Conecte-se conosco

Jaguariúna

Eleições 2020: Entrevista com candidato de Jaguariúna, Alfredo Chiavegato Neto (PSDB)

Paula Partyka

Publicados

em

As eleições municipais de 2020 contam com quatro candidatos a prefeito em Jaguariúna, sendo o atual, Gustavo Reis (MDB), Alberto Rizzoni (PSD), Alfredo Chiavegato Neto (PSDB) e Davi Neto (PTB). Os candidatos conversaram com a Gazeta Regional sobre prioridade de governo, projetos em qualidade de vida e como melhorar a cidade nos próximos quatro anos, caso eleitos. Confira:

Nome: Alfredo Chiavegato Neto (FRED CHIAVEGATO)
Idade: 53 anos
Partido: PSDB
Coligação: “Jaguariúna acima de tudo”
Formação: Engenheiro Civil, Corretor de Imóveis
Experiência Profissional: Engenheiro Civil, Empresário, Vereador por seis mandatos (24 anos)

Gazeta Regional: Quais as áreas que o candidato deve dar prioridade no seu plano de governo?
Fred Chiavegato: Todas as áreas de uma administração pública são importantíssimas. Nós sabemos que temos um orçamento municipal que abrange todas as secretarias, mas o que nós estamos preocupados para o próximo governo, é com relação a máquina pública. Acreditamos que do jeito que está, ela não dá condições de se fazer algo a mais pelo município sem ter o dinheiro que já está efetivamente carimbado: ou seja na Educação o mínimo 25%, na Saúde no mínimo 15%, e o restante, sem contar a folha de pagamento, no máximo 60%. Sendo assim, já acabou todo o orçamento, mas se conseguirmos reduzir o custo da máquina pública, nós conseguiremos ter recursos para fazer realmente o que Jaguariúna precisa, em todas as áreas, para que realmente possamos manter a qualidade de vida em todos os setores, além dos prioritários.
Em minha convicção, ainda mais com experiência que adquiri como vereador, que independentemente de uma pasta ou outra, em uma administração municipal, todas as áreas são importantes: Saúde, Educação, Transporte, Segurança, Habitação, Saneamento Básico. Não tem uma prioridade em si, todas as áreas requerem uma prioridade principalmente para manter o que nós éramos anteriormente como exemplo de cidade e administração.
Jaguariúna perdeu muito em qualidade, apesar de termos bons índices, quem é morador há muito tempo sabe muito bem o que nós deixamos de ser, isso porque a máquina pública ou seja a Prefeitura está muito inchada. Seremos bem austeros com relação as contas públicas.

Gazeta Regional: Qualidade de vida e bem-estar social são considerados fundamentais por gestores de países com progresso avançado. Quais são seus projetos para Jaguariúna em qualidade de vida?
Fred Chiavegato: Jaguariúna sempre foi exemplo em todas essas áreas que dão qualidade de vida ao cidadão, haja vista a procura das pessoas de outras cidades e até estados pelo município por realmente oferecer uma qualidade digna às pessoas que aqui procuram para morar. Tivemos até um vídeo do Zurita (apresentador do programa pânico) recentemente, falando a respeito de ser prefeito e ele cita que bom é ser prefeito em Jaguariúna e o ponto que ele mais destaca, são as praças e parques.
Eu fiquei muito honrado com isso, pois todas as praças e parques que foram construídos, foram feitas pelo meu pai, pelo Tarcísio. Para você ver a visão que meu pai tinha: isso tudo foi feito até 2.008 e verificamos a importância que isso tem nos dias de hoje em 2020.
E engraçado antigamente recebíamos críticas por que meu pai justamente só fazia praça e parque. Mas não fazia só praça, a cidade contava com toda a infraestrutura, escolas, creches, postos de saúde, habitação, saneamento básico, enfim, tudo o que é necessário para uma qualidade de vida. Então, qualidade de vida é você ter uma Saúde de qualidade, uma Educação de qualidade. Você ter espaços públicos que te atendam bem, para ter lazer e esporte e nós conseguimos dar tudo isso para a população, até 2008.
Acredito que nós tenhamos uma qualidade de vida digna de países da Europa. Temos estatística, e acredito que fique bem próximo sim de países de primeiro mundo. Então, eu creio que essa política de investir em áreas públicas é muito importante para aumentar a qualidade de vida.
E a qualidade de vida, ainda mais hoje vivendo uma pandemia, estamos falando de ter espaço para poder andar com certa tranquilidade e distanciamento social. Não é o que vai perdurar, mas é o que estamos vivendo e nós temos isso para atender bem a população. E isso deve ser levado para todos os bairros. Acredito que todos os bairros merecem um espaço de lazer digno e toda infraestrutura para viver bem.

Gazeta Regional: Jaguariúna tem altos índices em Educação, Saúde e Segurança. Como pode melhorar ainda mais?
Fred Chiavegato:
Os índices que estamos atingindo hoje na área de Educação, Saúde e Segurança são investimentos feitos a partir de 2001. O primeiro feito foi a municipalização do ensino, do qual meu pai proporcionou isso. Enfrentamos barreiras enormes para tentar implantar isso na época e conseguimos.
Temos índices do IDEB bem altos e cada vez aumentando mais, frutos de políticas certas na área da Educação. Mas, o simples fato de ser ter bons índices, eu penso que na escola não pode só estar focado em índice, precisamos que seja uma área humanizada. Além de o aluno sair da escola bem instruído, ele precisa sair um cidadão, sabendo de seus direitos e deveres. Não podemos ter na escola apenas formadores de gênios, mas sim cidadãos.
Hoje as escolas devem ser dotadas de todos os equipamentos possíveis para que a pessoa além de estudar tenha um convívio e conhecimento de várias áreas. Penso que é um trabalho que não vai deixar de ser feito. O grupo que está aí obtendo esses índices não foi feito em quatro anos, é algo que vem vindo em longo prazo e é preciso fazer certos ajustes.
Precisamos construir novas escolas, novas creches que estão faltando, fazer um planejamento de ser implantado período integral para que o aluno tenha mais atividades extracurriculares. A escola tem que ser um local para que o aluno saia como um cidadão que respeita as leis e regras.
Assim como na Educação, na Saúde, nós fizemos um trabalho muito grande de descentralização do hospital, além de ter implantado a associação Santa Maria de Saúde. Quase todos os bairros são dotados de postos de saúde, então são bairros que as pessoas não precisam vir para o Hospital, podem ser atendidas no próprio bairro. O que falta às vezes é ter médico e estender os horários para que as pessoas possam ser atendidas fora do horário de trabalho. São áreas que nós temos ideias de fazer algo para melhorar.
Estas áreas possuem mais recursos e que necessitam de mais investimentos do poder público e a nós temos a consciência daquilo que vamos assumir e realmente fazer o que é necessário para melhoras estes setores. São pontos primordiais em qualquer administração.
Na área de Segurança gostaríamos de aumentar o efetivo dos guardas municipais. É uma ideia nossa ter um guarda municipal em cada escola pública, até para efeito de segurança dos próprios alunos.
Temos que ter mais equipamentos e investir neles que se dedicam com a própria vida para nossa proteção. É valorizar o quanto eles merecem. Não adianta nada ter uma boa Educação e uma boa Saúde se não temos Segurança, não tem como usufruir.

Gazeta Regional: A cidade, o Estado e a Nação vivem um momento diferente. Enfrentamos uma pandemia. Você consegue imaginar qual vai ser a missão de um prefeito no pós-pandemia?
Fred Chiavegato:
Vai ser uma pessoa motivadora que terá a missão de usar o poder que ele tem e, principalmente do orçamento municipal, para ser revertido para a própria comunidade: fomentar o comércio local, adquirir prestação de serviços locais para que realmente os recursos do orçamento possa ser gasto no município e a economia começar a rodar. Nós sabemos que vai ser difícil, é um momento complicado realmente, mas o município tem o papel fundamental de fazer a roda girar e usar esses recursos para serem revertidos em prol da comunidade.

