Conecte-se conosco

Campinas

Enfermeiro resgata prêmio da Mega da Virada em Campinas após paciente internado por 68 dias insistir para ele ‘conferir jogo’

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Claudinei dos Santos trabalha em sistema homecare e atende Rogério Maria, que ficou hospitalizado após pegar Covid-19 e também ganhou prêmio após participar de bolão no fim de 2020

O enfermeiro Claudinei Pereira dos Santos, de 31 anos, conseguiu nesta semana um “dinheirinho extra” para encerrar o mês de março, após descobrir que é um dos ganhadores da Mega-Sena da Virada. Embora tenha passado longe do maior prêmio, os R$919 que ele ganhou são valorizados e fruto de outra sorte: o morador de Campinas só conferiu os números do jogo após insistência de um paciente que ficou internado 68 dias com Covid-19 e também venceu na loteria, no último bolão de 2020.

“Fiz 20 jogos e vi que um deles tinha saído a quadra. Resgatei essa semana meus R$ 919,00. Não é muito, mas ajuda”, ressalta.

Claudinei retirou o prêmio na manhã de segunda-feira, 29, dois dias antes do término do prazo. Esta também é a data-limite para que um apostador de São Paulo retire R$162 milhões, valor que representa o possível maior prêmio da Mega da Virada já “esquecido” na história da Caixa Econômica.

O enfermeiro atende pacientes nas residências, pelo sistema homecare. Um deles é Rogério Maria, ganhador de parte de um bolão na mesma edição da Mega da Virada, aposta feita depois de ter se recuperado dos 42 dias em coma e reaprendido a andar. Relembre no vídeo abaixo.

Claudinei lembra que ficou surpreso e feliz ao descobrir o prêmio, uma vez que ele tinha deixado de conferir os números após ver que duas apostas cravaram as seis dezenas em 31 de dezembro.

“No domingo ele ficou falando na minha cabeça, insistindo pra gente conferir”, destaca o enfermeiro.
Segundo ele, mais da metade dos assistidos são pacientes que superaram a Covid-19, mas têm alguma sequela motora, respiratória ou precisam de monitoramento e aplicação de antibióticos.

Matéria: Enfermeiro resgata prêmio da Mega da Virada em Campinas após paciente internado por 68 dias insistir para ele ‘conferir jogo’ | Campinas e Região | G1 (globo.com)

Continue lendo

Campinas

Prefeitos da RMC decidem liberar entrega rápida para o comércio

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Os prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) decidiram nesta sexta-feira, 09, liberar o uso do sistema “takeaway”, ou seja, a entrega rápida de produtos nos restaurantes e lojas de todo o comércio nas 20 cidades que compõem o bloco regional. A decisão foi tomada, por unanimidade, durante reunião virtual do Conselho.

“O comércio tem sofrido muito durante esse período de maior restrição da pandemia e ele não é o responsável pela maior disseminação do coronavírus, e sim as grandes aglomerações provocadas por festas clandestinas. Por isso, essa decisão dos prefeitos no Conselho da RMC é muito importante pra ajudar a reduzir o impacto financeiro para todo o comércio das cidades”, explica o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, que é o presidente do Conselho de Desenvolvimento.

Durante a reunião, os prefeitos relataram uma redução considerável nos números de casos e internações por Covid-19, com consequente diminuição da pressão sobre a ocupação de leitos, inclusive os de UTI. “O cenário, no entanto, ainda é de preocupação e requer cuidados”, diz Gustavo Reis. Os chefes do Executivo também cobraram do Estado uma distribuição mais equânime das doses de vacina aos municípios da região, que leve em conta o número de habitantes das cidades.

Continue lendo

Campinas

Fila de espera por leitos Covid-19 em Campinas diminui 56% em uma semana

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Metrópole registra 78 pacientes à espera de leitos de UTI e enfermaria nesta terça, enquanto total era de 181 no dia 30 de março

A fila de espera por leitos Covid-19 em Campinas diminuiu 56% em uma semana, segundo a prefeitura. Dados divulgados na tarde desta terça-feira, 06, mostram que 78 moradores aguardam transferência para leitos de UTI e enfermaria, enquanto que em 30 de março o total era de 181.

Durante uma transmissão por redes sociais, a Secretaria de Saúde apresentou dados que mostram redução da circulação do vírus na metrópole, o que reflete efetividade das medidas restritivas para elevar o distanciamento social. O índice que estava estimado no dia 7 de março em 1,15 (oscilação entre 1,04 e 1,26) diminuiu gradativamente até 28 de março e foi para 0,82 (variação entre 0,65 e 1,02).

Valores maiores que 1 indicam que o número de novos casos está em expansão, e neste caso a prefeitura considera a evolução da curva para avaliar que o patamar de 1, dentro do intervalo de confiança, pode ser interpretado como “lento declínio”, em vez de uma expansão da pandemia.

“Os números dos atendimentos nas unidades básicas [pacientes com sintomas gripais] também diminuíram e isso prova que as medidas adotadas foram amargas, difíceis, mas efetivas. Nós não podemos comemorar, não podemos soltar foguetes, mas a situação está menos pressionada que há uma, duas semanas atrás”, destaca o prefeito, Dário Saadi (Republicanos).

A avaliação ocorreu após a prefeitura também publicar um novo boletim epidemiológico e indicar 69 novas mortes por Covid-19, recorde para uma divulgação em 24 horas, o que elevou o total para 2.526 desde o início da pandemia. Foram indicados mais 313 infectados, e soma em 83.159.

A administração, contudo, ressalta que as pessoas foram infectadas, em média, há 35 a 40 dias. “Estamos começando a equilibrar o jogo”, afirma o secretário de Saúde, Lair Zambon, ao reiterar que todos os esforços preventivos devem ser mantidos por mais algum tempo para melhoria do quadro.

Continue lendo

Campinas

Falece o proprietário da rede PetCamp

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Ciro deixa sua esposa, dona Sonia, os filhos Luana, Vitor e Bruno e netos

Faleceu nesta segunda-feira, 05, o proprietário da rede PetCamp, Ciro Leite. Ciro começou como empresário com uma distribuidora de ração e, depois, abriu a loja Só Ração, na Av. Aquidabã. Nascia ali a PetCamp, hoje uma das maiores redes regionais do setor, com quase 20 lojas em várias cidades.

De acordo com a assessoria da rede, Ciro faleceu de Covid-19.

Continue lendo

Últimas Notícias