Conecte-se conosco

Jaguariúna

Curso de educação física da UniFAJ é um dos melhores do Brasil, segundo o MEC

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Mais uma vez a UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) se destacou entre as instituições de todo território nacional em qualidade do ensino superior, segundo o Ministério da Educação (MEC). Dessa vez boa pontuação foi pelo desempenho do curso de Educação Física da UniFAJ, que obteve nota 4 (CPC Faixa) no ranking que é resultado dos dados de qualidade divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).  A nota do IGC varia de 1 a 5. As instituições com 4 e 5 são consideradas excelentes e notas abaixo de 3 são insatisfatórias. Segundo o relatório, mais da metade dos cursos se encontra na faixa 3.

As universidades, faculdades e centros universitários brasileiros são avaliados por meio do Índice Geral de Cursos (IGC), que considera a média ponderada das notas de cursos de graduação e de mestrado e doutorado. Já o Conceito Preliminar de Curso (CPC) avalia os cursos de graduação.

A avaliação considerou os cursos de bacharelado e licenciaturas em Ciências Exatas e dos cursos superiores de tecnologia em Controle e Processos Industriais, Informação e Comunicação, Infraestrutura e Produção Industrial.

O diretor da UniFAJ, professor Flávio Fernandes Pacetta, aponta que o resultado positivo é fruto de um trabalho em equipe, envolvendo o setor administrativo, alunos, diretores e especialmente professores que se dedicam no dia a dia do aluno e a coordenação que se empenha diariamente na aplicação do projeto pedagógico do curso. “Quando trabalhamos com dedicação e foco, sempre temos um bom retorno”, afirma o diretor.

A UniFAJ vem trabalhando sua diretriz pedagógica por meio da capacitação dos professores e inovação das técnicas de ensino, como a metodologia ativa, já adotada como diretriz da Instituição. O método internacional usado em grandes universidades como Harvard e Anderson University é um conceito educativo que incentiva a análise e reflexão no processo de ensino e aprendizagem do aluno.

Como é calculado o CPC?

As notas vão de 1 a 5. Cursos na faixa 4 e 5 são consideradas excelentes e notas na faixa abaixo de 3 são insatisfatórias.

A base de cálculo, segundo informa o Inep, é o desempenho dos estudantes no Enade, o valor que tem a formação por meio do indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD), avaliação dos corpo docente no Censo da Educação Superior além de dados obtidos com o Questionário do Estudante relativos a infraestrutura e instalações físicas, organização didático-pedagógica e oportunidades de ampliação da formação acadêmica e profissional.

Os dados referem-se ao ciclo trienal avaliativo de 2017, que analisou as notas do Enade dos cursos de Ciências Exatas. Licenciaturas e áreas afins, como Arquitetura, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Pedagogia, Engenharia de Computação, Engenharia Química, Engenharia Civil, Geografia e Sistema de Informação.

Cursos com CPC contínuo maior ou igual a 3,945 em todos os componentes avaliados são tem a nota “arredondada” para o valor máximo do CPC faixa. Se não obtiverem em todo os componentes a nota decimal maior que 0,945 isso não acontece e o curso com 3,945 terá CPC faixa 4.

Para ter a nota CPC, é preciso que ao menos dois estudantes concluintes do curso façam o Enade. Os cursos que não atendam a esse critério ficam na condição de “Sem Conceito (SC)”. No site do Inep é possível verificar os detalhes técnicos da composição do CPC.

Universidades cujos estudantes não participam do Enade, entre as quais está incluída a USP (Universidade de São Paulo), não são consideradas pelo ranking.

Vestibular

A UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna) está com inscrições abertas para o Vestibular Continuado, que oferece vagas em mais de 25 cursos das áreas de Humanas, Saúde, Exatas e Agrárias, que têm por filosofia a vivência prática da carreira. As graduações são distribuídas em cinco campi: uma clínica integrada onde ocorrem as aulas práticas dos cursos da área da saúde; Hospital-Escola Veterinário, que é um dos maiores e mais bem equipados da América Latina; Centro de Pesquisas Ambientais e Agropecuárias (CPAA), que funciona como catalisador de estudos científicos nas áreas da saúde humana e animal; Campus 1 e Campus 2, que recebem os demais cursos da Instituição, além da FAAGROH (Faculdade de Agronegócios de Holambra), que é parceira da UniFAJ e única faculdade do Brasil com instalações abertas.

As inscrições podem ser feitas no site da Instituição (www.faj.br) e as provas são agendadas de terça e quinta, às 19h30, e aos sábados, às 9h30. O candidato terá 50% de desconto na matrícula, em todos os cursos. Além disso, matriculando, ele ganha um curso de inglês, oficina de currículo e cadastro gratuito em banco de emprego/estágio.

Em menos de duas décadas de funcionamento, a UniFAJ conquistou notas máximas em todos os seus cursos, seja no MEC ou ENADE, mantendo a cada dia sua visibilidade, respeito e, principalmente, garantindo aos seus alunos a plena formação e sua altíssima empregabilidade, sempre com foco na prática, na internacionalização e na responsabilidade sociocultural, ambiental e civil.

