Conecte-se conosco

Amparo

Polícia Civil investiga disparo de rojões dentro da casa do prefeito de Amparo

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Imagens do circuito de segurança flagraram o momento que os explosivos caem na garagem. Uma pessoa foi detida e afirmou que praticou a ação por conta das restrições de funcionamento do comércio impostas pelo governo municipal

A Polícia Civil vai investigar o disparo de rojões dentro da casa do prefeito de Amparo, na madrugada deste sábado, 12. Imagens do circuito de segurança flagraram o momento que os explosivos caem na garagem. No vídeo, é possível ver um clarão e depois muita fumaça. Uma pessoa foi detida e ouvida na delegacia. A Prefeitura de Amparo classificou o episódio como um “atentado”. Ninguém ficou ferido.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), policiais e guardas municipais fizeram um patrulhamento no bairro Parque do Sol, onde fica a residência e encontraram uma mochila. Por meio de análise das imagens do circuito de segurança, a Polícia Civil conseguiu identificar um suspeito.

A corporação foi até a casa do homem, que fica no mesmo bairro, e, no local, a esposa dele reconheceu a mochila. Após revista, foi encontrado um rolo de fita crepe igual ao que foi usado para prender os rojões.

De acordo com a SSP, ele confessou o crime e afirmou que recebeu ordens para soltar os explosivos por conta das restrições de funcionamento do comércio, implantadas pelo governo municipal, como a fase emergencial e o lockdown durante dois finais de semana, para conter os casos de Covid-19. A partir de segunda, 14, as medidas serão flexibilizadas.

O celular do suspeito foi apreendido. A Polícia Civil informou que no aparelho havia troca de mensagens entre ele e o mandante combinando os detalhes da ação. O prefeito também já foi ouvido na delegacia. Ele estava dormindo com a família no momento do disparo dos rojões e disse, em nota, que ouviu um “forte barulho”.

O caso foi registrado como perigo para a vida ou saúde de alguém e infração de medida sanitária preventiva. Além do celular, os rojões e a mochila também foram apreendidos.

O suspeito foi liberado, mas será investigado, assim como o suposto mandante, que é chefe dele em um comércio do município. À polícia, ele disse que os dois tomaram a decisão de praticar o atentado por estarem “impossibilitados de trabalhar” devido as restrições impostas pelo prefeito.

Fonte: Polícia Civil investiga disparo de rojões dentro da casa do prefeito de Amparo | Campinas e Região | G1 (globo.com)

Continue lendo

Amparo

Acerte promove dia de autógrafos com mini autores

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O Acerte Centro de Ensino Complementar, em parceria com o SuperAutor, fez com que o projeto acontecesse na cidade de Amparo. Este é um projeto de letramento onde os alunos escrevem e ilustram seus próprios livros, onde o Super Autor dá todo o suporte para que a escola possa então desenvolvê-lo.

O projeto SuperAutor – Escreva sua própria história, teve duração de seis meses, onde foi trabalhado a escrita, a leitura e o desenvolvimento cognitivo dos alunos. Os desenhos e a história foram criados por eles mesmos.

Por meio dele, os alunos puderam desenvolver a capacidade criativa com a escrita e leitura. Participaram seis crianças: Ana Lívia, Camille, Isadora, Thomas, Victória e Yasmin. Além deles, os pais de cada um e do fotógrafo Jõao Marcos.

Para apresentar o resultado do projeto, foi realizada no sábado, 17, uma tarde de autógrafos no Acerte, organizada e planejada pela diretoria da escola e também por quem desenvolveu com as crianças o projeto dos livros, Graziella Viaro.

Neste dia os mini autores passaram a tarde autografando seus livros e curtindo o máximo possível desse dia tão especial. Todas as crianças amaram e sentiram-se muito especiais autografando os próprios livros, relata Graziella.

“Foi uma tarde maravilhosa, tanto para nós do Acerte como para nossas crianças que se sentiram verdadeiros autores em um evento de autógrafos, que teve direito a fotógrafo, mesa de salgados e presentes especial para eles como; certificado, guloseimas e uma faixa com os rostinhos deles pendurada em nosso portão para que todos que passarem na rua possam ver”.

O Acerte parabeniza todas as crianças pelos seus livros. “Estamos orgulhosos e maravilhados com cada história que foi criada e desenhada pelos nossos pequenos. É muito gratificante podermos ver que cada esforço e batalha travada ao longo de todo o projeto foram recompensados com os sorrisos e com a alegria no rostinho dos mini autores”, finaliza Graziela.

Continue lendo

Amparo

Museu Bernardino de Campos, em Amparo, reabre para o público

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Amparo confirmou que o Museu Bernardino de Campos volta a ter atendimento ao público. O Museu funciona de quarta a sábado das 10h às 16h e aos domingos, das 9h às 15h.

A Secretaria de Cultura segue os protocolos de Saúde, devido a pandemia da Covid-19, com controle de acesso e capacidade reduzida. O Museu está situado na rua Luiz Leite, 7, no Centro Histórico da Estância.

Para grupos escolares, o museu estará aberto à visitação com horário agendado. O telefone para mais informações é o 3817-3002.

O prédio onde está instalado o Museu Histórico e Pedagógico Bernardino de Campos foi construído em 1885 para ser residência do coronel Luiz de Souza Leite. O palacete foi palco da instalação da primeira linha telefônica do município, ligando a casa à sede da Fazenda Palmeiras, na época, também propriedade do coronel. Após sua morte, a casa foi utilizada pela Administração Municipal como sede da Prefeitura, Câmara Municipal e Serviço de Água e Esgoto até se transformar em museu.

Continue lendo

Amparo

Pessoas em situação de rua são vacinadas contra Covid-19 em Amparo

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Recentemente a Secretaria de Saúde vacinou contra a Covid-19 as pessoas em situação de rua de Amparo. A vacinação ocorreu em diversos pontos da cidade onde essas pessoas costumam ficar e também no Mercado Municipal, onde elas estão abrigadas durante a noite.

O Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) atuou na busca ativa dessas pessoas na cidade e as encaminhou para a equipe de saúde.

A vacina usada para este público foi a Janssen, a vacina de dose única. Esta vacina é a mais aconselhável para imunizar este público, que tem dificuldades de procurar a rede municipal de saúde para receber a segunda dose.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias