Edmilson Alves – edmilson@gazetaregional.com.br

Como aconteceu em janeiro deste ano, a campanha Janeiro Branco, diretamente ligada a profissionais da área de psicologia, será novamente realizada em várias cidades do país a partir da primeira semana de janeiro de 2.018. Em Jaguariúna, não poderia ser diferente. Um grupo de psicólogos está se mobilizando e provendo a divulgação da campanha pela rede social Facebook. A data, apesar de ocorrer no mês todo de janeiro, terá o dia 21 como grande acontecimento, no Parque dos Lagos, das 9h às 18h, com atividades para crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Uma das atividades do Janeiro Branco é o momento zen, com alongamento matinal antes da caminhada \ Foto: Douglas Rios/Reprodução Facebook

“O Janeiro Branco é uma campanha nacional (assim como o Outubro Rosa ou Novembro Azul), que se propõe a conscientizar e chamar a atenção da população sobre a importância do cuidado com a saúde mental e emocional”, explica Fernanda Vitti, que faz parte da organização. Segundo ela, janeiro tem um significado especial, pois carrega novas energias de um ano novo que se inicia, cheio de oportunidades e expectativas, com o simbolismo de uma folha em branco, pronta para construir uma nova história.

Jaguariúna terá sua segunda edição em 2.018, idealizada pelas psicólogas Grace Benato e Sônia Maião. A organização conta com uma equipe de psicólogos de Jaguariúna e região, além de outros profissionais da saúde, que contribuem para a consolidação da campanha. “Com o slogan ‘Quem cuida da mente, cuida da vida’, a proposta é que este evento possa incentivar as pessoas a buscarem o autoconhecimento e autocuidado, para que possamos construir uma sociedade com pessoas mais conscientes, felizes e realizadas”, salienta Fernanda.

Segundo Fernanda, o evento de 2017, na cidade, contou com a participação de aproximadamente 500 pessoas. Para 2018, a organização estima atingir um público ainda maior, com diferentes atividades para todas as idades.

Dentre as principais atividades, destaca Fernanda, haverá caminhada, plantão psicológico, oficinas para crianças, rodas de conversa sobre ansiedade, depressão, pânico e outros temas de saúde mental, envelhecimento, empoderamento feminino, sexualidade, orientação de carreira, cuidados com o corpo, dinâmicas educativas, apresentações de música, dança e outros.