Conecte-se conosco

Uncategorized

Horário de verão começa neste domingo em 11 estados

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O horário de verão de 2018 começa na primeira hora do próximo domingo (4). À meia-noite, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem adiantar o relógio em uma hora.

O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal) e irá vigorar até o terceiro domingo de fevereiro de 2019 (dia 17).

A previsão da CPFL Santa Cruz, distribuidora da CPFL Energia que atende 45 cidades em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, é de que a quantidade de energia economizada na área de concessão da CPFL Santa Cruz durante o horário de verão seja de 8 mil MWh. Esse volume, que representa uma redução de 0,96% do consumo total dos seus 45 municípios, seria suficiente para abastecer 3,3 mil famílias por um ano com um consumo mensal de 200 kWh e atenderia uma cidade do porte de Paranapanema, por exemplo, durante 598 dias, Pedreira por 14 dias e Jaguariúna por sete dias – veja abaixo a lista completa de economia em todos os municípios atendidos pela distribuidora:

Cidade Quantidade de Dias
Tejupa 605
Paranapanema 598
Barra Do Jacaré – PR 564
Bernardino De Campos 535
Ourinhos 174
Divinolândia 148
Casa Branca 31
Óleo 30
Jacarezinho – PR 30
Itaguaí 20
Avaré 16
Mococa 16
São Jose Do Rio Pardo 15
Piraju 14
Pedreira 14
Jaguariúna 7
Itapetininga 5

 

Economia inteligente

O principal objetivo da iniciativa é incentivar a população a fazer um melhor aproveitamento da luz natural e, assim, reduzir o consumo de eletricidade, diminuindo a demanda no horário de pico, das 18 às 21 horas. Isso porque, normalmente, as pessoas já começam a utilizar a energia elétrica a partir das 18 horas, quando chegam em casa, mesmo horário em que a iluminação pública e os luminosos comerciais entram em operação. Com o horário de verão, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar apenas depois das 19 horas, quando o consumo industrial e dos edifícios comerciais começa a cair com o fim do expediente de trabalho. “Ao deslocar o horário oficial em uma hora, dilui-se por um período maior o momento que esses equipamentos começam a funcionar. Dessa forma, o ganho do horário de verão, além da economia, está em afastar os riscos de sobrecarga no momento que o sistema elétrico atinge o seu pico de consumo”, afirma o diretor de Operações da CPFL Energia, Thiago Guth. A expectativa de redução da demanda de energia nos horários de pico é de 2,7%, o que contribui para reduzir a geração das termelétricas, mais caras e poluentes.

 

Consumo consciente

Além dos benefícios para o sistema elétrico, o horário de verão também é uma boa oportunidade para praticar hábitos de vida mais saudáveis. Sair do trabalho com o dia claro é um estímulo para praticar uma caminhada, ir ao parque, andar de bicicleta, curtir a família e realizar outras atividades esportivas e recreativas relacionadas com o verão. Confira abaixo as dicas da CPFL Santa Cruz para reduzir o consumo, sem comprometer o conforto:

Chuveiros elétricos

  • Nos dias quentes, colocar o chuveiro na posição “verão” (o consumo será cerca de 30% menor). Em algumas cidades, é possível até desligar o chuveiro;
  • Limpar periodicamente os orifícios de saída de água do chuveiro;
  • Tomar banhos mais rápidos e desligar a torneira ao se ensaboar;
  • Nunca reaproveitar uma resistência queimada. Isso provoca o aumento do consumo e coloca em risco a segurança do usuário;

Geladeiras

  • Instalar a geladeira em local bem ventilado, desencostada de paredes ou móveis, longe de raios solares e fontes de calor, como fogões e estufas;
  • Nunca utilizar a parte traseira da geladeira para secar panos, roupas ou tênis;
  • Nunca colocar alimentos quentes na geladeira;
  • Não forrar as prateleiras da geladeira (a falta de ar circulando entre as prateleiras exige mais consumo de eletricidade);
  • Não deixar a porta da geladeira aberta por muito tempo e não se esquecer de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado. Um bom teste é colocar uma folha de papel, fechar a porta da geladeira e tentar retirá-la. Se a folha sair muito fácil, pode ser que a borracha já esteja precisando de manutenção;

Iluminação

  • Apague a luz ao sair de um ambiente;
  • Substitua as lâmpadas incandescentes e fluorescentes para tecnologia LED. Se para iluminar uma cozinha utiliza-se uma lâmpada incandescente de 100 Watts, a substituição por uma modelo a LED pode trazer uma economia de até 80%;

Ar-Condicionado

  • Quando o uso do ar condicionado for inevitável, o ideal é utilizá-lo da melhor maneira possível, evitando a utilização por longos períodos e com temperaturas muito baixas. A dica é programar a função timer para desligar no começo da manhã e configurar para uma temperatura dos 22º, que mantém o ar numa temperatura agradável e não provoca esforço demasiado nos equipamentos;
  • Priorize a compra de aparelhos de ar-condicionado com a tecnologia inverter, cujos motores são mais eficientes e econômicos;
  • Mantenha os filtros do ar limpos também é uma ótima iniciativa de economia, pois assim o motor não se esforçará mais que o ideal;
  • Sempre mantenha os ambientes bem arejados. Abrir cortinas e janelas ajuda na ventilação e reduz a necessidade de ar condicionado e ventiladores, além de manter o ar sempre renovado;

Dicas Gerais

  • Opte pela compra de eletrodomésticos com selo A do Procel, que são mais eficientes no consumo de energia e, por consequência, mais econômicos;
  • Desligue a televisão na hora de dormir;
  • Evite usar benjamins (item que serve para ligar vários aparelhos a uma só tomada e que a sobrecarrega);
  • Acumule roupas para lavar e também para passar. O tempo para aquecer o ferro consumo muita energia. É melhor que isso seja feito menos vezes;
  • O ferro elétrico tem regulagem de temperatura. Procure separar as roupas por temperatura que serão passadas, assim pode tornar o uso mais econômico;
  • Limpe o filtro da máquina de lavar, com frequência;

 

 

Foto: Pixabay

Continue lendo

Uncategorized

Com novas regras de agendamento e acesso, Holambra recebe 49 excursões durante feriado

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Holambra recebeu entre os dias 04 e 07 de setembro 49 ônibus de fretamento turístico – todos eles devidamente identificados e com agendamento prévio confirmado através de plataforma eletrônica implementada pelo Departamento Municipal de Turismo e Cultura. O sistema põe em prática as novas regras de acesso e permanência de excursões na cidade, estabelecidas por meio de Decreto no dia 26 de agosto.

O documento, que revoga a proibição instituída em junho de 2021 em função da pandemia, determina que esses veículos passem a ser cadastrados pelo Portal do Governo, em www.holambra.sp.gov.br, na aba de Serviços, Cadastro para Excursões.

Apenas os 20 primeiros ônibus inscritos têm, desde então, o ingresso liberado mediante autorização prévia, que deve ser impressa e afixada nos veículos em local visível para possibilitar o serviço de fiscalização. Ainda de acordo com a nova normativa, cadastros adicionais serão aceitos em caráter excepcional com apresentação de reservas de hotéis ou pousadas em Holambra ou em um raio de 70 km.

No sábado, 04, 12 excursões passaram pela Capital Nacional das Flores, com crescimento gradual no domingo, 17, e na terça-feira, 20.

De acordo com a diretora da pasta, Alessandra Caratti, a avaliação dos primeiros dias com nova normativa é positiva. “Acompanhamos de perto a chegada das excursões agendadas e o cumprimento das novas regras de circulação desses veículos. Foi um trabalho de muito êxito, sem qualquer ocorrência durante todo o feriado”, diz.

Segundo ela, a liberação restrita a ônibus previamente inscritos e autorizados tem por objetivo organizar o crescente fluxo de visitantes, assegurando experiências turísticas que sejam boas e adequadas à estrutura da cidade. “Queremos receber bem as pessoas que escolhem Holambra como destino. Pra isso, é preciso conduzir com muita organização o esquema de excursões de acesso coletivo”, explica.

Continue lendo

Uncategorized

Pré-candidata a deputada estadual, Taís Souza, se reúne com vice-prefeito de Pedreira, Fábio Polidoro

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A pré-candidata a deputada estadual Taís Souza e o presidente nacional do Partido da Mobilização Nacional (PMN), João Garcia, visitaram na semana passada o vice-prefeito de Pedreira, Fábio Polidoro. Na reunião, realizada nas dependências do Paço Municipal, Polidoro, Taís e João Garcia, conversaram sobre projetos futuros e estreitaram laços.

“Eu sempre fui muito bem recebida pelo Polidoro e acho que essa proximidade entre quem está no governo e a sociedade civil é sempre importante. Agradeço muito pela conversa”, diz na ocasião Taís Souza.

Continue lendo

Uncategorized

Rede municipal de ensino de Holambra amplia retorno presencial a partir desta segunda, 02

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

As escolas estão preparadas para receber os alunos com segurança, respeitando todos os cuidados sanitários preventivos

A partir desta segunda-feira, 02, a rede municipal de ensino de Holambra amplia o retorno presencial dos alunos nas escolas, acompanhando diretrizes do Decreto Estadual nº 65.849, publicado no início desse mês. Desde a retomada das aulas presenciais, em 28 de junho, a capacidade das salas estava limitada a 35% do número de alunos.

A normativa, reforçada pela Resolução nº 65/2021 da Secretaria de Educação do Governo Paulista, autoriza até 100% da capacidade de ocupação nas salas de aula, desde que respeitado o distanciamento mínimo de um metro entre os alunos. O percentual de ocupação é definido de acordo com o espaço físico de cada escola. Apesar da ampliação, o retorno permanece opcional e o conteúdo continua disponível de modo híbrido – em sala de aula e por meio da plataforma online.

Com o retorno ampliado, o horário das creches municipais entre 02 e 06 de agosto é das 6h45 às 11h30. A partir do dia 09 o horário de saída é às 17h. Os turnos escolares para os demais alunos continuam os mesmos: das 7h às 12h no período da manhã, das 12h40 às 17h40 no período da tarde e das 19h às 23h para o Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

A diretora interina do Departamento Municipal de Educação, Claudicir Pícolo, detalha como será determinada a quantidade de alunos por sala de aula: “Em escolas onde as classes têm menor número de alunos podemos convocar até 100% deles, respeitando o distanciamento de 1 metro. Em outras, onde não é possível atender esse distanciamento, trabalharemos com dois grupos de alunos, intercalando os dias de presença”, explica.

A diretora observa ainda que o retorno presencial não é obrigatório, mas o cumprimento de todas as atividades pedagógicas, sim. “Mesmo de maneira remota, as tarefas fazem parte da rotina da criança, são obrigatórias e devem ser monitoradas pelos pais ou responsáveis”, conclui.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias