Conecte-se conosco

Artur Nogueira

Começa transição de governo de Ivan Vicensotti para Lucas Sia

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Equipes de transição devem ser divulgadas mediante decretos e protocolos

Os processos de transição da Prefeitura e do Serviço de Água e Esgoto de Artur Nogueira (Saean) já foram protocolados. Após o resultado das eleições, o atual prefeito Ivan Vicensotti (PSB) deve reunir uma comissão juntamente com a equipe técnica do perfeito eleito Lucas Sia (PSD) para tratarem de questões orçamentárias, programas e obras em andamento, além de estrutura administrativa.

Os pedidos de transição foram feitos formalmente por meio de protocolos para a Prefeitura, no dia 16 de novembro, e para o Saean, no dia 18 de novembro. A atual gestão tem um prazo de 15 dias para responder.

O grupo nomeado pelo prefeito eleito Lucas Sia (PSD) deve entrar em contato com a comissão organizada pelo atual prefeito Ivan Vicensotti (PSB) para dar início aos trabalhos de transição de governo.

A equipe de transição a ser nomeada pelo prefeito municipal deve ser feita por meio de um decreto municipal. Segundo a secretária de Negócios Jurídicos Drª Kelly Cristina Camilotti Cavalheiro, a Prefeitura vai disponibilizar os nomes eleitos por Vicensotti (PSB) nesta semana. Já a equipe de transição do prefeito eleito Lucas Sia (PSD) será composta pelos futuros secretários.

O prefeito Vicensotti (PSB) entrou em contato com Lucas Sia (PSD) desejando sucesso na gestão dele e colocou a Prefeitura à disposição e de portas abertas durante o período de transição de governo.

Continue lendo

Artur Nogueira

Artur Nogueira aplica 3ª dose em idosos maiores de 80 anos e imunossuprimidos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Vacinação ocorre no drive-thru e na sala de vacina do Espaço Mãe e Filho

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da Secretaria de Saúde, aplica a 3ª dose da vacina contra a Covid-19 em idosos maiores de 80 anos e imunossuprimidos, a partir de segunda-feira, 20. A dose adicional está disponível para esse grupo no drive-thru da Unidade Básica de Saúde (UBS) Teresinha Vicensotti, e na sala de vacina do Espaço Mãe e Filho, sem necessidade de agendamento.

Já no caso dos idosos acamados, um familiar ou responsável deve deixar o nome do mesmo no Posto de Saúde em que ele é atendido, para que a equipe de saúde realize a vacina à domicílio. Vale destacar que, no dia da vacina, o idoso deverá apresentar o comprovante das duas doses recebidas, bem como o RG e CPF. 

Critérios
De acordo com a pasta, podem receber o reforço da imunização os idosos acima de 80 anos que receberam a segunda dose entre fevereiro e março, ou seja, que completaram 180 dias ou mais da data em que receberam a segunda etapa da vacina. Também podem receber a dose adicional os pacientes imunossuprimidos que completaram 28 dias ou mais da segunda dose.

O grupo de imunossuprimidos inclui pessoas com imunodeficiência primária grave; em quimioterapia para câncer; pessoas transplantadas; com HIV; que faz uso de corticóides em doses ou de drogas modificadoras de resposta imune; pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise); pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

A comorbidade deve ser comprovada no momento da vacinação através de um comprovante médico, como exames, receitas, prescrição ou relatório.

Importância da dose
Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Milena Sia Perin, a aplicação da dose adicional é fundamental para garantir a proteção dos grupos mais vulneráveis ao coronavírus, já que pessoas idosas e imunossuprimidos tendem a não responder de forma plena em termos de quantidade de anticorpos, com tendência de diminuição deles ao longo de seis a oito meses.

“As vacinas aumentam a chamada memória imunológica, produzindo cada vez mais anticorpos ao longo das aplicações. Por isso, a aplicação da terceira dose nestes grupos é essencial, principalmente contra as novas variantes do coronavírus”, destaca.

Continue lendo

Artur Nogueira

Saúde de Artur Nogueira mantém vacinação de adolescentes

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

2.660 adolescentes já se imunizaram com a 1ª dose da Pfizer no município

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da secretaria de Saúde, informa que mantém a vacinação de adolescentes com idade entre 12 e 17 anos contra a Covid-19. A decisão vai ao encontro do posicionamento do Estado de São Paulo, bem como a orientação do Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Campinas, que recomendam a não paralisação. 

“Lamentamos a decisão do Ministério da Saúde em suspender a vacinação de nossos adolescentes. É um momento que necessita de sensatez. Seguiremos a recomendação da GVE, e a VISA continuará imunizando essa faixa etária”, enfatizou o prefeito Lucas Sia (PSD).

De acordo com o Governo de São Paulo, a decisão de suspender a vacina para esse público, e que partiu do Ministério da Saúde na manhã desta quinta-feira, 16,  vai na contramão de autoridades sanitárias de outros países. “A vacinação nessa faixa etária já é realizada nos EUA, Chile, Canadá, Israel, França, Itália, dentre outras nações. A medida cria insegurança e causa apreensão em milhões de adolescentes e famílias que esperam ver os seus filhos imunizados, além de professores que convivem com eles”, rebate o Estado. 

O Plano Estadual de Imunização (PEI) informa que a vacinação dos jovens de 12 a 17 anos começou em SP no dia 18 de agosto e já foram imunizadas cerca de 2,4 milhões de pessoas, ou seja, 72% deste público.

Em Artur Nogueira, até esta quinta-feira (16), 2.660 adolescentes haviam se vacinados com a 1ª dose da Pfizer, único imunizante recomendado para esta faixa etária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Continue lendo

Artur Nogueira

Setembro Amarelo: Prefeitura promove roda de conversa sobre autoestima feminina em Artur Nogueira

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Encontro acontece no dia 18 de setembro, no pátio da EMEF Osni José de Souza, e contará com sorteios

Setembro amarelo é o mês da campanha de prevenção contra o suicídio. Por isso, a Prefeitura de Artur Nogueira, em parceria com a coordenadoria da Mulher e o Conselho Municipal (CMDMAN) com apoio da empresa Priori e Caixa Econômica Federal, irá realizar um momento de diálogo entre mulheres voltado para o bem estar emocional. 

A roda de conversa será no dia 18 de setembro, a partir das 9h, no pátio da EMEF Osni José de Souza, localizado na Rua Otacílio Ferreira Natal, bairro São João dos Pinheiros, Nº 25. A ação tem como objetivo falar sobre o “Setembro Amarelo” e o bem estar emocional com grupos de mulheres de diferentes idades. A iniciativa integra um dos eixos do Trabalho Técnico Social desenvolvido no bairro que busca trabalhar maior interação social e comunitária, aspectos da vida feminina, cotidiano familiar e capacitações para geração de renda e trabalho. 

Mediado pela psicóloga Mayara Sia, o evento promete ter muito debate e trocas de conhecimento. “Como psicóloga, entendo a importância de se debater o tema com a campanha do Setembro Amarelo, pois é preciso orientar e conscientizar a população sobre a prevenção de suicídio, concentrando os esforços em diálogos com a população Nogueirense”, pondera a especialista. Ela ainda acrescenta que fatores protetivos como “capacidade de adaptação positiva, capacidade de resolução de problemas e a garantia de um emprego” são algumas das medidas de proteção à saúde mental que serão colocadas em pauta durante o diálogo.

A fim de seguir todos os protocolos de segurança contra a Covid-19 como distanciamento social, uso de máscara, álcool em gel e evitar o contágio, o encontro será limitado apenas para 40 mulheres do Residencial São João dos Pinheiros. Interessadas em participar, podem se dirigir ao local do evento das 9h às 11h, sem necessidade de inscrição.

Na ocasião, serão abordados variados temas voltados para a autoestima a partir de uma perspectiva psicossocial. “Dar apoio aos debilitados emocionalmente é uma forma que nós encontramos de atuarmos no Setembro Amarelo e acreditamos que o tema escolhido ajudará mulheres a desenvolverem autoconfiança”, disse Maiara Camargo Kzam, Coordenadora de Apoio dos Direitos da Mulher.

Além disso, durante o diálogo, será realizado um sorteio como forma de presentear as mulheres que participaram. Para encerrar o encontro com agradecimento e descontração, será disponibilizado um café da manhã especial para todas que participaram do bate-papo.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias