Aluguel viabiliza experiência de pilotar um kart nas férias

Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia, dá suporte a pilotos profissionais e amadores

Pilotar em kartódromos deixou de ser, há algum tempo, prática para poucos. Na atualidade, é possível alugar não apenas o kart como ainda ter à disposição itens obrigatórios, como macacão, capacete e balaclava (proteção para os cabelos), o que torna a modalidade mais acessível ao público. Por isso, no período de férias, a equipe do Kartódromo Internacional San Marino, em Paulínia, está preparada para dar suporte não apenas aos amantes da velocidade, mas, sobretudo, a quem não possui experiência em pilotagem.

O cabeleireiro Alexandro Acácio da Silva Leme, por exemplo, que começou a pilotar karts de aluguel em Paulínia, em 2012, descobriu a viabilidade do esporte na prática. “Antes de existir o aluguel, nos kartódromos, achava que não era viável este hobby”, destaca. Mas, atualmente, admite que o conceito dele sobre a modalidade mudou, como hobby e como prática esportiva. “Com certeza! O aluguel tornou o custo-benefício muito bom”, avalia.

E como quase sempre acontece nesse meio, Acácio revela que acabou se integrando a outros amigos que praticavam o esporte por aluguel e fundou o grupo Tartarugas Ninjas Líder F1, desde 2016. “Estou andando há oito anos em Paulínia e sempre indico (a modalidade e o kartódromo) para as pessoas que querem conhecer o esporte”.

Já para o desenvolvedor de software Tarcísio Franco de Carvalho, que há três anos e meio pratica o esporte por aluguel e há dois anos e meio faz parte do Grupo Kart Entre Amigos (GPKA), a modalidade ainda interfere positivamente no âmbito pessoal. “Quando corremos, as diferenças são de décimos de segundo por volta, é muito pouco. E você consegue reduzir com um preparo físico melhor, com mais concentração. Então, o esporte em si, levado como um hobby que você queira evoluir, ao menos para mim eu vi que ajudou muito com outras metas pessoais”, ressalta.

Equipamentos e estrutura interna
O Kartódromo San Marino conta com três frotas de kart: uma com motor de 13Hp e outra exclusiva para campeonatos, com motores de 15 hp. A pista é totalmente iluminada, permitindo a pilotagem noturna, e equipada com torre de cronometragem e placar eletrônico. Os pilotos ainda contam com sala de equipamento, recepção informatizada, sala de briefing multimídia e vestiários masculino e feminino com chuveiros.

Da estrutura interna ainda fazem parte uma varanda de 500 m², com vista panorâmica para a pista, e um restaurante com opções de almoço, lanches e aperitivos, transformando o San Marino numa opção de lazer não apenas para pilotos como para toda a família. O espaço, com capacidade para receber até 1.500 pessoas, também é preparado para sediar confraternizações, aniversários e outros eventos particulares.

Na área externa, um estacionamento gratuito para 200 veículos garante ainda mais conforto aos visitantes. Além disso, o complexo conta com ambulância e socorrista durante todo o horário de funcionamento.

Para participar das baterias é preciso agendar um horário previamente. A administração recomenda que os interessados cheguem com 45 minutos de antecedência, usando roupas leves e tênis. Podem participar pessoas acima dos 13 anos de idade, mediante apresentação de documento com foto. O endereço é Rua Armando Botasso, nº 1.200, no distrito de Betel, em Paulínia. Mais informações pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones (19) 3833-1818 ou (19) 99119-9895 (WhatsApp).

× Fale com a Gazeta