O corredor Lohan Felix Gregorio entrou na disputa para a Ultramaratona Internacional da Mantiqueira, na categoria máxima de 48 horas de corrida, nos dias 24, 25 e 26 de novembro, na cidade de Passa Quatro, em Minas Gerais.

Esta prova, organizada pela empresa ‘UltraRunner’, consistia em três modalidades: 12, 24 e 48 horas, sendo que o percurso era uma pista de atletismo de 400 metros, onde os corredores davam voltas em torno dela, durante o período de tempo da sua categoria.

Foram 48 horas desafiadoras de corrida para Lohan \ Foto: Divulgação \ Foto: Divulgação

No caso de Lohan, o desafio foi o extremo – 48 horas com largada na sexta-feira, 24, às 10h e término no mesmo horário de domingo, 26, sendo que o competidor comeu andando, e apenas parou para trocar de roupa e tomar banho do primeiro para o segundo dia.

Na categoria do corredor jaguariunense participaram 29 atletas, e o corredor de35 anos concluiu a prova na 10ª posição no geral, e em 2º na categoria por idade (30 até 39 anos), com 580 voltas de 400 metros cada, acumulando o percurso total de desafiadores 232 km.

“Participar da Ultramaratona Internacional da Mantiqueira, rodando 48 horas direto foi muito difícil para mim, pois exigiu muito esforço físico além de mental. Mas terminei bem e conclui a prova com sensação de missão cumprida”, descreve Lohan Felix Gregorio.

Também surpreendente, é que Lohan explica que esta prova serviu como preparação para mais uma competição deste nível, com percurso de quilometragem elevada.

“Essa prova foi muito importante para mim, pois a utilizei como preparação para outra Ultramaratona que farei no final do mês de janeiro de 2018, a BR-135, que conta com 217 km”, finaliza o atleta.