Sacos de lixo com materiais descartados por suspeitos ou infectados pelo coronavírus devem ser identificados

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Pedreira, em atenção aos pedidos dos funcionários que realizam a coleta de lixo domiciliar, solicita aos moradores que tem pessoas da família suspeitas ou infectadas pelo novo coronavírus que separem os materiais descartados em um saco de lixo reforçado, à parte dos demais resíduos da casa, sem furos e muito bem fechados e identificados por uma “fita vermelha”. Esse saco de lixo com materiais contaminantes deve ser preenchido, no máximo em dois terços de sua capacidade de armazenamento, para evitar rompimento.

“Este trabalho de sensibilização junto à população é a maior vitória sobre o vírus, pois os agentes estarão atuando com eficiência e segurança, sabendo que estão contando com o apoio da população para evitar a contaminação”, destaca a secretária municipal de Meio Ambiente, Agata Gasparini.

× Fale com a Gazeta