Conecte-se conosco

Amparo

Amparo tem 40 vagas para Bolsa Trabalho, que atende público que está desempregado

Publicados

em

Bolsas de R$535, são destinadas preferencialmente para mulheres, público que mais perdeu emprego com a pandemia

Amparo aderiu ao programa Bolsa Trabalho, que disponibiliza 40 vagas para a população desempregada, com prioridade para mulheres. A iniciativa desenvolvida pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico e de Governo do Estado em parceria com municípios cadastrados no programa, tem objetivo de promover a retomada de emprego e renda e vai impactar, direta e indiretamente, cerca de 120 mil pessoas apenas no ano de 2021.

O Bolsa Trabalho vai oferecer bolsas no valor de R$535 por mês aos cidadãos que realizarem atividades de trabalho em órgãos públicos municipais e estaduais. A carga horária será de 4 horas diárias, cinco dias por semana, e o benefício poderá ser pago por cinco meses consecutivos. Além disso, os participantes realizarão um curso de qualificação profissional e receberão apoio à empregabilidade, por meio dos Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs).

Os inscritos podem escolher seis opções de cursos profissionalizantes virtuais da Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com duração de 80 horas:

• Auxiliar de Controle de Produção e Estoque

• Gestão Administrativa

• Gestão de Pessoas

• Organização de Eventos

• Rotinas e Serviços Administrativos

• Secretariado e Recepção

Quem pode se inscrever?

Serão aceitas inscrições de moradores do estado de São Paulo, desempregados, maiores de 18 anos e com renda familiar de até R$ 550 por pessoa (equivalente a meio salário mínimo). Os cidadãos elegíveis devem se inscrever no portal do Bolsa do Povo entre 24 e 30 de agosto: www.bolsadopovo.sp.gov.br . A seleção ocorrerá até 4 de setembro e a convocação será feita por meio de publicação no Diário Oficial.

Amparo

Prefeitura de Amparo entrega dispositivos tecnológicos que monitoram diabetes em crianças e adolescentes

Publicados

em

Na terça-feira, 17, a Prefeitura de Amparo realizou o evento de lançamento do Programa Mais Controle, da Secretaria Municipal de Saúde. O programa Mais Controle é pioneiro na região, e oferece dispositivos de alta tecnologia que monitoram a glicemia de crianças e adolescentes portadores de diabetes tipo 1 sem a necessidade de “furar” o dedo, como ocorre com o glicosímetro comum.

O dispositivo foi entregue a 18 crianças e adolescentes de 4 a 21 anos que têm diabetes tipo 1, usam insulina e fazem acompanhamento pelo SUS com o endocrinologista da rede. O programa pode abranger até 40 pessoas nessa faixa etária em Amparo.

Além da entrega do sensor e do medidor, o programa também oferece suporte e atendimento completo aos usuários. Os dados registrados pelo dispositivo ajudam o médico endocrinologista a entender a diabetes do paciente, e assim prescrever um melhor tratamento para controle da doença.

No evento, enfermeiras do Aboott Laboratório, responsável pelo aparelho, capacitaram os usuários e seus familiares para usarem o produto da forma correta.

De acordo com Gilberto Ferreira Martins Júnior, secretário municipal de saúde, esse programa é a realização de um objetivo e uma conquista enorme para a cidade. “É um programa pioneiro no Estado de São Paulo e que aumenta muito a qualidade de vida dos pacientes. Favorece o monitoramento pelo médico, e quanto mais controle da doença os pacientes tiverem, mais liberdade eles terão.”, disse o secretário.

O objetivo do Programa Mais Controle é proporcionar qualidade de vida às pessoas desde o início do diagnóstico e no decorrer de sua infância e adolescência, aumentando, assim, a sobrevida e diminuindo as comorbidades que a diabetes pode causar

Continue lendo

Amparo

Vereadores de Amparo pedem à Alesp inclusão do município na Região Metropolitana de Campinas 

Publicados

em

Na sessão ordinária do dia 16 de maio, os vereadores do município de Amparo aprovaram a Moção nº 06/2022  direcionada à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), referente ao Projeto de Lei Complementar que estabelece diretrizes para a Organização e Gestão Regional do Estado de São Paulo. “Este projeto vai criar aglomerações urbanas no Estado e entendemos que seja a oportunidade de incluirmos Amparo na Região Metropolitana de Campinas (RMC), uma vez que nossa cidade mantém importantes vínculos administrativos, comerciais e de serviços com a região, sendo do interesse de nossa cidade, há muito tempo, essa inclusão”, explica o presidente da Câmara, vereador Carlos Cazotti (MDB).

Na Moção, o texto ressalta que Amparo faz divisa com os municípios de Morungaba, Pedreira e Santo Antonio de Posse, que fazem parte da RMC e, “em razão de sua localização geográfica e fácil acesso às principais cidades que compõem a região administrativa, não se vislumbra motivo para integrar outra região que não seja de Campinas”.

De autoria do presidente da Câmara, Carlos Cazotti (MDB), o pedido foi assinado pelos demais vereadores André de Oliveira (PP); Antonio Cesar Mineiro (MDB); Edilson Santos (DEM); Edilson José (Dil – PSD); Edison Alves (PT), Pastor Elson Batista (PL); Farlin Conrado (MDB); Osmar Dorigan (MDB); Luiz Carlos (Carlitinho – PSDB) e Rosa Montini (PSDB). “Informamos ainda que, em uma reunião ocorrida em abril de 2021, foi aceita essa inclusão por 20 Prefeitos que integram a Região Metropolitana de Campinas”, finalizou o presidente.

Link da sessão: AQUI

Continue lendo

Amparo

Ponte que liga Morungaba a Amparo e Pedreira é interditada por 28 dias

Publicados

em

A ponte localizada entre Morungaba, Amparo e Pedreira, próximo à Embratel, será interditada pela Prefeitura de Amparo para obras de manutenção e reparos, a partir desta segunda-feira, 16.

As obras serão realizadas devido à ruptura da coluna de sustentação da ponte. Segundo o prefeito de Morungaba, Marquinho Oliveira, a Prefeitura de Amparo havia solicitado a interdição por 7 dias,  porém outros serviços deverão ser realizados no local e demandará um período maior.

A previsão de conclusão dos serviços é de 28 dias – devido à gravidade da estrutura da ponte.

Durante este período, a alternativa para os motoristas que têm que se deslocar entre as cidades é utilizar a Rodovia das Estâncias (SP 360) altura do Km 108,3 pela Estrada da Fazenda Ouro Verde, ou no km 117 para acessar a estrada do bairro Areia Branca.

O trânsito local será liberado somente até a Fazenda “Campo Verde”. 

Continue lendo
Propaganda
Propaganda
Propaganda

Últimas Notícias