Conecte-se conosco

Jaguariúna

Curso de educação física da UniFAJ é um dos melhores do Brasil, segundo o MEC

Publicados

em

Mais uma vez a UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) se destacou entre as instituições de todo território nacional em qualidade do ensino superior, segundo o Ministério da Educação (MEC). Dessa vez boa pontuação foi pelo desempenho do curso de Educação Física da UniFAJ, que obteve nota 4 (CPC Faixa) no ranking que é resultado dos dados de qualidade divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  A nota do IGC varia de 1 a 5. As instituições com 4 e 5 são consideradas excelentes e notas abaixo de 3 são insatisfatórias. Segundo o relatório, mais da metade dos cursos se encontra na faixa 3.

As universidades, faculdades e centros universitários brasileiros são avaliados por meio do Índice Geral de Cursos (IGC), que considera a média ponderada das notas de cursos de graduação e de mestrado e doutorado. Já o Conceito Preliminar de Curso (CPC) avalia os cursos de graduação.

A avaliação considerou os cursos de bacharelado e licenciaturas em Ciências Exatas e dos cursos superiores de tecnologia em Controle e Processos Industriais, Informação e Comunicação, Infraestrutura e Produção Industrial.

O diretor da UniFAJ, professor Flávio Fernandes Pacetta, aponta que o resultado positivo é fruto de um trabalho em equipe, envolvendo o setor administrativo, alunos, diretores e especialmente professores que se dedicam no dia a dia do aluno e a coordenação que se empenha diariamente na aplicação do projeto pedagógico do curso. “Quando trabalhamos com dedicação e foco, sempre temos um bom retorno”, afirma o diretor.

A UniFAJ vem trabalhando sua diretriz pedagógica por meio da capacitação dos professores e inovação das técnicas de ensino, como a metodologia ativa, já adotada como diretriz da Instituição. O método internacional usado em grandes universidades como Harvard e Anderson University é um conceito educativo que incentiva a análise e reflexão no processo de ensino e aprendizagem do aluno.

Como é calculado o CPC?

As notas vão de 1 a 5. Cursos na faixa 4 e 5 são consideradas excelentes e notas na faixa abaixo de 3 são insatisfatórias.

A base de cálculo, segundo informa o Inep, é o desempenho dos estudantes no Enade, o valor que tem a formação por meio do indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), avaliação dos corpo docente no Censo da Educação Superior além de dados obtidos com o Questionário do Estudante relativos a infraestrutura e instalações físicas, organização didático-pedagógica e oportunidades de ampliação da formação acadêmica e profissional.

Os dados referem-se ao ciclo trienal avaliativo de 2017, que analisou as notas do Enade dos cursos de Ciências Exatas. Licenciaturas e áreas afins, como Arquitetura, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Pedagogia, Engenharia de Computação, Engenharia Química, Engenharia Civil, Geografia e Sistema de Informação.

Cursos com CPC contínuo maior ou igual a 3,945 em todos os componentes avaliados são tem a nota “arredondada” para o valor máximo do CPC faixa. Se não obtiverem em todo os componentes a nota decimal maior que 0,945 isso não acontece e o curso com 3,945 terá CPC faixa 4.

Para ter a nota CPC, é preciso que ao menos dois estudantes concluintes do curso façam o Enade. Os cursos que não atendam a esse critério ficam na condição de “Sem Conceito (SC)”. No site do Inep é possível verificar os detalhes técnicos da composição do CPC.

Universidades cujos estudantes não participam do Enade, entre as quais está incluída a USP (Universidade de São Paulo), não são consideradas pelo ranking.

Vestibular

A UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) está com inscrições abertas para o Vestibular Continuado, que oferece vagas em mais de 25 cursos das áreas de Humanas, Saúde, Exatas e Agrárias, que têm por filosofia a vivência prática da carreira. As graduações são distribuídas em cinco campi: uma clínica integrada onde ocorrem as aulas práticas dos cursos da área da saúde; Hospital-Escola Veterinário, que é um dos maiores e mais bem equipados da América Latina; Centro de Pesquisas Ambientais e Agropecuárias (CPAA), que funciona como catalisador de estudos científicos nas áreas da saúde humana e animal; Campus 1 e Campus 2, que recebem os demais cursos da Instituição, além da FAAGROH (Faculdade de Agronegócios de Holambra), que é parceira da UniFAJ e única faculdade do Brasil com instalações abertas.

