Conecte-se conosco

Amparo

Ypê adere ao Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Com a iniciativa, empresa dá visibilidade aos valores que são a base da condução dos seus negócios há 70 anos e manifesta publicamente seu compromisso com as práticas éticas no mercado

A Ypê, empresa brasileira de produtos de limpeza e higiene, acaba de se tornar signatária do Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, uma iniciativa do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social. Com isso, a companhia passa a integrar um grupo de empresas que assumiram o compromisso voluntário de promover um mercado mais íntegro, ético, e de erradicar condutas como a corrupção.

“A assinatura é mais uma forma da Ypê tornar público a maneira que conduz o seu negócio há décadas e de contribuir permanentemente na construção de um mercado melhor e mais ético. Ao fazermos essa adesão, reforçamos nossa atuação voltada à integridade e à ética, o nosso compromisso com esses valores e mantemos nossa colaboração com o mercado”, afirma a diretora executiva de Governança, Riscos e Conformidade da Ypê, Renata Bertele.

As empresas signatárias do Pacto assumem o compromisso de divulgar a legislação brasileira anticorrupção a seus funcionários e stakeholders, a fim de que seja cumprida integralmente. Além disso, se comprometem a vedar qualquer forma de corrupção, promover os valores de integridade e transparência na cadeia produtiva, a primar pela prestação de informações e a colaborar em investigações, quando necessário.

A assinatura está alinhada às políticas de integridade vigentes na empresa e é realizada em um momento especial para a Ypê, que comemora 70 anos e reafirma suas práticas baseadas em valores que guiam sua atuação junto a público interno e externo, em um Programa de Conformidade.

Após dois anos de um trabalho dirigido pela área de Governança, Riscos e Conformidade, o Programa de Conformidade da Ypê reúne e sistematiza diretrizes de compliance, como as melhores práticas de governança corporativa no desempenho de atividades e na condução dos negócios. Ele está fundamentado no respeito às leis e aos valores da empresa – simplicidade, humildade, comprometimento e disciplina, trabalho e honestidade, atitude e senso de dono, qualidade e responsabilidade – e apresenta os direcionadores e as ferramentas de como a companhia atua com os diversos públicos, entre eles, conselheiros, colaboradores, terceiros e clientes.

“A Ypê possui o compromisso genuíno de fortalecer uma cultura de estímulo à honestidade, transparência, sustentabilidade, conformidade legal e equidade. Apesar de ser uma companhia de capital fechado, a empresa atua com os mesmos padrões rígidos e exigências de companhias abertas devido ao alinhamento que busca em suas ações com seus princípios”, destaca Bertele.

Ainda são compromissos assumidos pela Ypê com o pacto, o monitoramento anual das práticas empresariais e sua máxima visibilidade, de modo a continuar contribuindo para a sustentabilidade do país.

Sobre a Ypê

Marca líder em importantes categorias no segmento de limpeza do Brasil, a Ypê possui uma linha completa de produtos para auxiliar nos cuidados com a roupa, a casa e o corpo. Com matriz localizada em Amparo, interior de São Paulo, conta com mais quatro unidades fabris: Salto (SP), Simões Filho (BA), Anápolis (GO) e Goiânia (GO).

Fundada em 1950, a Ypê é uma empresa 100% brasileira, com aproximadamente 6.000 funcionários, exporta para mais de 20 países da América Latina, Ásia, África e Oriente Médio e ainda detém as marcas Atol, Assolan, Tixan e Perfex.

Continue lendo

Amparo

Justiça decreta intervenção e Hospital Santa Casa Anna Cintra passa a ter gestão municipal

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

O Juiz de direito Dr. Fernando Leonardi Campanella concedeu a tutela provisória de urgência da Santa Casa Anna Cintra para a prefeitura

No dia 30 de setembro, a Prefeitura de Amparo ingressou na justiça com um pedido de afastamento da atual diretoria e consequente intervenção no Hospital Santa Casa Anna Cintra, o principal espaço desse tipo no Circuito das Águas Paulista, devido a possíveis irregularidades na aplicação de recursos públicos e a grave crise financeira do hospital com diversas dívidas, acarretando risco de desassistência à população. Em decisão liminar proferida, a justiça de Amparo aceitou o pedido da prefeitura e, com a intervenção, a gestão do hospital passa a ser responsabilidade do município.

Atualmente, a Santa Casa conta com 277 protestos registrados em cartório em seu desfavor, que juntos somam mais de R$900.000,00 em dívidas. Além disso, na prestação de contas de convênios da entidade com o SUS, cerca de R$3.300.000,00 em gastos não foram devidamente justificados pela atual diretoria até o momento.

Além destes fatos, diversos fornecedores de insumos e mão de obra, inclusive de produtos essenciais como gás oxigênio, medicamentos e ar medicinal, relatam dívidas por parte da Santa Casa. Isso tudo sem citar dívidas de mais de R$780.000,00 com o SAAE de Amparo e de R$500.000,00 com a CPFL.

Considerando todas estas dificuldades, o Juiz de direito Dr. Fernando Leonardi Campanella, nos autos do processo 1003400-07.2021.8.26.0022, concedeu a tutela provisória de urgência da Santa Casa Anna Cintra para a prefeitura, e concluiu que o hospital, atualmente, não apresenta controle de sua situação financeira, na medida em que não consegue justificar saldos e movimentações financeiras realizadas até o ano de 2020.

O hospital Santa Casa Anna Cintra é o maior do Circuito das Águas Paulista e o único com estrutura para atendimentos via SUS de diversos procedimentos essenciais e específicos, como urgência, emergência, UTI e cirurgias, além de ser a principal referência de média e alta complexidade de municípios como Amparo, Monte Alegre do Sul, Serra Negra e Santo Antônio de Posse. Por isso, a mudança de gestão afeta a rede de saúde de toda a região.

Hospital estava em intervenção até 2020

A Santa Casa Anna Cintra já foi alvo de intervenção municipal entre os anos de 2018 e 2020, à época sob argumentação de que era necessário sanar as finanças da entidade. Porém, segundo a decisão judicial proferida hoje, no período, “a Santa Casa contou com um grande salto das suas dívidas vinculadas a empréstimos e financiamentos, assim como obrigações junto a fornecedores, aumentado em 88,21% no primeiro caso e 76,23% no segundo (fl. 95), levando à conclusão, pelo volume expressivo em tão pouco tempo, que a saúde financeira da Santa Casa não está saudável.”

Com a eleição de um novo grupo político para administrar a cidade, o então prefeito eleito, Carlos Alberto Martins, solicitou ao chefe do Poder Executivo da época, Luiz Oscar Vitale Jacob, a manutenção da intervenção. Porém, o pedido não foi aceito sob alegação de que as finanças já estariam em dia, argumento que cai com a decisão publicada hoje.

Em janeiro, a atual gestão do município decretou intervenção, porém, decisão judicial revogou aquele ato. Agora, novos fatos, como a recusa da assinatura de um Termo De Ajustamento de Conduta por parte da diretoria do hospital e o aumento significativo no montante de dívidas da entidade, foram apresentados ao Poder Judiciário, corroborando com a decisão proferida.

Continue lendo

Amparo

Sábado é dia de multivacinação para amparenses menores de 15 anos

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Neste sábado, 16, a Secretaria de Saúde estará realizando o Dia V de vacinação para crianças e adolescentes com até 15 anos. Essa campanha será realizada em todo o estado de São Paulo e tem como objetivo a atualização da carteira de vacinação para aqueles que estão com alguma vacina atrasada.

A vacinação acontece nas Unidades de Saúde do Centro, Arcadas, Três Pontes e São Dimas, das 8h às 17h. Para ser vacinado, é necessário apresentar a carteira de vacinação.

Dentre as vacinas que estarão disponíveis nos postos na campanha estão: BCG, Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, rubéola, caxumba), Tetraviral (Sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

A vacina contra a Covid-19 também estará disponível nessas UBS’s para primeiras, segundas e terceiras doses.

Continue lendo

Amparo

Inaugurada a Unidade de Atendimento de Reintegração Social em Amparo

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Ela está situada na rua Dr. Oswaldo Cruz, 215, Centro

Na quinta-feira, 07, foi inaugurada a Unidade de Reintegração Social de Amparo, a 87ª do estado de São Paulo. Na unidade será desenvolvida o “Programa de Penas e Medidas Alternativas” que auxiliarão o Poder Judiciário na fiscalização e acompanhamento para o efetivo cumprimento das sanções impostas às pessoas que cometeram delitos considerados de baixo potencial ofensivo.

A Central Integrada de Alternativas Penais e Inclusão (Ceapis) tem como funcionalidade o atendimento das pessoas encaminhadas pelo Poder Judiciário, após terem passado por   Audiência de Custódia para identificar as demandas assistenciais, sociais e psicológicas, ligadas ou não ao delito cometido. Assim, poderão cumprir suas sentenças prestando serviços à comunidade de acordo com a profissão, graduação, conhecimentos ou habilidade que já possuíam anteriormente, sem serem expostas ao cárcere, mantendo o vínculo familiar e social.

Fizeram uso da palavra as seguintes autoridades: Coronel Nivaldo Cesar Restivo, DD. Secretário de Administração Penitenciária do estado de São Paulo; Dr. Fernando Leonardi Campanella,  MM. Juiz de Direito da 1a. Vara Judicial da Comarca de Amparo; o Coordenador de Reintegração Social e Cidadania, Mauro Rogério Bitencourt e o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Vice-Prefeito de Amparo, biólogo Gilberto Piassa Moreira Filho, que, na ocasião, representou o Prefeito Dr. Carlos Alberto Martins, que se encontrava cumprindo agenda de trabalho junto ao Gabinete do Governador João Dória.

Continue lendo
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias