Simone Sia deve assumir voluntariamente o Fundo de Solidariedade em Artur Nogueira

Advogada é mãe do prefeito eleito Lucas Sia (PSD) e aceitou o convite para exercer a função sem receber remuneração

Simone Sia Rissato será a presidente do Fundo de Solidariedade no próximo mandato do Executivo nogueirense. A função deve ser exercida de maneira totalmente voluntária e, por isso, a advogada não receberá remuneração. Após aceitar o convite do filho e prefeito eleito Lucas Sia (PSD), ela assume o cargo a partir de janeiro de 2021.

 Formada em Letras, Pedagogia e Direito, a futura presidente já trabalhou como professora e diretora. “Sempre tive bastante contato com as famílias nogueirenses. Conheci de perto os problemas de algumas delas e digo que toda dificuldade enfrentada por pais e mães transparece nas escolas através dos estudantes”, conta.

 De acordo com Simone, a entidade filantrópica visa auxiliar a parte da população menos favorecidas em Artur Nogueira. “São essas pessoas vulneráveis que o Fundo Social irá acolher e abraçar. É um trabalho muito especial e essa será nossa missão do bem”, defende a advogada.

Indagada sobre como deve ajudar o povo, ela é objetiva e enumera algumas maneiras. “Precisamos captar recursos vindos do Governo Estadual e Governo Federal através de projetos sociais. Dessa forma, conseguiremos melhorar a qualidade de vida das pessoas mais carentes”, afirma.

E pontua, “vamos procurar firmar, também, parcerias com indústrias, comércios e instituições em geral que se sintam motivados a fornecer uma condição mais digna para aqueles que não têm oportunidades”.

× Fale com a Gazeta