Continue lendo

Jaguariúna

Jaguariúna centraliza vacinação de crianças de 5 anos e com imunossupressão na UBS Fontanella

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

Devido à redução no repasse de doses da vacina pediátrica da Pfizer, a Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, irá alterar a estratégia de vacinação infantil. A partir desta quinta-feira, 27, a imunização com essa vacina será feita exclusivamente na UBS Fontanella, localizada próximo ao Hospital Municipal Walter Ferrari, apenas para crianças de 5 anos e para as imunossuprimidas – grupos que não estão autorizados a receber a vacina CoronaVac.

Segundo a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, nas UBSs 12 de Setembro, Florianópolis, Nova Jaguariúna, Miguel Martini, Cruzeiro do Sul, Roseira de Cima e Roseira de Baixo será realizada a vacinação com a CoronaVac em todas as crianças de 6 a 11 anos (exceto as imunossuprimidas), que correspondem a 85% do público infantil.

A vacinação em todas as UBSs ocorre de segunda a sexta-feira, das 13h às 16h.

Para que a criança seja imunizada, os pais ou responsáveis devem apresentar documento com foto ou certidão de nascimento, carteira de vacinação, CPF, Cartão Cidadão e carteira de vacinação.
O pré-cadastro pode ser feito com antecedência no link: https://www.vacinaja.sp.gov.br/.

Continue lendo

Jaguariúna

Programa Feira do Produtor Rural está com inscrições abertas em Jaguariúna

Redação Gazeta Regional

Publicados

em

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da secretaria de meio ambiente, está com inscrições abertas para o curso “Programa Feira do Produtor Rural”, desenvolvido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).

Os interessados em participar devem se inscrever até o dia 08 de fevereiro pelo telefone (19) 3867-3073. Para se matricular é necessário apresentar CNPJ de produtor rural e residir, preferencialmente, em Jaguariúna.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, o curso é oferecido uma vez por ano e estimula a produção agropecuária nas propriedades do município. Com aulas práticas e teóricas, o programa ensina desde a construção dos stands da feira até a comercialização dos produtos.

As aulas serão realizadas duas vezes por semana na sede do departamento de agropecuária e meio ambiente. Ao final das aulas, os alunos estarão aptos a venderem seus produtos na Feira do Produtor Rural de Jaguariúna.

Segundo a titular da pasta do meio ambiente e vice-prefeita, Rita Bergamasco, a importância dos produtores fazerem o curso é que os consumidores terão garantia da qualidade dos produtos, saberão a origem do que estão consumindo e como tudo foi manuseado. “Quanto mais produtores interessados em vender seus produtos na feira, mais cresce a variedade de produtos oferecidos”, afirma Rita.

Continue lendo

Jaguariúna

Dr. Caius Godoy (Dr. da Roça) é nomeado Presidente da Comissão de Agronegócios da OAB Jaguariúna

Paula Partyka

Publicados

em

O Dr. Caius Godoy, conhecido como Dr. da Roça, foi nomeado Presidente da Comissão de Agronegócio e Relações Agrarias da OAB Jaguariúna. “Estou contente demais, pois é um projeto antigo, um desejo que eu tinha de trazer isso para a cidade”, conta o nomeado.

“Meu trabalho é chegar para dentro da porteira do pequeno e médio produtor. Neste projeto, vamos buscar atender quatro pilares”, explica. Os quatro pilares baseiam-se em:  sucessão rural, contratos, previdência e acesso ao crédito.

O objetivo do advogado é abrir as portas da OAB para que os produtores tenham onde sanar as dúvidas da área. “Vamos fazer isso de uma forma simples. E, ainda, vamos determinar datas, mas almejamos dar uma assistência judiciária presencial e gratuita”, conta.

Devem ser beneficiados com este projeto os produtores de Jaguariúna e Santo Antônio de Posse, cidades pertencem a subseção da OAB Jaguariúna. O objetivo de Dr. Caius na ocupação de deste cargo é dar acesso à informação de forma simples. Medidas com o poder público serão tomadas para alcançar o melhor resultado deste projeto.

Continue lendo
Propaganda
Propaganda

Categorias

Propaganda

Últimas Notícias