Conecte-se conosco

Holambra

Holambra tem baixa procura por vacina em Dia V e registra 61 novos casos nesta semana

Publicados

em

O Dia V de Vacinação levou 201 pessoas aos PSFs Imigrantes e Santa Margarida no último domingo, dia 12 de junho, no período das 8h às 13h. Foram distribuídas 1ª ou 2ª dose de imunizantes contra a Covid-19 para moradores acima dos 5 anos e 3ª dose para holambrenses com mais de 12. A 4ª dose foi aplicada em profissionais da saúde e pessoas com 50 anos ou mais que tomaram o reforço há, pelo menos, 4 meses.

“É um número que consideramos baixo. Como em todo o país, estamos observando um aumento no número de casos da doença. Felizmente as internações não sobem na mesma proporção, justamente em função da vacina”, explicou o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias. “Por isso é fundamental que quem ainda não recebeu a 3ª dose e quem já está apto a tomar a 4ª procure a unidade de saúde. Não dá para relaxar neste momento”.

A imunização ocorre regularmente na cidade às segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h e entre 13h e 15h nos PSFs Imigrantes e Santa Margarida. No Palmeiras, a aplicação das doses é realizada às terças-feiras, entre 8h e 12h. No Fundão, também na terça-feira, das 13h às 15h. São distribuídas 1ª ou 2ª dose para moradores acima de 5 anos e 3ª dose para holambrenses com mais de 12. A 4ª dose é aplicada em profissionais da saúde e pessoas com 50 anos ou mais que tomaram a 3ª dose há, pelo menos, 4 meses. Para a imunização é necessário apresentar documento oficial com foto. No caso de 2ª, 3ª ou 4ª dose é preciso levar ainda o comprovante de vacinação anterior. Menores de idade devem levar documento oficial com foto, CPF ou Cartão SUS. Na ausência do pai, mãe ou responsável legal é necessário apresentar o termo disponível em www.holambra.sp.gov.br, na aba Serviços, Vacina: Termo de autorização.

Dados do Vacina Já, do Governo do Estado, mostram que Holambra imunizou 100,6% dos holambrenses com a 1ª dose do antígeno contra a Covid-19. Ainda segundo o portal, 94,98% dos moradores receberam o complemento ou vacina de dose única. 69% tomaram o reforço do imunizante. O percentual apontado pelo sistema diz respeito ao número de doses aplicadas em relação à estimativa total de habitantes elegíveis.

Balanço da pasta divulgado nesta quinta-feira, dia 15 de junho, revela a confirmação de 61 novos casos da doença ao longo desta semana. A cidade contabiliza, desde março de 2020, 4.392 registros e 20 óbitos. O bairro Imigrantes soma 1.126 confirmações, seguido do Fundão com 389 e do Groot com 379.

A orientação para quem apresentar sintomas gripais leves é ir até a unidade de saúde mais próxima de casa. Já pessoas que tiverem febre alta persistente e dificuldade para respirar devem procurar o atendimento de urgência e emergência na Policlínica Municipal.

Holambra

Novo Sistema Integrado de Administração e Finanças é implementado em Holambra

Publicados

em

O SIAFIC é uma solução de tecnologia da informação mantida e gerenciada pelo Poder Executivo

Holambra implementou esta semana o Sistema Único e Integrado de Execução Orçamentária, Administração Financeira e Controle (SIAFIC), um programa de computador unificado para utilização dos poderes Executivo e Legislativo e também Autarquias. Com uma base de dados compartilhada e integrada, ele tem como principal objetivo assegurar a transparência da gestão fiscal em toda a cidade.

A utilização desse sistema por todos os municípios até janeiro de 2023 é uma exigência do Governo Federal, por meio do Decreto n° 10.540/2020.  “Holambra é um dos primeiros municípios do Estado de São Paulo a implementar o SIAFIC”, explica o economista e diretor municipal de Finanças e Contabilidade, Rodolfo Silva Pinto. “Com esse sistema, Prefeituras, Câmaras de vereadores e outras entidades da administração indireta do mesmo município passarão a inserir as movimentações de seus atos na administração orçamentária, financeira e patrimonial em um mesmo local, com base compartilhada, unificando os processos”, acrescenta.

Para o prefeito da cidade, Fernando Capato, a implementação desse sistema é um avanço muito importante. “Assim, todos os que utilizam os recursos públicos dentro de cada esfera da Federação seguirão as mesmas regras na hora de registrar os atos e fatos da administração orçamentária, financeira e patrimonial. Fizemos questão de garantir a implementação o quanto antes do sistema, garantindo maior facilidade de realização de processos, agilidade e padronização”, diz.

Continue lendo

Holambra

Holambra inicia vacinação contra Covid-19 para pessoas acima de 40 anos na segunda-feira, 27

Publicados

em

O Departamento Municipal de Saúde de Holambra dará início à aplicação da 4ª dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas com mais de 40 anos nesta segunda-feira, 27. A imunização ocorrerá às segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h e entre 13h e 15h, nos PSFs Imigrantes e Santa Margarida. No Palmeiras, a aplicação das doses é realizada às terças-feiras, entre 8h e 12h. No Fundão, também na terça-feira, das 13h às 15h. Para receber a 4ª dose é preciso apresentar comprovante de vacinação anterior, com 3ª dose recebida há, pelo menos, 4 meses.

“É uma recomendação do Ministério da Saúde. Os casos estão aumentando em todo país, mas as internações não, em função da vacina”, explicou o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias. “Pedimos que todos os holambrenses dessa faixa etária se imunizem. E fazemos um apelo para que quem ainda não tomou a 3ª dose procure a unidade de saúde”.

Continue lendo

Holambra

Moradores de Holambra podem solicitar gratuitamente reparos na iluminação pública

Publicados

em

Muita gente não sabe, mas quem mora em Holambra pode solicitar gratuitamente reparos em postes de iluminação pública por toda a cidade. O serviço, oferecido pela Prefeitura por meio do Consórcio para o Desenvolvimento Sustentável (CONDESU), pode ser acionado a qualquer momento pela internet, através do site www.holambra.sp.gov.br, na aba de Serviços, ou pelo telefone 0800 770 5676, com atendimento das 8h às 18h.

As luminárias de ruas e espaços públicos são, todas elas, georreferenciadas e identificadas, em placas, por códigos numéricos que devem ser informados no ato da solicitação. Entre as intervenções disponíveis estão consertos de postes ou braços danificados, troca de lâmpadas apagadas ou com funcionamento irregular e manutenção de cabos rompidos.

Servidores municipais realizam periodicamente rondas para identificação de problemas, mas todo morador pode contribuir para tornar os reparos mais ágeis. “A colaboração das pessoas é muito importante para fazer com que as falhas sejam mais rapidamente informadas às equipes de reparos”, explica a diretora municipal de Obras e Desenvolvimento Urbano e Rural, Yessika Eltink.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias