Conecte-se conosco

Campinas

Prefeitos da RMC decidem proibir consumo de bebida alcoólica em espaços públicos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Os prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) aprovaram nesta quinta-feira, dia 01, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, de forma conjunta, nas 20 cidades que integram o bloco regional. A decisão foi tomada durante reunião virtual do Conselho de Desenvolvimento da RMC. O colegiado também deliberou por um reforço na busca por mais vacinas contra o coronavírus.

Agora, cada cidade deve publicar um decreto para definir a proibição do consumo de álcool em espaços como praças e vias públicas das cidades. “Essa é mais uma medida que visa coibir as aglomerações de pessoas neste que é o pior momento da pandemia. Não se trata de uma ‘lei seca’. A pessoa pode tomar a sua bebida, mas tem que ser em casa”, explica o presidente em exercício do Conselho de Desenvolvimento da RMC e prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, que comandou a reunião.

Na semana passada, o Conselho da RMC decidiu criar um “cinturão sanitário”, uma série de barreiras de orientação nas entradas das cidades, com o objetivo de desestimular a vinda de turistas, sobretudo da Grande São Paulo. As medidas que reforçam o isolamento começam a fazer efeito.

Nesta quinta, a maior parte dos 16 prefeitos que participaram ou foram representados na reunião também sinalizou uma leve melhora no quadro das infecções por Covid-19 nos municípios, com diminuição de casos de atendimento na rede básica. Mas a taxa de ocupação de leitos, tanto de UTI quanto de enfermaria, continua alta, com sobrecarga na maioria das cidades. Por isso, o foco dos chefes do Executivo municipal continua sendo a busca por mais vacinas.

Foto: Samuel Oliveira

Campinas

Prefeitos da RMC decidem liberar entrega rápida para o comércio

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Os prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) decidiram nesta sexta-feira, 09, liberar o uso do sistema “takeaway”, ou seja, a entrega rápida de produtos nos restaurantes e lojas de todo o comércio nas 20 cidades que compõem o bloco regional. A decisão foi tomada, por unanimidade, durante reunião virtual do Conselho.

“O comércio tem sofrido muito durante esse período de maior restrição da pandemia e ele não é o responsável pela maior disseminação do coronavírus, e sim as grandes aglomerações provocadas por festas clandestinas. Por isso, essa decisão dos prefeitos no Conselho da RMC é muito importante pra ajudar a reduzir o impacto financeiro para todo o comércio das cidades”, explica o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, que é o presidente do Conselho de Desenvolvimento.

Durante a reunião, os prefeitos relataram uma redução considerável nos números de casos e internações por Covid-19, com consequente diminuição da pressão sobre a ocupação de leitos, inclusive os de UTI. “O cenário, no entanto, ainda é de preocupação e requer cuidados”, diz Gustavo Reis. Os chefes do Executivo também cobraram do Estado uma distribuição mais equânime das doses de vacina aos municípios da região, que leve em conta o número de habitantes das cidades.

Continue lendo

Campinas

Fila de espera por leitos Covid-19 em Campinas diminui 56% em uma semana

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Metrópole registra 78 pacientes à espera de leitos de UTI e enfermaria nesta terça, enquanto total era de 181 no dia 30 de março

A fila de espera por leitos Covid-19 em Campinas diminuiu 56% em uma semana, segundo a prefeitura. Dados divulgados na tarde desta terça-feira, 06, mostram que 78 moradores aguardam transferência para leitos de UTI e enfermaria, enquanto que em 30 de março o total era de 181.

Durante uma transmissão por redes sociais, a Secretaria de Saúde apresentou dados que mostram redução da circulação do vírus na metrópole, o que reflete efetividade das medidas restritivas para elevar o distanciamento social. O índice que estava estimado no dia 7 de março em 1,15 (oscilação entre 1,04 e 1,26) diminuiu gradativamente até 28 de março e foi para 0,82 (variação entre 0,65 e 1,02).

Valores maiores que 1 indicam que o número de novos casos está em expansão, e neste caso a prefeitura considera a evolução da curva para avaliar que o patamar de 1, dentro do intervalo de confiança, pode ser interpretado como “lento declínio”, em vez de uma expansão da pandemia.

“Os números dos atendimentos nas unidades básicas [pacientes com sintomas gripais] também diminuíram e isso prova que as medidas adotadas foram amargas, difíceis, mas efetivas. Nós não podemos comemorar, não podemos soltar foguetes, mas a situação está menos pressionada que há uma, duas semanas atrás”, destaca o prefeito, Dário Saadi (Republicanos).

A avaliação ocorreu após a prefeitura também publicar um novo boletim epidemiológico e indicar 69 novas mortes por Covid-19, recorde para uma divulgação em 24 horas, o que elevou o total para 2.526 desde o início da pandemia. Foram indicados mais 313 infectados, e soma em 83.159.

A administração, contudo, ressalta que as pessoas foram infectadas, em média, há 35 a 40 dias. “Estamos começando a equilibrar o jogo”, afirma o secretário de Saúde, Lair Zambon, ao reiterar que todos os esforços preventivos devem ser mantidos por mais algum tempo para melhoria do quadro.

Continue lendo

Campinas

Falece o proprietário da rede PetCamp

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Ciro deixa sua esposa, dona Sonia, os filhos Luana, Vitor e Bruno e netos

Faleceu nesta segunda-feira, 05, o proprietário da rede PetCamp, Ciro Leite. Ciro começou como empresário com uma distribuidora de ração e, depois, abriu a loja Só Ração, na Av. Aquidabã. Nascia ali a PetCamp, hoje uma das maiores redes regionais do setor, com quase 20 lojas em várias cidades.

De acordo com a assessoria da rede, Ciro faleceu de Covid-19.

Continue lendo

Últimas Notícias