo (GLP). Dessa forma, a cada dois meses, o benefício muda de valor.

O Auxílio Gás totalizou R$ 52 em janeiro, R$ 51 em abril e R$ 53 em junho, quando equivalia a 50% do preço médio do botijão. Tradicionalmente, o benefício é pago a cada dois meses, mas a parcela de fevereiro foi antecipada para janeiro.

Duração
Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,6 milhões de famílias, até o fim de 2026, com o pagamento de 50% do preço médio do botijão de 13 quilos a cada dois meses (100% de agosto a dezembro). Para este ano, o Auxílio Gás tinha orçamento de R$ 1,9 bilhão, mas a verba subiu para R$ 2,95 bilhões com a emenda constitucional.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Caixa Tem
O Auxílio Gás é pago com os mesmos cartões e as mesmas senhas do Auxílio Brasil, podendo ser sacado em lotéricas, terminais de autoatendimento e correspondentes bancários Caixa Aqui. O benefício também pode ser depositado nas contas poupança digitais, criadas para o pagamento do Auxílio Emergencial em 2020, e movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem.

O beneficiário precisa ficar atento. Caso não saque o Auxílio Gás em 120 dias após a data do pagamento, o dinheiro volta para a conta do governo. Quem tiver dúvidas sobre a situação do benefício pode fazer uma consulta nos aplicativos Caixa Tem e Auxílio Brasil ou ligar para a central de atendimento da Caixa, no número 111. Caso tenha dúvidas sobre o cadastro ou sobre o pagamento, o cidadão pode ligar para o Ministério da Cidadania, no telefone 121.

Fonte: Agência Brasil

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Luta contra as Hepatites
Jornal Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui para receber gratuitamente os principais conteúdos da Gazeta Regional no seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias