O encerramento do projeto Escola Amiga, promovido pela Prefeitura de Jaguariúna por meio da Secretaria de Educação, atraiu 2 mil pessoas ao prédio da EMEI Criança Feliz, no bairro Jardim Botânico, na manhã do último sábado, 25 de novembro. A estimativa de público é da direção da escola. Foi a última edição do ano, que teve como tema “Consciência Negra”, em comemoração ao Dia da Consciência Negra, comemorado oficialmente em 20 de dezembro, feriado municipal.

Diversas atividades foram oferecidas para os alunos e seus pais \ Foto: Ivair Oliveira

De acordo com a diretora da EMEI Criança Feliz, Regina Célia do Amaral Vieira, o público presente superou as expectativas e propiciou uma arrecadação estimada em mais de R$ 6,5 mil, que será revertida para as APMs (Associação de Pais e Mestres) das duas unidades: a EMEI Criança Feliz e o CEI (Centro de Educação Infantil) Dona Cecília Nader Hossri. As unidades de ensino funcionam em prédios vizinhos e estão sob sua coordenação.

“Nossas equipes trabalharam bastante e ficamos felizes em poder proporcionar um monte de atividades que ajudaram a aumentar a integração com a comunidade”, disse Regina Vieira. Segundo ela, o último Escola Amiga do ano foi um sucesso e contou com a participação de voluntários e de vários grupos que animaram gratuitamente o público, além da colaboração de comércios e empresas de Jaguariúna e até de outras cidades.

ANIMAÇÃO

Na parte festiva do evento as apresentações de artes marciais foram da Alliance Jaguariúna – Associação Tcho-Ji, com os professores José Luís Teodoro, Fábio Câmera e Arlindo Baião. O grupo Abadá Capoeira, coordenado pelos instrutores Clayton Maio e Picharro apresentou a ginga ritmada ao público, que também apreciou o agito da zumba, com a professora Marciane, e o Dog-Show proporcionado pelos cães amestrados do Canil da Guarda Municipal (GM) de Jaguariúna. O grupo de Hip-Hop, coordenado pelo professor Bruno, também marcou presença, embora não tenha se apresentado.

E como o tema era “Consciência Negra”, a recepção ao público que prestigiou o Escola Amiga na EMEI Criança Feliz esteve a cargo da simpatia de Vanessa e Gabriela, duas jovens negras vestidas com elegantes trajes da cultura africana. Já os alunos das duas unidades fizeram uma apresentação que abordou a conscientização sobre tolerância e respeito ao próximo.

De acordo com a secretária de Educação, Cristina Pinto Catão Bonini Hosikawa, o público desfrutou ainda de pintura facial, momento beleza, cortes de cabelo, nutrição, saúde, brinquedos infláveis e algodão doce, tudo gratuitamente, enquanto as duas escolas organizaram uma praça de alimentação e uma feirinha, onde foram oferecidos pastéis, sorvetes, bazar, roleta e pescaria, tudo com preços populares.

Para a secretária, a forma como o projeto Escola Amiga aconteceu ao longo do ano letivo de 2017 comprova que os momentos de lazer e descontração dentro das escolas aproxima ainda mais a população da equipe pedagógica e de todos os funcionários de apoio, alcançando o objetivo para o qual foi criado. “Após o recesso de férias escolares ele será retomado em 2018 e deverá ser ainda melhor”, garante Cristina Catão.