Continue lendo

Jaguariúna

Grupo UniEduK realiza doação de R$100.000,00 ao Hospital Municipal Walter Ferrari em Jaguariúna

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A doação do Grupo contribui para as ações de enfrentamento da pandemia do município, dentro do Jaguariúna Solidária

Desde o início da pandemia, o Grupo UniEduK se mostrou ativo em unir forças com as Prefeituras onde atua para que, juntos, pudessem ser ágeis no combate ao coronavírus. Além da atuação ativa do seu time da saúde na cidade, foram inúmeras doações de álcool e equipamentos de EPI. No entanto, ainda há uma necessidade de recursos para insumos e mão de obra no tratamento da Covid-19, por isso o Grupo UniEduK realizou a doação de R$100.000,00 (cem mil reais) ao Hospital Municipal Walter Ferrari em Jaguariúna.

“Eu acho de extrema importância a solidariedade do Grupo UniEduK, eu agradeço pelo gesto de generosidade num momento tão difícil em que estamos em guerra pela vida. E esse programa Jaguariúna Solidária recebe, nesse momento, uma contribuição muito importante para o nosso Hospital Municipal que sofre, como todos os hospitais estão sofrendo, a falta de recursos financeiros diante dessa pandemia que se alonga há mais de um ano. Os recursos são finitos. Se não tiver a iniciativa privada colaborando para atender a nossa demanda nós vamos ter dificuldade. Então, tenho gratidão pelo gesto nobre do Grupo UniEduK, nesse momento, de fazer essa doação para o nosso hospital, que é uma referência e atende não só as pessoas de Jaguariúna, mas de toda a região”, afirma o Prefeito de Jaguariúna Gustavo Reis.

Além disso, a Secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, complementa que a doação do Grupo UniEduK contribui para as ações de enfrentamento da pandemia do município, dentro do Jaguariúna Solidária. “Nós temos várias parcerias com o Grupo e agora muito mais com essa doação de R$100 mil, que vai ajudar o hospital a acolher melhor, a atender melhor os pacientes da nossa cidade”.

Por fim, o Diretor do Grupo UniEduK, Prof. Flávio Pacetta, relembra a força da parceria entre o Grupo UniEduK e a Prefeitura de Jaguariúna. “Nossa parceria com a municipalidade de Jaguariúna já tem uma data muito antiga. Nós temos várias e várias situações em que nós colaboramos não só com a educação, mas também com a saúde, de forma direta. Nós temos o PROUNI Municipal, que já tem mais de 10 anos, são mais de 500 bolsas por ano que nós temos em parceria com a Prefeitura.”

Além da forte relação institucional, a parceria no âmbito da saúde é diferenciada e essencial para a infraestrutura do município. “Nós temos atendimentos que são feitos na Interclínicas, na área da saúde, principalmente a Fisioterapia, são mais de 2 mil atendimentos por mês. E agora, com essa parceria junto do Curso de Medicina de Jaguariúna, nós temos maior interface e atuação junto ao Hospital Walter Ferrari, o qual recebeu esta doação por meio do apoio e parceria de longa data com a Dra. Maria do Carmo e com o Prefeito Gustavo Reis. Ficamos satisfeitos em poder contribuir neste momento de dificuldade que enfrentamos hoje, não só aqui em Jaguariúna, mas em todo mundo”.

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna recebe mais 1.410 doses de vacina contra Covid-19

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Vacinação a partir de 65 anos começa nesta quarta-feira, 21

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu nesta segunda-feira, 19, mais 1.410 doses de vacina contra a Covid-19, todas da AstraZeneca/Oxford. As novas doses devem ser utilizadas na aplicação da primeira dose para a população a partir de 65 anos, cuja vacinação em Jaguariúna começa nesta quarta-feira, 21, feriado de Tiradentes, no Parque Santa Maria, das 8h às 13h.

Segundo a Secretaria de Saúde, ainda não há previsão para a chegada de novos lotes de vacina nos próximos dias.

Até esta segunda-feira, Jaguariúna já havia vacinado 6.234 pessoas com a primeira dose contra a Covid-19 e 3.786 com a segunda doses, totalizando 10.020 doses aplicadas no município desde o início da Campanha Nacional de Imunização.

Foto: Samuel Oliveira

Continue lendo

Jaguariúna

Provas do processo seletivo da Educação de Jaguariúna acontecem no domingo, 25

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

As provas do processo seletivo para a contratação de profissionais da educação em caráter temporário serão realizadas neste domingo, dia 25 de abril. A data, horários e locais das provas foram publicados na edição da sexta-feira, 16, da Imprensa Oficial, disponível no site da Prefeitura. Os testes ocorrem de manhã, a partir das 9h, e à tarde, a partir das 14h, dependendo do cargo escolhido pelo candidato.

São três os locais de prova: escolas municipais Coronel Amâncio Bueno, Professora Maria Tereza Piva e Professor Irineu Espedito Ferrari. Os candidatos devem comparecer ao local da prova pelo menos 30 minutos antes da hora marcada munidos do protocolo de inscrição, documento oficial de identidade com foto e no original, caneta esferográfica azul ou preta, lápis preto e borracha.

O uso de máscara de proteção contra a Covid-19 é obrigatório – quem não estiver de máscara, não poderá realizar a prova e será excluído do concurso. Devido à pandemia, o número de candidatos por sala será reduzido.

A Secretaria Municipal de Educação orienta que os candidatos levem seu próprio álcool em gel e sigam as orientações de segurança e as medidas de prevenção para evitar a infecção do novo coronavírus, respeitando sempre o distanciamento social.

A listagem completa com a homologação das inscrições contendo os dados dos candidatos inscritos estará à disposição dos interessados no site www.concursosrbo.com. br.

Continue lendo

Últimas Notícias