As inscrições podem ser feitas no site da Instituição (www.faj.br) e as provas são agendadas de terça e quinta, às 19h30, e aos sábados, às 9h30. O candidato terá 50% de desconto na matrícula, em todos os cursos. Além disso, matriculando, ele ganha um curso de inglês, oficina de currículo e cadastro gratuito em banco de emprego/estágio.

Em menos de duas décadas de funcionamento, a UniFAJ conquistou notas máximas em todos os seus cursos, seja no MEC ou ENADE, mantendo a cada dia sua visibilidade, respeito e, principalmente, garantindo aos seus alunos a plena formação e sua altíssima empregabilidade, sempre com foco na prática, na internacionalização e na responsabilidade sociocultural, ambiental e civil.

Jaguariúna

Bolsa Trabalho dá oportunidades aos jaguariunenses

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social, realizou nesta quinta-feira, 30, a assinatura dos contratos do programa Bolsa Trabalho, do Governo do Estado de São Paulo, que promove qualificação profissional com pagamento de bolsa-auxílio de R$535 por cinco meses. Ao todo 60 jaguariunenses que estavam desempregados estiveram presentes e devem começar a trabalhar na Prefeitura de Jaguariúna no dia 18 de julho.

O contrato de trabalho é de cinco meses e durante esse período os profissionais devem cumprir quatro horas diárias de serviço, quatro vezes por semana em algum órgão da Prefeitura. Além disso, uma vez por semana também farão um curso de qualificação oferecido gratuitamente. 

Essa é a terceira edição do programa Bolsa Trabalho realizada em Jaguariúna. Na primeira, no início do ano passado, foram oferecidas 20 vagas. Agora são 40 a mais.

Bolsa Trabalho
O Bolsa Trabalho tem como objetivo gerar renda, ocupação, qualificação e empregabilidade para a população mais vulnerável, com apoio das prefeituras.

Continue lendo

Jaguariúna

Balões irão colorir o céu de Jaguariúna na abertura do Festival de Férias

Publicados

em

O céu de Jaguariúna fica mais colorido neste fim de semana. No sábado, 02, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, fará abertura do Festival de Férias de Julho com balões que irão sobrevoar a cidade e DJs que devem colocar todo mundo para dançar.

Os balões ficarão reunidos no gramado do Boulevard, ao lado do Centro Cultural, antes de levantar vôo. No local, o público pode conferir de perto cada balão, como eles funcionam e tirar muitas fotos.

O agito musical começa às 15h com a apresentação da DJ Desirée Lais. No fim da tarde, às 16h30, os balões vão decolar juntos e dar uma volta por cima da cidade.

Em seguida, ás 18h, será a vez da DJ Anna Glam se apresentar e às 19h, os balões serão inflados novamente no gramado do Boulevard.

O evento é totalmente gratuito.

Continue lendo

Jaguariúna

Meio Ambiente realiza plantão gratuito para tirar dúvidas sobre cadastro

Publicados

em

A Secretaria de Meio Ambiente de Jaguariúna, por meio do Departamento de Agropecuária e Meio Ambiente, inicia na próxima terça-feira, 05, um plantão de atendimento ao produtor rural. O objetivo é ajudar e tirar dúvidas sobre a regularização do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

O trabalho será feito gratuitamente graças a uma parceria entre a Prefeitura e o Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Mogi Mirim. Serão passadas informações especificamente aos pequenos produtores rurais do município que tenham propriedades de até 40 hectares.

Durante todo o mês de julho os atendimentos serão realizados às terças-feiras, das 08h30 às 11h30 e das 13h às 16h. É necessário fazer agendamento prévio pelo telefone: (19) 3867-3073.

A secretária de Meio Ambiente, Rita Bergamasco, ressalta a importância desta regularização. “Nesse plantão, toda terça-feira o produtor rural receberá a ajuda necessária para entender o passo a passo do que deve ser feito. Assim, saberá quais providências devem ser tomadas para que a propriedade avance no processo de regularização ambiental”, explicou a secretária. 

PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL
O Programa de Regularização Ambiental garante ao produtor os benefícios previstos no Novo Código Florestal, para os casos com passivo ambiental.

Para ter acesso ao Programa, o produtor deve realizar as atualizações necessárias em seu cadastro, via sistema (car.agricultura.sp.gov.br), até o dia 31/12/2022.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias