Edmilson Alves – edmilson@gazetaregional.com.br

Uma informação que vem sendo divulgada nas últimas semanas pela imprensa vem ganhando forma, podendo ser concretizada nos próximos dias pelo governador do Estado, Márcio França (PSB). Trata-se da transferência da Polícia Civil, retirando-a da Secretaria de Segurança Pública (SSP), passando-a para a pasta da Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania. Com isso, a área da Segurança ficaria vinculada somente a Polícia Militar (PM).

Foto: Divulgação

Segundo expectativa, com a mudança, a Polícia Civil reforçaria o papel de polícia judiciária, tendo, com isso, um ambiente mais ágil nas conclusões de inquéritos. Por outro lado, com esse novo organograma, planejado pelo Estado, a corporação militar passaria a ser comandada por alguém da própria corporação, fortalecendo, assim, segundo especialistas, a PM.

Atualmente, o comandante da corporação é o secretário Mágino Alves Barbosa Filho, procurador da Justiça, nomeado pelo recém-saído governador Geraldo Alckmin, que renunciou ao cargo e anunciou ser pré-candidato a presidência da República. Para se ter ideia, os últimos sete secretários, com papel fundamental de comandar as duas polícias, são provenientes do Ministério Público de São Paulo.

Para confirmar essa mudança pretendida pelo governo estadual, o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), em entrevista à imprensa, na quinta-feira, 12, disse que nos próximos dias o governador deve anunciar as alterações. Segundo ele, a medida trará mais segurança no combate à violência. “A Polícia Civil investiga e elucida os crimes, então ela estará ligada à Secretaria de Justiça, enquanto que a Polícia Militar vai permanecer fazendo parte da Secretaria de Segurança Pública”, explicou.

De acordo com Jonas, com esse novo modelo de comandos separados das policias, a PM passará ter necessariamente um militar com experiência à frente da corporação. A informação fornecida pelo prefeito de Campinas ocorreu durante a solenidade de inauguração do Centro de Educação Ambiental da Mata Santa Genebra, no distrito de Barão Geraldo.