Conecte-se conosco

Amparo

Com a chegada das chuvas e altas temperaturas, população deve estar atenta a cuidados com a Dengue

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A combate ao mosquito Aedes Aegypit, em Amparo é diuturno. Com ações mensais, transparência nos números e acima de prevenção, a Prefeitura tem conseguido trabalhar 365 dias, em busca da menor quantidade de casos.

“Nossa luta é diária. Nossas equipes não param, por isso, a situação em nossa cidade está controlada, mas não podemos baixar a guarda. Vamos continuar unidos nessa luta”, comenta o prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob

No último trimestre, apenas um caso foi confirmado. No ano, Amparo conta até o momento com 57 casos de Dengue. Agora, com a chegada do período de chuvas da primavera, a população precisa redobrar os cuidados em casa, não deixando recipientes que possam acumular água.

Como combater

– Não deixe água parada, destruindo os locais onde o mosquito nasce e se desenvolve, evita sua procriação;

– Deixe sempre bem tampados e lave com bucha e sabão as paredes internas de caixas d’água, poços, cacimbas, tambores de água ou tonéis, cisternas, barras e filtros;

– Não deixe acumular água em pratos de vasos de plantas e xaxins. Coloque areia fina até a borda do pratinho;

– Plantas que possam acumular água devem ser tratadas com água sanitária na proporção de uma colher de sopa para um litro de água, regando no mínimo, duas vezes por semana. Tire sempre a água acumulada nas folhas;

– Não junte vasilhas e utensílios que possam acumular água (tampinha de garrafa, casca de ovo, latinha, saquinho plástico de cigarro, embalagem plástica e de vidro, copo descartável etc.) e guarde garrafas vazias de cabeça para baixo;

– Entregue pneus velhos ao serviço de limpeza urbana, caso precise mantê-los, guarde em local coberto;

– Deixe a tampa do vaso sanitário sempre fechado. Em banheiros pouco usados, dê descarga pelo menos uma vez por semana;

– Retire sempre a água acumulada da bandeja externa da geladeira e lave com água e sabão;

– Sempre que for trocar o garrafão de água mineral, lave bem o suporte no qual a água fica acumulada;

– Mantenha sempre limpo: lagos, cascatas e espelhos d’água decorativos. Crie peixes nesses locais, eles se alimentam das larvas dos mosquitos;

– Lave e troque a água dos bebedouros de aves e animais no mínimo uma vez por semana;

– Limpe frequentemente as calhas e a laje das casas, coloque areia nos cacos de vidro no muro que possam acumular água;

– Mantenha a água da piscina sempre tratada com cloro e limpe-a uma vez por semana. Se não for usá-la, evite cobrir com lonas ou plásticos;

– Mantenha o quintal limpo, recolhendo o lixo e detritos em volta das casas, limpando os latões e mantendo as lixeiras tampadas. Não jogue lixo em terrenos baldios, construções e praças. Chame a limpeza urbana quando necessário;

– Permita sempre o acesso do agente de controle de zoonoses em sua residência ou estabelecimento comercial.

Continue lendo

Amparo

Justiça decreta intervenção e Hospital Santa Casa Anna Cintra passa a ter gestão municipal

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O Juiz de direito Dr. Fernando Leonardi Campanella concedeu a tutela provisória de urgência da Santa Casa Anna Cintra para a prefeitura

No dia 30 de setembro, a Prefeitura de Amparo ingressou na justiça com um pedido de afastamento da atual diretoria e consequente intervenção no Hospital Santa Casa Anna Cintra, o principal espaço desse tipo no Circuito das Águas Paulista, devido a possíveis irregularidades na aplicação de recursos públicos e a grave crise financeira do hospital com diversas dívidas, acarretando risco de desassistência à população. Em decisão liminar proferida, a justiça de Amparo aceitou o pedido da prefeitura e, com a intervenção, a gestão do hospital passa a ser responsabilidade do município.

Atualmente, a Santa Casa conta com 277 protestos registrados em cartório em seu desfavor, que juntos somam mais de R$900.000,00 em dívidas. Além disso, na prestação de contas de convênios da entidade com o SUS, cerca de R$3.300.000,00 em gastos não foram devidamente justificados pela atual diretoria até o momento.

Além destes fatos, diversos fornecedores de insumos e mão de obra, inclusive de produtos essenciais como gás oxigênio, medicamentos e ar medicinal, relatam dívidas por parte da Santa Casa. Isso tudo sem citar dívidas de mais de R$780.000,00 com o SAAE de Amparo e de R$500.000,00 com a CPFL.

Considerando todas estas dificuldades, o Juiz de direito Dr. Fernando Leonardi Campanella, nos autos do processo 1003400-07.2021.8.26.0022, concedeu a tutela provisória de urgência da Santa Casa Anna Cintra para a prefeitura, e concluiu que o hospital, atualmente, não apresenta controle de sua situação financeira, na medida em que não consegue justificar saldos e movimentações financeiras realizadas até o ano de 2020.

O hospital Santa Casa Anna Cintra é o maior do Circuito das Águas Paulista e o único com estrutura para atendimentos via SUS de diversos procedimentos essenciais e específicos, como urgência, emergência, UTI e cirurgias, além de ser a principal referência de média e alta complexidade de municípios como Amparo, Monte Alegre do Sul, Serra Negra e Santo Antônio de Posse. Por isso, a mudança de gestão afeta a rede de saúde de toda a região.

Hospital estava em intervenção até 2020

A Santa Casa Anna Cintra já foi alvo de intervenção municipal entre os anos de 2018 e 2020, à época sob argumentação de que era necessário sanar as finanças da entidade. Porém, segundo a decisão judicial proferida hoje, no período, “a Santa Casa contou com um grande salto das suas dívidas vinculadas a empréstimos e financiamentos, assim como obrigações junto a fornecedores, aumentado em 88,21% no primeiro caso e 76,23% no segundo (fl. 95), levando à conclusão, pelo volume expressivo em tão pouco tempo, que a saúde financeira da Santa Casa não está saudável.”

Com a eleição de um novo grupo político para administrar a cidade, o então prefeito eleito, Carlos Alberto Martins, solicitou ao chefe do Poder Executivo da época, Luiz Oscar Vitale Jacob, a manutenção da intervenção. Porém, o pedido não foi aceito sob alegação de que as finanças já estariam em dia, argumento que cai com a decisão publicada hoje.

Em janeiro, a atual gestão do município decretou intervenção, porém, decisão judicial revogou aquele ato. Agora, novos fatos, como a recusa da assinatura de um Termo De Ajustamento de Conduta por parte da diretoria do hospital e o aumento significativo no montante de dívidas da entidade, foram apresentados ao Poder Judiciário, corroborando com a decisão proferida.

Continue lendo

Amparo

Sábado é dia de multivacinação para amparenses menores de 15 anos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Neste sábado, 16, a Secretaria de Saúde estará realizando o Dia V de vacinação para crianças e adolescentes com até 15 anos. Essa campanha será realizada em todo o estado de São Paulo e tem como objetivo a atualização da carteira de vacinação para aqueles que estão com alguma vacina atrasada.

A vacinação acontece nas Unidades de Saúde do Centro, Arcadas, Três Pontes e São Dimas, das 8h às 17h. Para ser vacinado, é necessário apresentar a carteira de vacinação.

Dentre as vacinas que estarão disponíveis nos postos na campanha estão: BCG, Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, rubéola, caxumba), Tetraviral (Sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

A vacina contra a Covid-19 também estará disponível nessas UBS’s para primeiras, segundas e terceiras doses.

Continue lendo

Amparo

Inaugurada a Unidade de Atendimento de Reintegração Social em Amparo

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Ela está situada na rua Dr. Oswaldo Cruz, 215, Centro

Na quinta-feira, 07, foi inaugurada a Unidade de Reintegração Social de Amparo, a 87ª do estado de São Paulo. Na unidade será desenvolvida o “Programa de Penas e Medidas Alternativas” que auxiliarão o Poder Judiciário na fiscalização e acompanhamento para o efetivo cumprimento das sanções impostas às pessoas que cometeram delitos considerados de baixo potencial ofensivo.

A Central Integrada de Alternativas Penais e Inclusão (Ceapis) tem como funcionalidade o atendimento das pessoas encaminhadas pelo Poder Judiciário, após terem passado por   Audiência de Custódia para identificar as demandas assistenciais, sociais e psicológicas, ligadas ou não ao delito cometido. Assim, poderão cumprir suas sentenças prestando serviços à comunidade de acordo com a profissão, graduação, conhecimentos ou habilidade que já possuíam anteriormente, sem serem expostas ao cárcere, mantendo o vínculo familiar e social.

Fizeram uso da palavra as seguintes autoridades: Coronel Nivaldo Cesar Restivo, DD. Secretário de Administração Penitenciária do estado de São Paulo; Dr. Fernando Leonardi Campanella,  MM. Juiz de Direito da 1a. Vara Judicial da Comarca de Amparo; o Coordenador de Reintegração Social e Cidadania, Mauro Rogério Bitencourt e o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Vice-Prefeito de Amparo, biólogo Gilberto Piassa Moreira Filho, que, na ocasião, representou o Prefeito Dr. Carlos Alberto Martins, que se encontrava cumprindo agenda de trabalho junto ao Gabinete do Governador João Dória.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias