Eleições 2020: Entrevista com candidato de Jaguariúna, Gustavo Reis (MDB)

As eleições municipais de 2020 contam com quatro candidatos a prefeito em Jaguariúna, sendo o atual, Gustavo Reis (MDB), Alberto Rizzoni (PSD), Alfredo Chiavegato Neto (PSDB) e Davi Neto (PTB). Os candidatos conversaram com a Gazeta Regional sobre prioridade de governo, projetos em qualidade de vida e como melhorar a cidade nos próximos quatro anos, caso eleitos. Confira:

Nome: Gustavo Reis
Idade: 48 anos
Partido: MDB
Coligação: “Jaguariúna cada vez mais forte” (MDB, Cidadania, DEM, Republicanos, PRTB, PDT, PSL, PL, PTC e PSB)
Formação escolar: Bacharel em Direito
Experiência Profissional: Ingressou na política jaguariunense em 2000, quando foi eleito vereador com expressiva votação. Em 2008, foi eleito prefeito para a gestão 2009-2012. Em 2016, voltou ao comando da Prefeitura de Jaguariúna, eleito para o mandato 2017-2020. Em suas gestões como prefeito, implantou importantes projetos, como a Tarifa Social de Ônibus, o ProUni Municipal (Programa Municipal Universidade para Todos), o Escola das Artes, o Minha Merenda em Casa e o Escola na TV, que beneficiam milhares de pessoas. Também levou o Município a conquistar prêmios e reconhecimentos de destaque em pesquisas, como a Mortalidade Infantil Zero, da ONU “Americas Award 2010”; o selo ambiental de Município Verde Azul; a nota A nas contas públicas pelo Tesouro Nacional; o 1º lugar da educação municipal no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e a liderança da saúde pública no ranking de satisfação INDSAT, entre outros.

Gazeta Regional: Quais as áreas que o candidato deve dar prioridade no seu plano de governo?
Gustavo Reis:
Nosso plano de governo tem foco nos cidadãos e no desenvolvimento do município de Jaguariúna, com projetos que visam sempre uma melhor qualidade de vida da população, sem perder de vista as demandas de crescimento e inovação da cidade. Saúde, com a construção de novas UBSs; Educação, com novas salas de aula e mais tecnologia no ensino; e Habitação, com a construção de casas populares para a população de baixa renda, serão nossas prioridades.

Gazeta Regional: Qualidade de vida e bem-estar social são considerados fundamentais por gestores de países com progresso avançado. Quais são seus projetos para Jaguariúna em qualidade de vida?
Gustavo Reis:
Temos projetos em várias áreas que impactam na qualidade de vida da população. Vamos continuar investindo pesado na Saúde, com a construção de novas UBSs e a compra de novos equipamentos hospitalares. Também vamos ampliar os investimentos em nossos parques e praças, para que as pessoas possam ter momentos de lazer ainda melhores, e também nos esportes, com a reforma de ginásios e quadras. Vamos transformar a Fazenda da Barra num grande centro de entretenimento, cultura e lazer, com a construção de um centro de eventos turísticos e feiras. Enfim, são muitas as propostas.

Gazeta Regional: Jaguariúna tem altos índices em Educação, Saúde e Segurança. Como pode melhorar ainda mais?
Gustavo Reis:
Temos índices de excelência nessas três áreas já há muitos anos e, de fato, não é fácil manter-se no topo por tanto tempo. Mas nós temos conseguido isso não só mantendo, mas ampliando os investimentos nessas áreas. Na Saúde, inauguramos seis novas UBSs (Roseira de Cima, Zambom, Nova Jaguariúna, Cruzeiro do Sul, Fontanella e Tanquinho), criamos nossos primeiros leitos de UTI, triplicamos o número de respiradores e ampliamos nossa capacidade de atendimento no hospital. Na Educação, entregamos três novas creches e temos mais duas em fase final de obras, e mantivemos o primeiro lugar no IDEB. Na Segurança, criamos o COI (Centro de Operações e Inteligência), investimos em viaturas, equipamentos e pessoal. Em nosso plano de governo, essas áreas são destaque e vamos dar continuidade a todos esses investimentos.

Gazeta Regional: A cidade, o Estado e a Nação vivem um momento diferente. Enfrentamos uma pandemia. Você consegue imaginar qual vai ser a missão de um prefeito no pós-pandemia?
Gustavo Reis:
A missão do prefeito é conduzir a cidade de volta à rota do desenvolvimento, sempre com segurança e cumprindo todos os protocolos de saúde necessários nesse momento de pandemia. Já estamos fazendo isso, com a elaboração de um plano de retomada econômica, para reativar todos os setores da nossa economia e voltar a gerar empregos.


× Chat - Fale com a Gazeta