Foto: Divulgação

Mais um caso de apreensão de tráfico de drogas, envolvendo adolescente, foi registrado esta semana em Jaguariúna. Desta vez, o flagrante ocorreu nas dependências do Parque Serra Dourada, no bairro João Aldo Nassif.

Conforme registrado no Boletim de Ocorrências (BO), integrantes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), da Guarda Municipal, recebeu uma denúncia anônima, na noite de terça-feira, 3, de que um rapaz estaria traficando drogas e que a teria escondido na piscina.

Com isso, os guardas foram até o local e encontraram o adolescente, conforme as características físicas descritas na denúncia, e foi abordado, sendo encontrado, em suas vestes, conforme o BO, 19 porções de microtubos, contendo substância aparentando cocaína.

Ainda, com informações registradas na ocorrência, ao ser questionado o menor informou aos guardas que estava praticando a venda de drogas. Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com as substâncias apreendidas. Por não ser a primeira vez que o menor foi detido por este mesmo crime, a autoridade policial que o atendeu determinação a apreensão do garoto.

MAIS DROGAS

Outra o ocorrência registrada nesta semana com trabalho inicial dos integrantes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), da Guarda Municipal, ocorreu na noite de terça-feira, 3, com a apreensão de 13 pedras de uma substância esverdeada, aparentando maconha.

Os guardas contaram no BO que estavam em patrulhamento em uma rua do Jardim Dom Bosco quando avistaram duas mulheres na linha do trem, local conhecido como ponto de tráfico de drogas. Com isso, de acordo com o registro policial, resolveram abordá-la, mas uma das moças tentou fugir, mas foi pega. Com ela, foi encontrada o possível entorpecente. Já com a outra mulher nada foi encontrado.

Com isso, a jovem foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, onde disse que estava passando pelo local e um amigo pediu para que ela levasse a droga e escondesse numa praça, e que pegasse uma para ela. Ainda de acordo com dados do BO, a moça teria feito o que o rapaz pediu e teria pego uma quantidade, como o rapaz determinou, e fez um cigarro de maconha, momento que foi flagrada pelos GMs. Ela disse ainda que é usuária. Ela foi com os guardas até sua casa buscar seus documentos pessoais, e no local indicou que tinha mais duas porções de maconha em cima do armário da cozinha. Na Delegacia, o delegado plantonista, a ouviu e a liberou em seguida.