Odontologia pública de Jaguariúna atendeu quase 7 mil pessoas até outubro

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da Secretaria de Saúde, atendeu quase sete mil pacientes para tratamentos odontológicos de janeiro a outubro deste ano. Apesar da pandemia de coronavírus, que obrigou a suspensão do agendamento de consultas, a Saúde manteve os atendimentos de urgência e emergência. Segundo balanço da secretaria, no total, foram atendidas 6.733 pessoas até outubro, nas UBSs, Posto Central e Centro de Especialidades Médicas Odontológicas (CEO).    

Com a progressão da região de Campinas para a fase verde do Plano São Paulo de retomada gradual das atividades, do Governo do Estado, a Secretaria de Saúde de Jaguariúna também retomou em novembro o agendamento de consultas odontológicas e ampliou o horário de atendimento dos dentistas na rede pública para reduzir a demanda reprimida.

“Vale lembrar que ainda estamos em meio à pandemia e o cenário pode mudar novamente, devido ao aumento de casos de infecção pela Covid em todo o Estado”, lembra a secretária de Saúde de Jaguariúna, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão. “Também estamos mantendo todos os protocolos de segurança, como por exemplo não haver aglomeração na sala de espera e haver um intervalo de tempo entre o atendimento de cada paciente, entre outros cuidados”, completa a secretária.

Atualmente, a rede pública de Saúde de Jaguariúna conta com atendimento odontológico em sete UBSs: Jardim Fontanella, Nova Jaguariúna, Florianópolis, Miguel Martini, 12 de Setembro, Guedes e Odontologia Central.

× Fale com a Gazeta