Conecte-se conosco

Uncategorized

Fórum reúne teoria e prática dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Publicados

em

Evento atraiu lideranças e representantes da sociedade civil; ações serão aprofundadas

Por Viviane Westin

O Fórum ODS 2019, realizado no último dia 23, trouxe para Jaguariúna a oportunidade de diálogo sobre os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). O evento foi promovido pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) Trilhos do Jequitibá e contou com a participação de representantes de municípios da região dos diferentes setores da sociedade civil – governo, empresas privadas e associações sem fins lucrativos.

Numa mescla de teoria e prática das ações que visam contribuir para atingir as metas propostas pelo ODS, o Fórum reuniu palestras e exemplos de iniciativas que estão em andamento na região; trouxe o convite para o engajamento aos projetos; disponibilizou o suporte para a adaptação ou a criação de projetos que atendam particularidades dos diferentes segmentos. (Veja mais fotos do evento)
Os ODS são validados por Estados-membros da ONU, o Brasil é um deles, orientando medidas nas três dimensões do desenvolvimento sustentável: econômica, social e ambiental. As metas globais são readequadas à realidade de cada país e serve como base para se estabelecer as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pelo governo federal, estadual ou municipal.
A assessora técnica da Subsecretaria de Assuntos Metropolitanos de São Paulo, Eliana Falque, foi uma das palestrantes convidadas e explicou como este processo dos ODS vem se estabelecendo, desde o lançamento do Pacto Global, no ano 2000, suas evoluções e o que almeja alcançar.
“Estamos trazendo para os municípios a importância do engajamento nesse tema com o envolvimento de todos os segmentos da sociedade civil. Atualmente, e felizmente, estamos conseguindo fazer com que a população desperte para a importância dos 17 ODS, para se trabalhar com 360 metas a serem alcançadas. Todos os eixos são de extrema importância”, considerou.
Segundo a assessora, é preciso orientar os gestores públicos sobre a importância da ação e do engajamento nos ODS. “E isso se reforça no fato do Tribunal de Contas do Estado começar a receber seus relatórios, ofícios, documentos e processos dos municípios dentro dos ODS”, observou.
“Quando nós da região metropolitana instalamos os conselhos consultivos nas cidades e nas regiões, a maior preocupação é com o engajamento da sociedade civil. O ODS tem um lema: ninguém pode ficar para trás”, reforçou Eliana.

Mulheres
A presidente da 232º Subseção da OAB de Jaguariúna, Maria do Carmo Santiago Leite, contribuiu com palestra sobre uma das temáticas dos ODS, a de número cinco, que trata da igualdade de oportunidades para as mulheres no trabalho, em cargos de liderança e participação social.
“Independente da área de atuação da mulher, o importante é ser ouvida. Não podemos mais ficar na posição de coadjuvantes. A mulher está conquistando seu espaço, mas ainda falta muito para avançar. Ainda precisamos buscar um lugar ao sol”, observou Maria do Carmo. “O feminismo hoje simplesmente quer a igualdade de gênero, de oportunidades, de emprego, salário… Não se trata de disputar nada com os homens, mas sim de sermos reconhecidas”, complementou.
Durante a palestra ela chamou a atenção para alguns índices divulgados pelo IBGE, e que reforçam as desigualdades em aspectos ligados à educação, remuneração salarial, liderança, mercado de trabalho e assédio. Maria do Carmo também provocou o público para analisar o papel que é desempenhado pelas mulheres com as quais convivem em suas diversas áreas e estimulou uma reflexão sobre o empoderamento do público feminino.

Participantes
O empresário Mauricio Fuzita, que atua no setor de embalagens, ficou sabendo do evento através de um amigo que atua na área ambiental e se motivou a participar. “Na minha empresa aplicamos a reciclagem e o reaproveitamento de materiais. É preciso educar para buscar alternativas e o meio ambiente precisa disso. Também vim para conhecer como é que funciona esse sistema de compostagem e de reaproveitamento de materiais para adubo orgânico. Pretendo levar o conhecimento daqui para a empresa e para a minha casa. As empresas hoje têm muita dificuldade com esse sistema de reciclagem e as grandes empresas estão preocupadas com isso”.
O evento foi sediado no Salão de Convenções do Hotel Matiz e também contou com a participação de dezenas de pessoas, inclusive representantes de gestores do poder público das cidades de Vinhedo, Valinhos, Jaguariúna, Santo Antônio de Posse e Pedreira. Entre as autoridades estavam o prefeito de Pedreira, Hamilton Bernardes, e o vereador Afonso Lopes Silva, da Câmara Jaguariúna.

Próximos passos vão reforçar o engajamento aos ODS

Segundo o diretor presidente da Oscip Trilhos do Jequitibá, Hilário Argemiro, a finalidade do encontro entre empresários, governo e sociedade é incentivar a execução de uma agenda de trabalho voltada para o crescimento e desenvolvimento social e econômico. Os idealizadores destacam que “é preciso compreender que o equilíbrio da biodiversidade é o futuro das nações para que possam alcançar gestões eficientes e de grande visibilidade”.
Para a coordenadora do projeto de ODS na Trilhos, Mariana Padilla, o Fórum ODS exerce um papel motivador para os empreendedores, os gestores públicos e a sociedade. “Um dos nossos próximos passos é trazer isso para a sociedade, já que os ODS funcionam quando se une esses três pilares.”
As próximas etapas de engajamento aos ODS inclui a própria certificação da Oscip ao Pacto Global, o que deve ocorrer já no próximo mês. Além disso, será feito o convite para que as empresa façam essa adesão seguida de uma capacitação que deve ocorrer até o mês de novembro. Além disso, estão previstas palestras, fóruns e oficinas para orientar os gestores que tiverem o interesse de adesão aos ODS para que sejam implementados na empresa.
“Cada objetivo trabalha uma série de metas, mas é preciso saber quais metas o gestor tem interesse de desenvolver e como quer trabalhar. Pode-se, inclusive, implementar dentro da empresa e trazer a sociedade para junto dela, de acordo com a filosofia de trabalho”, finalizou.

Projeto de compostagem de resíduos orgânicos é exemplo na adesão aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

O projeto de compostagem de resíduos orgânicos, desenvolvido por meio de uma parceria entre a Oscip Trilhos do Jequitibá, a ONG Associação Carisma de Educação, Cultura, Recuperação e Integração Social de Jaguariúna e a empresa Mudavisão em Compostagem, foi apresentado durante o fórum para exemplificar uma das iniciativas de engajamento aos ODS. Para tanto, houve a participação do coordenador técnico do projeto, Cassio Henrique da Silva.
A alternativa ecológica para os resíduos orgânicos, atrelada a questões sociais é um dos destaques da proposta. O coordenador abordou os aspectos técnicos do projeto, os certificados obtidos e o impacto da ação no meio ambiente, na sociedade, nas empresas e instituições públicas e sociais.
“Esse projeto da Mudavisão atende a proposta dos 17 ODS. Trata-se de um exemplo que se aplica ao ODS 12, que diz respeito ao consumo e produção sustentáveis, mas abrange outros. A proposta vem a casar com todo esse desenvolvimento da própria ONU para minimizar os impactos ambientais que estão acontecendo no planeta. O projeto é difuso, de interesse de toda uma sociedade. Afinal, não vivemos no planeta de forma isolada”, considerou Cássio.

Produto
O produto gerado no processo de compostagem é o composto orgânico para a fertilização do solo, obtido a partir do processo de degradação biológica de resíduos orgânicos, incluindo restos de alimentos coletados em restaurantes de empresas e escolas e restos de podas de árvores. A produção é regulamentada por órgãos federais, estaduais e municipais, em conformidade com a lei que trata sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).
A obtenção do laudo técnico do composto orgânico já permite sua comercialização para uso na fertilização do solo. Parte da receita obtida com a comercialização do composto será destinada a projetos sociais. A primeira delas é a Associação Carisma, que já está engajada na proposta. A ideia é cadastrar outras instituições para receberem o projeto, conforme sua expansão.
O projeto de compostagem possibilita o apoio das empresas por meio do recebimento de doações, através da lei de incentivo fiscal. O apoio também engloba o voluntariado, a doação sem fins dedutíveis, além da doação de bens ou serviços.
O projeto teve a unidade piloto inaugurada em dezembro do ano passado e está instalada no bairro Colmeia, próximo ao km 138,5 da Rod. Adhemar Pereira de Barros (SP-340). Segundo o coordenador, deve-se expandir com a instalação de uma segunda unidade até o final deste ano, em município da região.

Reportagem e fotos: Viviane Westin

Uncategorized

Motorista que matou mãe e filho atropelados é condenado a 12 anos

Motorista é condenado a 12 anos de Prisão

Publicados

em

Atropelamento ocorreu em março de 2013 e deixou outras cinco pessoas feridas. Família esperava pena maior. Cabe recurso.

Motorista é condenado a 12 anos de Prisão – O Tribunal do Júri de Indaiatuba (SP) condenou a 12 anos de prisão em regime fechado o réu Rodrigo Fernando Batino, motorista que atropelou e matou mãe e filho que estavam em um trailer de lanches na cidade em março de 2013. O resultado foi proferido na noite desta quinta (23) e cabe recurso.

Helder Bruno Monteiro, advogado de acusação, disse que vai avaliar com a equipe as ações que devem tomar. Para ela, a pena deveria ser maior. “Estou satisfeito com a condenação, com a dosemetria da pena, não”.

Quer saber Notícias de Engenheiro Coelho – Clique aqui

Tentou-se contato por telefone com o advogado que representa Batino, mas não obteve-se sucesso. Assim que a defesa se manifestar sobre o resultado do júri, o texto será atualizado.

Motorista é condenado a 12 anos de Prisão – O atropelamento

Na época, a Polícia Militar informou que o Batino, então com 24 anos, perdeu o controle da direção do veículo e colidiu contra o trailer de lanches na calçada da Praça da Liberdade, que fica na Avenida Visconde de Indaiatuba, na Vila Vitória I.

Luiza Helena Munhoz Veiga, de 56 anos, e o filho Ismael Munhoz de Veiga Júnior, de 28 anos, morreram. Outras cinco pessoas ficaram feridas, dentre elas outro filho de Luiza Helena.

Gisele Munhoz, filha de Luiza e irmã de Ismael, disse que o resultado, apesar de não ser o esperado, foi uma resposta depois de nove anos de espera.

“A gente estava esperando justiça. A gente queria realmente uma pena maior, foram duas mortes, mais lesões graves. A gente pensava em uma coisa maior, mas quem sou eu para tirar a razão do juiz”, disse.

Motorista é condenado a 12 anos de Prisão – Uma testemunha que estava em uma das mesas na frente do estabelecimento relatou, à época, que a família tinha desembarcado do carro para comprar o lanche cinco minutos antes de ocorrer o acidente.

Segundo relatos das testemunhas aos policiais na época, o condutor dirigia em alta velocidade e no carro também havia uma mulher. Com o impacto, a passageira chegou a ser arremessada.

Motorista é condenado a 12 anos de Prisão
Motorista é condenado a 12 anos de Prisão – Carro invadiu a calçada e atropelou os clientes de uma lanchonete em uma praça de Indaiatuba — Foto: Reprodução/ EPTV
Fonte: G1

Siga a Gazeta Regional por meio das Redes Sociais

Acompanhe o Facebook da Gazeta, Clique aqui!

Quer fica bem informado sobre o que acontece na sua cidade, bairro ou região? Então, siga as redes sociais da Gazeta Regional e fique por dentro das principais informações de sua região, Brasil e do mundo.

Rua do Bairro Universitário em Engenheiro Coelho
Gazeta Regional

Gazeta Regional trazendo sempre o melhor conteúdo para você.

Gostou da novidade? Então, clique aqui e habilite seu App gratuitamente para receber os principais conteúdos da Gazeta direto em seu celular. Tudo no conforto de suas mãos, em apenas um toque, você ficará muito bem informado.

Quer saber Mais sobre Notícias de Engenheiro Coelho e Região? Clique aqui

Continue lendo

Uncategorized

Saúde de Jaguariúna promove mutirão ginecológico neste sábado, 11

Publicados

em

A quarta edição do Mutirão da Saúde acontece neste sábado, 11. Realizada pelo Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria de Saúde, ele oferecerá atendimentos ginecológicos à população das 7h às 19h.

As consultas serão realizadas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Miguel Martini. Na mesma data também será realizada da coleta do exame Papa Nicolau. 

As mulheres interessadas em receber atendimento médico devem agendar horário na unidade mais próxima da sua residência ou pelo aplicativo “CCC Jaguariúna”, que pode ser baixado gratuitamente nas versões para Android ou IOS.  

De acordo com a Secretaria de Saúde, novos mutirões devem acontecer nos próximos meses com o objetivo de reduzir a fila de espera que é reflexo dos impactos causados pela pandemia.

FOTO: Ivair Oliveira

Continue lendo

Uncategorized

Hoje tem samba na Feira Noturna de Jaguariúna

Publicados

em

Quem gosta de samba não pode perder a Feira Noturna de Jaguariúna desta quarta-feira, 08. A cantora Danny Zanolo apresenta o show “Danny Zanolo e o Samba” com muitos sucessos para animar a noite de todos.

O evento semanal organizado pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura tem entrada gratuita e, além de conferir a apresentação, o público pode se deliciar nas barracas de alimentação, bebidas e ainda comprar artesanato, legumes e muito mais.

A feira acontece sempre das 17h às 21h, no parque Santa Maria. 

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias