Conecte-se conosco

São Paulo

Kartódromo San Marino abre temporada de férias no mês de julho

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Amantes da velocidade ou mesmo quem não possui experiência em pilotagem podem participar das baterias de kart de aluguel e fazer do kartismo uma prática esportiva

O Kartódromo Internacional San Marino, localizado em Paulínia, dá início à sua temporada de férias a partir desta quarta-feira, dia 1º de julho. Tanto os amantes da velocidade quanto quem não possui experiência em pilotagem podem participar das baterias de kart de aluguel e sentir a adrenalina das pistas, ou, até mesmo, fazer do kartismo uma prática esportiva.

Este é o caso, por exemplo, dos irmãos Bruno e Matheus Contrucci, que são da cidade de Itu mas também treinam e competem no San Marino pela equipe Carlão Racing, sediada no complexo.

Para o gerente administrativo Bruno Contrucci, de 33 anos, o kart de aluguel foi a porta de entrada para a modalidade e a prática do kartismo acabou interferindo positivamente em seu dia a dia, como forma de relaxamento das tensões e como prática que o ajudou a desenvolver melhor a atenção.

“Sem dúvida, para mim o aluguel foi a porta de entrada para o esporte. E o kart representa ter controle absoluto sobre minha vida, pois naquele momento (na pista) você tem que se concentrar totalmente. Um segundo de distração e você se perde. Eu tinha muito problema de concentração e está sendo uma válvula de escape. Faz bem demais, é a clássica realização da criança em ser piloto!”, revela.

Bruno conta que tanto ele quanto o irmão começaram a praticar o kartismo por meio do uso de kart de aluguel, em 2020, mas que sua primeira experiência na modalidade ocorreu em 2019, no Kartódromo San Marino, numa confraternização. “A partir daí, a gente se envolveu cada vez mais no ambiente do kartismo e eu acabei influenciando meu irmão e meu pai também”, pontua.

Seu irmão Matheus Contrucci, estudante de 15 anos, conta que o kart de aluguel o ajudou e ainda o ajuda muito em termos de pilotagem, principalmente na questão de sentir-se seguro, “por conta do borrachão (que envolve o kart) e da menor velocidade”, enfatiza. Ele participa de três campeonatos de kart de aluguel, na categoria Light (intermediária), e também corre com kart próprio na Copa F-Racers 2021, um dos maiores campeonatos realizados no interior de São Paulo, no San Marino.

DCIM\100MEDIA\DJI_0029.JPG

Como participar
O valor para participar das baterias inclui não apenas o aluguel do kart, como também os principais equipamentos de segurança, como macacão, capacete e balaclava (proteção para os cabelos). As roupas são entregues aos visitantes devidamente lavadas e acondicionadas em sacos plásticos fechados e os capacetes são higienizados em câmara de ozônio.

É necessário usar máscara nas dependências do kartódromo, manter distanciamento e manter a higiene das mãos com álcool gel. Também é preciso usar roupas leves e tênis, além de agendar um horário previamente pelos telefones (19) 3833-1818 ou (19) 99119-9895 (WhatsApp). Podem pilotar pessoas acima dos 13 anos de idade, mediante apresentação de documento com foto. O endereço é Rua Armando Botasso, nº 1.200, no distrito de Betel, em Paulínia.

Equipamentos e estrutura interna
O Kartódromo Internacional San Marino é uma opção de lazer ao ar livre durante a pandemia e ponto turístico para quem visita a região, não só para pilotos como também para a família.

O complexo conta com duas frotas de kart: uma com motor de 13Hp e outra exclusiva para campeonatos. A pista é totalmente iluminada, permitindo a pilotagem noturna, e equipada com torre de cronometragem e placar eletrônico. Os pilotos ainda têm à disposição uma sala de equipamentos, recepção informatizada, sala de briefing multimídia e vestiários masculino e feminino com chuveiros.

Da estrutura interna ainda fazem parte uma varanda de 500 m², com vista panorâmica para a pista, e o restaurante Orion, com opções de almoço, lanches e aperitivos. O espaço tem capacidade para receber até 1.500 pessoas e também é preparado para sediar confraternizações, aniversários e outros eventos particulares.

O estacionamento para 200 veículos é gratuito e, para os pilotos, uma ambulância com socorrista fica à disposição durante todo o horário de funcionamento.

Continue lendo

São Paulo

Projeto de Lei: Alesp aprova iniciativa de apoio emocional às vítimas da Covid-19

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Iniciativa, que garante atendimento nos Caps, recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (DEM)

O Poder Legislativo aprovou na terça-feira, 14, o Projeto de Lei 176/2021, que autoriza o governo estadual a criar um programa de saúde emocional às pessoas que perderam parentes e amigos para a Covid-19. A iniciativa, que recebeu apoio do deputado Edmir Chedid (DEM), beneficiará todo os que necessitam de suporte psicológico em razão da crise provocada pela pandemia.

Segundo o parlamentar, esta proposta garante os atendimentos presenciais por meio dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) ou de órgãos similares, bem como virtuais. “A intenção é garantir a atenção necessária aos que perderam parentes ou amigos nesta pandemia do coronavírus”, completa.

Edmir Chedid explicou que a iniciativa poderá contribuir com as atividades já desempenhadas por alguns municípios. “A preocupação de prefeitos e vice-prefeitos tem sido defendida junto ao governo estadual. Nos últimos meses, por exemplo, tenho reiterado a necessidade da ampliação de recursos para que os municípios possam desenvolver atividades parecidas”, garante.

O parlamentar é autor do Projeto de Lei 223/2020, que institui o Programa de Segurança Alimentar à população em situação de vulnerabilidade social durante o estado de calamidade pública decorrente da pandemia; e do Projeto de Lei 590/2020, que autoriza a suspensão do pagamento de dívidas dos municípios com o governo estadual e com empresas da administração pública.

Continue lendo

São Paulo

Avião cai em área de mata e sete pessoas morrem em Piracicaba; sócio da Raízen e família estão entre as vítimas

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Queda foi em uma área verde próximo à Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec), no bairro Santa Rosa

Sete pessoas morreram após um avião cair em Piracicaba na manhã desta terça-feira, 14. A aeronave caiu em uma área de mata no bairro Santa Rosa e, com a explosão, um incêndio teve início no local.

Segundo o Corpo de Bombeiros, no avião bimotor estavam o sócio da Raízen Celso Silveira Mello Filho, 73 anos, sua esposa Maria Luiza Meneghel, 71 anos, e os 3 filhos do casal: Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos, Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos, e Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos. Também morreu o piloto Celso Elias Carloni, 39 anos, e o copiloto Giovani Dedini Gulo, 24 anos.

As vítimas foram carbonizadas e morreram no local. O Corpo de Bombeiros já localizou os sete corpos, segundo a prefeitura.

Quem são os 7 mortos no acidente de avião em Piracicaba
Em nota, a empresa Raízen confirmou a morte do empresário Celso Silveira Mello Filho e família. “Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello.”

Segundo a empresa, também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo.

Ainda de acordo com os bombeiros, o avião saiu do Aeroporto de Piracicaba com destino ao Pará e caiu logo depois, pouco antes das 9h, em uma área verde ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec).

Segundo a Prefeitura de Piracicaba, o avião modelo King Air B200 saiu do Aeroporto Municipal Pedro Morganti e a queda aconteceu cerca de 15 segundos após a decolagem, em uma plantação de eucaliptos.

O vídeo no início da reportagem mostra o momento que o avião cai ao fundo de um condomínio. Após atingir alguns eucaliptos durante a queda, a aeronave explodiu e teve início um incêndio na mata ao lado da Fatec. Os bombeiros tentam controlar as chamas. Equipes policiais e o Corpo de Bombeiros estão no local e a área foi isolada para a perícia.

A Prefeitura de Piracicaba informou ainda que montou uma força-tarefa reunindo várias secretarias municipais e Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), para ajudar no resgate e para conter as chamas que se alastraram pela vegetação, após a explosão do avião.

Cerca de 100 pessoas estão no local para auxiliar na ocorrência, segundo a administração. O prefeito Luciano Almeida (DEM) foi até o local.

A área permanece isolada para perícia. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), informou em nota que foi acionada e vai para o local para “ação inicial”.

Nessa ação os investigadores identificam indícios, fotografam cenas, retiram partes da aeronave para análise, ouvem relatos de testemunhas e reúnem documentos. O objetivo, segundo o órgão, é prevenir que novos acidentes com características semelhantes aconteçam.

Continue lendo

São Paulo

Butantan detecta 36 variantes do coronavírus em circulação no Estado

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O Instituto Butantan declarou que existem 36 variantes do coronavírus em circulação no Estado, três delas identificadas pela primeira vez. Esta informação é da diretora do Centro de Desenvolvimento Científico do Butantan, Sandra Vessoni, confirmada na segunda-feira, 30, durante evento promovido pelo Instituto do Legislativo Paulista (ILP), em São Paulo.

De acordo com a diretora, o Boletim Epidemiológico da Rede de Alerta das Variantes também identificou outras quatro linhagens da variante Delta. Apesar do número crescente de variantes, os casos de Covid-19 diminuíram no Estado.

Com base nas afirmações prestadas durante o evento, o parlamentar destaca que entre as variantes identificadas de forma inédita no Estado estão a B.1.1621.1, que também é conhecida como “Copa América”; a B.1.540; e a AY.3; com um, cinco e três casos, respectivamente, de acordo com dados da 32° semana epidemiológica, sequenciados até 14 de agosto.

Embora esteja longe de representar a maioria dos casos no Estado, a variante Delta vem se espalhando rapidamente, sendo identificada em 13 das 17 divisões regionais de saúde, correspondendo à 100% das infecções na divisão de Registro; 61,54% na Baixada Santista; 56,41% em São João de Boa Vista; e 43,31% na Grande São Paulo.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias